Como uma tarefa automatizada é executada

Este artigo contém os seguintes tópicos:
casm173
Este artigo contém os seguintes tópicos:
O CA SDM oferece uma estrutura que é um bloco de código de script responsável pelo código que trata da apresentação das interfaces com o usuário e da recuperação da entrada do usuário a partir das etapas da interface com o usuário. A estrutura existe para que você possa realizar ações complexas com as tarefas automatizadas relacionadas à interface usando um código simples ao invés de um complexo que pode, de outra forma, ser necessário. A estrutura inclui dois objetos (Tarefa e Etapa). É possível usar esses objetos para interagir com a estrutura e controlar como as tarefas automatizadas são executadas, incluindo a configuração e acesso da interface com o usuário.
Observação
: ao executar uma tarefa automatizada no Editor de tarefas automatizadas, o editor atua como servidor e como cliente.
O processo a seguir descreve o que acontece ao executar uma tarefa automatizada:
  1. Use a estrutura para montar o código de script para ser executado juntamente com o código da etapa na definição da tarefa automatizada e qualquer código de biblioteca dependente.
  2. O servidor monta e distribui o código para os ambientes do usuário final.
  3. O usuário final e o analista recebem a tarefa automatizada montada completa.
  4. O servidor inicia cada etapa por sua vez no cliente relevante.
Como os analistas recebem dados
É possível fazer com que uma tarefa automatizada reúna dados e os armazene no banco de dados associado à Automação de suporte para a execução de tarefas específicas. Os dados podem ser selecionados por uma integração de sessão posterior que pode usar os dados ou transmiti-los para um sistema externo. Nesse caso, geralmente, estes dados são construídos como um fragmento de XML.
Use Functions.SetAcquiredData() para armazenar dados (texto) associados à execução de uma tarefa. A Automação de suporte permite que campos de texto com qualquer extensão sejam armazenados para cada execução de uma tarefa automatizada. É possível armazenar dados em uma etapa e acessá-los em uma etapa posterior da seguinte forma:
  1. O servidor envia o estado inicial desse armazenamento de dados para o cliente com a instrução de executar uma etapa.
  2. No final da etapa, o cliente envia o estado dos dados persistidos novamente para o servidor para que ele possa enviar esses dados para qualquer usuário que esteja executando a próxima etapa.
  3. Uma etapa de interface de usuário do analista pode reunir entradas do analista e armazená-las.
  4. A etapa de interface de usuário com o usuário final pode acessar os dados que foram fornecidos pelo analista.