A implementação de Multilocação

Este artigo contém os seguintes tópicos:
casm173
Este artigo contém os seguintes tópicos:
Multi-locação
Multilocação
é a habilidade de vários inquilinos independentes (e seus usuários) de compartilhar uma única implementação do CA APM. Os inquilinos somente interagem entre si de maneiras definidas, conforme especificado por suas funções e hierarquias de inquilinos. Em geral, a menos que uma função ou hierarquia de inquilino lhe tenha concedido acesso, cada inquilino exibe a implementação do CA APM como somente para seu próprio uso e não pode atualizar nem exibir os dados de outro inquilino.
A multilocação permite que inquilinos compartilhem recursos de suporte a hardware e aplicativos, o que reduz o custo de ambos, ao mesmo tempo em que obtém vários benefícios de uma implementação independente.
A multilocação é instalada automaticamente durante a instalação do CA APM. Depois de instalar o CA APM, siga as etapas nesta seção para implementar a multilocação.
Se você integrou o CA Software Asset Management (CA SAM), também é possível implementar a multilocação do CA APM com o CA SAM. Para obter mais informações, consulte Como implementar a multilocação com o CA SAM.
Provedor de serviços
O
provedor de serviços
é o inquilino primário (proprietário) em uma implementação de multilocação do CA APM . O primeiro inquilino adicionado a uma implementação do CA APM é sempre o inquilino do provedor de serviços. O inquilino provedor de serviços não pode ter um inquilino pai.
O CA APM associa o usuário privilegiado (normalmente, uapmadmin) ao inquilino do provedor de serviços.
Somente o inquilino do provedor de serviços pode realizar qualquer uma das seguintes tarefas do CA APM:
  • Definir, editar ou excluir inquilinos.
  • Permitir que inquilinos tenham subinquilinos.
  • Atualizar dados públicos de locação.
    O administrador do CA APM pode conceder aos usuários inquilinos acesso a outros dados além dos seus. Além disso, uma função de usuário pode especificar acesso de leitura e gravação separado para determinados grupos de inquilinos para usuários dentro daquela função.
Como funciona a Multilocação
Quando você ativar a multilocação, é possível conceder a cada contato acesso a todos os inquilinos (público), um único inquilino ou a um grupo de inquilinos (definido pelo usuário ou mantido pelo produto). A função de um contato controla o acesso, o qual especifica acesso de leitura e de gravação independentemente.
Se a multilocação for ativada, a maioria dos objetos do CA APM inclui um atributo de inquilino que especifica qual inquilino possui o objeto. Os objetos encaixam-se em três grupos, dependendo de seu atributo de inquilino e como eles são usados:
  • Sem locação
    Define objetos sem um atributo de inquilino. Todos os dados nesses objetos são públicos e qualquer usuário pode criar e atualizar dados públicos sem locação.
    Inquilino obrigatório
    Define objetos com um atributo de inquilino que não pode ser nulo (aplicado pelo CA APM, não pelo DBMS). Todos os dados nesses objetos são associados a inquilinos individuais; não há nenhum dado público.
    Inquilino opcional
    Define objetos com um atributo de inquilino que não pode ser nulo. É possível criar esses objetos como público ou com locação. Quando você seleciona um inquilino em um lista suspensa de inquilino para criar um objeto, o objeto se torna um objeto com locação. No entanto, quando você seleciona a opção Dados públicos em uma lista suspensa de inquilino, o objeto se torna um objeto público com locação. Os usuários atribuídos a uma função que só expõe um único inquilino não veem uma lista suspensa de inquilinos ao inserir dados.
Quando um usuário consulta o banco de dados, o produto restringe os resultados a objetos que pertencem a inquilinos que o usuário está autorizado a acessar. Como resultado, você nunca verá dados nas tabelas exigidas por inquilinos, exceto os dados que pertencerem a inquilinos que você tem permissão para acessar. Se os dados forem dados públicos de locação, é possível ver os dados nas tabelas de inquilino opcionais, pois os dados também são dados públicos.
Quando um usuário inquilino pede para criar ou atualizar um objeto de banco de dados, o produto verifica se o objeto pertence a um inquilino que a função atual para o usuário pode atualizar. O produto também verifica se todas as referências do objeto a outros objetos são para objetos públicos (sem locação), para objetos do mesmo inquilino ou para objetos de inquilinos na hierarquia de inquilino acima do inquilino do objeto. Ou seja, um objeto inquilino tem permissão para fazer referência a objetos que pertencem ao seu inquilino pai, ao pai de seu pai, e assim por diante.
Se um usuário que cria um objeto tem acesso de atualização a vários inquilinos, o usuário deve especificar o inquilino de forma explícita, seja direta ou indiretamente.
A restrição de objetos referenciados possui uma exceção. Determinadas referências têm permissão para fazer referência a objetos que pertencem a inquilinos na hierarquia de inquilino do objeto contido. Essas referências são designadas como SERVICE_PROVIDER_ELIGIBLE no esquema de objeto do CA APM. A configuração do SERVICE_PROVIDER_ELIGIBLE faz diferença somente se o inquilino do provedor de serviços não estiver na hierarquia de inquilino acima do inquilino do objeto; se o inquilino do provedor de serviços estiver na hierarquia, as regras de validação de inquilino permitem referências do provedor de serviços.
Um usuário provedor de serviço que pede para criar ou atualizar um objeto está sujeito às mesmas restrições que os usuários de inquilino, exceto pelo fato de que os usuários provedores de serviço podem ser autorizados a criar ou atualizar objetos públicos de locação. A função definida do usuário provedor de serviço controla esta autorização. Um usuário provedor de serviços com autorização para vários inquilinos que está criando um objeto com locação deverá especificar o inquilino direta ou indiretamente.
Impacto na interface com o usuário
Implementar a multilocação modifica a interface do usuário, dependendo da autorização e do acesso do inquilino associados à função do usuário.
Usuários inquilinos
Um usuário inquilino que esteja restrito a um único inquilino e que não seja um administrador tem as seguintes alterações na interface de usuário:
  • Qualquer usuário pertencente a mais de um inquilino pode selecionar um inquilino em uma lista suspensa ao inserir informações e ao gerar um relatório.
    Se você não deseja que um usuário selecione um inquilino ao gerar um relatório, é possível remover a lista suspensa de inquilinos do relatório. Para obter mais informações sobre como remover a lista suspensa de inquilinos, consulte Remover a lista suspensa de inquilinos.
  • Qualquer usuário que tenha acesso de leitura a mais de um inquilino tem uma coluna de nome do inquilino nos resultados da pesquisa.
Como implementar a multilocação
Multilocação é a habilidade de vários inquilinos independentes (e seus usuários) de compartilhar uma única implementação do CA APM. Os inquilinos somente interagem entre si de maneiras definidas, conforme especificado por suas funções e hierarquias de inquilinos. Em geral, a menos que uma função ou hierarquia lhe tenha concedido acesso, cada inquilino exibe a implementação do CA APM como somente para seu próprio uso e não pode atualizar nem exibir os dados de outro inquilino.
Para implementar a multilocação no CA APM, execute as seguintes etapas:
  1. Verifique se o serviço do CA CASM é iniciado.
  2. Verifique se o usuário implementando a multilocação está atribuído a uma função na qual o acesso de administração de multilocação está ativado.
  3. Ativar multilocação.
  4. Definir inquilinos, subinquilinos e grupos de inquilinos.
  5. Reinicie o servidor web do CA APM e o servidor de aplicativos.
  6. Efetue logon no produto usando o nome de usuário com privilégios (normalmente,
    uapmadmin
    ) e execute as seguintes etapas:
    1. Defina funções de usuário com acesso de inquilino.
    2. Defina contatos ou importe e sincronize usuários.
    3. Autorize usuários a usar o produto.
    4. Atribua contatos a funções de usuário.
  7. Efetue logon no produto usando o nome de usuário privilegiado e verifique se as restrições de multilocação são aplicadas.
Ativar Multi-Tenancy
Ative a multilocação para que vários inquilinos independentes (e seus usuários) possam compartilhar uma única implementação do CA APM. Antes de ativar a multilocação, defina inquilinos, subinquilinos, grupos de inquilinos e crie funções de usuário e atribua usuários a funções. Assim que você ativar a multilocação, a aplicação da multilocação é ativada. A aplicação da multilocação significa que, quando um objeto é requerido pelo inquilino, não é possível salvar um registro sem atender às restrições do inquilino.
Para ativar a multilocação
  1. Clique em Administração, Gerenciamento de locação.
    A página Administração de multilocação é exibida.
  2. Clique em Editar.
  3. Na lista suspensa Status, selecione uma das seguintes opções:
    • ativado
      Desativa a multilocação.
    • desativado
      Ativa a multilocação.
  4. No campo Profundidade máxima do inquilino, especifique a profundidade máxima permitida para uma hierarquia de inquilino.
  5. Clique em Salvar.
    A multilocação é ativada.
  6. Reinicie o servidor web e o servidor de aplicativos.
Administração de inquilino, subinquilino e grupo de inquilinos
Defina os inquilinos, grupos de inquilinos e subinquilinos para compartilhar uma única implementação do CA APM. A multilocação permite que inquilinos compartilhem recursos de suporte a hardware e aplicativos, o que reduz o custo de ambos, ao mesmo tempo em que obtém vários benefícios de uma implementação independente.
Definir um inquilino
Você pode definir vários inquilinos, conforme necessário, para gerenciar várias empresas separadas que fornecem suporte a clientes. Defina um inquilino antes da atualização de uma instância de um objeto requerido pelo inquilino.
O primeiro inquilino criado, o provedor de serviços, é o inquilino principal (proprietário) em uma implementação de multilocação do CA APM. O inquilino provedor de serviços não pode ter um inquilino pai. Depois de definir o inquilino do provedor de serviços, efetue logoff do produto e efetue logon novamente como integrante do provedor de serviços. É recomendável que você efetue logon como usuário com privilégios (uapmadmin), porque esse usuário pertence automaticamente ao inquilino provedor de serviços.
Para definir um inquilino
  1. Clique em Administração, Gerenciamento de locação.
    A página Administração de multilocação é exibida.
  2. À esquerda, clique em Inquilino.
    A página Inquilinos é exibida.
  3. Clique em Criar inquilino.
    A página Criar novo inquilino é exibida.
  4. Digite as informações do inquilino. Os seguintes campos exigem explicação:
    • Número do inquilino
      (Informações somente) Exibe o número do inquilino. O CA APM não usa esse campo.
    • Status do registro
      Define o inquilino como ativo ou inativo. Após definir o inquilino do provedor de serviços, essa opção é somente leitura para o inquilino.
    • Termos de Uso
      (Apenas informação) Exibe a declaração dos termos de uso do inquilino. O CA APM não usa esse campo.
    • Inquilino pai
      Especifica o inquilino acima deste inquilino, tornando esse inquilino um
      subinquilino
      em uma hierarquia de inquilino.
    • Subinquilinos permitidos
      Permite que esse inquilino tenha subinquilinos. O inquilino não pode modificar a configuração.
    • Profundidade do inquilino
      (Apenas informação) Indica a profundidade de inquilino deste inquilino.
    • Logotipo
      (Apenas informação) Exibe o URL de um arquivo de imagem que contém o logotipo do inquilino, que pode ser qualquer tipo de imagem da web. O CA APM não usa esse campo.
    • Contato
      Exibe a página Pesquisa de contato.
    • Local
      Exibe a página de Pesquisa de local.
  5. Clique em Salvar.
    O inquilino é definido.
Atualizar um inquilino
Quando necessário, é possível atualizar as informações de um inquilino existente.
Para atualizar um inquilino
  1. Clique em Administração, Gerenciamento de locação.
    A página Administração de multilocação é exibida.
  2. À esquerda, clique em Inquilino.
    A página Inquilinos é exibida.
  3. Pesquise para localizar o inquilino que você deseja atualizar.
    Todos os inquilinos que correspondem aos critérios de pesquisa são exibidos na lista de inquilinos.
  4. Clique no inquilino que você deseja atualizar.
    As informações do inquilino aparecem.
  5. Clique em Editar.
  6. Insira as novas informações do inquilino.
  7. Clique em Salvar.
    O inquilino é atualizado.
Tornar um inquilino ativo
Quando os usuários devem ver e inserir informações de um determinado inquilino inativo, você pode tornar o inquilino ativo. Por exemplo, o provedor de serviços não recebeu o pagamento pelos serviços fornecidos a um determinado inquilino. Com base no contrato de serviços, o provedor de serviços torna o inquilino inativo e interrompe a oferta de serviços até que o pagamento seja feito. Depois que o inquilino fornecer o pagamento dos serviços, o provedor de serviços torna o inquilino ativo.
Para tornar um inquilino ativo
  1. Clique em Administração, Gerenciamento de locação.
    A página Administração de multilocação é exibida.
  2. À esquerda, clique em Inquilino.
    A página Inquilinos é exibida.
  3. Pesquise para localizar o inquilino que você deseja tornar ativo.
    Todos os inquilinos que correspondem aos critérios de pesquisa são exibidos na lista de inquilinos.
  4. Clique no inquilino que você deseja tornar ativo.
    As informações do inquilino aparecem.
  5. Clique em Editar.
  6. Selecione Ativo na lista suspensa Status do registro.
  7. Clique em Salvar.
    O inquilino é ativado.
Como inicializar um novo inquilino
Como o provedor de serviços, é possível definir um conjunto de dados padrão para um novo inquilino, tais como centros de custo, tipos de custo e departamentos. Para obter informações sobre como importar dados para inquilinos, consulte Importação de dados.
Definir um grupo de inquilinos
É possível definir um grupo de inquilinos para classificar, gerenciar e controlar o acesso aos inquilinos. Por exemplo, você pode atribuir gerentes de ativos a um grupo de inquilinos contendo inquilinos que pertencem a uma determinada localização geográfica.
Para definir um grupo de inquilinos
  1. Clique em Administração, Gerenciamento de locação.
    A página Administração de multilocação é exibida.
  2. À esquerda, clique em Grupo de inquilinos.
    A página Grupos de inquilinos é exibida.
  3. Clique em Criar grupo de inquilinos.
    A página Detalhes do novo grupo de inquilinos é exibida.
  4. Digite as informações do grupo de inquilinos.
  5. Clique em Salvar.
    O grupo de inquilinos é definido.
  6. Clique em Atribuir inquilinos.
    A página Pesquisa de inquilino é exibida.
  7. Procure e selecione o inquilino que você deseja adicionar ao grupo.
    O inquilino é adicionado ao grupo.
Atualizar grupo de inquilinos
Você pode atualizar um grupo de inquilinos para gerenciar detalhes e integrantes do grupo.
Para atualizar um grupo de inquilinos
  1. Clique em Administração, Gerenciamento de locação.
    A página Administração de multilocação é exibida.
  2. À esquerda, clique em Grupo de inquilinos.
    A página Grupos de inquilinos é exibida.
  3. Pesquise para localizar o grupo de inquilinos que você deseja atualizar.
    Todos os grupos de inquilinos que correspondem aos critérios de pesquisa são exibidos na lista de grupos de inquilinos.
  4. Clique no grupo de inquilinos na lista.
    A página Detalhes do grupo de inquilinos aparece.
  5. Clique em Editar.
  6. Insira as novas informações para o grupo de inquilinos.
  7. (Opcional) Clique em Atribuir inquilinos para adicionar um inquilino ao grupo.
    Adicionar ou remover um inquilino também adiciona ou remove os subinquilinos do inquilino.
  8. Clique em Salvar.
    O grupo de inquilinos é atualizado.
Hierarquias de inquilinos
Uma
hierarquia de inquilino
é um grupo de inquilino estruturado que é criado ou modificado pelo sistema quando você atribui um inquilino pai a um inquilino. O inquilino torna-se um subinquilino do pai e dos inquilinos superiores (se houver) nessa hierarquia.
O provedor de serviços pode criar várias hierarquias não relacionadas ou nenhuma. Mesmo em um sistema com hierarquias de inquilino, é possível definir inquilinos independentes.
O CA APM também suporta uma hierarquia de inquilino de profundidade ilimitada. No entanto, o provedor de serviços pode especificar um limite sobre o número total de inquilinos e a profundidade de hierarquias de inquilino (o padrão é quatro níveis). O provedor de serviços também determina se inquilinos individuais podem ter subinquilinos.
Observação:
o provedor de serviços pode fazer parte de hierarquias de inquilino, embora isso não seja obrigatório. O provedor de serviços não pode ter um inquilino pai.
Definir um subinquilino
O sistema de subinquilinos permite definir e modificar hierarquias de inquilinos para fins organizacionais e de compartilhamento de dados. Para colocar um inquilino em uma hierarquia de inquilino, especifique um inquilino pai para o inquilino.
Para definir um subinquilino
  1. Clique em Administração, Gerenciamento de locação.
    A página Administração de multilocação é exibida.
  2. À esquerda, clique em Inquilino.
    A página Inquilinos é exibida.
  3. Clique em Criar inquilino.
    A página Criar novo inquilino é exibida.
  4. Digite as informações do subinquilino. Os seguintes campos exigem explicação:
    • Inquilino pai
      Especifica o inquilino acima deste inquilino, tornando esse inquilino um
      subinquilino
      em uma hierarquia de inquilino.
    A lista suspensa Inquilino pai somente exibe inquilinos que têm permissão para ter subinquilinos.
  5. Clique em Salvar.
    O inquilino é um subinquilino do inquilino pai.
    Observação:
    quando um inquilino se torna um subinquilino, o inquilino pertence ao grupo de subinquilinos do inquilino pai, além dos seus outros subinquilinos (se houver) e assim por diante. O inquilino pai se junta ao grupo de superinquilinos de seu novo subinquilino, além de seus outros superinquilinos (se houver) e assim por diante. Cada um junta-se ao grupo de inquilinos relacionado do outro.
Atualizar um subinquilino
Quando necessário, é possível atualizar as informações de um subinquilino existente.
Para atualizar um subinquilino
  1. Clique em Administração, Gerenciamento de locação.
    A página Administração de multilocação é exibida.
  2. À esquerda, clique em Inquilino.
    A página Inquilinos é exibida.
  3. Pesquise para localizar o inquilino que você deseja atualizar.
    Todos os inquilinos que correspondem aos critérios de pesquisa são exibidos na lista de inquilinos.
  4. Clique no inquilino na lista. O nome do subinquilino é exibido na coluna Nome da lista de inquilinos.
    As informações do inquilino aparecem.
  5. Clique em Editar.
  6. Insira as novas informações do subinquilino.
  7. Clique em Salvar.
    O subinquilino é atualizado.
Grupos de inquilinos mantidos pelo produto
O produto gera e mantém os seguintes grupos de inquilinos automaticamente para cada inquilino em uma hierarquia de inquilino (
inquilino
é o nome do inquilino):
  • tenant
    _subtenants (inquilino, seus inquilinos
    filhos
    , e seus subinquilinos inferiores)
  • tenant_supertenants
    (inquilino, inquilino pai e seus superinquilinos superiores)
  • tenant
    _relatedtenants (toda hierarquia única)
Os grupos mantidos pelo sistema podem ser usados como grupos de inquilino definidos pelo usuário. No entanto, somente o nome e a descrição podem ser modificados.