MSP: modo de cálculo manual do Microsoft Project

ccppmop158
O cálculo manual afeta a programação do MSP (Microsoft Project). A opção
Cálculo
está
ativada
por padrão. Como resultado, ao abrir um projeto do
Clarity PPM
no Microsoft Project, o projeto é recalculado. As
datas de início e término da tarefa são automaticamente ajustadas para respeitar a cadeia de dependência entre elas.
Por exemplo, crie duas tarefas, Tarefa 1 e Tarefa 2, com uma dependência de Início/término entre elas. A data de início da Tarefa 2 é calculada em relação à data de término da Tarefa 1, com base no vínculo de dependência. O gráfico de Gantt também é atualizado de acordo com isso. As tarefas subsequentes são calculadas de forma semelhante, somando os valores do nível da tarefa para Trabalho restante, Trabalho real e Trabalho no nível da Tarefa de resumo.
Configurar cálculo manual
Você pode definir a opção
Cálculo
no Microsoft Project como
desativada
(manual). No modo de cálculo manual, um projeto do
Clarity PPM
não é recalculado quando você o abre no Microsoft Project. Quando você usa o modo de cálculo manual, o Microsoft Project se comporta da seguinte forma:
  • As tarefas não são ajustadas nem atualizadas com base na cadeia de dependências quando você abre um projeto do
    Clarity PPM
    no Microsoft Project. A cadeia de dependências deixa de fazer sentido.
  • As tarefas permanecem no gráfico de Gantt.
  • Você deve programar um projeto manualmente e trocar as datas da tarefa.
  • O projeto aparece assim como foi salvo da última vez no
    Clarity PPM
    , desde que você não esteja usando planilhas de horas do
    Clarity PPM
    .
  • A tarefa de resumo não é calculada. Os valores acumulados das tarefas filhas não são exibidos. Como resultado, o campo
    % concluído
    no nível do projeto no Microsoft Project pode exibir um valor impreciso.
Para projetos MPP (
filename.mpp
) que foram criados antes de definir essa configuração, o gerente de projeto deve atualizar a configuração global para esse projeto.
Para atualizar a configuração global, abra o plano no Microsoft Project pelo
Clarity PPM
.
Siga estas etapas:
  1. No Microsoft Project, clique em
    Arquivo
    ,
    Project Options
    e, em seguida, clique em
    Cronograma
    .
  2. Selecione
    Desativado
    para
    Calculate Project after each edit
    , na seção
    Cálculo
    .
  3. Clique em
    OK
    .
    Essa configuração é global e é salva no arquivo .mpp de cada projeto. Qualquer projeto .mpp criado após a definição da configuração irá herdá-la.
  4. No
    Clarity PPM
    , clique em
    Administração
    ,
    Gestão de projetos
    ,
    Definições
    .
  5. Defina o
    Modelo de carregamento padrão
    como
    Uniforme
    .
  6. Clique em
    Salvar
    .
Exemplo: sem cálculo (0 horas) para o trabalho restante
Como mostrado na imagem abaixo, o trabalho restante do projeto 1 e o resumo não foram calculados e exibem zero horas. O projeto não é calculado quando o cálculo manual está ativado.
Imagem mostrando os efeitos do cálculo manual.
Pressione F9 ou use o botão
Cálculo necessário
no Microsoft Project para calcular o projeto. O Microsoft Project calcula o plano, e os valores acumulados de todas as tarefas são exibidos. Além disso, as tarefas são exibidas no gráfico de Gantt com base nas relações de dependência de Início/término.
Exemplo: as tarefas permanecem no gráfico de Gantt
Quando você ativa o cálculo manual, as tarefas permanecem no gráfico de Gantt e as horas não se acumulam na tarefa de resumo ou nos níveis do projeto. Por exemplo, ative o cálculo manual no Microsoft Project e também defina o padrão de carregamento como uniforme no
Clarity PPM
. Em seguida, você cria um projeto no
Clarity PPM
com três tarefas. Crie uma tarefa de resumo e rebaixe as tarefas como filhas sob a tarefa de resumo. Aplique dependências de término/início, identifique o trabalho restante e registre o trabalho real.
Abra o projeto do
Clarity PPM
no Microsoft Project. Como o cálculo manual está ativado, o projeto não é calculado e os resultados são exibidos como mostrado na seguinte imagem:
  • As três tarefas são empilhadas umas sobre as outras no gráfico de Gantt e não aparecem com base nos links de dependência de término/início.
  • A tarefa de resumo exibe zero para o trabalho restante, o trabalho real e o trabalho, em vez da soma das tarefas.
  • O projeto pode exibir valores incorretos nos níveis do projeto ou da tarefa de resumo.
Imagem mostrando o efeito da configuração do cálculo como manual.
Pressione F9 para calcular o projeto. Os resultados são exibidos como mostrado na seguinte imagem:
  • As três tarefas são agendadas com base na cadeia de dependências entre elas.
  • O trabalho restante, o trabalho real e o trabalho para a tarefa de resumo exibem a soma das tarefas filho.
Imagem mostrando o efeito da configuração do cálculo como manual.
Exemplo: a tarefa de resumo não é calculada automaticamente
Quando ativa o cálculo manual, as datas da tarefa de resumo não são calculadas automaticamente. Por exemplo, ative o cálculo manual no Microsoft Project e também defina o padrão de carregamento como uniforme no
Clarity PPM
. Em seguida, crie um projeto no
Clarity PPM
, com algumas tarefas sem dependências. Crie uma tarefa de resumo e rebaixe as tarefas como filhas sob a tarefa de resumo. Arraste as tarefas manualmente no gráfico de Gantt para refletir os requisitos do gerente de projeto.
Abra o projeto do
Clarity PPM
no Microsoft Project. Como o cálculo manual está ativado, o projeto não é calculado e os resultados são exibidos como mostrado na seguinte imagem:
  • No gráfico de Gantt, a linha de Gantt da tarefa de resumo reflete apenas um dia, em vez do intervalo das tarefas filhas.
Imagem mostrando o efeito da configuração do cálculo como manual.
Pressione F9 para calcular o projeto. Os resultados são exibidos como mostrado na seguinte imagem:
  • A linha de Gantt para a tarefa de resumo exibe o intervalo de datas das tarefas filhas.
  • A tarefa de resumo exibe os valores acumulados.
Imagem mostrando o efeito da configuração do cálculo como manual.
Exceções no cálculo manual do Microsoft Project
As seguintes exceções são aplicáveis quando o cálculo manual está ativado:
  • Planilhas de horas do
    Clarity PPM
    . Se você usar planilhas de horas, as horas reais registradas em tarefas podem substituir a configuração. A data de início ou de término ou as duas podem ser alteradas.
    Por exemplo, a tarefa 1 começa em 1º de maio e Ken registra oito horas em 20 de abril, uma data antes do início da tarefa. Na próxima vez que o projeto for aberto no Microsoft Project, a data de início da tarefa será alterada para 20 de abril. O mesmo acontece quando Ken registra as horas reais em relação à tarefa após a data de término. O Microsoft Project move a data de término para as últimas horas reais registradas.
  • Nivelamento de recursos. O nivelamento de recursos calcula o projeto. Não use o nivelamento de recursos se não desejar que o Microsoft Project calcule o projeto.
  • Restrições de tarefa. A aplicação de restrições de tarefa poderá fazer com que o Microsoft Project calcule o projeto, mesmo se a configuração global para a opção Cálculo estiver definida como desativada.
Exemplo: nivelamento de recursos no Microsoft Project
O
Nivelamento de recursos
no Microsoft Project programa o projeto com base na disponibilidade dos integrantes da equipe, de modo que nenhum recurso seja superalocado. O nivelamento de recursos atrasa as tarefas, as divide e retarda as atribuições de recursos para ajustar a alocação de recursos. O nivelamento de recursos também calcula o projeto como níveis de recursos de TI. Portanto, nivele os recursos somente se desejar que o Microsoft Project calcule o projeto.
Siga estas etapas:
  1. Defina a opção Cálculo no Microsoft Project como desativada.
  2. Crie duas tarefas, Tarefa1 e Tarefa2.
    O Microsoft Project define automaticamente a data de início para que as duas tarefas tenham a data de hoje ou a data de início do projeto, dependendo da configuração do Microsoft Project.
    As tarefas permanecem empilhadas umas sobre as outras, indicando que o plano deve ser calculado, conforme mostrado na seguinte imagem:
    Imagem mostrando como as tarefas permanecem empilhadas umas sobre as outras.
  3. Atribua o mesmo recurso a cada tarefa.
    As tarefas permanecem empilhadas umas sobre as outras, indicando que o plano deve ser calculado. Como mostrado na imagem abaixo, espera-se que o recurso trabalhe 16 horas nesse dia.
    Imagem ilustrando como o recurso deve trabalhar 16 horas nesse dia.
  4. Nivele os recursos manualmente.
    Como mostrado na imagem a seguir, o Microsoft Project calcula ou programa automaticamente as tarefas para que o recurso trabalhe oito horas por dia, resolvendo assim a superalocação. Se você não quiser que as posições da tarefa sejam movidas, não nivele o recurso.
    Imagem mostrando como o Microsoft Project calcula ou programa as tarefas automaticamente.
Exemplo: restrições de tarefa
Quando você aplica restrições de tarefa, o cálculo automático pode ser disparado, mesmo se a configuração global for manual.
Siga estas etapas:
  1. Defina a opção Cálculo no Microsoft Project como desativada.
  2. Crie uma tarefa, a Tarefa 1.
    O Microsoft Project define automaticamente a data de início como sendo hoje ou a data de início do projeto, dependendo da configuração do Microsoft Project.
  3. Mova a Tarefa 1 para a próxima segunda-feira.
    O Microsoft Project marca a Tarefa 1 com a restrição
    O início não pode ser antes de
    . Passe o cursor do mouse sobre o ícone Calendário para ver essa restrição.
  4. Criar outra tarefa, a Tarefa 2.
    O Microsoft Project define automaticamente a data de início como sendo hoje ou a data de início do projeto, dependendo da configuração do Microsoft Project.
  5. Mova a Tarefa 2 para a próxima segunda-feira.
    O Microsoft Project marca a Tarefa 2 com a restrição
    Não Iniciar Antes de
    . Passe o cursor do mouse sobre o ícone Calendário para ver essa restrição.
  6. Crie uma dependência de término/início entre a Tarefa 1 e a Tarefa 2.
    Quando você cria restrições de tarefa, o Microsoft Project calcula automaticamente as tarefas, conforme mostrado na figura a seguir, mesmo que a configuração global para a opção Cálculo esteja definida como Desativado.
    Imagem mostrando como a aplicação de restrições de tarefa pode acionar um cálculo automático.
Exemplo: reconciliação de superalocação de recursos
O exemplo a seguir mostra como a reconciliação manual de superalocações de recursos não aciona o cálculo automático.
Siga estas etapas:
  1. Defina a opção Cálculo no Microsoft Project como desativada.
  2. Crie duas tarefas, Tarefa1 e Tarefa2.
    O Microsoft Project define automaticamente a data de início como sendo hoje ou a data de início do projeto, dependendo da configuração do Microsoft Project.
  3. Atribua um recurso à Tarefa1.
  4. Atribua o mesmo recurso à Tarefa 2.
  5. Crie uma dependência de Início/término entre a Tarefa1 e a Tarefa2.
    As tarefas permanecem empilhadas uma sobre a outra, conforme mostrado na imagem a seguir, indicando que o plano deve ser calculado.
    Imagem mostrando que a reconciliação manual das superalocações de recursos não aciona o cálculo automático.
  6. Arraste a Tarefa 1 para a segunda-feira da próxima semana.
    A tarefa permanece congelada na data definida manualmente, conforme mostrado na imagem a seguir, indicando que o plano deve ser calculado.
    Imagem mostrando que a reconciliação manual das superalocações de recursos não aciona o cálculo automático.