Configure o CA SDM e seus componentes

Depois de instalar o CA SDM e qualquer produto adicional que você selecionar, execute as seguintes etapas:
casm173
Depois de instalar o CA SDM e qualquer produto adicional que você selecionar, execute as seguintes etapas:
  • Configure os componentes do CA SDM (servidores, banco de dados, interface web)
  • Configure a interface web se o servidor web e o servidor principal estiverem em computadores diferentes
  • Configure a Automação de suporte
  • Implemente relatórios de ciclo de vida de documento de conhecimento para políticas automatizadas
  • Configure o CA Business Intelligence
  • Implemente a multilocação
Este artigo contém os seguintes tópicos:
Entender os componentes do CA SDM
Os componentes do CA SDM incluem CMDB, Visualizer, Pintor de tela da Web e Automação de suporte.
CMDB (CA Configuration Management Database - Banco de Dados de Gerenciamento de Configuração)
O CMDB consolida e reconcilia origens diferentes de dados relacionados à TI no contexto de serviços de negócios. Ele permite exibir o IC (Item de configuração), tais como atributos de recursos, relacionamentos e dependências. Você pode usar o CMDB para exibir os relacionamentos associados a uma mudança contemplada e compreender o impacto associado a tal mudança sob uma perspectiva de serviços de negócios (análise de impacto). O CMDB é instalado automaticamente quando você instala o CA SDM.
Visualizador
O Visualizer fornece uma representação gráfica de um IC e seus ICs relacionados, incluindo os tipos de relacionamentos. Clique duas vezes em um IC no Visualizer para seguir as trilhas de relacionamento e compreender o impacto que um IC exerce sobre os outros ICs. Você pode configurar o Visualizer no servidor principal ou em um servidor secundário ao instalar o CA SDM nesse servidor. No entanto, se você desejar configurar o Visualizador após a instalação do CA SDM, inicie o CA SDM e, em seguida, use o Visualizador do Assistente de configuração.
Pintor de telas da web
Você pode usar o pintor de tela da web para modificar o esquema de banco de dados do CA SDM para atender às suas necessidades. O Pintor de tela da web também permite testar as alterações de esquema em seus formulários web antes de atualizar o esquema DBMS físico ou afetar outros usuários. Na configuração convencional, é possível instalar o pintor de tela da web no servidor principal ou em qualquer servidor secundário. No entanto, na configuração de disponibilidade avançada, instale o pintor de tela da web somente no servidor em segundo plano. Se você o instalar em um servidor em espera ou em um servidor de aplicativos, será exibida uma mensagem de erro ao iniciá-lo.
Automação de suporte
A Automação de suporte é um conjunto de ferramentas, processos e tecnologia. Ela permite o diagnóstico, o reparo e a prevenção automatizados de problemas do computador com interação mínima necessária pelo usuário final. A Automação de suporte ajuda os analistas de TI a acessar remotamente o computador do usuário final a fim de corrigir problemas. Você pode configurar a automação de suporte ao instalar o CA SDM.
Pré-requisitos para configuração de automação de suporte e de serviços web do REST
Os serviços web do REST e a automação de suporte requerem o arquivo tools.jar e o javac, que não estão disponíveis no programa de instalação do CA SDM para AIX.
No AIX, para usar os serviços web do REST e a automação de suporte, faça download e instale o JDK 1.7 em qualquer lugar. Copie o arquivo tools.jar do JDK 1.7 para o local do JRE definido na variável NX_JRE_INSTALL_DIR no arquivo $NX_Home/NX.env.
Configurar o servidor e o banco de dados do CA SDM
A instalação do CA SDM inicializa e configura o servidor e o banco de dados. Para obter mais informações sobre como configurar o servidor e o banco de dados, consulte Como configurar servidores para a disponibilidade avançada.
Configurar o CMDB
Configurar o log de auditoria do CMDB
As definições de objeto e acionador, atributos e formulários HTML usados pela auditoria do CMDB foram alterados.
Siga estas etapas:
  1. Remova o acionador
    cmdb_write_audit_log_site
    se você tiver criado site/mods/
    extensão
    .mod (
    extensão
    especifica o nome da extensão).
    Nesta release do produto, a auditoria é automaticamente criada e ativada.
  2. Adicione 'UI_INFO("AUDIT_LOG")' a cada atributo que deseja registrar em log.
  3. Para migrar os formulários HTML existentes, use os novos modelos do CA SDM.
Configuração do CMDB Visualizer no AIX
Válido em IBM AIX
O CA SDM instala o CMDB Visualizer por padrão em todos os ambientes operacionais. Você pode configurar o CMDB Visualizer, se necessário. O IBM AIX requer arquivos de política de segurança adicionais.
Siga estas etapas:
  1. Verifique se o CMDB Visualizer está configurado.
  2. Faça o download de arquivos de diretiva irrestritos (versão 1.4.2 ou posterior) da página de arquivos de diretiva JCE irrestritos no site da IBM.
    Registre-se no site da IBM para fazer download dos arquivos de política.
  3. Substitua os arquivos local_policy.jar e US_export_policy.jar no diretório de componentes compartilhados do JRE (local padrão:/opt/CA/SC/JRE/<versão>/lib/security) pelos arquivos de diretiva baixados do site da IBM.
  4. Pare e inicie o Visualizer usando os seguintes comandos:
    pdm_tomcat_nxd -c STOP -t VIZ pdm_tomcat_nxd -c START -t VIZ
    O CMDB Visualizer está configurado em IBM AIX.
Modificar scripts de terceiros para compatibilidade com o CMDB
Para scripts na release de produto atual, o atributo ext_asset é renomeado como ID. Para tabelas de extensão do CMDB, modifique os scripts de terceiros que usam serviços web do CA SDM.
Siga estas etapas:
  1. Abra o script de terceiros que deseja modificar.
  2. Substitua todas as referências de SQL de ext_asset por ID.
    O script é compatível com a release do produto atual.
Como alternar o servidor de destino para relatórios do CMDB
Para criar relatórios do CMDB, um sistema CA Cohesion ACM exporta dados de IC para um servidor do CMDB. Para exportar dados de ICs, alterne o servidor de destino do CMDB e execute os relatórios do CMDB.
Siga estas etapas:
  1. Use um servidor CMDB como o destino para a exportação de dados do IC e execute os relatórios do CMDB.
  2. Reinicie o serviço CA Cohesion ACM Server.
  3. Alterne para um servidor de destino do CMDB diferente para a exportação de dados do IC e execute os relatórios do CMDB.
  4. (Opcional) Repita as etapas 2 e 3.
Configurar ponto único de entrada
A configuração de um ponto único de entrada no CA SDM permite SSO (Single Sign-On - Logon Único) no CA Service Catalog.
Definir os detalhes do catálogo da CA no CA SDM
Definir os detalhes do catálogo da CA permite que o servidor do CA SDM identifique o local de instalação do CA Catalog.
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon no CA SDM e vá até a guia
    Administração
    ,
    Gerenciador de opções
    ,
    Geral
    e selecione
    catalog_server
    .
  2. Configure os detalhes necessários do CA Catalog.
  3. Reinicie o servidor do CA SDM.
  4. Efetue logon na página do Unified Self-Service do CA SDM.
  5. Clique em Procurar serviços do catálogo
    A página de logon do
    Gerenciamento de serviços da CA
    é exibida.
Ativar o logon único para o CA Catalog
Quando o CA EEM é configurado para o CA SDM e o
Gerenciamento de serviços da CA
, o ponto único de entrada pode permitir o logon único no CA Service Catalog. Quando o logon único é configurado, a página de logon do
Gerenciamento de serviços da CA
não é exibida.
O logon único não estará disponível se você efetuar logon no Unified Self-Service do CA SDM como convidado.
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon no CA SDM e vá para a guia
    Administração
    ,
    Gerenciador de opções
    ,
    Segurança
    e verifique se
    eiam_hostname
    e
    user_eiam_authentication
    estão instalados.
  2. Vá para o CA EEM, configure seus usuários e verifique se eles também existem no
    Gerenciamento de serviços da CA
    .
  3. No CA SDM, vá para a guia
    Administração
    ,
    Gerenciamento de segurança e funções
    ,
    Tipo de acesso
    e selecione a função
    Funcionário
    .
  4. Verifique se o tipo de validação na guia Autenticação pela web está definido como
    CA EEM-Use o CA Embedded Entitlements Manager
    .
  5. Efetue logon como o usuário definido do CA EEM e vá a página do Unified Self-Service.
  6. Clique em Procurar serviços do catálogo
    A página principal do CA Service Catalog é exibida.
Modificar o ambiente do sistema
Você pode personalizar o ambiente do sistema usando o Gerenciador de opções (recomendado) ou editando o arquivo de modelo de ambiente.
Use o Gerenciador de opções para modificar o ambiente do sistema
Depois que você efetuar logon no CA SDM, vá para a guia
Administração
,
Gerenciador de opções
e executar as seguintes ações para modificar o ambiente do sistema:
  • Obter uma lista de todas as opções disponíveis.
  • Exiba um resumo de cada opção, como o aplicativo ao qual ela está associada, uma descrição breve e seu status.
  • Exiba os detalhes de qualquer opção específica.
    Ao exibir as informações detalhadas de uma opção, é possível exibir as ações especiais que você deve realizar ao alterar a opção. Por exemplo, depois de instalar ou desinstalar algumas opções, reinicie o servidor do CA SDM para que a opção tenha efeito.
  • Revise o status de todas as opções no nível de resumo.
  • Desinstale qualquer uma das opções disponíveis (aplicável somente no servidor em segundo plano).
    Muitas das opções são pré-configuradas e instaladas durante a instalação do CA SDM. Usar o Gerenciador de opções para instalar ou desinstalar opções pode alterar algumas ou todas as configurações padrão.
  • Instale qualquer opção definida (aplicável somente no servidor em segundo plano).
Editar o modelo de ambiente para modificar o ambiente do sistema
O CA SDM usa variáveis de ambiente especificadas no arquivo de modelo de ambiente (NX.env.tpl) para determinar certos comportamentos. É possível usar variáveis de ambiente para modificar alguns comportamentos do sistema. Em geral, o Gerenciador de opções é usado para controlar o comportamento do sistema, mas, às vezes, o Suporte Técnico da CA solicita que você modifique diretamente uma determinada variável de ambiente.
Pontos a considerar ao editar o arquivo de modelo de ambiente:
  • As variáveis de ambiente definidas nesse arquivo podem ser substituídas ao definir a variável de ambiente no espaço de processo em que um processo é executado. Embora prática em alguns casos limitados, essa configuração não é recomendada. Preceder uma configuração variável com um arroba (@) evita que a variável seja substituída por outras variáveis durante o processo. A menos que haja uma razão específica para permitir uma substituição, o símbolo @ sempre precede o nome da variável no arquivo de modelo.
  • Os caracteres de comentário para esse arquivo são # e !. O caractere ! também é usado para desativar uma opção.
Modifique o arquivo de modelo (NX.env.tpl) e permita que o processo de configuração aplique as mudanças ao arquivo de ambiente. Nunca modifique diretamente o arquivo de ambiente (NX.env).
Siga estas etapas:
  1. Faça backup do arquivo de modelo de ambiente (.tpl) que corresponda ao ambiente de seu sistema:
    • UNIX -- $NX_ROOT/pdmconf/NX.env.tpl
    • Windows -- diretório-de-instalação\pdmconf\NX.env_nt.tpl
  2. Edite o arquivo de modelo do ambiente no servidor a seguir, dependendo da configuração do CA SDM:
    • Convencional: servidor principal
    • Disponibilidade avançada: um dos servidores em espera
    É possível ver e modificar esse arquivo usando qualquer editor de texto (usuários do Windows usam o WordPad).
  3. Faça as atualizações necessárias e salve o modelo.
  4. Execute o utilitário de configuração na instalação do servidor principal ou do servidor em espera para aplicar as mudanças feitas no arquivo de modelo de ambiente ao arquivo de ambiente real.
  5. Dependendo da configuração do CA SDM, faça uma das seguintes ações:
    Para evitar o encerramento do sistema, seu técnico de suporte pode instruí-lo a reiniciar apenas determinados processos, em vez de reciclar todo o servidor do CA SDM.