Configuração de notificações e eventos para o CA APM

Este artigo contém os seguintes tópicos:
casm173
Este artigo contém os seguintes tópicos:
Um
evento
representa uma atividade relacionada a um campo (padrão ou estendido) de um objeto. Ao definir um evento, você especifica os critérios que devem ser atendidos antes de o evento ocorrer. Por exemplo, você deseja saber quando os dados de um determinado campo são alterados. Você pode definir um evento que detecta a alteração de dados. Um evento funciona em conjunto com uma
notificação
, que o provedor de fluxo de trabalho (por exemplo, o CA Process Automation) cria para alertar os integrantes da equipe que um evento importante ocorreu para um campo ou objeto específico. Usando eventos e notificações, você alerta as pessoas sobre eventos futuros e ajuda a garantir que as tarefas apropriadas sejam executadas na ordem correta no momento certo.
Uma notificação é acionada quando ocorre um evento que você definiu. Por exemplo, você pode definir um evento de data no campo Data de término de um documento jurídico para notificar o gerente de contratos 15 dias antes da expiração de um contrato legal. O gerente de contratos usa os 15 dias para revisar e, possivelmente, negociar um contrato melhor. Quando a data chega (ou seja, 15 dias antes da expiração do contrato), o evento ocorre e o processo de notificação é acionado por meio do provedor de fluxo de trabalho. O provedor de fluxo de trabalho constrói, emite e gerencia as notificações de acordo com as configurações fornecidas no provedor de fluxo de trabalho e no CA APM.
O método de notificação padrão do CA APM oferece suporte a notificações por email usando um provedor de fluxo de trabalho. Você pode enviar uma notificação por email para qualquer lista de distribuição ou usuário definido em seu sistema de email interno, mesmo que o usuário não seja um usuário do CA APM. Além disso, você pode enviar um email para qualquer endereço de email externo, se permitido pelo sistema de email.
Você também pode configurar o processo de notificação no provedor de fluxo de trabalho para acionar qualquer tipo de processo. Por exemplo, você pode configurar o processo de notificação para executar determinadas ações em outro aplicativo quando ocorrer um evento do CA APM. Para obter informações sobre como configurar diferentes processos de notificação, consulte a documentação do provedor de fluxo de trabalho.
Você pode definir os seguintes tipos de eventos para acompanhar e gerenciar alterações importantes em campos ou objetos:
  • Eventos de data. Monitore um campo de data para um objeto e faça com que o provedor de fluxo de trabalho te notifique de que uma data importante está se aproximando ou já passou.
  • Alterar eventos. Monitore um campo de um objeto e faça com que o provedor de fluxo de trabalho te notifique de que o valor do campo foi alterado.
  • Eventos de observação. Monitore um campo de um objeto e faça com que o provedor de fluxo de trabalho te notifique sobre uma potencial obstrução à conclusão de uma tarefa.
Como configurar eventos e notificações
Eventos funcionam em combinação com notificações, que o provedor de fluxo de trabalho (por exemplo, o CA Process Automation) cria, para comunicar informações aos integrantes da equipe sobre eventos e atividades importantes. Para configurar eventos e notificações, execute as seguintes etapas:
  1. Os administradores concedem permissões para os usuários gerenciarem eventos.
  2. Os usuários com as permissões corretas abrem uma configuração existente e definem eventos de data, eventos de alteração e eventos de observação. Para obter mais informações sobre como definir eventos, consulte Eventos e notificações para o CA APM.
  3. Os usuários, ao definir um evento, mapeiam todos os parâmetros de processo do provedor de fluxo de trabalho para um atributo de objeto do CA APM. Para obter mais informações, consulte Parâmetros de processo do provedor de fluxo de trabalho.
  4. O provedor de fluxo de trabalho inicia o processo de notificação.
Conceder permissões para gerenciar eventos
É possível conceder permissões aos usuários para que eles possam configurar a interface de usuário e definir um evento.
Siga estas etapas:
  1. Clique na guia e na subguia opcional do objeto que você deseja configurar.
  2. À esquerda, clique em CONFIGURAR: ATIVADO.
    A configuração da página é ativada.
  3. Na área Informações de configuração da página, selecione uma configuração global ou local existente.
    As alterações de configuração global afetam todos os usuários, independentemente de sua função. As alterações de configuração local afetam somente os usuários nas funções atribuídas à configuração selecionada.
  4. Na área Permissões da página, mova Gerenciar eventos para a lista Permissões concedidas.
  5. (Opcional) Selecione Herdar permissões na caixa de seleção Objeto pai para aplicar qualquer permissão de segurança de um objeto de nível superior (pai) para o objeto de nível inferior (filho) usando a mesma configuração.
    Por exemplo, você pode criar uma configuração local para uma organização. Na configuração, negue permissões para alterar os rótulos de campo, mova campos, torne campos obrigatórios e oculte campos. Depois de salvar a configuração, abra Anexos em Organização e selecione Herdar permissões, na caixa de seleção Objeto pai. Todas as permissões da organização são aplicadas aos anexos. Neste exemplo, como as permissões para alterar os rótulos de campo, mover campos, tornar os campos obrigatórios e ocultar campos são aplicadas à organização, as permissões também são aplicadas ao anexo.
  6. Clique em Salvar configuração.
    Quando você atribui uma configuração a uma função, os usuários na função têm permissões para definir um evento.