MSP: Sincronizar o Microsoft Project com o
Classic PPM

ccppmop159
Esta seção contém os seguintes tópicos:
2
O
Classic PPM
agora oferece suporte à seguinte conectividade com o MSP (Microsoft Project):
  • Sincronização bidirecional completa
  • Importação unidirecional (BETA)
  • Versão leve (BETA)
  • Copiar e colar
As alterações em um aplicativo são sincronizadas com o outro. A sincronização permite trabalhar nas informações mais recentes em qualquer um dos aplicativos.
  • Abra, revise e edite os projetos do
    Classic PPM
    no Microsoft Project.
  • Salve projetos atualizados ou novos do Microsoft Project no
    Classic PPM
    .
  • Compartilhe e analise as últimas informações do projeto.
  • Navegue em uma lista de recursos do
    Classic PPM
    e aloque os recursos selecionados para o projeto no Microsoft Project.
  • Copiar e colar tarefas
Não abra um projeto no Open Workbench enquanto estiver usando o
Classic PPM
. Devido aos algoritmos de programação conflitantes, seu projeto pode ser corrompido ou perdido.
Use este artigo para compreender o processo de importação de um plano de projeto do MSP e do
Classic PPM
. Este artigo também explica os campos de função e os mapeamentos padrão entre os dois aplicativos.
2
Propriedade do
Classic PPM
Muitas organizações têm o desafio de garantir a precisão em informações de relatório. A gerência deseja relatórios sobre seus ativos mais importantes, o que inclui a equipe e as verbas. A precisão é comprometida à medida que a empresa cresce e cada pessoa e departamento usa diferentes planilhas. Quando a diretoria precisa de um relatório, os colaboradores têm o desafio de consolidar e reconciliar as várias fontes de dados antes de apresentar um relatório consolidado. A precisão de dados, a pontualidade dos relatórios e o tempo desnecessário gasto com recursos em tarefas manuais de geração de relatórios levam à necessidade de informações precisas.
Para garantir a consistência do projeto e a integridade dos dados, o
Classic PPM
basicamente possui os seguintes elementos:
  • Planos de projeto
  • Recursos que trabalham em projetos e respectivos atributos financeiros
  • Custos e orçamento do projeto
  • Calendários
  • Valores de atributo padrão
O Microsoft Project, quando usado como uma ferramenta autônoma de programação de projeto, também oferece suporte à lista acima. No entanto, quando você integra os dois aplicativos, o
Classic PPM
torna-se o registro principal dessas informações.
Exemplo: Adicionar recursos à equipe do projeto
Neste exemplo, um recurso une-se à equipe do projeto.
  • Classic PPM
    : é recomendável adicionar o novo recurso no
    Classic PPM
    . Vá para a página Equipe do projeto e adicione o recurso à lista Equipe alocada.
  • Microsoft Project
    : também é possível adicionar os detalhes do recurso na planilha de recursos do Microsoft Project. Clique na opção de menu Integração do
    Classic PPM
    , Procurar recursos para adicionar o recurso.
A interface do Schedule Connect não salva informações desnecessárias sobre o recurso no
Classic PPM
. A interface exclui essas informações antes de salvar ou sincronizar as alterações. Por exemplo, uma mensagem de erro é exibida quando você tenta importar um recurso que não está mapeado para o
Classic PPM
. O Microsoft Project salva os dados, mas eles não são salvos no
Classic PPM
.
Abrir um projeto no
Classic PPM
Você pode abrir um projeto no
Classic PPM
usando um dos seguintes métodos:
  • Abra um projeto na página Propriedades do projeto.
  • Vá para a opção Microsoft Project, página Lista de tarefas e clique em Abrir no agendador.
Abrir um projeto no Microsoft Project
  1. No Microsoft Project, clique no menu Integração.
  2. Clique em Abrir o projeto.
Quando você abre um projeto no Microsoft Project, os seguintes processos são realizados:
  • Todos os campos mapeados (padrão e definidos pelo usuário) são exportados do repositório para o Microsoft Project.
  • A Equipe é exportada para preencher a Planilha de recursos no Microsoft Project.
A interface do Microsoft Project exporta os dados do aplicativo Schedule Connect e os formata como um arquivo .xml. A interface do Microsoft abre o arquivo .xml e o salva como um arquivo .mpp. O arquivo .mpp e os arquivos .xml são armazenados no banco de dados do
Classic PPM
.
O nome desse .mpp se baseia no número da ID do projeto do
Classic PPM
. Por exemplo, se a ID do projeto for pr0001, o arquivo .mpp será chamado de pr001.mpp. Esse arquivo é uma cópia dos dados do
Classic PPM
e não deve ser tratado como um arquivo comum do Microsoft Project, a menos que você esteja trabalhando offline. O arquivo .mpp é salvo no
Classic PPM
quando o projeto é salvo no
Classic PPM
e não é excluído quando o projeto é fechado no Microsoft Project. No entanto, sempre que o projeto do
Classic PPM
for aberto no Microsoft Project, o conteúdo do .mpp será substituído pelos dados do arquivo .mpp mais recente do
Classic PPM
.
Atualizar um plano do Microsoft Project offline
Você pode usar o Microsoft Project para editar os planos do projeto no modo offline.
Siga estas etapas:
  1. No
    Classic PPM
    , abra o plano do projeto.
  2. Salve o plano do projeto no computador.
  3. Abra e atualize o arquivo .mpp, conforme necessário.
  4. Salve o arquivo .mpp atualizado na guia Integração do
    Classic PPM
    .
    Os dados do projeto atualizados são salvos e verificados no
    Classic PPM
    .
Bloquear e desbloquear projetos
É possível abrir um projeto do
Classic PPM
no Microsoft Project nos seguintes modos:
  • Modo somente leitura
    . Não é colocado um bloqueio no projeto. É possível editar o projeto localmente, mas não salvar as alterações no
    Classic PPM
    .
  • Modo leitura/gravação
    . É colocado um bloqueio no projeto. Um bloqueio no projeto impede que os usuários o atualizem e potencialmente substituam as alterações feitas pelo recurso que está mantendo o bloqueio.
Quando você bloqueia um projeto no
Classic PPM
, o bloqueio é mantido até o projeto ser fechado. Você pode atualizar e salvar o projeto, bem como continuar atualizando-o sem perder o bloqueio. Dessa maneira, é possível atualizar projetos localmente por tempos mais longos e compartilhar as informações atualizadas com outros usuários. Os outros usuários podem abrir o projeto como somente leitura. Eles podem fazer atualizações localmente, mas não podem salvar o projeto no
Classic PPM
. No Microsoft Project, quando você forçar um salvamento, uma mensagem de aviso será exibida informando que as alterações após a abertura do projeto poderão ser substituídas.
  • Um bloqueio é colocado em um projeto quando você o abre no
    Classic PPM
    no modo de leitura/gravação. Em geral, fechar um projeto no Microsoft Project o desbloqueia no
    Classic PPM
    , mesmo quando você sai do Microsoft Project com o projeto aberto.
  • O
    Classic PPM
    coloca um bloqueio temporário de leitura e gravação em um projeto quando ele é aberto no Microsoft Project. Dessa forma, as versões são controladas ao não permitir que outras pessoas editem o projeto, embora você o tenha liberado. O nome do proprietário do bloqueio aparece no campo Bloqueado por no
    Classic PPM
    e no Microsoft Project.
  • O
    Classic PPM
    cria automaticamente um bloqueio em um projeto. Não é necessário bloquear o projeto manualmente. Um bloqueio é colocado em um projeto quando você o abre no modo Leitura/gravação do
    Classic PPM
    .
  • Os projetos são desbloqueados quando você os fecha ou sai do Microsoft Project enquanto eles ainda estão abertos.
Siga estas etapas:
  1. Salve o projeto aberto no
    Classic PPM
    .
  2. Feche o projeto sem salvá-lo no Microsoft Project.
    O projeto é desbloqueado no
    Classic PPM
    .
Também é possível desbloquear o projeto manualmente no
Classic PPM
.
Siga estas etapas:
  1. Na página Projetos do
    Classic PPM
    , clique no projeto que deseja abrir.
    Se o projeto estiver bloqueado por outro usuário, um alerta será exibido.
  2. Clique em Desbloquear.
    O projeto é desbloqueado.
Você deve ter direitos de visualização e o direito Configuração de aplicativo para bloquear e desbloquear projetos.
Na ocasião em que o usuário cujo bloqueio você removeu tentar salvar o projeto de volta no
Classic PPM
, uma mensagem informará que o projeto não está bloqueado. Se o usuário ainda precisar salvar o projeto de volta, ele poderá executar um
salvamento forçado
. Um salvamento forçado substitui as atualizações que você fez após a remoção do bloqueio.
Se você fizer atualizações e sair do Microsoft Project sem salvar o projeto, uma mensagem será exibida solicitando que o salve.
  • Para salvar o projeto no computador e substituir o arquivo .mpp, clique em Sim. O projeto não é salvo no
    Classic PPM
    .
  • Para salvar o projeto de volta no
    Classic PPM
    , clique em Cancelar e salve o projeto na guia Integração do
    Classic PPM
    .
Definir a importação unidirecional do MSP para o Clarity (BETA)
A importação unidirecional permite enviar tarefas, lidar com mudanças não previstas e fornecer um nível maior de controle sobre o plano do projeto. Como gerente de projeto, você pode agora abrir um projeto do MSP a partir do
Clarity
usando a opção Abrir no agendador. No entanto, certifique-se de que não exista nenhum arquivo local do MSP na área de trabalho local. Se um arquivo associado do MSP estiver presente na área de trabalho local e você selecionar a opção Abrir no agendador, o Microsoft Project gera o seguinte erro: A Microsoft Project plan (/path/PR1000.mpp) is already present on the local desktop for this project. Abra esta cópia local do plano para gerenciar o projeto. Isso ajuda a impedir alterações que causem mudanças inesperadas nos planos do projeto no MSP a partir do
Clarity
.
Siga estas etapas:
  1. Desinstale o seguinte software do seu computador:
    • MSP
    • Clarity
      SCHEDULE CONNECT
    • CLARITY Addin
  2. Efetue logon no
    Classic PPM
    .
  3. Vá para Configurações da conta, Downloads de software e clique em MSP – DOWNLOAD. É feito o download do arquivo.
  4. Execute o arquivo .exe para instalar a versão mais recente dos seguintes arquivos:
    • MSP
    • Clarity
      SCHEDULE CONNECT
    • CLARITY Addin
  5. Vá para Objetos, Projetos, Selecione um projeto.
  6. Abra o projeto.
  7. Vá para Propriedades, Definições, Agendador, clique no menu suspenso e selecione
    Microsoft Project unidirecional
    .
A importação unidirecional é definida como do MSP para o
Clarity
. Todas as alterações feitas no MSP são atualizadas no
Clarity
. No entanto, o botão Update Actuals exibirá as horas trabalhadas da tarefa a partir do
Clarity
se a opção de integração unidirecional estiver selecionada.
Integração leve (BETA)
Agora, é possível transmitir detalhes selecionados para e a partir do
Clarity
. A integração leve permite que você transmita dados somente para os seguintes atributos:
  • Nome da tarefa
  • Início
  • Término
  • % concluído
  • Predecessora
  • Sucessora
  • Marco (sinalizador)
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon no
    Classic PPM
    .
  2. Vá para Objetos, Projetos, Selecione um projeto.
  3. Abra o projeto.
  4. Vá para Propriedades, Definições, Agendador, clique no menu suspenso e selecione
    Versão leve do Microsoft Project
    .
  5. Vá para Abrir no agendador e selecione a opção relevante. Uma cópia do arquivo MPP é baixada.
  6. Abra novamente o arquivo MPP pelo Agendador e o arquivo será agora baixado com o sufixo L na ID do projeto. Por exemplo, se o nome do projeto for PR1006, o arquivo de projeto leve se chamará PR 1006l.
  7. Se você fizer alterações no projeto leve e salvar o arquivo, o sistema salvará o arquivo com um novo nome. Você pode compartilhar o arquivo leve com as partes interessadas.
Se você salvar o arquivo leve após alterá-lo, ele será salvo com um novo nome
Copiar e colar tarefas do projeto no MSP
Você pode copiar e colar tarefas em um Microsoft Project. Certifique-se de salvar o arquivo para que as operações copiar e colar sejam concluídas.
Antes de copiar as tarefas do projeto de origem no projeto de destino, primeiro copie e cole os recursos (da planilha recursos) da origem no destino para evitar erros de recurso não encontrado.
Definir o campo Modelo de carregamento padrão
Como um administrador, você pode definir o modelo de carregamento padrão. A definição recomendada para o Modelo de carregamento padrão é
Uniforme
. Quando um gerente de projeto abre um plano do Microsoft Project no
Classic PPM
, o Modelo de carregamento padrão uniforme distribui o EPT uniformemente todos os dias e mantém a duração da tarefa.
Os gerentes de projeto podem preferir usar o Carregamento prioritário, pois desejam que seus projetos sejam concluídos o mais rapidamente possível. No entanto, a curva do Microsoft Project para carregamento prioritário distribui o EPT para estender a duração das tarefas. É preciso tomar cuidado ao considerar a escolha do Padrão de carregamento fixo. Qualquer EPT restante para a semana durante o período publicado será descartada. Os gerentes de projeto devem usar o Padrão de carregamento fixo somente quando estiver claro para eles que a EPT será descartada quando as horas reais trabalhadas ficarem abaixo do planejado.
Ao usar modelos de projeto para criar projetos, o Modelo de carregamento padrão será ignorado se os modelos tiverem atribuições existentes que foram feitas antes da definição do modelo padrão. Defina o Modelo de carregamento padrão para Uniforme antes de criar um modelo de projeto. Como resultado, os modelos adotam o padrão de carregamento uniforme e os projetos criados com eles herdam o padrão de carramento.
Siga estas etapas:
  1. No
    Classic PPM
    , selecione Administração, Gestão de projetos, Definições.
  2. Na General Area, selecione um modelo de carregamento padrão.
Definir o mapeamento padrão para unidades de atribuição
Os administradores podem mapear o campo Unidades de atribuição da Microsoft com 'Carga máx %' para atribuição do
Clarity
. Quando você não mapeia os campos de unidades de atribuição, as unidades de atribuição passam a depender apenas da porcentagem de alocação da equipe.
Siga estas etapas:
  1. No
    Classic PPM
    , selecione Administração, Gestão de projetos, Definições.
  2. Marque a caixa de seleção
    Mapeamento de unidades de atribuição de MSP com 'Carga máx %' para atribuição do
    Clarity
    . As unidades de atribuição do Microsoft Project são mapeadas para o
    Classic PPM
    independentemente do tipo de tarefa.
A Carga máx % na planilha de recursos se baseia na data da alocação que corresponde à data de exportação do projeto. Por exemplo, hoje é dia 31 de dezembro de 2017 e o segmento de alocação é definido como 25% para 15 de dezembro de 2017 a 15 de janeiro de 2018. Em seguida, as Unidades máximas são 25% quando exportadas para o MSP. Para ver os detalhes completos da alocação, clique duas vezes no nome do recurso na planilha de recursos e revise a Disponibilidade do recurso.
Preparar planos herdados do Microsoft Project para importação
Antes de importar um plano do Microsoft Project no
Classic PPM
, conclua as etapas a seguir. Estas etapas garantem que os campos do plano do Microsoft Project sejam mapeados para os campos do
Classic PPM
antes da importação.
  1. No Microsoft Project, selecione a guia Arquivo, Propriedades, Resumo. Verifique se o nome Título do projeto é igual ao nome do projeto do
    Classic PPM
    .
  2. Certifique-se de que os links Mestre e Subprojeto sejam removidos.
  3. Valide as informações no nível de tarefa.
  4. Execute uma revisão de andamento das tarefas.
  5. Revise e reatribua os campos definidos pelo usuário do Microsoft Project.
  6. Valide as informações do recurso.
  7. Ajuste os nomes de recurso.
  8. Importe o plano do projeto do Microsoft Project convertido no
    Classic PPM
    .
  9. Configure os recursos de acompanhamento e colaboração do projeto como uma atividade de pós-importação.
Valide as opções Ferramentas e Definições na versão de cliente do Microsoft Project e para o plano do projeto.
Salvar os campos mapeados entre o
Classic PPM
e o Microsoft Project
Os campos mapeados são atualizados no banco de dados do
Classic PPM
. Os resultados nas informações atualizadas exibem diversos portlets e visualizações no
Classic PPM
. Para os campos que não são mapeados para o
Classic PPM
, execute uma das seguintes tarefas:
  • Peça ao administrador do
    Classic PPM
    para mapear os campos no
    Classic PPM
    . Entre em contato com o administrador para exibir os campos adicionais prontos para uso indisponíveis.
  • Visualize os campos no Microsoft Project.
Quando você abre um projeto, um aplicativo envia dados para outro aplicativo. A troca de dados entre os aplicativos usa os mesmos protocolos usados para o
Classic PPM
. O método de envio de informações sobre um campo específico do
Classic PPM
para o campo relacionado no Microsoft é conhecido como
mapeamento
.
Em geral, o mapeamento padrão dos campos funciona. Por exemplo, a Data de início da tarefa do
Classic PPM
é mapeada para a Data de início da tarefa do Microsoft Project. No entanto, você precisa configurar a troca de dados para os campos que não são mapeados por padrão. Por exemplo, você usa um atributo personalizado de relatórios corporativos no
Classic PPM
que deseja mapear para o Microsoft Project.
É altamente recomendável mapear apenas os campos adicionais que são necessários que o gerente de projeto veja ou use no Microsoft Project. Acrescentar campos adicionais ao mapa aumenta o esforço de processamento da interface.
Como um administrador, você pode usar o recurso Mapeamentos de campo do MSP para adicionar um novo mapeamento.
Mapeamento de campo padrão
As tabelas a seguir exibem os campos prontos para uso que são mapeados entre o
Classic PPM
e o Microsoft Project.
Resource_Team
A seguinte tabela mapeia os campos no Microsoft Project para campos na página Objeto do projeto no
Classic PPM
:
Tabela do
Classic PPM
: campo
Campo do Microsoft Project
Tipo
Observações
SRM_RESOURCES: UNIQUE_NAME
Iniciais
Texto (32)
Localiza o recurso correspondente no
Classic PPM
ao salvar o projeto. Nenhuma informação de recurso é atualizada no
Classic PPM
após o salvamento do projeto.
SRM_RESOURCES: EMAIL
Email
Texto (255)
Nenhum
SRM_RESOURCES: LAST_NAME
Nome do recurso
Texto (30)
Indica o nome da função e recursos não relacionados à mão de obra no
Classic PPM
. Para recursos que são de mão de obra, o sobrenome e o nome concatenados do recurso sem vírgulas.
SRM_RESOURCES: FIRST_NAME
Nome do recurso
Texto (30)
Indica o nome da função e recursos não relacionados à mão de obra no
Classic PPM
. Para recursos que são de mão de obra, o sobrenome e o nome concatenados do recurso sem vírgulas.
SRM_RESOURCES: RESOURCE_TYPE
PRJ_RESOURCES: PRUID PRJ_RESOURCES: PRCATEGORY
Text3 de tipo de recurso
Grupo
Definições
O mapeamento padrão é Material para todos os recursos não relacionados à mão-de-obra no
Classic PPM
. O PRUID deve ser mapeado para um campo no
Classic PPM
. Não altere o valor no Microsoft Project.
PRJ_RESOURCES: PRAVAILCURVE
Disponibilidade do recurso
Binário
Usado apenas para recursos de mão de obra no Microsoft Project. Esse campo é combinado com as informações de alocação de recursos para projetos durante a abertura do projeto no Microsoft Project. O campo é fatorado durante o salvamento do projeto no
Classic PPM
.
PRJ_RESOURCES: PRCALENDARID
Período de trabalho
Texto(32)
O calendário de recursos é refletido no campo Calendário base e as exceções específicas de recurso na caixa de diálogo Informações de recursos. O calendário é usado apenas para recursos de mão de obra no Microsoft Project.
PRJ_RESOURCES: PRISROLE
Nenhum
Mapeado para recurso genérico.
PRTeam: PRALLOCCURVE
Disponibilidade do recurso
Binário
Usado apenas para recursos de mão de obra no Microsoft Project. Esse campo é combinado com a disponibilidade do recurso durante abertura do projeto no Microsoft Project. O campo é fatorado durante o salvamento do projeto no
Classic PPM
.
PRTeam: PRAVAILSTART
Nenhum
Hora
Durante o salvamento do projeto no
Classic PPM
, esse campo é definido para a data mais antiga do recurso no Microsoft Project.
Se o campo Disponível até estiver definido como ND no Microsoft Project, esse campo no
Classic PPM
será definido como em branco, indicando que o recurso estará disponível quando o projeto for iniciado.
Project0
A seguinte tabela mapeia os campos no Microsoft Project para campos na página Objeto do projeto no
Classic PPM
:
Tabela do
Classic PPM
: campo
Campo do Microsoft Project
Tipo
Observações
INV_INVESTMENTS
: NAME
Projeto
Propriedades ou
Título
Texto(80)
Nenhum
INV_INVESTMENTS
: CODE
Texto1
Texto(20)
Esse é um mapeamento padrão. É possível alterar o mapeamento do campo a qualquer momento.
INV_PROJECTS
: PRUID
Texto3
Texto(32)
É possível alterar o mapeamento do campo a qualquer momento. No entanto, não altere o valor desse campo no Microsoft Project. PRUID também é mapeado para Propriedades/prUID (somente para uso interno).
INV_PROJECTS
: PRGUIDELINES
Projeto
Propriedades ou Base do hiperlink
Texto(254)
Nenhum
INV_PROJECTS
: PRDEPARTMENT
Propriedades do projeto ou Empresa
Texto(32)
Nenhum
INV_PROJECTS
: PRVERSION
Propriedade personalizada/prVersion
Curto
Defina a versão (somente para uso interno) durante a abertura do projeto no Microsoft Project e no salvamento de volta no
Classic PPM
.
A seguinte tabela mapeia os campos do Microsoft Project para os campos na página Scheduling Properties do
Classic PPM
:
Tabela do
Classic PPM
: campo
Campo do Microsoft Project
Tipo
Observações
INV_PROJECTS
: SCHEDULE_START
Informações do projeto/Data de início
Hora
Nenhum
INV_PROJECTS
: PRASOF
Informações do projeto/Data de status
Hora
Não é possível definir programaticamente esse campo para ND no Microsoft Project. Se o campo A partir da data no
Classic PPM
estiver em branco, o valor existente nesse campo é retido.
INV_PROJECTS
: SCHEDULE_FINISH
Informações do projeto/Data de término
Hora
Nenhum
INV_PROJECTS
: CHARGECODEID
Sem mapeamento padrão.
Longo
O nome do código de encargo é exibido no Microsoft Project. Para modificar o código de encargo para um projeto ou uma tarefa, digite o nome de um código de encargo que já existe no
Classic PPM
nesse campo.
A seguinte tabela mapeia os campos do Microsoft Project para o Objeto do projeto no
Classic PPM
:
Tabela do
Classic PPM
Campo do
Classic PPM
Campo do
Microsoft
Project
Tipo
Observações
INV_PROJECTS
PRFORMAT
Nenhum
Curto
Se o formato não for suportado no Microsoft Project, uma mensagem de aviso será exibida durante a abertura e o salvamento do formato. O formato é definido para o Microsoft Project após o salvamento do formato.
INV_PROJECTS
PRPRIORITY
Projeto
Informações
/Prioridade
Curto
As prioridades são traduzidas entre o intervalo (0-1000) no Microsoft Project e o intervalo (36-0) no
Classic PPM
.
INV_INVESTME NTS
MANAGER_ID
Propriedades do arquivo/Gerente
Numérico
Durante a abertura, o nome de usuário do gerente é recuperado. O valor não é salvo no
Classic PPM
.
INV_PROJECTS
PRSTARTIMPOSED
PRFINISHIMPOSED
Informações do projeto/direção de programação
Booleano
Se esse campo for exibido, o campo Cronograma de é definido para a Data de início quando você abrir o projeto no Microsoft Project. Caso contrário, Programar a partir será definido como Data de término.
PRJ_BASELINE_ DETAILS
START_DATE
Início da linha de base
Hora
Nenhum
PRJ_BASELINE_ DETAILS
FINISH_DATE
Término da linha de base
Hora
Nenhum
Task_Subproject
A seguinte tabela mapeia os campos no Microsoft Project para os campos Objeto de tarefa no
Classic PPM
:
Tabela do
Classic PPM
: campo
Campo
do MSP
Tipo
Observações
PRTask
: PRUID
Texto3
Texto(32)
Um mapeamento padrão. É possível alterar o mapeamento do campo a qualquer momento. No entanto, verifique se PRUID está mapeado para um campo. Não altere o valor desse campo no Microsoft Project.
PRTask
: PRNAME
Nome
Texto(64)
prName deve ser inserido em caracteres minúsculos.
PRTask
: PREXTERNALID
Texto1
Texto(16)
Um mapeamento padrão. É possível alterar o mapeamento do campo a qualquer momento.
PRTask
: PRISMILESTONE
Marco
Booleano
Nenhum
PRTask
: PRPRIORITY
Prioridade
Curto
As prioridades são traduzidas entre o intervalo (0-1000) no Microsoft Project e o intervalo (36-0) no
Classic PPM
.
PRTask
: PRSTART
Início
Hora
Nenhum
PRTask
: PRFINISH
Término
Hora
Nenhum
PRTask
: PRDURATION
Duração
Duplo
A duração é exibida de acordo com as unidades definidas em Duração, conforme inserido no Microsoft Project.
PRTask
: PRISFIXED
Tipo de tarefa
Booleano
O tipo de tarefa de duração fixa é definido como Verdadeiro no Microsoft Project. A unidade fixa e o trabalho fixo são definidos como Falsos.
PRJ_BASELINE_ DETAILS
: START_DATE
Início da linha de base
Hora
Para definir esse campo no
Classic PPM
, defina o campo Modificar linha de base para a direita no Microsoft Project.
PRJ_BASELINE_ DETAILS
: FINISH_DATE
Término da linha de base
Hora
Para definir esse campo no
Classic PPM
, defina o campo Modificar linha de base para a direita no Microsoft Project.
PRJ_BASELINE_ DETAILS
: LAST_UPDATED_DATE
Nenhum
Hora
Se as informações de linha de base existem no Microsoft Project, o campo PRBASETIME será atualizado com a hora em que você salvar no
Classic PPM
.
PRTask
: PRSTATUS
% concluído
Curto
Ao salvar o projeto no
Classic PPM
, defina o status da tarefa como Iniciado quando a porcentagem (%) concluída for maior que 0%. Quando o status da tarefa for 100% concluído, defina esse campo como Concluído. Caso contrário, defina-o como Não iniciado.
PRTask
: PRPCTCOMPLETE
% concluído
Duplo
O campo % concluído físico não é mapeado no Microsoft Project.
PRTask
: PRWBSLEVEL
Nível da estrutura de tópicos
Curto
Esse campo com PRWBSSEQUENCE representa a estrutura de tópicos do EAP.
PRTask
: PRWBSSEQUENCE
ID
Curto
Descreve a ordem das tarefas no EAP.
PRTask
: PRISTASK
Sumary
Booleano
Definido como Sim quando PRISTASK for Falso. Definido como Não quando PRISTASK for Verdadeiro.
PRTask
: PRISKEY
Sinalizador1
Booleano
Um mapeamento padrão. É possível alterar o mapeamento do campo a qualquer momento. Esse campo identifica um item do EAP como um item chave.
PRTask
: PRCHARGECODEID
Esse campo não é mapeado por padrão
Longo
O nome do código de encargo é exibido no Microsoft Project. Para modificar o código de encargo de uma tarefa, insira um código de encargo existente do
Classic PPM
nesse campo.
PRSubproject
: PRISREADONLY
Subprojeto
Somente leitura
Booleano
Nenhum
Atribuição
A seguinte tabela mapeia os campos do Microsoft Project para os campos do Objeto de atribuição no
Classic PPM
:
Tabela do
Classic PPM
: campo
Campo
do MSP
Tipo
Observações
PRAssignment
: PRUID
Texto3
Texto(32)
PRUID e vários outros atributos de atribuição são armazenados em Texto3 (somente para uso interno). Esse é um mapeamento de campo padrão que pode ser alterado a qualquer momento. No entanto, verifique se PRUID está mapeado para um campo. Não altere o valor desse campo no Microsoft Project.
PRAssignment
: PRESTMAX
Unidades
Duplo
Na abertura do projeto, o valor do campo é definido apenas para atribuições invariáveis de recursos de mão de obra para tarefas não fixas. O valor é definido para o valor no
Classic PPM
multiplicado pelas unidades máximas de recurso ou multiplicado por um quando os valores das unidades máximas de recurso forem zero.
No salvamento do projeto, o valor do campo no
Classic PPM
é definido apenas para atribuições dos recursos de mão de obra. O valor é definido para as unidades de atribuição dividido pelas unidades máximas de recurso, ou definido para 1 quando as unidades de atribuição ou as unidades máximas de recurso forem zero.
PRAssignment
: PRPENDESTSUM
Pode ser mapeado para qualquer campo de número definido pelo usuário
Duplo
Na abertura do projeto, o valor do campo no Microsoft Project é definido para o valor no
Classic PPM
ou definido para -1 quando a Estimativa pendente no
Classic PPM
estiver em branco.
No salvamento no
Classic PPM
, se o recurso de atribuição e respectivo projeto tiverem um Modo de acompanhamento diferente de Nenhum, o valor será definido para -1. Caso contrário, qualquer valor será salvo. Quando -1 for salvo, as Estimativas pendentes serão limpadas.
PRAssignment
: PRPENDACTSUM
Pode ser mapeado para qualquer campo de número definido pelo usuário
Definições
Se o recurso de atribuição ou seu projeto tiverem um Modo de acompanhamento como Nenhum, as Horas trabalhadas pendentes serão mapeadas para o campo no Microsoft Project. Caso contrário, o campo não será salvo no
Classic PPM
. Na abertura, o valor do campo no Microsoft Project é definido para a soma das horas trabalhadas nas entradas de horas vinculadas e não registradas.
As Horas trabalhadas pendentes em branco são representadas por -1 no Microsoft Project. Quando -1 for salvo, as Horas trabalhadas pendentes serão limpadas.
A seguinte tabela mapeia os campos do Microsoft Project para os campos no
Classic PPM
:
Tabela do
Classic PPM
: campo
Campo do MSP
Tipo
Observações
PRAssignment
: PRACTSUM
Nenhum
Duplo
Esse campo no
Classic PPM
representa a quantidade total de trabalho real (de PRACTCURVE) para a atribuição. Esse campo será atualizado quando o projeto for salvo no
Classic PPM
apenas quando o recurso da atribuição ou respectivo projeto tiverem um Modo de acompanhamento como Nenhum.
PRAssignment
: PRESTSUM
Nenhum
Duplo
No
Classic PPM
, esse campo representa a quantidade total de trabalho restante (de PRESTCURVE) para a atribuição. Esse campo é atualizado quando o projeto é salvo no
Classic PPM
.
PRJ_BASELINE_ DETAILS:
USAGE_SUM
Trabalho de linha de base
Duplo
No
Classic PPM
, esse campo representa a quantidade total de trabalho de linha de base (de PRBASECURVE) para a atribuição. Esse campo é atualizado quando o projeto é salvo no
Classic PPM
.
PRAssignment
: PRACTCURVE
Trabalho real
Binário
No salvamento do projeto, esse campo será definido apenas no
Classic PPM
se o recurso de atribuição ou respectivo projeto tiver um Modo de acompanhamento definido como Nenhum.
PRAssignment
: PRESTCURVE
Trabalho
Binário
No Microsoft Project, esse campo representa o trabalho real e o trabalho restante do
Classic PPM
. No salvamento de um projeto no
Classic PPM
, o trabalho restante pode ser modificado para refletir o trabalho real recentemente registrado.
PRJ_BASELINE_ DETAILS
: USAGE
Linha de base
Trabalho
Binário
Para definir esse campo no
Classic PPM
, defina o campo Modificar linha de base para a direita no Microsoft Project.
Outros campos
A seguinte tabela mapeia os campos do Microsoft Project para os campos na página Objeto de tarefa no
Classic PPM
:
Tabela do
Classic PPM
: campo
Campo
do MSP
Tipo
Observações
PRDependency
: PRTYPE
Tipo
Curto
Nenhum
PRDependency
: PRAMOUNT
Atraso
Duplo
No salvamento do projeto no
Classic PPM
, os intervalos não diários no Microsoft Project são convertidos em valores diários.
PRDependency
: PRAMOUNTTYPE
Atraso
Curto
As unidades de intervalo no Microsoft Project são definidas para dias no
Classic PPM
e a distinção de tempo decorrido no Microsoft Project é ignorada. Os intervalos de porcentagem são diretamente suportados no
Classic PPM
.
PRConstraint
: PRTYPE
Tipo de restrição
Curto
Se houver várias restrições para uma tarefa no
Classic PPM
, apenas uma delas será mapeada para o Microsoft Project na seguinte prioridade:
  1. Precisa terminar em
  2. O início não pode ser depois de
  3. Precisa iniciar em
  4. O término não pode ser depois de
  5. A conclusão não pode ser antes de
  6. O início não pode ser antes de
Outros fatores, como horas trabalhadas, podem substituir as datas de restrição.
PRConstraint
: PRTIME
Data da restrição
Hora
Nenhum
PRNote
: PRCREATEDBY
Observações
Texto(32)
Esse campo é definido como o nome do usuário atual ao salvar o projeto no
Classic PPM
.
PRNote
: PRVALUE
Observações
Nota
Na abertura do projeto no Microsoft Project, várias observações sobre o mesmo objeto são concatenadas em um único campo Observações. A marca Adicionar novas observações é adicionada à parte inferior do campo Observações.
No salvamento do projeto no
Classic PPM
, uma nova observação é criada com o texto que foi inserido além dessa marca.
PRCalendar
: PRNAME
Nenhum
Texto(32)
Esse campo é exibido no Microsoft Project como Para na caixa de diálogo Alterar período útil. Esse campo não é usado para calendários de recursos.
A seguinte tabela mapeia os campos do Microsoft Project para os campos do Objeto de tarefa no
Classic PPM
:
Tabela do
Classic PPM
: campo
Campo
do MSP
Tipo
Observações
PRCalendar
: PRBASECALENDARID
Calendário base
Longo
No Microsoft Project, apenas os calendários de recursos têm calendários de base. Os calendários do sistema são combinados com os respectivos calendário base na definição dessa informação no Microsoft Project.
PRCalendar
PRSite
: PRVALUE PRWEEKSTART PRCALENDARID
Consultar comentários
Definição
As informações de calendário são refletidas nas opções Definir o período de trabalho da caixa de diálogo Alterar período útil. O calendário Padrão no Microsoft Project é atualizado pelas definições do calendário padrão no
Classic PPM
.
Campo de funções e considerações de mapeamento
O campo Função do
Classic PPM
, com o campo de recurso de nome, é mapeado para o campo de nome do recurso do Microsoft Project. Ao atribuir nomes de função, use uma convenção de nomenclatura exclusiva para as funções em uma organização a fim de identificar o grupo e a origem de uma função. Por exemplo, uma função pode pertencer a um dos seguintes grupos:
  • Interno ou externo
  • Funcionário ou temporário
  • Territoriais ou extraterritoriais
Há muitas maneiras de estruturar nomes de função. A amostra de convenção de nomenclatura a seguir ajuda você com o uso e a manutenção de longo prazo das páginas do
Classic PPM
.
Um nome não pode ter mais de 27 caracteres. Embora o número máximo de caracteres suportado para mapeamento seja de 32 caracteres.
A seguinte tabela descreve a amostra de uma ID do recurso, RBC Analistas EUS, que usa a convenção de nomenclatura para função de 27 caracteres:
Nível da entidade
3 dígitos
ESPAÇO
Grupo de funções
ESPAÇO
(Funcionário ou
Temporário
)
País
RBC
Nenhum
Analistas xxxxxxxxxx
Nenhum
E
US
RBC
Nenhum
Analistas xxxxxxxxxx
Nenhum
E
IN
RBC
Nenhum
Analistas xxxxxxxxxx
Nenhum
C
US
RBC
Nenhum
Analistas xxxxxxxxxx
Nenhum
C
IN
O número máximo de caracteres permitidos para cada coluna da tabela anterior são os seguintes:
  • Nível da entidade 3 dígitos: 3
  • ESPAÇO (ambos): 1
  • Grupo de funções: 19
  • (Funcionário ou Temporário) e País: 3
  • Total de caracteres: 27
A ID do recurso da amostra que segue essa convenção de nomenclatura é:
RBC Analysts EUS
Um nome pode ser adicionado várias vezes, mas um recurso nomeado pode ser adicionado apenas uma vez.
Quando uma função do mesmo tipo que possui várias entradas é adicionada na página Equipe alocada, uma extensão de cinco caracteres exclusiva é acrescentada a cada função. O tamanho máximo de uma ID do recurso para uma função de mão de obra é de 32 caracteres. Se os 32 caracteres da convenção de nomenclatura e uma função do mesmo tipo tiverem mais de uma entrada, devido à extensão, o nome ultrapassará os 32 caracteres. Quando você fizer importações em um cronograma do Microsoft Project e importar de volta para o
Classic PPM
, o Microsoft Project tentará iniciar uma importação de uma ID do recurso com mais de 32 caracteres. Pode ocorrer um erro de sistema. Para evitar esse erro, garanta que cada ID do recurso não tenha mais do que 27 caracteres.