Arquivos LEIAME do patch cumulativo do Clarity PPM e do Jaspersoft

ccppmop1571
Os patches cumulativos do
Clarity PPM
15.7.1.x e do JasperSoft para o Clarity PPM são disponibilizados periodicamente. Antes de aplicar um patch, consulte o arquivo LEIAME para obter informações importantes.
Embora, tecnicamente, não sejam patches, listamos os programas de instalação do Jaspersoft para o Clarity PPM nesta página, pois eles se comportam como patches para clientes existentes do
Clarity PPM
com ambientes de relatórios avançados.
  • Clientes de SaaS
    : entre em contato com o suporte para solicitar e programar a instalação do patch em instâncias específicas do Clarity PPM no Portal On-Demand. Todas as correções para os relatórios são implantadas automaticamente em seu ambiente de SaaS. As notificações para os patches programados e obrigatórios do JasperSoft são fornecidas por email aos contatos de suporte do cliente no arquivo.
  • Clientes locais
    : para instalar um patch ou atualizar o conteúdo dos relatórios, no suporte, faça download do patch e siga as instruções do arquivo LEIAME nessa página.
Esta seção contém os seguintes tópicos:
3
Resumo do patch cumulativo do Clarity PPM 15.7.1.x
Uma vez que os patches são cumulativos por natureza, quando você instala um único patch, ele inclui todas as correções feitas em todos os patches anteriores, mantendo o seu produto atualizado. A seguinte tabela lista os patches liberados até agora:
Release básica do Clarity PPM
15.3
15.4.0
15.4.1
15.5.0
15.5.1
15.6.0
15.6.1
15.7.0
15.7.1
Patch mais recente:
15.3.0.5
15.4.0.1
15.4.1.4
15.5.0.1
15.5.1.3
15.6.0.1
15.6.1.3
15.7.0.1
15.7.1.2
JasperReports
6.4.2_5.4.2.15
ou
7.1.0.6.1.0.X
6.4.2_5.4.2.15
ou
7.1.0.6.1.0.X
6.4.2_5.4.2.15
ou
7.1.0.6.1.0.X
6.4.2_5.4.2.15
ou
7.1.0.6.1.0.X
7.1.0.6.1.0.X
7.1.0.6.1.0.X
7.1.0.6.1.0.X
7.1.0.6.1.0.X
7.1.0.6.1
Release básica do Clarity PPM
15.7.1
Patch mais recente:
15.7.1.2
JasperReports
7.1.0.6.1.0.X
Problemas corrigidos na 15.7.1.2
DE51892
:
defeito de segurança
DE52626
:
defeito de segurança
DE52625
:
defeito de segurança
DE53709
:
Nova experiência do usuário: CMN-0009 erro retornado ao atualizar um campo MVL se um valor selecionado estiver inativo
Etapas para reproduzir:
1. Vá para Studio > objeto do projeto
2. Crie um atributo do tipo MVL (Multi Value Lookup - Pesquisa de Vários Valores) com base na pesquisa OOTB LOOKUP_USER_ACTIVE_SEC. Forneça uma ID de atributo da API para torná-la disponível na Nova experiência do usuário
3. Adicione o campo à visualização da lista do projeto.
4. Vá para a lista UI clássica > Projeto
5. Em um determinado projeto, adicione alguns usuários ao campo e salve as alterações
6. Vá para Admin > Recursos
7. Escolha um dos usuários adicionados ao campo MVL e desative-o
8. Volte para a lista de projetos e examine o campo MVL e os valores selecionados.
9. O valor desativado será exibido.
10. Adicione mais alguns valores e salve. As alterações foram salvas corretamente.
11. Vá para a lista de projetos da Nova experiência do usuário
12. Adicione o campo MVL à lista
13. Na lista, será possível ver todos os valores pré-selecionados. Também serão exibidos os usuários que foram desativados.
14. Edite o campo. Durante a edição, apenas os valores ativos estarão visíveis.
15. Tente adicionar mais alguns valores ao campo
Resultados esperados: os valores extra adicionados ao campo serão salvos.
Resultados reais: Erro CMN-0009: O atributo "MyMVL" possui o valor de pesquisa "[5003289, 5003130, 5003267]" inválido
DE53240
:
a rotina de execução de fatias de tempo não está funcionando em um ambiente que não seja de produção
Etapas para reproduzir:
1. Coloque a rotina Intervalo em pausa.
2. Envie uma planilha de horas de um recurso de mão de obra.
3. Execute uma instrução SELECT na tabela Prtimeentry e filtre pela ID da planilha de horas enviada.
4. Os clientes têm valores de PRID grandes na tabela Prtimeentry (por exemplo: 3921547957).
5. Para fins de reprodução, atualize o valor de PRID na tabela Prtimeentry para 3921547957 por meio da instrução SQL UPDATE.
6. Execute a rotina Intervalo para registrar os dados na tabela PRJ_BLB_SLICES.
7. Execute a consulta Select na tabela PRJ_BLB_SLICES (por exemplo: SELECT * FROM prj_blb_slices WHERE slice_request_id = 55555 ORDER BY created_date DESC).
Resultados esperados: a coluna PRJ_OBJECT_ID da tabela PRJ_BLB_SLICES deve conter o mesmo valor de PRID da tabela PRTIMEENTRY.
Resultados reais: um número negativo aleatório é gerado na coluna PRJ_OBJECT_ID em PRJ_BLB_SLICES (por exemplo: -373419339).
DE48284
:
as horas trabalhadas do incidente não serão registradas em um investimento se o recurso ainda não estiver na equipe
Etapas para reproduzir:
1. Efetue logon como administrador com acesso para registrar planilhas de horas para o Recurso1
2. Configure uma categoria de incidente e associe alguns investimentos
3. Configure um recurso que será usado para registrar as horas trabalhadas no incidente Recurso1 - aberto para entrada de horas, Recurso1 - direitos de acesso concedidos a incidentes, Recurso1 - não alocar aos investimentos
4. Crie um incidente - selecione a categoria e o investimento adequados
5. Atribua o Recurso1 ao incidente
6. Crie uma planilha de horas para o Recurso1 e adicione o incidente com algumas horas
7. Envie, aprove e registre a planilha de horas
8. Certifique-se de que as rotinas de execução de fatias de tempo e de alocação de investimento sejam executadas para atualizar o investimento
9. Vá para o Investimento, guia Equipe (adicione o campo Horas trabalhadas em incidentes para ver se os dados estão presentes)
Resultados esperados: ver que Recurso1 foi adicionado automaticamente à equipe para este investimento e que o valor de Horas trabalhadas em incidentes é exibido
Resultados reais: o Recurso1 não é adicionado automaticamente ao investimento e as Horas trabalhadas em incidentes não são exibidas. Adicionar o recurso APÓS registrar as horas trabalhadas no incidente não faz com que o valor de Horas trabalhadas em incidentes seja exibido automaticamente.
DE52066
:
o OWB está apresentando falha com o erro "npWBench.exe has stopped working"
CASO DE USO #1
Etapas para reproduzir ao fechar um projeto no OWB:
1. Abra o OWB e clique no ícone New para criar um projeto
2. Crie duas tarefas
3. Adicione um recurso ao projeto no OWB
4. Atribua o recurso a uma tarefa
5. Salve o projeto localmente
6. Clique no x próximo ao nome do projeto no OWB para tentar fechar o projeto (não no x no canto superior direito que fecha o OWB completamente)
Resultados esperados: o salvamento é bem-sucedido e o OWB permanece aberto.
Resultados reais: o OWB falha com o erro "npWBench.exe has stopped working". (Clicar na mensagem Close Program na janela pop-up do erro faz com que o OWB seja fechado). Solução alternativa: feche o OWB completamente, clicando no x no canto direito (no entanto, o OWB fechará todos os projetos abertos em vez de fechar apenas o projeto em questão).
CASO DE USO #2
Etapas para reproduzir ao criar uma tarefa/usando os filtros:
1. Abra o OWB e crie um projeto
2. Crie três tarefas: transforme a primeira tarefa uma Fase, a segunda tarefa uma Atividade e a terceira tarefa uma tarefa comum
3. Adicione um recurso ao projeto no OWB
4. Atribua o recurso à tarefa filho (a terceira tarefa)
5. Nas opções do menu Tarefa, selecione o recurso da etapa 3 na lista suspensa e altere o Tipo de Tarefa para Fase
6. Tente criar uma tarefa
Resultados esperados: a tarefa foi criada com êxito.
Resultados reais: o OWB falha com o erro "npWBench.exe has stopped working". (Clicar na mensagem Close Program na janela pop-up do erro faz com que o OWB seja fechado). Solução alternativa: nenhuma, além de evitar o uso da filtragem
DE52734
:
os usuários com direitos de reserva do recurso da instância não podem definir a equipe alocada dos investimentos personalizados no módulo Equipe alocada da Nova experiência do usuário.
Etapas para reproduzir:
1. Crie usuários com os seguintes direitos de instância:
Usuário1 - Visualização da instância [investimento personalizado] + reserva definitiva do recurso da instância
Usuário2 - Edição da instância [investimento personalizado] + reserva temporária do recurso da instância e reserva definitiva do recurso
2. Efetue logon, pois esses usuários navegam para uma ideia ou um investimento personalizado na guia Equipe alocada da Nova experiência do usuário
Resultados esperados: o botão '+' é exibido.
Resultados reais: o botão '+' não é exibido e os usuários não conseguem adicionar recursos à Equipe alocada.
DE52677
:
desempenho das planilhas de horas da Nova experiência do usuário ao revisar e aprovar conjuntos de dados grandes
Etapas para reproduzir:
1. Usando o Chrome ou o Edge, em um conjunto de conjuntos grande, escolha um usuário com muitos recursos subordinados a ele como gerente
2. Vá para a Nova experiência do usuário - Planilhas de horas - Revisar e aprovar
3. Execute as ações necessárias para um gerente de recursos:
a. Clique no Filtro, selecione Recurso e clique duas vezes na lista suspensa para ver todos os resultados
b. Clique no Filtro, selecione Recurso e digite algumas letras na lista suspensa
c. Clique em Aberto para ver as planilhas de horas abertas
d. Clique em Enviado para ver as planilhas de horas enviadas
e. Clique em Aprovado
f. Clique em Retornado
Resultados esperados: todas as ações são executadas dentro dos limites normais (o ideal é abaixo de 5 segundos, mas é aceitável abaixo de 10 segundos)
Resultados reais: todas as ações demoram mais de 20 segundos.
DE52941
:
erro "Parent Keys not found" ocorre durante a execução da carga incremental do DWH e quando ajustes de transação são feitos (Oracle, PostgreSQL)
Etapas para reproduzir:
1. Efetue logon no Clarity.
2. Execute uma carga completa do data warehouse.
3. Adicione algumas transações financeiras por meio da Entrada de transação (não enviar)
4. Execute uma carga incremental no data warehouse.
5. Enquanto a carga do DWH estiver em execução, depois que dwh_fin_transaction for processada, mas ainda não tiver obtido os fatos, execute a tarefa Registrar no WIP no Clarity.
Resultado esperado: as transações não devem ser exibidas no DWH, mas as rotinas devem ser concluídas com êxito.As transações serão exibidas na próxima carga do DWH.
Resultado real: a carga do data warehouse é anulada com um erro "Parent Keys not found"
DE52688
:
a navegação na subguia Atribuições com mais de 25 responsáveis no submenu de tarefas não funciona corretamente
Etapas para reproduzir:
1. Vá para a grade Tarefas de um projeto ou investimento personalizado na Nova experiência do usuário
2. Clique em uma linha de tarefa e abra o submenu Detalhes da tarefa
3. Vá para a subguia Atribuições no submenu
4. Atribua mais de 25 recursos de mão de obra ou funções nessa tarefa (uma segunda página para atribuições será criada)
5. Usando as setas de navegação (clique na seta para a direita) dessa subguia, vá para a segunda página. 6. Tente navegar de volta para a primeira página usando a seta para a esquerda.
Resultados esperados: poder localizar e usar as setas de navegação sem problemas.
Resultados reais: a seta desaparece quando você tenta clicar nela, tornando impossível retornar para a primeira página de atribuições de tarefa.
DE53152
:
o botão Notificar da planilha de horas enviou um email a todos os recursos
Etapas para reproduzir:
1. Crie um recurso de tipo Despesa por meio da Página inicial, Recursos
2. Nas Configurações desse recurso, selecione Aberto para entrada de horas e o modo de acompanhamento como PPM
3. Vá para Planilhas de horas no PPM clássico e filtre as planilhas de horas abertas de acordo com o recurso Despesa criado na etapa 1
4. Clique na marca de seleção do recurso e clique no botão Notificar.
5. Todos os recursos com o direito Planilhas de horas - Editar tudo (Global) receberão a notificação por email
Resultados esperados: a notificação não deve ser enviada para o tipo de recurso Despesa.
Resultados reais: a notificação está sendo enviada a todos os usuários do sistema que têm a notificação por email ativada e que têm o direito de acesso global Planilhas de horas - Editar tudo.
DE53314: o acesso WSDL do XOG por meio do aplicativo ou SOAP para os objetos está resultando em um erro interno do servidor.
Etapas para reproduzir:
1. Efetue logon no Clarity PPM
2. Substitua /niku/nu por /niku/xog no URL
3. Clique em Objetos
Resultados esperados: a lista de objetos WSDL do XOG é mostrada.
Resultados reais: o Erro interno do servidor ocorre.
DE52238 - Rotina para lidar com planilhas de horas duplicadas durante a criação de planilhas de horas na Nova experiência do usuário (ao copiar semanas anteriores).
Etapas para reproduzir:
1. O usuário envia uma planilha de horas na Nova experiência do usuário clicando em Criar planilha de horas ao copiar as semanas anteriores
2. O usuário recebe uma notificação de erro como uma mensagem toast na parte superior da tela
3. O usuário adiciona manualmente o trabalho à planilha de horas e não há nenhum problema aparente
Resultado esperado: um registro de planilha de horas duplicado não deve ser criado no banco de dados.
Resultados reais: uma planilha de horas aberta duplicada é criada no banco de dados.
DE50104: alteração na sequência de atributos de agrupamento do Plano de custo no banco de dados ao transformar o plano de custo em plano de registro.
Etapas para reproduzir:
1. Crie uma entidade com 4 atributos de agrupamento na seguinte ordem: Código de encargo (Conta contábil renomeada em uma cópia do ambiente do cliente), (SEQ 0 no banco de dados para o plano de custo padrão), Departamento (SEQ 1 no banco de dados), Função (SEQ 2 no banco de dados), Classe de transações (Centro de custos renomeado em uma cópia de um ambiente de cliente) (SEQ 3 no banco de dados)
2. Execute a seguinte consulta no banco de dados para verificar se as IDs de sequência correspondem, conforme definido acima: SELECT * FROM odf_multi_valued_lookups WHERE object like '%defa%'
3. Em um projeto do PPM clássico, crie um plano de custo (por padrão, ele é definido no plano de registro, alterando o sequenciamento para torná-lo diferente do padrão definido em uma entidade):
  • Clique na guia Planos financeiros do projeto
  • Clique em Novo plano manual
  • Digite um nome para o plano
  • Limpe todos os atributos do grupo e, em seguida, adicione todos os padrões da etapa 1 em uma ordem diferente da mencionada acima e clique em Salvar
4. Observe as sequências no banco de dados para o plano de custo
Execute a consulta a seguir usando as IDs do plano financeiro criado acima para obter a ID necessária para a próxima consulta:
  • SELECT * FROM fin_plans WHERE object_ID=5032473 and code= 'FINPLAN538329'
  • Execute a consulta a seguir com o valor de ID obtido da consulta acima:
  • SELECT * FROM odf_multi_valued_lookups WHERE pk_ID=7625007
  • Verifique se as IDs de sequência estão na ordem correta com base nas sequências que foram adicionadas
5. Crie um segundo plano de custo com a ordem padrão de atributos de agrupamento (não faça nenhuma alteração) e salve
6. Importante: transforme-o no Plano de registro (antes de transformar o plano de custo em plano de registro, o sequenciamento será exibido corretamente no banco de dados) SELECT * FROM odf_multi_valued_lookups WHERE pk_ID=7625008
Resultados esperados: o sequenciamento corresponde ao que está definido na etapa 1 acima.
Resultados reais: o sequenciamento não corresponde ao que está definido na etapa 1.
DE52925: o botão Atualizar está ausente na UI Phoenix ao abrir o projeto no Gantt do PPM
Etapas para reproduzir:
1. Efetue logon no Clarity como administrador e altere o Tema de UI para UI Phoenix
2. Vá para Página inicial > Projetos e abra qualquer projeto
3. Em Abrir no agendador, escolha Gantt do PPM
4. Você verá o erro "Não é possível iniciar o módulo incorporado para o Gantt. Usar o ícone Atualizar para concluir a inicialização do módulo.", mas a opção Atualizar estará faltando
Resultados esperados: o usuário deve ser capaz de clicar no ícone Atualizar
Resultados reais: o ícone Atualizar está ausente
DE51762 - Não é possível proteger as visualizações da subpágina do subobjeto clássico dos Objetos mestre personalizados. Não há nenhuma opção Seguro presente nesses subobjetos
Etapas para reproduzir:
1. Crie um objeto mestre: Mymaster
2. Crie um subobjeto para o objeto mestre acima: MyMasterSub
3. Vá para a guia Visualizações > General layout: Edit
4. Abra as propriedades de Subpágina
Resultados esperados: deveria haver um campo chamado Seguro abaixo do campo Pode ser vinculada por links. Ser capaz de proteger as subpáginas do subobjeto.
Resultados reais: não há nenhum campo chamado Seguro, portanto, as subpáginas do subobjeto não podem ser protegidas.
DE53192: a Nova experiência do usuário não abre o IE no Clarity 15.7.1. Uma página em branco é exibida
Etapas para reproduzir:
1. Instale ou atualize o Clarity 15.7.1
2. Abra o IE11 e conecte-se com a Nova experiência do usuário
Resultados esperados: ser capaz de efetuar logon na Nova experiência do usuário, embora nem todas as funcionalidades sejas suportadas no navegador IE11.
Resultados reais: uma página em branco é exibida. A página Logon não é exibida.
DE52398: Nova experiência do usuário: o preenchimento dos campos fica em branco até que a página seja atualizada
Etapas para reproduzir:
1. Crie uma pesquisa estática na UI clássica.
2. Crie um atributo de pesquisa de seleção múltipla em um objeto Projeto usando a pesquisa criada na etapa 1.
3. Adicione o atributo de pesquisa criado na etapa 2 à página Resumo do projeto na visualização Propriedades do projeto do objeto Projeto.
4. Crie uma instância de projeto na interface clássica e associe-a um blueprint. (Certifique-se de que o atributo de pesquisa esteja na página Resumo do projeto).
5. Adicione o atributo de pesquisa ao blueprint associado ao projeto na etapa 4 acima.
6. Na interface nova, clique para abrir o projeto e clique na guia Detalhes para exibir a página Resumo do projeto.
7. Selecione vários valores na pesquisa de valores múltiplos e clique em outro lugar da tela.
Resultado esperado: os valores selecionados devem ser exibidos na pesquisa.
Resultado real: a pesquisa é exibida vazia, como se nenhum valor tivesse sido selecionado.
DE53768: após a atualização, a rotina Carregar data warehouse falha: a tabela não existe devido a entradas antigas com o nome do esquema codificado na tabela DWH_INTERNAL_MD
Etapas para reproduzir:
1. Faça backup do banco de dados em um ambiente enquanto a rotina Carregar data warehouse ainda estiver em execução e enquanto houver entradas na tabela DWH_INTERNAL_MD do esquema PPM_DWH
2. Restaure o backup em outro ambiente (tanto no Clarity como no data warehouse)
3. Verifique a tabela DWH_INTERNAL_MD e veja se as entradas estão lá
4. Agora, execute a rotina Carregar data warehouse - Carga completa
Resultado esperado: a rotina Carregar data warehouse foi concluída com êxito e criou os índices que estavam em dwh_internal_md
Resultado real: a rotina Carregar data warehouse falha com o erro [CA Clarity][Oracle JDBC Driver][Oracle]ORA-00942: a tabela ou a visualização não existe
Problemas corrigidos na 15.7.1.1
DE51763: não é possível salvar os dados da demanda de função nos planos de portfólio.
Etapas para reproduzir:
1. Crie um subobjeto Investimento.
2. Crie um atributo de variação de tempo e certifique-se de que o tipo de variação de tempo seja Fiscal.
3. Navegue até o objeto Investimento e verifique os seguintes três atributos:
  • Data final do período fiscal
  • Data de início do período fiscal
  • Tipo de período fiscal
4. Navegue até os intervalos na Administração de dados e crie um atributo TSV e vincule-o ao custo da equipe da linha de base atual.
5. Vá para Investimento do portfólio, clique em Registro de atributos e mova os Atributos fiscais mencionados acima da lista Disponível para a lista Selecionado.
6. Vá para Portfólios e crie um portfólio.
7. Importe um investimento do tipo projeto com algumas funções no projeto. Além disso, certifique-se de que a Demanda de função seja preenchida.
8. Crie um plano para esse portfólio e verifique se o plano recém-criado está selecionado.
9. Clique no investimento importado, vá para o portlet Demanda de função e tente alterar o valor no TSV.
10. Os dados serão salvos.
11. Limpe o cache navegando até o sistema. Ação do cache.
12. Vá para o portfólio criado recentemente, clique no investimento importado e altere o valor no TSV.
13. O salvamento falha com um erro: "PFM_CA_INV.odf_period_start" could not be bound.
Resultado esperado: o portlet Demanda da função é salvo.
Resultado real: ocorre um erro de sistema.
DE49036: o número negativo é gerado pela sequência na tabela PRTIMEENTRY para a coluna PRID como resultado da divisão do módulo de entrada de tempo na Nova experiência do usuário do Clarity PPM.
Etapas para reproduzir:
1. Use um conjunto de dados com várias planilhas de horas.
2. Abra a tabela PRTIMEENTRY e anote o valor de PRID.
3. Abra qualquer uma das planilhas de horas com PRID negativa na Nova experiência do usuário do Clarity PPM.
Resultado esperado: o valor da coluna PRID na tabela PRTIMEENTRY deve ser positivo.
Resultado real: o valor da coluna PRID na tabela PRTIMEENTRY é negativo. Por exemplo,-35044054.
DE50808: o Agendador do MSP exclui as linhas da tabela nbi_proj_res_rates_and_costs
Etapas para reproduzir:
1. Certifique-se de que a opção On-the-fly Rate Matrix esteja ativada.
2. Crie um projeto com dois recursos de mão de obra alocados à equipe e atribuídos a uma única tarefa (não a tarefa de esforço).
3. Verifique os dados na tabela da matriz de taxas NBI_PROJ_RES_RATES_AND_COSTS.
4. Há quatro linhas de dados (cada recurso com uma entrada para a tarefa específica a que estão atribuídos e uma entrada para a taxa da equipe com task_id =-1) 4. Abra o Projeto no MSP (Microsoft Project).
5. Verifique os dados na tabela da matriz de taxas NBI_PROJ_RES_RATES_AND_COSTS.
Resultado esperado: as linhas específicas de atribuição de tarefa devem permanecer na tabela.
Resultado real: as linhas específicas de atribuição de tarefa são excluídas e apenas as linhas de taxa da equipe (task_id = -1) permanecem na tabela.
DE51973: os valores de TSV são automaticamente multiplicados por 8 quando o esforço de trabalho é definido como Dias.
Etapas para reproduzir:
1. No PPM clássico, vá para Administração, Gestão de projetos, Configurações, Geral e configure a Unidade de exibição padrão para esforço de trabalho como Dias.
2. Vá para a Nova experiência do usuário do Clarity PPM.
3. Exiba o módulo de Atribuições para projetos, configurando-o por meio de Blueprints.
4. Crie um projeto e adicione um integrante da equipe de mão de obra.
5. Crie uma tarefa para 1 mês e atribua um integrante da equipe alocada.
6. Vá para a guia Atribuições e exiba a EPT como TSV. Opções de exibição: Métricas por período = EPT, Períodos = Meses
7. No Avatar, clique em Configurações e em Geral. Defina Unidade de medida = ETI
8. Forneça "1" como entrada para um dos períodos mensais. O valor é atualizado para 8 (1*8)
9. No Avatar, clique em Configurações e em Geral. Defina Unidade de medida = Horas. O valor será atualizado para 1344, que é 8 (horas de trabalho) * 21 (dias úteis) * 8 (número adicional) 10. Altere o valor de um período para 8. O valor será alterado para 64 (8*8).
Resultado esperado: o valor inserido como uma unidade de ETI deve permanecer como uma unidade de ETI e o valor inserido como unidade de Horas deve permanecer como unidade de medida Horas. No momento, a Nova experiência do usuário do Clarity PPM não oferece suporte a Dias. Ela não deveria estar usando a configuração de Gestão de projetos da Administração da interface clássica para afetar a exibição dos campos de unidade de esforço de trabalho.
Resultado real: as entradas são automaticamente multiplicadas por 8.
DE51947 - A filtragem na grade Projetos não é consistente.
Etapas para reproduzir:
1. Efetue logon na Nova experiência do usuário do Clarity PPM.
2. Vá para a visualização em grade Projetos/Ideias.
3. Clique em Adicionar filtro.
4. Na lista suspensa Pesquisar, selecione a ID para filtrar os projetos de acordo com a sua ID.
5. Digite qualquer ID.
6. Tente adicionar outros filtros além da ID.
Resultado esperado: o aplicativo deve mostrar os dados que correspondem aos registros do último filtro aplicado.
Resultado real: o aplicativo não mostra os dados que correspondam ao último filtro aplicado.
DE52133: quando um atributo de sequência de caracteres existente é atualizado, há entradas duplicadas ao alternar entre os submenus de detalhes.
Etapas para reproduzir:
1. Efetue logon na Nova experiência do usuário do Clarity.
2. Vá para Projeto, módulo Ocorrências e layout Grade.
3. Crie duas ocorrências, Teste1 e Teste2.
4. Clique em Teste1 e abra o submenu de detalhes.
5. Clique em Configurar e adicione o campo Resolução.
6. Clique em Sair.
7. Clique em Teste1 e abra o submenu de detalhes.
8. Editar o campo Resolução e adicione valor como XYZ.
9. Clique em Teste2 na Grade.
Resultado esperado: a linha Teste1 é atualizada com o valor correto.
Resultado real: outras linhas são atualizadas com valores incorretos.
DE51842: a tela fica esmaecida depois que você permite bloqueadores pop-up mais de 8 vezes em um sistema que tenha o tema Phoenix aplicado.
Etapas para reproduzir:
1. Efetue logon no PPM clássico como administrador.
2. Verifique se Phoenix é o Tema de UI.
3. Vá para Página inicial e Projetos.
4. Abrir um projeto existente.
5. Clique no ícone Procurar de qualquer um dos atributos de pesquisa.
6. Feche o pop-up exibido.
7. Repita as duas etapas acima mais 7 ou 8 vezes.
Resultado esperado: o pop-up deve aparecer na oitava vez também.
Resultado real: o pop-up é aberto e a tela inteira fica bloqueada ou esmaecida na oitava vez.
DE52594 - Atualizações cumulativas para melhorar o desempenho do PostgreSQL
Etapas para reproduzir: não se aplica
Alterações incluídas:
1. Várias funções de bancos de dados foram modificadas para alterar as assinaturas de parâmetros, a fim de corresponder melhor os índices usados na função ao executar consultas. Foram alterados os parâmetros passados como numéricos para o número inteiro ou bigint, para garantir que os índices definidos para as tabelas sejam usados, melhorando os tempos de busca.
2. Foram adicionadas mais uniões para melhorar o desempenho de consultas de instância do portlet.
3. O processo de verificação de direitos de instância foi modificado para verificar primeiro os direitos globais ao executar as rotinas que executam a limpeza da instância do processo. Geralmente, essas rotinas são executadas por usuários administrativos e usam a verificação de direitos alocados na memória, ao contrário das funções de banco de dados, para realizar a verificação de direitos mais caros.
4. As tabelas temporárias foram modificadas para que a página Gantt do PPM use colunas de números inteiros ou bigint em vez de colunas numéricas. Essa ação evita o acionamento desnecessário do mecanismo PostgreSQL ao inserir dados nas tabelas.
5. As pesquisas de planilha de horas foram alteradas para Enviado por, Aprovado por e Modificado por para evitar uniões com CMN_CAPTIONS_NLS.
6. Mais índices foram adicionados à tabela BPM_RUN_OBJECTS para melhorar o tempo de acesso.
7. As chamadas da API REST foram modificadas com o parâmetro tsvParams para buscar atributos adicionais exigidos pelo processamento tsvParams na consulta principal. Essa modificação evita chamadas adicionais de banco de dados para recuperar os atributos.
8. Outro terminal do XOG foi criado para validar todas as consultas NSQL no sistema por meio de uma chamada de exportação do XOG. Esse terminal é usado após a migração do Oracle para o PostgreSQL, a fim de validar se todas as consultas NSQL no Clarity são compatíveis com o PostgreSQL.
9. O SQL dinâmico é usado nas funções para garantir que os planos de execução sejam criados para executar as consultas dentro da função.
10. Os procedimentos armazenados de transição do intervalo foram refatorados para melhorar o desempenho no PostgreSQL.
11. O tipo de dado Numérico foi alterado para bigint para o PostgreSQL nos cenários em que o valor dos dados tinha apenas escala e nenhuma precisão.
Alterações no esquema: foram feitas alterações nos seguintes objetos de banco de dados para aprimoramentos de desempenho:
  • CMN_SEC_CHK_CLS_INST_RIGHT_FCT
  • CMN_SEC_CHK_CLS_RIGHT_FCT
  • CMN_SEC_CHK_INST_FCT
  • CMN_SEC_CHK_USER_FCT
  • CMN_SEC_USER_INST_PRIVS_FCT
  • OBS_UNIT_FULL_PATH
  • ODF_BLB_SLICE_RESET_ALL_SP
  • PRJ_BLB_ROLL_ASSIGN_ACTCOST_SP
  • PRJ_BLB_ROLL_ASSIGN_ETCCOST_SP
  • PRJ_BLB_ROLLOVER_ASSIGNMENT_SP
  • PRJ_BLB_ROLLOVER_TEAM_HARD_SP
  • PRJ_BLB_ROLLOVER_TEAM_SP
  • PRJ_BLB_ROLLOVER_TIMEENTRY_SP
  • PRJ_BLB_SLICE_RESET_ALL_SP
  • BPM_RUN_OBJECTS
  • LOOKUP_RESOURCES_NAME_ONLY - Nova pesquisa para as planilhas de horas
Alterações nos relatórios: nenhuma API do XOG altera o novo terminal de leitura: nsqlValidate. Usado para validar as consultas NSQL. Exemplo:
<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?><NikuDataBus xmlns:xsi="http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance" xsi:noNamespaceSchemaLocation="../xsd/nikuxog_read.xsd"> <Header version="15.7" action="read" objectType="nsqlValidate" externalSource="NIKU"> </Header></NikuDataBus>
Instalar o patch
  1. Faça backup de todos os arquivos e do banco de dados no sistema de destino.
  2. No servidor CSA, copie o programa de instalação em um diretório temporário.
  3. Vá para o diretório temporário e digite o seguinte comando para extrair o conteúdo: jar xvf <patch_jar_file>
  4. Interrompa todos os serviços locais nsa, app e bg: service stop nsa app bg
    Permita que bancos de dados e relatórios continuem em execução.
  5. No diretório temporário, digite o seguinte comando para executar o script do programa de instalação: install.bat ou install.sh.
  6. Siga as instruções restantes na tela para concluir o script do programa de instalação.
  7. Inicie todos os serviços: service start all.
  8. Se você estiver executando vários servidores em um agrupamento:
    1. Efetue logon no CSA e vá para a página Todos os serviços para encerrar todos os serviços remotos app e bg.
    2. Vá para a página Distribuir tudo, selecione servidores remotos e clique em Distribuir.
    3. Retorne para a página Todos os serviços para reiniciar os serviços quando a distribuição estiver concluída.
      Se atualmente você usa ou deseja usar os novos relatórios e Data warehouse do Jaspersoft, escolha a Etapa 9 ou a Etapa 10. Se você não usa esses recursos, ignore as Etapas 9 e 10.
  9. Se você estiver aplicando esse patch e já tiver configurado o Data warehouse e os relatórios do Jaspersoft:
    1. No prompt de comando do diretório install_dir/bin, digite o seguinte comando para gerar o repositório de chaves: admin jaspersoft keystore.
    2. Copie os arquivos do repositório de chaves gerado no seguinte local: diretório "install_dir"/config para Jaspersoft Tomcat Instance Directory/webapps/jaspersoftContext/WEB-INF/config.
    3. Digite o seguinte comando para atualizar o conteúdo do relatório: admin content-jaspersoft csk -userName superuser -password "password" upgrade -retryCount 50.
    4. Reinicie todos os serviços do PPM.
    5. Execute a rotina Carregar direitos de acesso do data warehouse.
  10. Se você estiver aplicando esse patch e desejar usar os novos relatórios e o Data warehouse do Jaspersoft, mas ainda não os configurou:
    1. No prompt de comando do diretório install_dir/bin, digite o seguinte comando para gerar o repositório de chaves: admin jaspersoft keystore
    2. Copie os arquivos do repositório de chaves gerado no seguinte local: diretório "install_dir"/config para "Jaspersoft Tomcat Instance Directory"/webapps/"jaspersoftContext/WEB-INF/config
    3. Digite o seguinte comando para instalar o conteúdo da release: admin content-jaspersoft csk -userName <superusuário> -password <senha> -retryCount 50. Esse comando importa jaspersoft_csk.zip seguido pelo arquivo que contém o conteúdo do patch (nome do arquivo para o conteúdo do patch contém jaspersoft_csk_upgrade).
  11. Se você encontrar algum erro durante a importação do conteúdo do patch, digite o seguinte comando para reimportar o conteúdo do patch: admin content-jaspersoft csk -userName "superuser" -password "password" upgrade -retryCount 50 force.
    1. Configure a seção Data warehouse no CSA. Para obter mais informações, consulte CSA: administração de sistema do Clarity PPM.
    2. Digite o seguinte comando no prompt de comando do diretório install_dir/bin para aplicar o conteúdo do patch do data warehouse:
      admin db dwh-upgrade -Dupgrade.phase=maintenance
  12. Reinicie todos os serviços do PPM.
  13. Execute a rotina Carregar direitos de acesso do data warehouse.
Desinstalar o patch
Siga estas etapas:
  1. Execute o seguinte comando para interromper todos os serviços nsa, app e bg locais: service stop nsa app bg.
  2. Restaure os arquivos de instalação e o banco de dados usando os backups.
  3. Execute o comando a seguir para iniciar todos os serviços: service start all.
  4. Se estiver executando vários servidores em um agrupamento:
    1. Efetue logon no CSA e vá para a página Todos os serviços para encerrar todos os serviços remotos app e bg.
    2. Vá para a página Distribuir tudo, selecione servidores remotos e clique em Distribuir.
LEIAME do JasperReports Server 7.1 para Clarity PPM (versão recomendada)
O JasperReports Server 7.1 é a release mais recente que inclui novos recursos, aprimoramentos e atualizações de segurança. Todos os clientes do Clarity PPM SaaS receberão automaticamente essa nova release. Os clientes locais do Clarity PPM devem usar o programa de instalação do Clarity PPM JasperSoft para aplicá-lo. O programa de instalação é um wrapper personalizado, escrito com base no programa de instalação original de terceiros.
Os destaques da release 7.1 incluem
:
  • Resolução de várias vulnerabilidades de segurança associadas a releases anteriores, incluindo a 6.4.2.
  • Suporte a atualizações do mesmo banco de dados a partir da release anterior 6.4.2.
  • Novo Visualize.js
  • Suporte à fonte de dados do novo Jaspersoft Studio para domínios e links de informações do TIBCO Spotfire®
  • Experiência melhorada do aplicativo JasperMobile
  • Texto simples do mecanismo do JasperReports em expressões de propriedade de campo
  • Driver do JDBC para visualização da fonte de dados TIBCO
  • Suporte ao Java 8 nativo (não há mais suporte ao Java 7, às APIs SOAP e à API REST v1.0 Jaspersoft)
  • Correções de segurança
  • Novas visualizações ad hoc
REQUISITOS DE HARDWARE E SOFTWARE
  • Consulte as notas da versão do Clarity PPM e a documentação do TIBCO.
  • Os clientes do Clarity PPM SaaS aproveitam uma atualização automática para o JasperReports 7.1.
  • Os clientes locais do Clarity PPM 15.7 devem fazer download do programa de instalação do Clarity PPM JasperSoft 7.1, que é um wrapper personalizado, escrito com base no programa de instalação original de terceiros. Somente o programa de instalação pode ser usado para instalar o Jaspersoft e integrá-lo ao Clarity PPM para fins de relatório.
Etapas da instalação expressa do JasperReports Server 7.1
O JasperSoft 6.2.1 foi lançado como um patch. O JasperSoft 6.4.2 foi uma release de manutenção; no entanto, se o 6.2.1 já tiver sido instalado, você experimentou o 6.4.2 como se fosse um patch.
Atualizando para o JasperSoft 7.1?
Você pode perceber uma atualização do mesmo banco de dados de 6.4.2 para 7.1, como se fosse uma atualização de patch relativamente pequena. No entanto, se você estiver atualizando a partir de uma release mais antiga, planeje sua migração para o JasperSoft 7.1 como se fosse uma atualização de release completa. Por exemplo, ao atualizar da 6.2.1, será necessário fazer
dois saltos
, primeiro para a 6.4.2 e, em seguida, para a 7.1.
Você pode verificar se tem o patch mais recente instalado clicando no link
Sobre
, no canto superior direito do aplicativo, para exibir a caixa
Sobre
.
ABOUT-BOX.png
Somente o programa de instalação pode ser usado para instalar o Jaspersoft e integrá-lo ao Clarity PPM para fins de relatório. Não instale software, não faça download de patches nem aplique hot fixes diretamente da TIBCO. Somente
ca_ppm_jaspersoft_7.1.0_6.1.0.28.zip
no
Tomcat 8.5.30
com
JDK 1.8_171
está certificado e é suportado. Devido a problemas de desempenho, é recomendável evitar o Tomcat 8.5.31.
Observação
: você também pode seguir estas etapas para instalar ou atualizar para o JasperSoft 6.4.2 no ambiente de relatório 6.2.1 herdado (a versão 6.2.1 não é mais suportada). As etapas para 6.4.2 são quase idênticas às etapas para 7.1.
A atualização para 7.1 pode exigir que você atualize antes para 6.4.2. Por exemplo, você tem a release 15.1 com o Jaspersoft 6.2.1. Ao atualizar para 15.6, o ambiente de relatório permanece em 6.2.1. Atualize para 6.4.2 primeiro e, em seguida, para 7.1.
IMPORTANTE
  • O JasperReports Server pode ser implantado como um aplicativo autônomo ou em um agrupamento para alta simultaneidade. As instâncias agrupadas do JasperReports Server usarão acesso seguro para os segmentos para o respectivo banco de dados de repositório privado. Como resultado, qualquer número de instâncias do JasperReports Server pode compartilhar o mesmo repositório e, assim, apresentar o mesmo ambiente aos usuários.
  • Quando o JasperReports Server é implantado em um agrupamento, é aconselhável dedicar uma ou mais instâncias do JasperReports Server no agrupamento para processar a execução dos relatórios programados. Essas instâncias dedicadas compartilharão o mesmo repositório, mas não farão parte do balanceador de carga para atender às solicitações da web, como a execução de relatórios por meio da interface do usuário e/ou a exploração de dados por meio de visualizações ad hoc.
  • Para a implantação autônoma em que apenas uma única instância do JasperReports Server é disponibilizada, a instância processa a programação do relatório, bem como as solicitações normais da web, como a execução de relatórios por meio da interface do usuário e/ou a exploração de dados por meio de visualizações ad hoc.
  • Estamos fornecendo um mecanismo para transformar instâncias dedicadas do JasperReports Server em instâncias do agendador, e instâncias que fazem parte do balanceador de carga para atender às solicitações da web em instâncias de não agendador.
Durante a instalação do JasperSoft 7.1 para Clarity PPM, você será solicitado a fornecer uma instância separada do agendador:
  • Se responder SIM, você terá que decidir se deseja transformar em uma instância do agendador a instância atual na qual o programa de instalação está sendo aplicado.
    • Se SIM, o programa de instalação executará as alterações necessárias na configuração para transformar a instância atual em uma instância do agendador.
    • Se NÃO, o programa de instalação executará as alterações necessárias na configuração para transformar a instância atual em uma instância de não agendador. Para aproveitar ao máximo essa configuração, certifique-se de que as instâncias de não agendador façam parte do balanceador de carga.
O usuário deve selecionar a opção apropriada durante a instalação para transformar a instância mencionada em uma instância de agendador ou não agendador. Se estiver executando apenas uma única instância do JasperReports Server, selecione Não quando for solicitado a separar a instância do agendador como uma instância dedicada.
PRÉ-REQUISITOS
- Defina a variável de ambiente JAVA_HOME e certifique-se de que o executável Java8 correto esteja presente na variável de ambiente PATH.
- Crie um banco de dados/esquema do Jaspersoft antes de iniciar a instalação e a atualização. Para as atualizações:
- Exporte o conteúdo do Jaspersoft para um arquivo zip (exportado somente da interface do usuário do Jaspersoft).
- Faça um backup da instância existente do Jaspersoft (o aplicativo web) e do banco de dados (banco de dados/esquema). Instalação/atualização
1. Faça download do programa de instalação no Centro de download. Descompacte ca_ppm_jaspersoft_<versão do Jaspersoft>_<versão do CA PPM Jaspersoft>.zip em uma pasta. Por exemplo, ca_ppm_jaspersoft_7.1.0_6.1.0.28.zip. Descompacte o programa de instalação no diretório raiz para evitar uma exceção de caminho longo. 2. Execute o programa de instalação: a) se estiver no Windows:
Execute install.bat: b) se estiver no Linux:
Execute chmod u+x install.sh
Execute install.sh. Selecione o Tipo de instalação: 1)
Novo
: esta opção instala o Jaspersoft como uma instalação nova. 2)
Atualização
: esta opção atualiza a instalação existente do Jaspersoft. Vá para o diretório do Apache Tomcat 8.5: local da máquina em que o Tomcat está instalado
Enter Jaspersoft Web App Name: o nome da pasta em que o Jaspersoft está sendo implantado (por exemplo, reportservice).
Enter Jaspersoft Web App Port: a porta do JasperReports Server. O padrão é 8080.
Configuração de email
1) Y: para fazer a configuração de email: a) digite o nome do host do servidor de email: nome do host do servidor de email (por exemplo, mail.localhost.com).
b) Enter Mail Server Port: número da porta do servidor de email (por exemplo, 25).
c) Enter Sender Email Protocol: o protocolo suportado pelo servidor de email. Atualmente, o Jaspersoft oferece suporte ao SMTP e SMTPS.
d) Enter Sender Email Username: nome de usuário do remetente do email (por exemplo, teste).
e) Enter Sender Email Password: a senha do remetente do email (por exemplo, password123).
f) Enter Sender Email Address: endereço de email do remetente (por exemplo, [email protected]). 2) N: para ignorar a configuração de email,
selecione o modo de instalação
1) Standalone: para servidores autônomos
2) Cluster: para implantações com base em agrupamento. Se você tiver selecionado o modo de agrupamento:
1) Primary Node: igual a uma instalação autônoma
2) Additional Node (Web-app deploy only): implanta apenas o aplicativo web e usa o esquema/banco de dados do nó principal
Você precisa de uma instância dedicada do Jaspersoft como uma instância do agendador de relatório?
1) Sim: escolha essa opção se desejar ter uma instância separada do agendador.
2) Não: escolha essa opção se não desejar uma instância separada do agendador.
Se Sim for selecionada na etapa anterior: deseja tornar a instância atual uma instância somente de agendador de relatório?
1) Sim: escolha essa opção para que o programa de instalação execute as alterações necessárias na configuração e torne a instância atual uma instância do agendador.
2) Não: escolha essa opção para instâncias que fazem parte do balanceador de carga. O programa de instalação executa as alterações necessárias na configuração e torna a instância atual uma instância de não agendador.
Selecione o tipo de servidor de banco de dados:
1) MSSQL
2) Oracle
Se MSSQL for selecionado:
MSSQL Server Hostname: digite o nome do host do servidor MSSQL (por exemplo: HOSTNAME)
Deseja usar uma instância nomeada?
a) Sim: escolha essa opção se estiver usando uma instância nomeada do servidor MSSQL para a instalação do JasperSoft.
b) Não: escolha essa opção se estiver usando um servidor MSSQL padrão com um número de porta estática.
Se Sim for selecionada:
  • Enter the MSSQL Server Instance Name: a instância nomeada configurada no servidor MSSQL
  • Enter the Jaspersoft Database Name: nome do banco de dados do JasperSoft – padrão: PPM_JASPERSOFT
  • Enter the Jaspersoft Database Username: nome de usuário do Jaspersoft – por exemplo: PPM_JASPERSOFT
  • Enter the Jaspersoft Database Password: senha do Jaspersoft
Se Não for selecionada:
  • Enter the MSSQL Server Port Number: porta do banco de dados na qual o servidor MSSQL está em execução, por exemplo: 1433
  • Enter the Jaspersoft Database Name: nome do banco de dados do JasperSoft – padrão: PPM_JASPERSOFT
  • Enter the Jaspersoft Database Username: nome do usuário do Jaspersoft, por exemplo: PPM_JASPERSOFT
  • Enter the Jaspersoft Database Password: senha do Jaspersoft
Se Oracle for selecionado
1) Oracle Standalone
2) Oracle Cluster (RAC). Se o Oracle Standalone for selecionado: a) digite o nome do host do banco de dados Oracle: o nome do host do servidor Oracle, por exemplo: HOSTNAME
b) Enter the Oracle Database Port Number: porta do banco de dados em que o Oracle está sendo executado, por exemplo: 1521
c) Enter the Jaspersoft Database Username: banco de dados do Jaspersoft, por exemplo: PPM_JASPERSOFT
d) Enter the Jaspersoft Database Password: senha do Jaspersoft
e) Enter the Oracle SID Name: SID do Oracle, por exemplo: <ORACLESID> Se Oracle Cluster (RAC) for selecionado: a) digite o nome do host do banco de dados Oracle (o nome do host do servidor Oracle, por exemplo, HOSTNAME).
b) Enter the Oracle Database Port Number: por exemplo, 1521.
c) Enter the Jaspersoft Database Username: por exemplo, PPM_JASPERSOFT.
d) Informe a senha do banco de dados do JasperSoft.
e) Enter the Oracle Service Name: por exemplo, NOME DO SERVIÇO. 3. Confirme as propriedades que você inseriu e aguarde até que a instalação seja concluída. 4. Depois que o serviço Tomcat for iniciado, efetue logon em http://<NOME_DA_MÁQUINA>:<PORTA>/<NOME_APLICATIVO_WEB_JASPERSOFT>. Por exemplo, http://jaspersoftserver:8080/reportservice/ usando as credenciais superusuário/superusuário.
Dicas de atualização do JasperSoft
:
  • Para obter melhores resultados, sempre limpe o cache do navegador em cada estação de trabalho cliente depois da instalação, atualização ou aplicação de patches do Jaspersoft.
  • A opção Sincronização completa da rotina Criar e atualizar usuários do Jaspersoft exclui todas as pastas de usuário sem conteúdo.
  • Crie uma pequena quantidade de pastas Jaspersoft personalizadas para cada equipe. Por exemplo, somente para administradores, gerentes de projeto e alguns analistas de negócios do PPM.
  • Se isso não for conveniente, crie usuários no PPM e coloque um pequeno arquivo dentro de cada pasta para evitar que ela seja excluída.
  • Para obter melhor desempenho, não crie mais de 500 pastas de usuário.