Como enviar uma importação de dados usando um fluxo de trabalho de processo

Você pode usar um fluxo de trabalho do processo (por exemplo, o CA Process Automation) para enviar uma importação de dados do Importador de dados para processamento em vez de usar a interface de usuário do CA APM.
casm173
Você pode usar um fluxo de trabalho do processo (por exemplo, o CA Process Automation) para enviar uma importação de dados do Importador de dados para processamento em vez de usar a interface de usuário do CA APM.
Você pode criar um fluxo de trabalho de processo de importação de dados usando um arquivo XML de amostra fornecido pela empresa e integrando com o CA Process Automation.
Para enviar uma importação de dados usando um fluxo de trabalho do processo, execute estas etapas:
Exemplo: Importar novos dispositivos de hardware por meio de um processo de fluxo de trabalho
Sam, o administrador do sistema do CA APM na Empresa de Gerenciamento de Documentos definiu um fluxo de trabalho do processo de negócios. O fluxo de trabalho detecta novos dispositivos de hardware, adiciona os novos dispositivos ao repositório de dados da empresa e executa relatórios sobre os novos dispositivos. O Sam já criou uma importação de dados no CA APM que adiciona novos dispositivos de hardware ao repositório de dados. O Sam deseja executar essa importação de dados em um momento específico no seu fluxo de trabalho geral. Ele deseja integrar a importação de dados com seu fluxo de trabalho de processo comercial geral. Sam deseja que a importação de dados seja executada no momento em que o fluxo de trabalho especifica sem o usuário efetuar logon na interface de usuário do produto. Sam atualiza seu fluxo de trabalho do processo de negócios para incluir chamadas às operações de serviços web do CA APM para o Importador de dados.
Verificar os pré-requisitos
Para garantir que você possa enviar com êxito uma importação de dados usando um fluxo de trabalho do processo, verifique se você concluiu os pré-requisitos a seguir:
  1. Defina uma importação de dados com todos os mapeamentos e configurações por meio da interface de usuário do CA APM.
  2. Verifique se o caminho do arquivo de dados (se você estiver especificando um caminho) está acessível no servidor onde o serviço de importação está em execução. Além disso, o usuário do serviço de rede (identidade de pool de aplicativos) exige acesso a esse caminho.
  3. Defina um fluxo de trabalho de processo usando um provedor de fluxo de trabalho (como o CA Process Automation).
Especificar as chamadas de fluxo de trabalho
Para iniciar o importador de dados e executar uma importação de dados de um fluxo de trabalho do processo, você pode fornecer chamadas de fluxo de trabalho específicas para operações de serviço web do CA APM. Essas operações executam as seguintes funções:
  • Operação de logon - Efetuar logon no CA APM.
  • Enviar uma importação de dados usando uma das seguintes maneiras de fornecer um arquivo de dados:
    • Operação SubmitImportwithfilepath - O arquivo de dados está disponível em um caminho de arquivo especificado. Esse caminho do arquivo deve ser acessível no servidor onde o serviço de importação está em execução. A operação do serviço web carrega o arquivo.
    • Operação SubmitImport - O conteúdo do arquivo de dados foi convertido no formato binário de matriz de byte. A operação do serviço web recebe o conteúdo de matriz de byte de um aplicativo e envia o conteúdo para o Importador de dados.
      Para usar essa maneira de fornecer um arquivo de dados, crie um aplicativo, se um já não estiver disponível, para converter o conteúdo do arquivo de dados no formato de matriz de byte. O aplicativo, em seguida, envia o conteúdo para a operação do serviço web.
Incorpore as chamadas a essas operações em seu fluxo de trabalho do processo de negócios.
Para obter mais informações sobre a criação de um fluxo de trabalho do processo, consulte a documentação do produto para seu provedor de fluxo de trabalho.
Operação de logon
Esta operação faz logon no CA APM usando a ID de usuário e senha especificadas do CA APM. A saída dessa operação é o token de logon. O token de logon é usado como entrada para outras operações de fluxo de trabalho de importação de dados.
  • Parâmetros de entrada
    ItamUserName - ID de usuário do CA APM
    ItamUserPassword - Senha de usuário do CA APM
  • Parâmetros de saída
    loginToken - O token retornado após o logon no CA APM.
Operação SubmitImport
Esta operação recebe o conteúdo do arquivo de dados que foi convertido no formato de matriz de byte e envia o conteúdo com a importação de dados para o Importador de dados. Para usar essa operação, crie um aplicativo, se um já não estiver disponível, para converter o conteúdo do arquivo de dados no formato de matriz de byte. O aplicativo em seguida envia o conteúdo para esta operação do serviço web.
Essa operação retorna uma ID da tarefa de importação de dados, que é usada para verificar o status da tarefa de importação.
  • Parâmetros de entrada
    loginToken - O token retornado após o logon no CA APM.
    ImportName - Nome da importação de dados.
    DataFileName - O nome do arquivo de dados associado à importação de dados.
    Datafilestream - O conteúdo do arquivo de dados no formato de matriz de byte.
    Caprovided - (Opcional) Indicador que especifica uma importação de dados fornecida pelo produto. Defina este parâmetro como 1 (um) para especificar uma importação fornecida pelo produto.
    Inquilino - (Somente a multilocação) Nome do inquilino ao qual a importação se aplica.
  • Parâmetros de saída
    ID da tarefa - ID retornada após uma importação de dados ser enviada com êxito. A operação GetJobStatus usa essa ID para verificar o status de uma tarefa de importação.
Operação SubmitImportwithfilepath
Esta operação faz upload de um arquivo de dados a partir de um caminho de arquivo especificado e envia o arquivo de dados com a importação de dados para o Importador de dados. Esse caminho do arquivo deve ser acessível no servidor onde o serviço de importação está em execução.
A operação retorna uma ID da tarefa de importação de dados, que é usada para verificar o status da tarefa de importação.
  • Parâmetros de entrada
    loginToken - O token retornado após o logon no CA APM.
    ImportName - Nome da importação de dados.
    Datafilepath - Caminho e nome completos do arquivo de dados associado à importação de dados. Esse caminho deve ser acessível no servidor onde o serviço de importação está em execução. Além disso, o usuário do serviço de rede (identidade de pool de aplicativos) exige acesso a esse caminho.
    Se o local do arquivo de dados for um caminho compartilhado, o servidor do CA APM e o computador compartilhado devem estar no mesmo domínio. Caprovided - (Opcional) Indicador que especifica uma importação de dados fornecida pelo produto. Defina este parâmetro como 1 (um) para especificar uma importação fornecida pelo produto.
    Inquilino - (Somente a multilocação) Nome do inquilino ao qual a importação se aplica.
  • Parâmetros de saída
    ID da tarefa - ID retornada após uma importação de dados ser enviada com êxito. A operação GetJobStatus usa essa ID para verificar o status de uma tarefa de importação.
Verificar o status da tarefa de importação
O Importador de dados fornece um resumo de status de cada tarefa de importação de dados enviada. O fluxo de trabalho do processo pode incluir uma chamada na operação do serviço web do CA APM que recupera o status de uma tarefa de importação de dados enviada. Incorpore a chamada a esta operação no seu fluxo de trabalho do processo.
Operação GetJobStatus
Essa operação usa a ID da tarefa de importação de dados para verificar o status de uma tarefa de importação.
  • Parâmetros de entrada
    loginToken - O token retornado após o logon no CA APM.
    ID da tarefa - ID retornada após uma importação de dados ser enviada com êxito.
  • Parâmetros de saída
    Status da tarefa - Status da tarefa de importação.
Responder a mensagens de erro
Se ocorrerem erros durante o processo do fluxo de trabalho de importação de dados, você poderá receber mensagens de erro. As seguintes mensagens necessitam de explicação:
  • 20002 - Não é possível acessar a importação de dados por causa de permissões de usuário. Entre em contato com o administrador.
    A função de usuário exige acesso de administrador do importador de dados ou acesso de usuário do importador de dados para enviar uma importação de dados.
  • 20005 - Não é possível estabelecer conexão com o serviço de importação. Entre em contato com o administrador.
    Verifique o URL do serviço de importação no arquivo ImportProcessor.config ou entre em contato com o administrador.
  • 21002 - O nome de importação de dados é inválido.
    A importação de dados não existe ou o usuário não tem acesso à importação de dados. Se a importação de dados for fornecida pelo produto, especifique um valor de 1 para o parâmetro Caprovided.
  • 21004 - Falha ao fazer upload do arquivo de dados.
    Essa mensagem pode resultar de um erro de configuração. Revise os arquivos de log do serviço do gerenciador de armazenamento.
  • 21005 - Não há mapeamentos definidos para a importação de dados.
    Definir mapeamentos e enviar novamente a importação de dados.
  • 22001 - A ID da tarefa de importação de dados é inválida. Verifique a ID da tarefa e tente executar a importação novamente.
    Verifique a ID da tarefa efetuando logon no CA APM e localizando a tarefa de importação de dados. Envie novamente a importação de dados com a ID da tarefa válida.