OWB: gerenciar recursos e funções no Open Workbench

ccppmop158
Gerencie os recursos do Open Workbench (OWB) para definir a equipe alocada com as funções necessárias para garantir que os projetos sejam concluídos dentro do prazo e do orçamento. Os
recursos globais
são aqueles que estão disponíveis para a definição da equipe alocada nos projetos ao usar o Open Workbench com o
Clarity PPM
. Você pode selecionar uma equipe de recursos em uma lista de recursos globais e torná-los disponíveis para o seu projeto. A lista global exibe funções e recursos sobre os quais você tem direitos de reserva.
Ao gerenciar projetos, o Open Workbench (OWB) compartilha de maneira global, em todos os projetos abertos, os dados do projeto referentes ao início da semana, ao calendário base e ao URL das diretrizes. Essas informações são trazidas das seguintes origens:
  • Clarity PPM
    quando você usar o Open Workbench com o
    Clarity PPM
    .
  • Arquivo global, quando você tiver especificado um local de arquivo global.
É necessário ter direitos de acesso de administrador para editar as configurações globais do projeto no
Clarity PPM
.
2
Tipos de recurso relacionados e não relacionados à mão de obra do Open Workbench
A equipe consiste em mão de obra, materiais, equipamentos e tipos de recursos de despesas ou de funções. Caso esteja usando o Open Workbench com o
Clarity PPM
, você poderá incluir recursos não relacionados à mão de obra ou funções em seu projeto do
Clarity PPM
, para que possa processar transações financeiras relacionadas a eles. Por exemplo, talvez você queira cobrar os clientes pelo custo de viagens aos locais deles.
É possível adicionar os seguintes tipos de recurso ou função aos projetos:
  • Mão-de-obra. Inclui qualquer pessoa ou função que trabalhe ou realize tarefas.
  • Equipamento. Inclui qualquer tipo de maquinário usado para executar um trabalho. Por exemplo, caminhões de entrega, impressoras e computadores.
  • Material. Inclui qualquer tipo de material usado para executar um trabalho. Por exemplo, manuais de treinamento, produtos químicos ou combustível.
  • Despesa. Inclui qualquer custo associado a um recurso ou a uma função. Por exemplo, o custo de viagem para um local de cliente.
Criar recursos no Open Workbench
Você pode criar recursos manualmente no Open Workbench (OWB) por meio do painel de detalhes do recurso de uma visualização e definir suas propriedades. Os recursos criados tornam-se automaticamente disponíveis para serem atribuídos às tarefas do projeto.
Melhor prática
: se você estiver usando o Open Workbench com o
Clarity PPM
, crie os recursos no
Clarity PPM
. Todos os recursos criados no Open Workbench devem ter IDs de recurso correspondentes no
Clarity PPM
para salvar o projeto no
Clarity PPM
.
Se os objetos Recurso e Equipe tiverem atributos com a mesma ID, o Open Workbench selecionará o atributo do objeto Equipe.
É possível definir os recursos por categoria para a geração de relatórios e análise, como grupos de mais de um elemento, ou como funções, por exemplo, Analista de negócios. Os recursos podem usar unidades de medida diferentes. Depois de criar um recurso, você define suas propriedades na caixa de diálogo
Propriedades do recurso
. É possível acessar a caixa de diálogo
Propriedades do recurso
nas visualizações que exibem o painel de detalhes do recurso.
Para visualizar o uso de material e de recursos de despesa não relacionados à mão de obra, defina o formato da visualização como
custo
. Para visualizar o uso de recursos de despesa não relacionados à mão de obra, defina a taxa de faturamento para os recursos.
Siga estas etapas:
  1. Abra uma visualização que exiba o painel de detalhes do recurso, como a visualização do gráfico de Gantt.
  2. Clique com o botão direito do mouse em um recurso e clique em
    Inserir
    no menu de atalho.
  3. Clique com o botão direito do mouse na linha de recurso vazia que for adicionada ao painel de detalhes do recurso e clique em
    Modificar
    no menu de atalho.
  4. Defina as propriedades gerais e avançadas do recurso e clique em
    OK
    .
Para obter mais informações, consulte
Usando
a gestão de recursos
.
Adicionar recursos e funções a projetos
Você pode adicionar uma equipe ao projeto inserindo manualmente um item de linha de recurso e os detalhes do recurso diretamente no painel de detalhes do recurso de uma visualização, como a visualização do Gráfico de Gantt. Para adicionar um recurso, clique com o botão direito do mouse em qualquer lugar da seção do recurso e selecione
Inserir
no menu de atalho. Também é possível copiar recursos de outro projeto aberto no Open Workbench e colá-los no projeto.
É possível adicionar recursos ou funções ao projeto a partir do:
  • Clarity PPM
    . Você pode alocar uma única função ao mesmo projeto mais de uma vez. Como resultado, uma função pode ser exibida mais de uma vez na equipe alocada do projeto no
    Clarity PPM
    . Um número é acrescentado a cada ocorrência adicional da mesma função. Por exemplo, Programador 1, Programador 2 e Programador 3.
  • Open Workbench. Você pode adicionar recursos e funções a um projeto navegando em uma lista de recursos disponíveis do
    Clarity PPM
    . Use a guia
    Recursos
    da caixa de diálogo
    Propriedades do projeto
    para adicionar recursos ao projeto. Quando os recursos são adicionados ao projeto, eles são alocados com 100% da capacidade.
Também é possível adicionar um recurso a um projeto criando um recurso no Open Workbench e adicionando-o ao
Clarity PPM
.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Propriedades do projeto
    no menu do aplicativo.
  2. Abra a guia
    Recursos
    .
  3. Selecione uma das opções a seguir para exibir a lista de
    recursos globais
    por função ou por categoria:
    • Funções
      . Todos os recursos atribuídos a uma função serão listados sob a função. Os recursos que não estiverem associados a uma função serão listados na pasta Nenhuma função.
    • Categoria
      . Todos os recursos vinculados a uma categoria serão listados sob a categoria. Os recursos que não estiverem associados a uma categoria serão listados na pasta No Category.
    Se você estiver usando o Open Workbench com o
    Clarity PPM
    e não tiver definido as categorias do recurso no
    Clarity PPM
    , a opção
    Funções
    será selecionada e a caixa de listagem ficará indisponível.
    Propriedades do projeto: guia Recursos
  4. Na grade
    Global Resources
    , expanda uma pasta de função e selecione uma função ou um recurso. Para expandir uma pasta de função, clique no quadrado + ou clique duas vezes na pasta de função.
  5. Clique em
    Adicionar
    e clique em
    OK
    .
Editar atribuições de função do recurso no Open Workbench
Você pode atribuir várias funções a um recurso em um único projeto.
Funções
são recursos genéricos que representam as responsabilidades de trabalho dos recursos atribuídos a um projeto. Uma função define a função do trabalho, enquanto um recurso identifica o indivíduo que desempenhará aquela função. Exemplos de funções incluem gerente de projetos, programador e analista de negócios. Os seguintes tipos de funções de recursos estão disponíveis:
  • Principal. Função padrão atribuída a um recurso. Não é possível salvar alterações na função principal novamente no
    Clarity PPM
    .
  • Nível de projeto. Função atribuída a um recurso para um projeto específico. As alterações são salvas novamente no
    Clarity PPM
    .
  • Nível de atribuição. Função atribuída a um recurso para uma tarefa específica. As alterações são salvas novamente no
    Clarity PPM
    .
Para visualizar ou editar as funções atribuídas aos recursos, é preciso editar a visualização no aplicativo e adicionar o campo
Função da atribuição
ao painel de detalhes da tarefa. Opcionalmente, você pode adicionar os campos
Função principal
e
Função do projeto
ao painel de detalhes do recurso.
Editar funções de recursos no nível do projeto
Edite a função usando a guia
Avançado
da caixa de diálogo
Propriedades do recurso
. Também será possível editar as funções do recurso no painel de detalhes do recurso se você tiver adicionado os campos
Função principal
e
Função do projeto
ao painel.
Siga estas etapas:
  1. Abra uma visualização que exiba o painel de detalhes do recurso.
  2. Clique com o botão direito do mouse no nome do recurso cuja função você deseja alterar e clique em
    Modificar
    no menu de atalho.
  3. Abra a guia
    Avançado
    .
  4. Execute uma das etapas a seguir e clique em
    OK
    .
    • Para editar a função principal do recurso, role até o campo
      Função principal
      .
    • Para editar a função do recurso no projeto, role até o campo
      Função do projeto
      .
Se você estiver usando o Open Workbench com o
Clarity PPM
, as funções do projeto listadas serão as funções do recurso definidas no
Clarity PPM
a partir da lista suspensa.
Editar funções de recursos no nível da atribuição
Para poder editar as funções do recurso no painel de detalhes da tarefa, certifique-se de que você tenha adicionado o campo
Função da atribuição
ao painel.
Para editar uma função de recurso no nível de atribuição, em uma visualização que exiba o painel de detalhes da tarefa, na linha do recurso cuja função você deseja alterar, selecione a função na caixa suspensa
Função da atribuição
.
Todas as funções do
Clarity PPM
serão exibidas na lista.
Editar várias funções de recurso
É possível selecionar mais de um recurso para editar as propriedades como um grupo. Use a caixa de diálogo
Multiple Selections
para editar vários recursos. Para visualizar esta caixa de diálogo, selecione os recursos que deseja editar no painel de detalhes do recurso, clique com o botão direito do mouse e clique em
Modificar
.
As regras a seguir são aplicadas durante a edição de vários recursos:
  • Não é possível inserir um novo recurso na caixa de diálogo
    Multiple Selections
    .
  • Os valores serão exibidos se todos os recursos selecionados tiverem a mesma entrada ou configuração para este campo. Se um campo puder ser editado, mas os recursos selecionados não tiverem a mesma entrada ou configuração, os campos serão exibidos vazios. Os campos não editáveis são desativados.
  • Ao alterar os campos para que o valor seja exclusivo, uma série de entradas é criada. Por exemplo, se você atribuir uma ID de 12345 a um grupo de três recursos, as entradas para cada tarefa serão 12345, 12345-0 e 12345-1. O campo exclusivo será exibido em branco depois que o campo não tiver mais a mesma entrada.
  • Se os recursos selecionados tiverem configurações diferentes, as caixas de seleção poderão parecer desativadas e selecionadas.
  • Na guia
    Avançado
    da caixa de diálogo
    Multiple Selections
    , os grupos de opções podem aparecer sombreados. É possível selecioná-los para redefinir seus atributos para todos os recursos selecionados.
Índice de custo e dados de moeda no Open Workbench
Caso esteja usando o Open Workbench com o
Clarity PPM
, o índice de custo e os dados referentes à moeda serão recuperados da matriz de taxas do
Clarity PPM
.
Índices de custo
Os
índices de custo
determinam o custo associado a um recurso atribuído a uma tarefa de um projeto. Os índices de custo também são conhecidos como taxas de faturamento. Os índices de custo mostrados no Open Workbench são recuperados do campo
Custo real
na matriz de taxas do
Clarity PPM
quando o projeto é aberto. Esses custos são mostrados ao longo do tempo por tarefa e no nível do projeto.
O Open Workbench oferece suporte aos índices de custo específicos do projeto e que variam conforme o tempo. As alterações nos índices de custo feitas no Open Workbench são apenas para fins hipotéticos e não podem ser salvas no
Clarity PPM
.
Não é possível inserir uma taxa de faturamento zero (0) no Open Workbench. Se você encontrar uma taxa de faturamento zero para um recurso do projeto, defina uma linha para o recurso na matriz da taxa do
Clarity PPM
e execute a rotina
Extração da matriz de taxas
.
Moedas
Os valores monetários no Open Workbench são exibidos na moeda local definida no projeto. Os valores monetários de um projeto incluem valores reais, estimados e de linha de base para atribuições de recursos de despesas, orçamentos de projetos, valores de campos personalizados e índices de custo de recursos. Não é necessária nenhuma conversão para os valores de atribuições de recursos de despesas, orçamentos de projetos e campos personalizados. O Open Workbench converte as taxas de recursos, contanto que a moeda local do recurso não seja igual à moeda local do projeto.
Ele usa uma moeda única para toda a sessão. Se o campo Custo real da matriz de taxas do
Clarity PPM
contiver várias moedas, elas serão convertidas na moeda especificada no projeto. Se você tiver especificado um local de arquivo global, a moeda da sessão será usada na inicialização do Open Workbench. Se não for especificado um local de arquivo global, o Open Workbench usará o código ISO de 3 caracteres da moeda local definida no projeto.
Se você não tiver definido a conversão entre a taxa do recurso e a moeda local do projeto no
Clarity PPM
, a conversão poderá falhar. Uma mensagem será exibida informando que o sistema não conseguiu converter o índice de custo do recurso na moeda de origem da moeda alvo. Quando moedas diferentes forem carregadas no Open Workbench, uma mensagem será exibida se o projeto carregado não usar a moeda do sistema. É possível definir o Open Workbench para mostrar mensagens ao carregar projetos com moedas diferentes.
Matriz de taxas do
Clarity PPM
As matrizes de custo e taxa são usadas no
Clarity PPM
para determinar os custos e as taxas de faturamento ou cobrança durante o processamento financeiro. É possível criar matrizes de custo e taxa para os tipos de recurso Mão-de-obra, Materiais, Equipamento e Despesa. A matriz de custo ou de taxas contém colunas que podem ser atribuídas para identificar os critérios usados para correspondência com as taxas de faturamento e os custos para as transações. É possível estabelecer matrizes padrão em nível de sistema, de entidade e de investimento. Durante o processamento financeiro, as matrizes determinam os custos e as taxas das transações. O
Clarity PPM
procura e aplica matrizes primeiro no nível do investimento, em seguida, no nível da entidade e, finalmente, no nível do sistema. É possível definir os locais de taxa padrão no nível de entidade ou de sistema.
É preciso ativar financeiramente qualquer recurso envolvido em transações financeiras. Quando um recurso é ativado financeiramente, ele pode ser vinculado à matriz de taxas do
Clarity PPM
. Também é preciso ativar financeiramente o seu projeto para processar transações financeiras.
Para obter mais informações sobre como ativar financeiramente um recurso ou uma função, consulte
Gestão de recursos
.
Rotina Extração da matriz de taxas do
Clarity PPM
A rotina
Extração da matriz de taxas
do
Clarity PPM
extrai informações da matriz de taxas e é executada no
Clarity PPM
. Você poderá executar esta rotina sempre que a matriz de taxas for alterada, quando as propriedades financeiras de um projeto forem alteradas ou quando forem adicionados recursos a um investimento.
É possível definir esta rotina para fazer o seguinte:
  • Gerar taxas e custos de recurso para um projeto que inclua taxas para a distribuição de horas entre as datas de início e de término de um projeto ou para um intervalo maior que inclua o tempo antes da data de início e depois da data de término do projeto.
    Parâmetro:
    • Extrair informações de custo e taxa
      . Quando selecionado, é gerado um intervalo mais amplo de taxas e custos, permitindo que o Open Workbench tenha acesso a taxas válidas fora da data de início e término do projeto.
  • Atualize a matriz de taxas com as informações de taxas mais recentes e evite perder o acesso à matriz de taxas, o que pode fazer com que os recursos tenham uma taxa zero.
    Parâmetros:
    • Preparar dos dados da matriz de taxa
      . Quando selecionado, o parâmetro Preparar dos dados da matriz da taxa atualiza uma cópia da matriz da taxa com as informações de taxa mais recentes.
    • Atualizar dados da matriz de taxa
      . Quando selecionado, o parâmetro Atualizar dados da matriz de taxa copia o conteúdo da cópia na matriz da taxa.
Para obter mais informações sobre essa rotina, consulte
Referência
.
Exibir as taxas de faturamento de recursos em visualizações
Se desejar exibir as taxas financeiras do recurso em uma visualização, primeiro crie uma visualização e adicione a ela o campo
Taxa de faturamento
. Esse campo exibe os dados do índice de custo real do recurso.
Você pode variar a taxa de faturamento de um recurso para mostrar de forma mais precisa o custo total de um recurso no projeto. Você pode, por exemplo, mostrar uma taxa de faturamento variável se a remuneração do recurso sofrer um aumento no meio do projeto. É possível atualizar a taxa de faturamento de um recurso usando o:
  • Clarity PPM
    , se você estiver usando o Open Workbench com o
    Clarity PPM
    .
  • Open Workbench para criar cenários hipotéticos em seu projeto.
É possível salvar as alterações feitas na taxa de faturamento do recurso em um arquivo de projeto .rmp do Open Workbench, mas não é possível salvar essas alterações novamente no
Clarity PPM
.
Exemplo:
Suponha que a taxa de faturamento de um recurso se baseie nas seguintes matrizes de taxas:
  • Matriz de taxas de 2006. Taxa de faturamento de US$ 50 para todos os recursos e funções de janeiro de 2006 a dezembro de 2006.
  • Matriz de taxas de 2007. Taxa de faturamento de US$ 55 para todos os recursos e funções de janeiro de 2007 a dezembro de 2007.
  • Matriz de taxas do administrador de rede. Taxa de faturamento de US$ 65 para os recursos que são administradores de rede de 10 de janeiro de 2006 a 28 de janeiro de 2006.
Para modificar a taxa de faturamento de um recurso, em uma visualização que exiba os dados da taxa de faturamento do recurso, clique duas vezes na célula da
Taxa de faturamento
do recurso e informe a nova taxa. Para alterar as taxas de faturamento de um recurso de volta para uma única taxa, abra a guia
Geral
na caixa de diálogo
Propriedades do recurso
e edite a taxa.
Definir as propriedades gerais e a disponibilidade de recursos e funções
Como gerente de projeto, atualize os dados do recurso no Open Workbench (OWB). Defina os recursos e atualize seus dados por meio da caixa de diálogo Propriedades do recurso. Esta caixa de diálogo fica disponível ao usar uma visualização com campos específicos do recurso ou ao usar uma visualização com um painel de detalhes do recurso.
Se você estiver usando o Open Workbench com o
Clarity PPM
, o
Clarity PPM
controlará todos os dados do recurso. É possível editar os dados no Open Workbench, mas, ao salvar as alterações de volta no
Clarity PPM
, apenas os dados em
Disponibilidade
,
De
e
Para
da guia
Geral
da caixa de diálogo
Propriedades do recurso
serão salvas. Quaisquer outras alterações feitas na propriedade, como alterações de calendário, serão descartadas. Para fazer outras alterações, edite as propriedades do recurso no
Clarity PPM
.
Use a guia
Geral
da caixa de diálogo
Propriedades do recurso
para revisar ou definir atributos básicos de recurso ou função, como dados de controle, de faturamento e de disponibilidade do recurso. Ao definir a disponibilidade do recurso ou da função, ela se aplica a todos os períodos, exceto os especificados explicitamente como diferentes. Se você atribuir a utilização a um recurso excedendo sua disponibilidade em um período específico, o recurso ficará sobrecarregado.
As IDs de recurso são mantidas na memória durante uma determinada sessão do Open Workbench. Por exemplo, se você criar ou abrir um projeto com um recurso com a ID jdoe no Projeto A e criar o mesmo recurso no Projeto B, a ID do recurso no Projeto B será jdoe-0. Para evitar isso, crie o registro do recurso no Projeto A, em seguida, copie e cole-o no Projeto B.
Siga estas etapas:
  1. Abra uma visualização que exiba o painel de detalhes do recurso.
  2. Clique com o botão direito do mouse no recurso e clique em
    Modificar
    no menu de atalho.
  3. Preencha os campos. Os campos a seguir precisam de explicação:
    • Categoria
      Define a categoria do recurso. Use as categorias para selecionar e filtrar diferentes grupos e classes de recursos na visualização.
    • Taxa
      Define a taxa de faturamento do recurso aplicável no dia atual. Se o recurso tiver uma taxa variável, digite-a em uma visualização em escala de tempo.
      Se você estiver usando o Open Workbench com o
      Clarity PPM
      , será possível inserir uma taxa de faturamento zero.
      Padrão
      : 1.0
    • Tipo
      Define o tipo de recurso.
      Padrão
      : Mão de obra
      Valores
      : Mão de obra, Equipamento, Material ou Despesa.
  4. Preencha os campos a seguir na seção
    Disponibilidade
    e clique em
    OK
    :
    • Disponibilidade
      Define a disponibilidade padrão do recurso em horas por dia.
      Caso esteja usando o Open Workbench com o
      Clarity PPM
      , a disponibilidade 0 (zero) será suportada.
      Padrão
      : o valor definido no calendário, geralmente 8.0.
      Limites
      : igual a ou maior que zero
    • De
      Insira a primeira data em que o recurso está disponível para trabalhar em projetos.
    • Para
      Insira a última data em que o recurso está disponível para trabalhar em projetos.
Editar a disponibilidade periódica do recurso
A disponibilidade pode variar durante um projeto. Qualquer recurso que tenha feriados programados (exceto finais de semana) ou férias tem disponibilidade variável. É possível alterar a disponibilidade de um recurso para um determinado período editando o calendário do recurso.
Por exemplo, um recurso está disponível por 8 horas ao dia para os primeiros 20 dias de um projeto, mas, para os próximos 10 dias, o recurso possui um feriado programado. Você pode alterar a disponibilidade periódica de um recurso usando o campo
Disponibilidade
em uma visualização ou programando feriados no calendário do recurso.
Definir propriedades avançadas de recursos
Use a guia
Avançado
da caixa de diálogo
Propriedades do recurso
para definir os detalhes avançados de gestão, como definir, remover ou editar restrições de programação de um recurso. A guia
Avançado
fornece um local central no qual é possível definir ou alterar os valores relacionados ao recurso. Todos os atributos de um recurso são exibidos nessa guia.
Essa guia exibe a grade
Campos
, que contém as seguintes colunas:
  • Campo
    . Exibe uma lista de todas as propriedades avançadas que você pode especificar.
  • Valor
    . Exibe células, nas quais é possível inserir ou selecionar valores para o campo. Os valores de campo que puderem ser inseridos dependerão do campo selecionado. É possível:
    • Marcar as caixas de seleção exibidas.
    • Digitar valores numéricos, moedas ou datas.
    • Inserir palavras ou frases.
    • Selecionar opções nas listas suspensas.
Os campos disponíveis para edição dependem dos direitos de acesso. Se um campo não estiver disponível para seleção ou edição, significa que ele está desativado (por padrão).
Siga estas etapas:
  1. Abra uma visualização que exiba o painel de detalhes do recurso.
  2. Clique com o botão direito do mouse no recurso e clique em
    Modificar
    no menu de atalho.
  3. Abra a guia
    Avançado
    .
  4. Digite os valores para os campos na coluna
    Valor
    e clique em
    OK
    .
Definir o calendário do recurso
Usar a guia
Calendário
na caixa de diálogo
Propriedades do recurso
para atribuir férias, feriados ou outros períodos de indisponibilidade. Caso esteja usando o Open Workbench com o
Clarity PPM
, use este calendário apenas para criar cenários hipotéticos.
Defina todos os dias como dias úteis ou feriados.
Siga estas etapas:
  1. Abra uma visualização que exiba o painel de detalhes do recurso.
  2. Clique com o botão direito do mouse no recurso e clique em
    Modificar
    no menu de atalho.
  3. Abra a guia
    Calendário
    .
  4. Selecione um calendário na lista suspensa
    Based on
    .
    O calendário do recurso herdará as configurações de dias úteis, feriados e turno deste calendário.
    Opções
    : EUA, Estados Unidos ou Reino Unido
    Padrão
    : EUA
  5. Execute uma das seguintes etapas:
    • Clique na data para selecionar um dia.
    • Clique no cabeçalho do dia da semana para selecionar um dia da semana em todos os meses e anos do calendário.
  6. Execute uma das seguintes etapas:
    • Clique em
      Workday
      para definir o dia selecionado como um dia útil. O recurso está disponível de acordo com sua configuração de disponibilidade.
    • Clique em
      Feriado
      para definir o dia selecionado como um dia não útil. O recurso não está disponível para trabalhar nas datas selecionadas.
    • Clique em
      Redefinir
      para remover exceções de feriados e dias úteis e para retornar o dia selecionado às configurações do calendário base.
    • Clique em
      Reset All
      para remover todas as exceções de feriados e dias úteis e para retornar o calendário às configurações do calendário base.
  7. Clique em
    OK
    .
Exibir dados de estimativas pendentes em visualizações
Para ver as estimativas pendentes em uma visualização de planilha, como a visualização Gráfico de Gantt, primeiro crie uma visualização que inclua os campos exibidos como dados de estimativa pendente. Adicione os campos a seguir ao painel de detalhes da tarefa:
  • Estimativa para terminar
  • Estimativas da tarefa pendente
  • Substituir estimativa da tarefa pendente?
  • Horas trabalhadas da tarefa pendente
  • Horas trabalhadas da tarefa pendente?
Como gerente de projeto, você pode inserir estimativas pendentes no Open Workbench (OWB). Uma
estimativa pendente
é o estado pendente de EPT até que um gerente de projeto aceite ou rejeite o novo valor.
É possível editar a EPT, mas somente altere-a se você concluir a atribuição antes do cronograma ou se precisar de mais horas. Os recursos inserem a EPT pendente em sua planilha de horas do
Clarity PPM
para refletir a conclusão da tarefa ou para indicar o EPT restante e enviam as informações para o gerente de projeto para registrar a planilha de horas. O gerente de projeto pode aceitar ou rejeitar a EPT por meio do Open Workbench ou do
Clarity PPM
.
Inserir estimativas pendentes
  1. O recurso cria uma planilha de horas no
    Clarity PPM
    .
  2. O recurso insere horas trabalhadas (horas trabalhadas pendentes) na planilha de horas e edita a EPT para EPT pendente quando apropriado.
  3. O recurso registra a planilha de horas.
  4. O gerente de projeto aceita ou rejeita a EPT pendente.
  5. O gerente de projeto executa o cronograma automático para o projeto.
Aceitar ou rejeitar estimativas pendentes
Use a caixa de diálogo
Estimativas pendentes
para rejeitar as estimativas pendentes para o projeto inteiro, para as tarefas de uma visualização ou para as tarefas selecionadas.
O comando Estimativas pendentes ficará desativado se você estiver exibindo uma cópia somente leitura de um projeto ou se o projeto não incluir estimativas pendentes. As estimativas pendentes só serão atualizadas se houver alterações salvas nas estimativas pendentes atuais
Siga estas etapas:
  1. (Opcional) Para aceitar ou rejeitar as estimativas pendentes apenas das tarefas selecionadas, abra o projeto e selecione as tarefas.
  2. Abra a faixa
    Project
    .
  3. Clique em
    Pending Estimates
    no grupo de
    Schedule
    .
  4. Defina o escopo das estimativas pendentes selecionando o projeto, a visualização ou as tarefas selecionadas e selecione
    Accept Pending Estimates
    ou
    Reject Pending Estimates
    .
  5. Clique em
    OK
    .
    • Quando você aceitar as estimativas pendentes, o Open Workbench adicionará as estimativas pendentes e os valores reais pendentes e salvará esses valores como a EPT pendente do recurso na estimativa pendente. O Open Workbench também indicará a estimativa pendente para ser alterada na planilha de horas do recurso.
    • Quando você rejeitar as estimativas pendentes, o Open Workbench irá removê-las, juntamente com os valores de horas trabalhadas pendentes. A EPT pendente do recurso permanecerá a mesma.