Definir as configurações de projeto padrão

ccppmop159
Como administrador ou gerente de projeto autorizado, você pode especificar configurações padrão para todos os projetos. Você pode permitir a reserva mista, definir o padrão de carregamento e especificar que apenas as linhas de base atuais sejam exportadas quando os projetos forem abertos no agendador de área de trabalho OWB ou MSP. Outras configurações incluem calendários base e a adição de categorias de risco aos riscos de investimento do grupo, limites de risco, transações inválidas relacionadas ao projeto e períodos de relatório de valor agregado. A maioria dessas configurações do
Classic PPM
também se aplicam à
Clarity
. No entanto, algumas não se aplicam. Por exemplo, o conceito de status de reserva
mista
se aplica somente no clássico. No
Clarity
, as alocações de equipe são
definitivas
ou
temporárias
.
Definir configurações padrão de gestão de projetos no nível de sistema
Como administrador, você pode definir opções padrão de gestão de projetos no nível do sistema. Por exemplo, é possível especificar que apenas a linha de base atual seja exportada ao abrir projetos em uma ferramenta de programação para desktop (Open Workbench ou Microsoft Project) a partir do
Classic PPM
.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Gestão de projetos
    ,
    Definições
    .
  2. Na seção
    Geral
    , especifique as seguintes opções no nível do sistema:
    • Modelo de carregamento padrão
      Especifica o modelo de carregamento padrão do recurso no nível do sistema. O padrão de carregamento definido na página de configurações é usado por padrão quando os gerentes de projeto atribuem recursos ou alteram as propriedades de atribuição da equipe. O cronograma automático usa o padrão de carregamento de recurso para determinar a EPT distribuída para um recurso por um intervalo de datas. É possível definir o modelo de carregamento de recursos padrão no nível de sistema e de atribuição de tarefa. A EPT é distribuída primeiro com base no padrão de carregamento de recursos definido no nível de atribuição de tarefa e, em seguida, no nível do sistema. Você pode selecionar um dos seguintes padrões de carregamento:
      • Atrás
        : o esforço de trabalho é carregado o mais próximo possível da conclusão da tarefa, com base na disponibilidade não usada dos recursos após o cronograma automático. Com esse padrão de carregamento, a EPT é reduzida somente quando as horas trabalhadas são registradas em planilhas de horas não ajustadas. A EPT restante é propagada além do período da planilha de horas com base no tipo do padrão de carregamento.
      • Uniforme
        : o esforço de trabalho é carregado o mais uniformemente possível com base na disponibilidade total do recurso. Com esse padrão de carregamento, a EPT é reduzida somente quando as horas trabalhadas são registradas em planilhas de horas não ajustadas. A EPT restante é propagada além do período da planilha de horas com base no tipo do padrão de carregamento.
      • Fixa
        : a distribuição do esforço de trabalho é definida pelo usuário. O cronograma automático não afeta a distribuição do esforço de trabalho. Com um padrão de carregamento fixo, a EPT é reduzida pelo período da planilha de horas (isto é, horas trabalhadas até à data) se o recurso tiver registrado as horas trabalhadas registradas para a tarefa. A EPT restante permanece fixa no cronograma, no dia em que o trabalho foi atribuído. A EPT restante não é realocada para a duração restante da tarefa.
      • Contorno
        : o esforço de trabalho é carregado o mais uniformemente possível durante a duração da tarefa, com base na disponibilidade não usada dos recursos após a execução do cronograma automático. Com esse padrão de carregamento, a EPT é reduzida somente quando as horas trabalhadas são registradas em planilhas de horas não ajustadas. A EPT restante é propagada além do período da planilha de horas com base no tipo do padrão de carregamento. Se você estiver usando o Microsoft Project, quando abrir o projeto pela primeira vez no Microsoft Project, o contorno de trabalho das novas atribuições será definido como Sem juros. Se você já abriu a atribuição no Microsoft Project e a salvou no
        Clarity
        , o contorno do trabalho no Microsoft Project não será alterado.
      • Frente
        (padrão): o esforço de trabalho é carregado o mais próximo possível do início da tarefa, com base na disponibilidade não usada dos recursos após o cronograma automático. Com esse padrão de carregamento, a EPT é reduzida somente quando as horas trabalhadas são registradas em planilhas de horas não ajustadas. A EPT restante é propagada depois do período da planilha de horas com base no tipo do padrão de carregamento.
    • URL de diretrizes
      Especifica o URL que preenche o link [Diretriz] em uma tarefa do projeto nas propriedades gerais.
    • Primeiro mês do trimestre financeiro
      Especifica o primeiro mês do primeiro trimestre do ano fiscal. O valor é usado programar projetos no Microsoft Project.
    • Primeiro dia útil da semana
      Especifica o primeiro dia útil da semana nos calendários de recurso e nas interfaces do agendador.
    • Unidade de exibição padrão para esforço de trabalho
      Especifica Horas ou Dias como valor Padrão do sistema para opção de exibição Unidade de medida do Esforço de trabalho. A opção de exibição é mostrada em visualizações de lista tais como Seleção da equipe - Lista ou Lista de atribuições da tarefa nas opções da Coluna da lista. A configuração é usada para exibir as unidades de horas trabalhadas ou de EPT da equipe do projeto, das alocações de recursos ou das atribuições de tarefa. O usuário pode alterar a configuração de uma exibição de lista específica alterando o valor desse campo que, por sua vez, alterará o valor da opção Padrão do sistema.
      Observação:
      a configuração também é usada para exibir valores para o grupo Métricas de esforço de informações nos relatórios de status do projeto no
      Clarity
      .
    • Ativar códigos de encargo específicos do investimento
      Permite associar códigos de encargo a um projeto para representar qualquer divisão de trabalho, como criação, desenvolvimento, documentação e assim por diante. Os códigos de encargo são usados nas planilhas de horas para fins de folha de pagamento.
    • Notificar exclusão de riscos/ocorrências/solicitações de mudança
      Especifica se uma notificação será enviada ao gerente de projeto caso ocorra a exclusão de um risco associado, ocorrência ou solicitação de mudança.
    • Apenas exportar linhas de base atuais quando abrir investimentos em um agendador
      Se você estiver usando o
      Classic PPM
      com uma ferramenta de programação para desktop (Open Workbench ou Microsoft Project), especifica a exportação apenas da linha de base atual na ferramenta. Essa opção se aplica quando há várias linhas de base.
    • Mapeamento de unidades de atribuição do MSP com Carga máx % para atribuição do
      Clarity
      Especifica o uso do valor de Carga máx % em uma atribuição de tarefa para definir o valor de unidades de atribuição no MSP. Ao exportar atribuições do projeto do
      Clarity
      para o MSP, você pode usar um dos seguintes mapeamentos para definir o valor das unidades de atribuição:
      • A alocação do recurso no projeto
      • O valor de Carga máx % da atribuição da tarefa no PPM
      Se a opção estiver marcada, o valor de Carga máx % em uma atribuição de tarefa será usado para definir o valor de unidades de atribuição no MSP. Se a opção estiver desmarcada, a alocação de recursos será usada. Por padrão, o campo Carga máx % não está disponível para uma atribuição de tarefa. É necessário configurar a atribuição para adicionar o campo.
    • Proprietário de integração do Agile
      Especifica um usuário do
      Clarity
      como o proprietário da integração com o Agile Central. O proprietário da integração recebe os direitos de acesso para agendar e executar a rotina de sincronização em segundo plano que traz informações do Agile Central para o PPM.
    • Permitir a exclusão dos investimentos marcados que tiverem planilha de horas e dados de transação
      Permite ao administrador controlar a possibilidade de um investimento com horas trabalhadas ser excluído permanentemente.
      • Quando a opção estiver marcada, os usuários qualificados poderão marcar investimentos inativos com planilhas de horas, dados da transação financeira ou ambos para serem excluídos. Os usuários qualificados poderão, em seguida, executar a rotina Excluir investimentos, que exclui os investimentos marcados. O indicador de limpeza está definido para o investimento.
      • Quando a opção estiver desmarcada, os usuários qualificados poderão marcar investimentos inativos com planilhas de horas, dados da transação financeira ou ambos para serem excluídos. O indicador de limpeza não está definido para o investimento.
  3. Na seção
    Definição de equipe alocada
    , especifique as seguintes opções no nível do sistema e salve:
    • Arredondar alocações para % mais próximo
      Especifica o valor desejado para arredondar alocações ao reservar recursos ou equipes para projetos. A configuração é usada com a ação Alocar a partir de estimativas na página da equipe do projeto. Para determinar a taxa de alocação, a soma das estimativas é dividida pela disponibilidade do recurso para um dia. A taxa de alocação é arredondada com base no valor desse campo. Para permitir que essa configuração produza uma alocação restante que seja bem próxima da estimativa, defina o valor como zero ou 1, assim, não será feito o arredondamento. Consulte
      KB000051149
      em support.ca.com para obter detalhes adicionais.
    • Permitir a criação de tarefa de esforço
      Especifica a criação da tarefa de esforço quando você adicionar um recurso a um projeto que não possui tarefas.
    • Reatribuir tarefas ao substituir função
      Especifica se deverá ser permitida a reatribuição de tarefas quando um gerente de projeto substituir uma função por outro integrante da equipe alocada.
      • Quando a opção estiver desmarcada, o seguinte comportamento se aplicará:
        • O novo integrante da equipe alocada será alocado ao projeto usando o valor da Alocação padrão % da função de origem e não será atribuído a nenhuma tarefa.
        • A função existente permanecerá no projeto e em todas as tarefas do projeto.
        • A Alocação padrão % será redefinida para zero para a função existente.
        • As atribuições de tarefa não serão alteradas para a função existente. Se a função existente estiver atribuída à tarefa de esforço, a função permanecerá atribuída à tarefa e o valor da EPT será redefinido para zero.
      • Quando a opção estiver marcada, a função existente será removida e o novo integrante da equipe alocada terá as atribuições de alocação e tarefa.
      Observação:
      a configuração é usada ao substituir uma função por outro integrante da equipe alocada no
      Clarity
      , guia Equipe alocada do projeto.
    • Permitir a edição de alocações quando o investimento estiver bloqueado
      Especifica se é permitido que os recursos editem alocações enquanto os projetos estiverem bloqueados. Quando selecionado, os gerentes de projetos podem fazer o seguinte:
      • Editar alocações existentes de integrantes da equipe alocada se o projeto estiver com check-out em uma ferramenta de programação para desktop.
      • Adicionar integrantes da equipe ao projeto.
      • Substitua funções se a opção
        Reatribuir tarefas ao substituir função
        estiver selecionada.
    • Abrir automaticamente integrantes da equipe para entrada de horas
      Especifica se os integrantes da equipe no projeto devem estar abertos para inserir horas em tarefas do projeto. A configuração é usada na página da equipe do projeto para os integrantes da equipe e o atributo Aberto no objeto Equipe.
      Valores:
      • Nunca:
        os integrantes da equipe não são automaticamente abertos para entrada de horas a fim de inserir horas em tarefas do projeto. Por exemplo, se você editar as propriedades existentes de um integrante da equipe, nenhuma alteração é feita no valor Aberto para entrada de horas do integrante da equipe. Se você adicionar novos integrantes da equipe, será usado o valor padrão do atributo Aberto do objeto Equipe.
      • No caso de reserva definitiva:
        indica que os integrantes da equipe são automaticamente abertos para entrada de horas quando em reserva definitiva. Reserva definitiva significa que qualquer valor está em reserva definitiva, e não que o status tenha mudado para
        definitiva
        .
      • Quando o status da solicitação estiver como Aprovado:
        indica que os integrantes da equipe são automaticamente abertos para entrada de horas quando seu status da solicitação muda para
        Aprovado
        .
O valor padrão deste campo é usado quando um integrante da equipe é definido para um projeto. Se o atributo Aberto para entrada de horas estiver selecionado (marcado), essa configuração do sistema não será usada. Se o atributo Aberto para entrada de horas não estiver selecionado (desmarcado), o atributo Aberto para entrada de horas será atualizado com base na configuração do sistema.
  • Mostrar tarefas no organizador
    Define como as tarefas do projeto são exibidas no Organizador.
    Valores:
    • Quando atribuído
      : as tarefas do projeto são listadas no Organizador quando os recursos são atribuídos à tarefa.
    • No caso de reserva definitiva:
      as tarefas do projeto são relacionadas no Organizador quando os recursos são reservados definitivamente para as tarefas.
    • Quando o status da solicitação estiver como Aprovado:
      as tarefas do projeto são relacionadas no Organizador quando os recursos são aprovados.
  • Adicionar integrantes da equipe alocada automaticamente como participantes do investimento
    Especifica como os recursos são atribuídos a investimentos como participantes. Quando a configuração do projeto está ativada (ou seja,
    não
    definida como Nunca), o direito
    Projeto - Participante (automático)
    é automaticamente concedido ao recurso.
    Valores:
    • Nunca
      : os recursos nunca podem ser atribuídos automaticamente a investimentos como participantes. Nesse caso, para fornecer a um recurso acesso ao projeto, atribua o direito de acesso
      Projeto - Visualizar
      ou
      Projeto - Visualizar gestão
      .
    • Quando adicionado ao investimento
      : indica que os recursos podem ser atribuídos automaticamente a investimentos como participantes quando são adicionados a esses investimentos. Se essa opção for selecionada e as notificações do projeto estiverem ativadas, os participantes do projeto receberão uma notificação quando forem adicionados à página da equipe alocada de um projeto.
    • No caso de reserva definitiva
      : indica que os recursos podem ser atribuídos automaticamente a investimentos como participantes quando têm reserva definitiva para esses investimentos. Reserva definitiva significa que qualquer valor está em reserva definitiva, e não que o status tenha mudado para
      definitiva
      .
  • É necessário ter o direito Recurso - Reserva definitiva para adicionar participantes
    Permite aos gerentes de projeto filtrar a lista de participantes com base nos direitos de acesso de reserva definitiva. Quando a configuração estiver marcada, você verá apenas os recursos sobre os quais tiver direitos de reserva definitiva na página de participantes da equipe do projeto. Só é possível adicionar esses recursos ao projeto como participantes. Além disso, o campo Adicionar por ID de recurso ficará oculto quando essa opção estiver marcada.
  • Ocultar a opção Grupos do sistema ao adicionar participantes
    Permite aos usuários mostrar ou ocultar Grupos do sistema como uma opção para adicionar na página de participantes da equipe do projeto. Quando a opção estiver marcada, o usuário será capaz de adicionar um grupo do sistema como um participante aos projetos.
  • Permitir ignorar aprovação de requisição
    Permite que os gerentes de projetos possam exigir a aprovação de requisição em projetos individuais.
    Os gerentes de projeto ou de recursos precisam do direito de acesso
    Projeto - Editar
    para reservar requisições.
  • Permitir reserva mista
    Permite que os gerentes de projetos editem as alocações
    planejadas
    ou
    temporárias
    ou as alocações definitivas de recursos. A diferença resultante é conhecida como uma reserva
    mista
    e muitas vezes estende a alocação de um recurso para fazer planejamento de projeto adicional. Se houver uma reserva
    mista
    no projeto, o campo será somente leitura.
    Quando você permitir reservas mistas no
    Clarity
    , um usuário com os direitos Projeto - Gerente (auto) poderá modificar os dados de alocação dos recursos na página Detalhes da equipe. Quando você atualizar as configurações para proibir as reservas mistas, um usuário com os direitos Projeto - Gerente (auto) não poderá modificar os dados de alocação de recursos. Esse comportamento é permitido porque a opção Permitir reserva mista do
    Clarity
    permite que você tenha valores diferentes para a alocação planejada e a alocação definitiva em um registro da equipe. Os gerentes de projeto podem ajustar a alocação planejada com base nos requisitos do projeto, mas não podem atualizar o campo Alocação definitiva sem os direitos de reserva necessários. Os gerentes de recursos ou os usuários com direitos relevantes poderão atualizar o campo de alocação definitiva após as negociações com o gerente de projeto. As ações Aceitar alocação definitiva e Confirmar alocação planejada do
    Clarity
    permitem que os gerentes de recursos sincronizem as curvas de alocação planejada e definitiva.
  • Converter recursos em funções ao usar modelos (padrão)
    Converte todos os recursos em funções de projeto quando o gerente de projeto cria um projeto a partir de um modelo de projeto. O gerente de projeto pode substituir essa configuração padrão ao criar projetos a partir de modelos de projeto.
  • Reserva de requisição
    Define as opções de reserva de requisições usando o percentual de alocação ou as unidades de trabalho disponíveis. O
    Classic PPM
    reduz o valor solicitado com base no valor reservado. Para determinar se uma requisição está totalmente preenchida, dependendo da opção de reserva selecionada, o
    Classic PPM
    usa o percentual de alocação ou valores de variação de horas (unidades de trabalho).
    Valores:
    • Usar porcentagem de alocação
    • Usar unidades de trabalho disponíveis
    Exemplo
    :
    • Ao usar a Porcentagem de alocação, um recurso reservado em 100% substitui totalmente outro recurso reservado em 100%. A requisição é totalmente preenchida, mesmo que as horas de trabalho sejam diferentes a cada semana. Por exemplo, se a disponibilidade da função for 7 horas (100% de alocação) e você selecionar um recurso que trabalha apenas 3,5 horas (isto é, 50% da alocação total), a requisição será considerada totalmente atendida e a alocação restante será mostrada em 0%.
    • Ao usar as unidades de trabalho disponíveis, se o novo recurso trabalhar menos horas por semana que o recurso que está sendo substituído, a requisição não será totalmente preenchida. Por exemplo, se a disponibilidade da função for 7 horas (100% de alocação) e você selecionar um recurso que trabalha apenas 3,5 horas (isto é, 50% da alocação total), a alocação restante será mostrada como 50%.
Definir o método de cálculo padrão de valor agregado
Um método de cálculo de valor agregado é o método pelo qual várias métricas de VA são calculadas. Alguns dos métodos são calculados pelo sistema. Para os métodos que não são calculados pelo sistema, insira manualmente o COTR (Custo Orçado do Trabalho Realizado) do seu projeto. Caso use um método de cálculo de VA para o projeto e todas as tarefas que não são calculadas pelo sistema, defina o valor de COTR do projeto. Para definir o valor, defina a linha de base do projeto ou atualize os totais de valor agregado. Também é possível substituir o COTR de tarefas específicas.
É possível definir o método padrão em que o valor agregado é calculado para projetos e tarefas de projeto. A configuração padrão do método de cálculo de valor agregado para projetos e tarefas é
percentual completo
. Se sua organização usar outra metodologia de gestão de valor agregado para medir o desempenho do projeto, você poderá defini-la como padrão. Edite os objetos Projeto e Tarefas no Studio a fim de definir o atributo Método de cálculo de VA. Consulte a seção
Referência
da edição em inglês desta documentação.
Image showing the default EV Calculation Method in Studio for the PROJECT object.
Independentemente do método de cálculo do valor agregado definido para o projeto, o valor inserido no campo Substituição de COTR substitui os valores de COTR calculados pelo sistema. O valor é usado em todos os cálculos de VA que exigem COTR como parâmetro. Os seguintes métodos de cálculo de VA estão disponíveis:
  • Percentual completo (PC):
    define uma estimativa expressa como um percentual da quantidade de trabalho concluída em uma tarefa ou estrutura analítica do projeto. O método de cálculo do VA segundo o qual o COTR (Custo Orçado do Trabalho Realizado) é calculado pelo sistema usando a seguinte fórmula:
BCWP = Budget at Completion (BAC) * % complete
  • 0/100:
    define o método de cálculo do VA segundo o qual o COTR (Custo Orçado do Trabalho Realizado) é calculado pelo sistema usando a seguinte fórmula fixa:
If % complete = 100, then BCWP = Budget at Completion (BAC); otherwise, BCWP = zero.
Use esse método quando o trabalho do projeto for iniciado e concluído em um único período de relatório, e o crédito só for agregado quando o projeto ou a tarefa estiverem 100% concluídos.
  • 50/50:
    define o método de cálculo do VA segundo o qual o COTR (Custo Orçado do Trabalho Realizado) é calculado pelo sistema usando a seguinte fórmula:
If % complete > 0 and < 100, then BCWP = Budget at Completion (BAC) / 2 If % complete = 100, then BCWP = BAC If % complete = 0, then BCWP = 0
Use esse método quando o trabalho do projeto for iniciado e concluído em dois períodos de relatório, e 50% do crédito for agregado quando um projeto ou uma tarefa forem iniciados e os 50% restantes forem agregados na conclusão.
  • Nível de Esforço (NDE):
    define o método de cálculo do VA segundo o qual o COTR (Custo Orçado do Trabalho Realizado) é calculado pelo sistema usando a seguinte fórmula:
BCWP = Budgeted Cost of Work Scheduled (BCWS)
  • Marcos ponderados:
    define o método de cálculo do VA no qual o COTR (Budgeted Cost of Work Performed - Custo orçado do trabalho realizado) é definido pelo usuário. O gerente de projeto atribui pesos aos marcos durante toda a duração da tarefa de resumo. À medida que cada marco na tarefa de resumo é atingido, uma porcentagem específica do trabalho é concluída até que 100 por cento seja alcançado. Use esse método se sua organização usar metodologia de gerenciamento de valor agregado para medir o desempenho do projeto e tiver projetos e tarefas que usam esse método. Ao usar esse método, digite o COTR no nível da tarefa. Use o campo Substituição de COTR na seção Valor agregado da página Propriedades da tarefa.
  • Percentual completo (PC) do marco:
    define o método de cálculo do VA segundo o qual o COTR (Custo Orçado do Trabalho Realizado) não é calculado pelo sistema, mas definido pelo usuário. Os valores em dólares são selecionados para a ponderação de cada período de tempo, em vez de uma porcentagem. O crédito do VA é agregado como um percentual do valor do marco atribuído. Use esse método se sua organização usar metodologia de gerenciamento de valor agregado para medir o desempenho do projeto e tiver projetos e tarefas que usam esse método. Ao usar esse método, digite o COTR no nível da tarefa. Use o campo Substituição de COTR na seção Valor agregado da página Propriedades da tarefa.
  • Esforço Distribuído (ED):
    define o método de cálculo do VA segundo o qual o COTR (Custo Orçado do Trabalho Realizado) não é calculado pelo sistema, mas definido pelo usuário. O esforço de trabalho da tarefa está ligado a outros esforços de trabalho da tarefa. À medida que o trabalho da tarefa base é concluído, a tarefa distribuída agrega trabalho concluído. A tarefa usa o esforço de trabalho associado a outras tarefas para orientar seu desempenho. Use esse método para trabalho discreto que está relacionado a outro trabalho discreto. Use esse método se sua organização usar metodologia de gerenciamento de valor agregado para medir o desempenho do projeto e tiver projetos e tarefas que usam esse método. Ao usar esse método, digite o COTR no nível da tarefa. Use o campo Substituição de COTR na seção Valor agregado da página Propriedades da tarefa.
Se você estiver usando o
Classic PPM
com o Microsoft Project e especificar um método de cálculo de valor agregado diferente de
Percentual completo
, use o
Classic PPM
para calcular, exibir e relatar métricas de valor agregado. Para obter mais informações, consulte
Clarity
Studio Development
.
Configurar os calendários base
Um calendário base padrão determina o ETI e outros cálculos. Como gerente de projetos ou de recursos, verifique se os calendários base mostram as informações corretas de dias úteis, dias não úteis e turnos. Os calendários base servem como modelos para outros calendários, incluindo calendários de recurso e de função específicos. O calendário base selecionado para um recurso ou uma função determina o ETI quando aloca um recurso ou uma função à equipe de um projeto.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Gestão de projetos
    ,
    Calendários base
    .
  2. Clique em um calendário ou clique em
    Novo
    .
  3. Modificar o calendário existente ou forneça as informações do novo calendário.
  4. Salve o calendário.
Modificar o calendário de um recurso
Quando você seleciona um recurso que é uma equipe predefinida, a guia Calendário fica indisponível. Os recursos da equipe podem usar o calendário do site.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Página inicial
    ,
    Gestão de recursos
    ,
    Recursos
    .
  2. Selecione um recurso ou uma função.
  3. Clique na guia
    Calendário
    .
  4. Modifique o calendário.
Para saber mais sobre os calendários, consulte
Gestão de recursos
.
Adicionar categorias de risco
Como gerente de projetos, adicione categorias de risco para agrupar os riscos de investimento de acordo com um tipo determinado. É possível adicionar outras categorias de risco e, em seguida, adicionar essas categoria a atributos do objeto, como o atributo de pesquisa Tipo de categoria. O atributo de pesquisa define a categoria ou os fatores de risco predefinidos que os recursos podem visualizar ao definir o projeto detalhado e os riscos em geral.
Como administrador, adicione novas categorias de risco ou fatores. As categorias de risco são exibidas na seção Fatores de contribuição da página principal do risco. O campo Risco do projeto exibe uma média ponderada de todas as categorias ou todos os fatores de risco na página.
Siga estas etapas:
  1. Crie um atributo de número (campo) para a visualização
    Propriedades
    do objeto do projeto.
  2. Adicione o atributo à seção
    Contributing Factors
    da visualização da subpágina
    Risco
    . O novo atributo de número é um campo de fórmula calculado com base em uma fórmula de média ponderada.
  3. Publicar a visualização.
    A nova categoria de risco é exibida na página. Agora, os usuários podem inserir valores para a categoria do risco.
Definir o limite do risco
Como gerente de projetos, use a matriz Pontuação de risco para determinar o nível de risco (baixo, médio ou alto) com base nos fatores de impacto e probabilidade de risco. Os valores de probabilidade do risco são plotados em relação aos valores de impacto do risco. A intersecção de cada probabilidade e valor de impacto é a pontuação de risco. O
limiar de risco
é a pontuação de risco de projeto padrão no nível do sistema e o limiar de risco geral. O limiar de risco define o nível aceitável do risco que pode ser tolerado sem o uso da estratégia de resposta ao risco. Também é possível definir os valores de probabilidade e impacto para os projetos que têm riscos detalhados.
Você pode alterar os limites de risco existentes, o que ajuda a calcular o grau de risco. No entanto, essas alterações não se baseiam nas alterações feitas na matriz de pontuação de risco.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Gestão de projetos
    ,
    Configurações do risco
    .
  2. Defina o limiar de risco para todos os projetos.
  3. Defina a pontuação de risco de uma determinada combinação de impacto e probabilidade.
  4. Salve as alterações.
Configurar os períodos de relatório de valor agregado
O período de relatório de valor agregado define a frequência e o intervalo da rotina Atualizar histórico de valor agregado. A rotina tira instantâneos do valor agregado histórico do desempenho e os salva na tabela de histórico de valor agregado. Ao usar metodologias de valor agregado para analisar o desempenho do projeto, a rotina usa o período do relatório de valor agregado para obter o instantâneo. A rotina salva o instantâneo com base na associação do projeto para o período. O gerente de projeto associa o projeto ao período apropriado.
Ao configurar períodos de relatório, é possível definir os intervalos de tempo usados para salvar as informações de VA, como semanais ou mensais. Os períodos armazenam e calculam o valor agregado histórico.
Configure os períodos de relatório de valor agregado usados por gerentes de projeto para análise de valor agregado. Ao definir o período de relatório, você define a frequência com que o relatório é executado. Os gerentes de projeto associam seus projetos a períodos de relatório definidos. Instantâneos de valor agregado histórico do desempenho do projeto são tirados com base nesse período de relatório.
Exemplo de frequência semanal
Para uma recorrência semanal do período de relatório, insira 1 como a frequência. Para um padrão de recorrência a cada duas semanas, insira 2. Para duas vezes ao ano, insira 26 e para uma vez ao ano, insira 52.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Gestão de valor agregado
    ,
    Definições de período
    .
  2. Clique em
    Novo
    .
  3. Digite as informações básicas para a definição do período:
    • Ativo
      Indica se esse período de relatório está ativo. Quando o período de relatório está ativo, os gerentes de projeto podem associar projetos a ele.
    • Tipo de período
    • Define o tipo de período. Depois de selecionar um tipo de período, defina a recorrência do período selecionado.
      • Semanal
        Frequência.
        Define o intervalo semanal e o dia da semana em que o período inicia.
        Exemplo:
        defina a recorrência como a cada duas semanas inserindo 2 ou como duas vezes por ano inserindo 26.
        Valores de intervalo:
        1 - 52
        Valores de dia da semana:
        domingo a sábado
        Padrão:
        semanalmente, aos domingos, começando neste domingo.
      • Mensal
        Frequência.
        Define o intervalo mensal do início do período. A recorrência pode iniciar em determinado dia de cada mês, ou iniciar em intervalos mensais em um dia da semana específico.
        Valores de intervalo de dia:
        1 - 31
        Valores de intervalo:
        primeiro, segundo, terceiro, quarto ou último
        Valores de dia da semana:
        domingo a sábado
        Padrão:
        mensal, iniciando no primeiro dia do mês.
      • Trimestral
        Início do primeiro trimestre.
        Define o mês (de janeiro a dezembro) em que o primeiro trimestre é iniciado.
        Frequência.
        Define o intervalo trimestral em que o período é iniciado. A recorrência pode iniciar em um dia específico do mês em cada trimestre, ou iniciar em intervalos trimestrais em um dia da semana específico.
        Valores de intervalo de dia:
        1 - 31
        Valores de intervalo:
        primeiro, segundo, terceiro, quarto ou último
        Valores de dia da semana:
        domingo a sábado
        Padrão:
        trimestral iniciando em 1.° de janeiro
      • Anual
        Todos
        Define o mês (de janeiro até dezembro) em que começa o período.
        Frequência.
        Define o intervalo anual em que o período é iniciado. A recorrência pode iniciar em um dia específico do mês a cada ano, ou iniciar em intervalos anuais em um dia da semana específico.
        Valores de intervalo de dia:
        1 - 31
        Valores de intervalo:
        primeiro, segundo, terceiro, quarto ou último
        Valores de dia da semana:
        domingo a sábado
        Padrão:
        anual, iniciando em 1.° de janeiro
  4. Salve as alterações.
Períodos de valor agregado gerado
Períodos de VA (Valor Agregado) contêm informações do período do relatório de valor agregado. A rotina Atualizar histórico de valor agregado cria os períodos conforme necessário. Você pode excluir apenas períodos de VA de tempo de encerramento consecutivo. Use a página de lista de períodos de VA para excluir períodos de VA. Os períodos de VA são criados automaticamente quando a rotina Atualizar histórico de valor agregado é executada, ou quando as etapas são seguidas manualmente.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Gestão de valor agregado
    ,
    Definições de período
    .
  2. Clique no ícone de Calendário ao lado do período de relatório de valor agregado para gerar um novo período de VA.
    A página de lista de períodos de VA é exibida.
  3. Clique em
    Criar
    .
    A página Gerar períodos de VA é exibida.
  4. Insira a quantidade de novos períodos.
  5. Salve as alterações.