Como implementar a multilocação

Este cenário descreve como um administrador, como o usuário privilegiado do CA SDM, implementa a multilocação pela primeira vez. Do início ao fim, a implementação do CA SDM muda da seguinte maneira:
casm173
Este cenário descreve como um administrador, como o usuário privilegiado do CA SDM, implementa a multilocação pela primeira vez. Do início ao fim, a implementação do CA SDM muda da seguinte maneira:
  1. Um único cliente usa uma única implementação.
  2. Vários clientes (inquilinos) independentes e seus usuários
    compartilham
    uma única implementação. Cada inquilino vivencia a implementação como para seu próprio uso exclusivo.
Como administrador, você usa a interface de Administração do CA SDM para executar estas etapas:
Etapa 1: Instalar e ativar a multilocação
É possível ativar a multilocação instalando uma opção de multilocação no produto e, em seguida, ativar o modo de configuração. O modo de configuração especifica que os recursos de multilocação estão em vigor para administradores. Esse modo permite que os administradores exibam e editem objetos e atributos relacionados a inquilinos. No entanto, o produto não aplica restrições de locação, e os usuários finais que não são administradores não visualizam as mudanças. Esse modo permite preparar a multilocação executando tarefas como definir inquilinos ou atribuir inquilinos a funções sem afetar o uso normal do produto.
Quando a multilocação está no modo de configuração, as mudanças da interface web estão ativas para os administradores de provedores de serviço. Esse comportamento permite exibir e editar objetos e dados relacionados a inquilinos na interface web. No entanto, as restrições da locação não são aplicadas e os demais usuários, que não sejam administradores de provedor de serviço, não veem nenhuma alteração na interface de produto. Assim, você pode continuar a usar o produto enquanto implementa a multilocação.
Crie um backup das tabelas Domain_Constraint e usp_role antes de continuar com a implementação da multilocação. Se a multilocação apresentar falha, você pode usar o backup para restaurar as tabelas.
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon no CA SDM como administrador e clique na guia Administração.
  2. Na árvore à esquerda, clique em Gerenciador de opções, Multilocação.
    A página Lista de opções é exibida.
  3. Clique em multi_tenancy.
    A página Detalhes da opção multi_tenancy aparece.
  4. Clique em Editar.
    A página Atualizar opções aparece.
  5. Selecione a configuração na lista suspensa de Valores de opção.
  6. Clique em Instalar.
    Agora, a opção multi-tenancy está instalada.
  7. Clique em Atualizar.
    A página exibe suas alterações.
  8. Feche a janela.
    A página Lista de opções reaparece.
  9. Reinicie os serviços.
    A multilocação está pronta para implementação no modo de configuração.
Etapa 2: Criar o inquilino do provedor de serviços
Você pode usar o produto para criar o inquilino do provedor de serviços. Quando você cria o primeiro inquilino, ocorre o seguinte:
  1. O primeiro inquilino se tornará sempre o provedor de serviços.
    Não é possível alterar essa designação: na página Criar inquilino, a caixa de seleção Provedor de serviços e o campo Status do registro são somente leitura.
  2. O produto associa o usuário privilegiado (tipicamente o ServiceDesk no Windows ou srvcdesk no Linux/UNIX) ao inquilino do provedor de serviços. O produto define todos os contatos do sistema (como System_AHD_Generated) para pertencer ao novo inquilino provedor de serviços.
    Observação:
    o Windows fornece um usuário do sistema administrador. O usuário privilegiado deve atribuir manualmente um inquilino ao Administrador.
Siga estas etapas:
  1. Selecione Gerenciamento da segurança e das funções, Inquilinos na guia Administração.
    A opção Inquilinos, em Gerenciamento de segurança e função, somente fica disponível quando o recurso de multilocação está instalado e em modo de configuração ou ativado.
  2. Clique em Criar.
    A página Criar novo inquilino é exibida.
  3. Preencha os seguintes campos:
    • Nome
      Exibe o nome do inquilino.
    • Provedor de serviços
      Identifica se esse inquilino é o provedor de serviços.
    • Número do inquilino
      (Informações somente) Exibe o número do inquilino. O CA SDM não usa essa opção.
    • Status do registro
      Define o inquilino como Ativo ou Inativo.
    • Inquilino pai
      Especifica o inquilino acima deste inquilino, tornando esse inquilino um subinquilino em uma hierarquia de inquilino.
    • Subinquilinos permitidos
      Permite que esse inquilino tenha subinquilinos. O inquilino não pode modificar a configuração.
    • Profundidade do inquilino
      (Apenas informação) Indica a profundidade de inquilino deste inquilino.
    • Grupo de superinquilinos
      (Apenas informação) Identifica o grupo de inquilino mantido pelo sistema que contém esse inquilino e todos os inquilinos acima dele na hierarquia de inquilinos.
    • Grupo de subinquilinos
      (Apenas informação) Identifica o grupo de inquilino mantido pelo sistema que contém esse inquilino e todos os inquilinos abaixo dele na hierarquia de inquilinos.
    • Grupo de chaves estrangeiras
      (Apenas informação) Identifica o grupo de inquilinos mantido pelo sistema que contém inquilinos que podem ser referidos a partir de um SREL em dados que pertencem a esse inquilino. O grupo de chave estrangeira é o mesmo que o grupo de superinquilino.
    • Grupo de inquilinos relacionados
      (Apenas informação) Identifica o grupo de inquilinos mantido pelo sistema que consiste tanto no grupo de superinquilinos quanto no de subinquilinos para esse inquilino.
    • Termos de Uso
      Especifica a instrução de Termos de uso para o inquilino. Para obter mais informações sobre como criar a declaração de termos de uso, consulte Configurando termos de uso.
    • Logotipo
      Especifica o URL para o arquivo de logotipo do inquilino, que pode ser qualquer tipo de imagem da web.
    • Local
      Exibe a página de Pesquisa de local, que permite que você especifique um local.
    • Contato
      Exibe a página de Pesquisa de local, que permite que você especifique um contato.
    Se nenhum contato estiver associado ao inquilino correspondente, os campos Endereço de email e Endereço de email do pager estarão inativos.
  4. Clique em Salvar.
    O produto cria o inquilino do provedor de serviços.
  5. Feche a janela.
  6. Clique com o botão direito do mouse na lista Inquilino e clique em Atualizar.
    A Lista de inquilinos é atualizada e exibe o inquilino provedor de serviços.
  7. Efetuar logoff do CA SDM.
Etapa 3: Criar inquilinos
HID_CreateTenant
Você pode usar o produto para criar mais inquilinos. Você pode criar vários inquilinos, conforme necessário, para gerenciar várias empresas separadas que fornecem suporte para clientes.
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon na interface do Administrador como integrante do provedor de serviços. Uma maneira fácil de efetuar esse logon é conectando-se como usuário privilegiado (por exemplo, ServiceDesk). Esse usuário pertence automaticamente ao inquilino do provedor de serviços.
  2. Selecione Gerenciamento da segurança e das funções, Inquilinos na guia Administração.
    A opção Inquilinos, em Gerenciamento de segurança e função, somente fica disponível quando o recurso de multilocação está instalado e em modo de configuração ou ativado.
  3. Clique em Criar.
    A página Criar novo inquilino é exibida.
  4. Preencha os campos nesta página. Alguns dos campos são autoexplicativos. Os seguintes campos exigem mais explicação.
    • Provedor de serviços
      Identifica se um inquilino é o fornecedor de serviços. O primeiro inquilino criado é sempre o Provedor de serviços; em seguida, essa caixa de seleção é somente leitura.
    • Número do inquilino
      (Informações somente) Exibe o número do inquilino. O CA SDM não usa essa opção.
    • Subinquilinos permitidos
      Permite que esse inquilino tenha subinquilinos. O inquilino não pode modificar a configuração.
    • Profundidade do inquilino
      (Apenas informação) Indica a profundidade de inquilino deste inquilino.
    • Grupo de superinquilinos
      (Apenas informação) Identifica o grupo de inquilino mantido pelo sistema que contém esse inquilino e todos os inquilinos acima dele na hierarquia de inquilinos.
    • Grupo de subinquilinos
      (Apenas informação) Identifica o grupo de inquilino mantido pelo sistema que contém esse inquilino e todos os inquilinos abaixo dele na hierarquia de inquilinos.
    • Grupo de chaves estrangeiras
      (Apenas informação) Identifica o grupo de inquilinos mantido pelo sistema que contém inquilinos que podem ser referidos a partir de um SREL em dados que pertencem a esse inquilino. O grupo de chave estrangeira é o mesmo que o grupo de superinquilino.
    • Grupo de inquilinos relacionados
      (Apenas informação) Identifica o grupo de inquilinos mantido pelo sistema que consiste tanto no grupo de superinquilinos quanto no de subinquilinos para esse inquilino.
    • Termos de Uso
      Especifica a instrução de Termos de uso para o inquilino. Para obter mais informações sobre como criar a declaração de termos de uso, consulte Configurando termos de uso.
    • Logotipo
      Especifica o URL para o arquivo de logotipo do inquilino, que pode ser qualquer tipo de imagem da web.
    Se nenhum contato estiver associado ao inquilino correspondente, os campos Endereço de email e Endereço de email do pager estarão inativos.
  5. Clique em Salvar e feche a janela.
    O produto cria o inquilino.
  6. (Opcional) Clique em grupos de inquilinos para adicionar esse inquilino a um grupo novo ou existente.
Etapa 4: Atribuir acesso para o inquilino a uma função
A função de um usuário do CA SDM governa a autorização de acesso e a interface do usuário. As funções disponíveis para os usuários depende de seu tipo de acesso. A multilocação permite controlar o inquilino ou grupo de inquilinos que um usuário pode acessar dentro da função. Quando a multilocação está instalada, a página Detalhes da função inclui opções adicionais que permitem atribuir ou editar acesso de inquilino.
É possível conceder a usuários inquilinos acesso a dados que não sejam os seus próprios. Analistas de inquilinos do provedor sem serviço somente têm acesso a seus próprios inquilinos e subinquilinos. No entanto, você pode atualizar o acesso da função para incluir o inquilino do analista. Por exemplo, a definição de uma função pode definir acessos de leitura e gravação separados para certos grupos de inquilinos para usuários dentro daquela função.
Siga estas etapas:
  1. Vá para Gerenciamento de segurança e das funções, Gerenciamento das funções, Lista de funções.
    A Lista de funções aparece.
  2. Clique na função para a qual você deseja atribuir o acesso de inquilino.
    A página de Detalhes da função é exibida e fornece listas suspensas de Acesso de inquilino e Acesso de gravação do inquilino na guia Autorização. O acesso de inquilino é somente para exibição, e o acesso de gravação do inquilino permite também a criação e a atualização.
  3. Clique em Editar.
    A página Atualizar função aparece.
  4. Selecione as opções de Acesso do inquilino e Acesso de gravação de inquilino:
    • As mesmas que as de Acesso do inquilino
      Define o acesso para ter a mesma configuração de Acesso do inquilino. Esse valor é o padrão para a lista suspensa Acesso de gravação de inquilino e só está disponível para o Acesso de gravação do inquilino.
    • Todos os inquilinos
      Remove restrições de inquilinos. Um usuário em uma função com esse acesso pode fazer o seguinte:
      • Exibir qualquer objeto no banco de dados (o acesso de leitura).
      • Criar e atualizar (acesso de gravação) qualquer objeto com titular no banco de dados.
      Quando um usuário com acesso do tipo Todos os inquilinos cria um objeto, o usuário deve selecionar o inquilino do novo objeto.
    • Inquilino único
      Define o acesso de inquilino de uma função para um inquilino nomeado. Ao selecionar essa opção aparece outro campo que permite a seleção de um inquilino específico. Um usuário com essa função pode acessar apenas os objetos associados com o inquilino nomeado.
    • Grupo de inquilinos
      Define o acesso de inquilino de uma função para um grupo de inquilinos definido pelo usuário ou mantido pelo sistema. Após selecionar essa opção aparece outro campo que permite a seleção de um grupo de inquilinos específico. Um usuário com essa função pode acessar apenas os objetos associados a um dos inquilinos nesse grupo. Quando um usuário com acesso ao grupo de inquilinos cria um objeto, o usuário deve selecionar o inquilino do novo objeto.
    • Inquilino do contato
      Define o acesso de inquilino de uma função para o inquilino do contato que o está usando. Um usuário com essa função pode acessar apenas os objetos associados com seu próprio inquilino.
    • Grupo de inquilinos do contato
      Define o acesso da função de um analista ao grupo de inquilinos com o qual o analista trabalha, conforme especificado no registro de contato do analista. Se o usuário com a função não for um analista, esta seleção tem o mesmo efeito que Inquilino do contato. Essa opção está disponível apenas para analistas.
    • Grupo de subinquilinos do contato
      Define o acesso de inquilino de uma função para o grupo de subinquilino do contato que o está usando. Um usuário com essa função pode acessar apenas os objetos associados com seu próprio subinquilino.
    • Grupo de superinquilinos do contato
      Define o acesso de inquilino de uma função para o grupo de superinquilino do contato que o está usando. Um usuário com essa função pode acessar apenas os objetos associados com seu próprio grupo de superinquilinos.
    • Grupo de inquilinos relacionados ao contato
      Define o acesso de inquilino de uma função para o Grupo de inquilinos relacionados do contato que o está usando. Um usuário com essa função pode acessar apenas os objetos associados com seu próprio grupo de inquilinos relacionados.
    • Atualizar público
      Controla se um usuário de provedor de serviços na função tem a autorização para criar ou atualizar dados públicos. Todos os usuários podem exibir dados públicos, independentemente dos direitos de acesso para a função atual. Usuários inquilinos (usuários que pertencem a um inquilino diferente do provedor de serviços) não podem atualizar dados públicos, independentemente de sua função.
    • Clique em Salvar
      O Acesso de inquilino foi atribuído para a função. Quando um usuário consulta o banco de dados, o produto restringe os resultados a objetos pertencentes a inquilinos associados com a função do usuário.
Etapa 5: Criar subinquilinos
HID_CreateSubTenant
O sistema de subinquilinos permite definir e modificar hierarquias de inquilinos para fins organizacionais e de compartilhamento de dados. Para colocar um inquilino em uma hierarquia de inquilino, você atribui um inquilino pai a ele.
Siga estas etapas:
  1. Na guia Administração, selecione Gerenciamento de segurança e função, Inquilinos.
    A Lista de inquilinos aparece.
    A opção Gerenciamento de segurança e funções, Inquilinos está disponível somente quando recurso de multilocação está ativado.
  2. Clique em um inquilino existente para Editar ou clique em Criar novo.
    A página Detalhes do inquilino aparece, a qual permite digitar quaisquer dados ou mudanças.
  3. Selecione um inquilino pai.
    A lista suspensa Inquilino pai exibe apenas inquilinos que têm permissão para ter subinquilinos.
  4. Clique em Salvar.
    O inquilino é um subinquilino do inquilino pai.
    Observação:
    quando um inquilino é um subinquilino, ele pertence ao grupo de subinquilinos do inquilino pai. O inquilino pai junta-se ao grupo de superinquilinos do subinquilino. Cada inquilino junta-se ao Grupo Inquilinos relacionados de outro.
Etapa 6: Criar grupos de inquilinos
HID_CreateTenantGroups
Um grupo de inquilinos é uma coleção de inquilinos que compartilha o acesso a objetos do CA SDM . Os grupos de inquilino permitem classificar, gerenciar e controlar o acesso aos inquilinos. Você pode atribuir uma função a um inquilino ou grupo de inquilinos. Quando a multilocação está ativa, o produto associa cada função a: todos os inquilinos (público), um único inquilino ou um único grupo de inquilinos. Usar grupos de inquilinos sempre que uma função precisa de acesso a mais de um inquilino. Por exemplo, você pode atribuir analistas a um grupo de inquilinos contendo inquilinos que pertencem a uma determinada localização geográfica.
O produto gera e mantém os três grupos de inquilinos automaticamente para cada inquilino em uma hierarquia de inquilinos (
inquilino
é o nome do inquilino):
  • tenant
    _subtenants (inquilino, seus inquilinos filhos, e seus subinquilinos inferiores)
  • tenant
    _supertenants (inquilino, seu inquilino pai e seus superinquilinos superiores)
  • tenant
    _relatedtenants (toda hierarquia única)
Os grupos de inquilinos mantidos pelo sistema podem ser usados como grupos de inquilino definidos pelo usuário. Porém, você pode apenas alterar os nomes e descrições do grupo de inquilinos mantidos pelo sistema.
Exemplo: a Função A precisa de acesso ao Inquilino A, Inquilino B e Inquilino J.
Em vez de atribuir a função a cada inquilino separadamente, você pode fazer o seguinte:
  1. Criar um grupo de inquilinos e adicionar Inquilino A, Inquilino B e o Inquilino J para o grupo.
  2. Atribuir a Função A para este grupo de inquilinos.
    Os usuários (contatos) atribuído à função A podem acessar o grupo de inquilinos, que é composto de inquilinos A, B e J.
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon como o provedor de serviços, clique na guia Administração, e selecione Gerenciamento da segurança e de funções.
  2. Clique em Grupos de inquilinos.
    A opção Grupos de inquilinos, em Gerenciamento de segurança e função, está disponível somente quando o recurso de multilocação está instalado (no modo ligado ou de configuração).
  3. Clique em Criar.
    A página Criar grupo de inquilinos aparece.
  4. Preencha os campos do grupo de inquilinos e clique em Salvar.
    O grupo Inquilino é criado.
  5. Feche a janela.
    A Lista de grupos de inquilinos aparece.
  6. Clique com o botão direito do mouse na lista Inquilino e selecione Atualizar.
    A Lista de grupo de inquilinos é atualizada.
  7. Clique em Atualizar inquilinos na página Detalhes do grupo de inquilinos e adicione integrantes inquilinos ao grupo.
  8. (Opcional) Repita as etapas de 3 a 6 para cada grupo de inquilinos que você deseja criar.
Etapa 7: Alterar a Multilocação para o modo Ativado
É possível alterar a opção de multilocação para o modo Ativado para fazer a implementação multilocação funcionar completamente. Cada inquilino exibe a implementação unicamente para uso próprio. Um inquilino não pode atualizar ou exibir os dados de outro inquilino.
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon no CA SDM como administrador e clique na guia Administração.
  2. Na árvore à esquerda, clique em Gerenciador de opções, Multilocação.
    A página Lista de opções é exibida.
  3. Clique em multi_tenancy.
    A página Detalhes da opção multi_tenancy aparece.
  4. Clique em Editar.
    A página Atualizar opções aparece.
  5. Selecione a configuração na lista suspensa de Valores de opção.
  6. Clique em Editar.
    A página Atualizar opções aparece.
  7. Selecione em (o padrão) a partir dos valores a seguir na lista suspensa Valor da opção:
    • desativado
      (padrão) Proíbe o registro de entrada de um documento em uma tabela com inquilino obrigatório quando o inquilino for nulo e quando um SREL para uma tabela com um inquilino não estiver disponível.
    • ativado (avisar)
      Grava um erro no log, mas permite que o registro de entrada de um documento prossiga quando um objeto de inquilino obrigatório com um inquilino nulo for criado ou atualizado.
    • ativado (permitir)
      Grava um aviso no log, mas permite que o registro de entrada de um documento prossiga quando um objeto de inquilino obrigatório com um inquilino nulo for criado ou atualizado.
  8. Clique em Salvar e, em seguida, Atualizar.
    A página exibe suas alterações.
  9. Feche a janela.
    A página Lista de opções reaparece.
  10. Reinicie os serviços.
    A multilocação está totalmente operacional.
Etapa 8: Revisar a implementação e corrigir
Revisar a implementação da multilocação e corrigir quaisquer problemas.
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon no CA SDM usando o nome de usuário privilegiado (normalmente ServiceDesk).
  2. Clique na guia Administração e navegue até a Lista de inquilinos.
    O Provedor mostra como Sim para o usuário privilegiado no Nome do inquilino.
  3. Verifique se as restrições de multilocação são aplicadas ao navegar para uma lista de contatos.
    Se as tabelas de inquilino obrigatório incorretamente incluírem dados sem titular em um sistema multilocação, a seguinte mensagem é exibida na Lista de contatos:
    AHD05358 There were nn untenanted active Contact objects at CA Service Desk Manager startup.
    Se houver dados sem titular no banco de dados, você pode definir o modo da opção multilocação para o modo ativado (avisar) ou ativado (permitir). Estes modos permitem atualizar as tabelas de inquilino obrigatório com um inquilino nulo. Esse método evita a perda de dados quando um acordo de nível de serviço (SLA) ou evento anexado for executado para um ticket que não inclua um inquilino.
  4. (Opcional) Desative a multilocação ao encontrar problemas e execute as etapas a seguir:
    1. Restaure as tabelas Domain_Constraint e usp_role.
    2. Defina a opção Multilocação para o modo de configuração.
    3. Recicle o sistema.
    O site pode retomar as operações anteriores enquanto você corrige quaisquer ocorrências que necessitarem de reversão.