Modificar arquivos XSL, XML, JavaScript e de imagem

O CA Service Catalog inclui vários arquivos XSL, XML, JavaScript e de imagem. Juntos, eles são usados para formar cada página e cada elemento de página do produto. Cada arquivo representa uma página ou parte de uma página. Por exemplo, uma caixa de diálogo, opção de menu, controle de campo de formulário, mensagem ou foto.
casm173
O CA Service Catalog inclui vários arquivos XSL, XML, JavaScript e de imagem. Juntos, eles são usados para formar cada página e cada elemento de página do produto. Cada arquivo representa uma página ou parte de uma página. Por exemplo, uma caixa de diálogo, opção de menu, controle de campo de formulário, mensagem ou foto.
É possível modificar qualquer um desses arquivos para atender às suas necessidades. Para modificar os arquivos XSL, XML, JavaScript e de imagem, siga este processo:
  1. Determine a página ou parte específica de uma página que deseja modificar.
  2. Localize o arquivo cujo nome corresponde ao elemento deseja alterar. Por exemplo:
    • Para modificar as informações de configuração de qualquer produto integrado, localize o arquivo toolsconfig.xsl.
    • Para modificar os estados do ciclo de vida da solicitação, localize o arquivo requestshared.xml.
    • Para modificar as mensagens que são exibidas quando um usuário testa a conexão de uma definição de configuração da administração, localize os arquivos toolsconfig.js e toolsconfig.xsl.
    • Para modificar o botão Editar na página Administração, Configuração, localize os arquivos modify.gif e toolsconfig.xsl.
    • Modifique a relação de status da solicitação, editando o arquivo requeststatus.xml.
  3. Abra o arquivo, revise o conteúdo e verifique se ele controla o elemento ou o comportamento que você deseja alterar.
  4. Copie o arquivo de seu local original para o local personalizado. Use a tabela como referência.
  5. Modifique o arquivo de acordo com suas necessidades.
  6. Se você modificou um arquivo JavaScript ou de imagem, execute esta etapa. Caso contrário, ignore-a.
    1. Copie o arquivo JavaScript modificado para a pasta \FileStore\custom\explorer\scripts .
    2. Copie as imagens modificadas para a pasta \FileStore\custom\images.
    3. Localize o arquivo XSL no local personalizado no qual o arquivo JavaScript ou de imagem será usado.
    4. Atualize esse arquivo XSL para especificar o novo nome de caminho personalizado do arquivo JavaScript ou de imagem. Para isso, pré-anexe "Diretório/" para o caminho relativo do arquivo JavaScript ou de imagem. Use o exemplo a seguir como modelo:
    <script src="FileStore/custom/explorer/scripts/custom_form_example.js"></script>
    Essa ação é necessária porque o arquivo XSL faz referência ao local do diretório para os arquivos de script modificados.
    Se você estiver usando vários computadores de Componente do catálogo, verifique se o repositório de arquivos está compartilhado
    entre
    todos eles.
  7. Limpe a pasta USM_HOME\exibição\translets em todos os computadores do Componente do catálogo: exclua todos os arquivos nessa pasta, mas
    não
    exclua a própria pasta.
  8. Reinicie todos os computadores do Componente do catálogo.
  9. Verifique se as mudanças estão funcionando no CA Service Catalog como pretendido.
Na tabela a seguir, a pasta pai é USM_HOME/view/webapps/usm. A pasta de repositório de arquivos é %USM_HOME/filestore. As entradas de pasta, como /explorer e /personalizado/explorer, são subpastas sob as pastas pai e do repositório de arquivos.
Tipo de arquivo
Local original na pasta pai
Local personalizado na pasta de diretório
XSL
/explorer
/custom/explorer
XSL
/explorer/request
/custom/explorer/request
XML
/locale/icusen
*
/custom/locale/icusen
*
XML
/locale/icusen
*
/request
/custom/locale/icusen
*
/request
imagem
/images
/custom/images
imagem
/images/billing
/custom/images/billing
JS
/explorer/scripts
/custom/explorer/scripts
*
A pasta
icusen
se aplica apenas a implementações em língua inglesa. Se você estiver usando uma implementação que não seja em inglês, o nome específico e localizado da pasta será diferente. Nesses casos, use o nome específico e localizado da pasta em vez de
icusen
.