Definir uma matriz de taxas e custo financeiro

ccppmop1591
Uma matriz financeira de custos/taxas é composta por propriedades gerais para descrever a matriz e por colunas que identificam os critérios usados para corresponder as taxas e os custos com as transações. Você pode definir uma matriz de taxas usada durante o processamento de transações financeiras para determinar os custos e o faturamento ou as taxas de encargos. É possível criar matrizes de custo e taxa para os tipos de recurso Mão-de-obra, Materiais, Equipamento e Despesa.
É possível estabelecer matrizes padrão nos níveis de sistema, entidade e investimento. O produto procura e aplica matrizes primeiro no nível de investimento, em seguida, no nível de entidade e, finalmente, no nível de sistema. É possível definir os locais de taxa padrão no nível de entidade ou de sistema. Se uma matriz não puder ser combinada, você poderá inserir custos e taxas manualmente ao criar transações.
2
Exemplo: configurar uma matriz de custos/taxas com base na classe do recurso
A empresa de gestão de documentos irá capturar custos no sistema financeiro usando a classe de recurso e o código de tipo de entrada dos recursos que são atribuídos aos seus investimentos. A empresa tem quatro classes de recursos diferentes que são atribuídas a dois códigos de tipo de entrada diferentes. As classes de recursos e os códigos de tipo de entrada têm diferentes custos associados a eles.
Por exemplo, uma mão-de-obra cobrável tem um custo real de US$ 100, enquanto a mão-de-obra não cobrável não tem um custo associado. O custo de classes de recursos que não sejam de mão-de-obra é calculado como US$ 1,00 x quantidade.
Para atender aos requisitos da empresa, o gerente financeiro define uma matriz de custos/taxas com cinco linhas diferentes. Uma linha representa cada classe de recurso (mão-de-obra e não relacionado à mão-de-obra) e a combinação do código do tipo de entrada. O gerente preenche a linha com o custo adequado. As linhas da matriz definem os critérios para aplicar custos aos recursos para o processamento de transação. A tabela a seguir mostra as linhas de matriz:
A partir da data
Até a data
Classe de recurso
Código de tipo de entrada
Custo real
1/1/2019
31/12/2019
Mão-de-obra
Cobrável
US$ 100,00
1/1/2019
31/12/2019
Mão-de-obra
Não cobrável
US$ 0,00
1/1/2019
31/12/2019
Despesa
*
US$ 1,00
1/1/2019
31/12/2019
Materiais
*
US$ 1,00
1/1/2019
31/12/2019
Equipamento
*
US$ 1,00
Verificar os pré-requisitos
Antes de configurar uma matriz de custos/taxas, preencha os seguintes pré-requisitos:
  1. Verifique se entende os seguintes conceitos da gestão financeira:
    • Planejamento de custo versus horas trabalhadas, ciclos de calendário fiscal, períodos fiscais e como eles são definidos em sua organização.
    • Os resultados desejados para qualquer tipo de configuração. Após começar a usar os dados configurados para criar dados de instância, não será possível alterar a configuração. Por exemplo, não é possível excluir períodos fiscais, unidades de ORG de departamento ou local nem classificações financeiras que o aplicativo está usando.
    • Como você deseja configurar sua estrutura organizacional usando a entidade e as unidades do organograma (ORG) do departamento e do local. A organização é importante, porque quando você usa o aplicativo ou gera relatórios, as informações são agrupadas pelo resultado desejado.
    • Como as suas configurações, classificações e definições afetam o fluxo de dados para o processamento de cobranças reversas e integrações de terceiros.
  2. Verifique se criou e configurou uma entidade financeira, conforme descrito em
    Como configurar uma entidade financeira
    .
  3. Verifique se você configurou uma moeda anteriormente.
  4. Verifique se tem as informações a seguir que são necessárias para planejar a matriz:
    1. Determine se a matriz tem como base a função de recurso, o recurso, o código de tipo de entrada ou o código de encargo, e assim por diante. Se ela se baseia nos investimentos ou recursos, verifique se eles estão ativados financeiramente.
    2. Estabeleça uma convenção de nomenclatura para a matriz.
    3. Verifique e ative a moeda obrigatória para a matriz.
    4. Determine se a matriz deve ser marcada como privada. Em caso afirmativo, determine quem deve ter acesso a ela.
    5. Crie os dados a serem usados na matriz antes que a matriz seja estabelecida. Por exemplo, não é possível adicionar a função de gerente de recursos à matriz até que ela seja adicionada na Gestão de recursos.
    6. (Opcional) Configure códigos cost plus para usá-los para marcar custos reais ou padrão na matriz de custos/taxas.
Criar uma matriz de custos e taxas
Como gerente financeiro, você pode garantir que os custos e taxas padrão se apliquem a todos os planos e transações financeiros detalhados dos investimentos. Crie uma matriz de custos/taxas padrão que forneça valores padrão de uma matriz centralizada de taxas no sistema financeiro. As informações padronizadas eliminam a necessidade de definir custos e taxas para diferentes transações e planos financeiros individualmente.
Preencha a matriz com os seguintes tipos de valor financeiro:
  • Custos planejados para investimentos para uso em planos financeiros detalhados.
  • Taxas de faturamento para transações financeiras que sejam processadas para os investimentos.
Uma matriz de taxas controla a estrutura de taxas que abrange todos os modelos de preço. Dependendo das suas necessidades, crie uma ou mais matrizes. Por exemplo, configure uma matriz de taxas para projetos
externos
e outra para projetos
internos
. É recomendável incluir tipos de recurso de mão-de-obra, material, equipamento e despesa na sua matriz. Em seguida, será possível definir os custos e as taxas para os recursos de mão-de-obra e que não sejam de mão-de-obra para o planejamento de custo e o processamento de transações financeiras. Também é recomendável usar códigos de encargo para ajudar a definir custos e taxas.
Copiar uma matriz de custo ou de taxas adiciona uma nova matriz que usa as propriedades definidas da matriz existente.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Finanças
    ,
    Gerenciar matriz
    .
  2. Clique em
    Novo
    e preencha os seguintes campos:
    • Nome da matriz
      Digite o nome exclusivo para identificar essa matriz.
    • Tipo de matriz
      O tipo
      Custo/Taxa
      padrão é selecionado.
    • Moeda padrão de matriz
      Define a moeda padrão dessa matriz. Esse campo será exibido somente quando a opção de várias moedas estiver ativada.
    • Local
      Define o ORG do local relacionado a uma entidade. As taxas e os custos são aplicados às transações apenas quando há uma correspondência para o investimento, o recurso ou o ORG do local da entidade. Recomendamos deixar esse campo em branco, pois pode resultar na ausência de taxas sendo aplicadas.
    • Entidade
      Define a entidade financeira associada à matriz. As taxas e os custos são aplicados às transações apenas quando há uma correspondência para o investimento, o recurso ou a entidade. Recomendamos deixar esse campo em branco, pois pode resultar na ausência de taxas sendo aplicadas.
    • Private
      Especifica se essa matriz é restrita a determinados usuários.
  3. Clique em
    Salvar e continuar
    . Pule para a Etapa 3 no procedimento a seguir.
Atribuir colunas à matriz
Decida quais colunas são necessárias na matriz. Por exemplo, para permitir que os gerentes de investimento exibam uma lista detalhada de suas despesas operacionais e de capital real nos planos de custo, atribua Tipo de custo como uma coluna na matriz.
Determine a ordem das colunas da matriz para que a avaliação da transação seja realizada corretamente. Para configurar as condições nas quais as taxas são aplicadas, atribua até dez colunas à matriz de custos/taxas. As transações são processadas usando as colunas da matriz para determinar as taxas e os custos.
A ordem das colunas determina a ponderação e a filtragem que geram os custos e as taxas. O processamento de transações lê as colunas da esquerda para a direita. Por exemplo, se a primeira coluna for Cliente e a segunda for Projeto, somente os projetos associados ao cliente serão executados com essa matriz.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Finanças
    ,
    Gerenciar matriz
    .
  2. Na coluna
    Nome da matriz
    , selecione uma matriz.
  3. Selecione uma coluna na lista de colunas
    Disponível
    e clique em
    Adicionar
    .
    O campo ou a coluna aparece na lista
    Selecionado
    .
  4. Altere a ordem das colunas selecionadas movendo-as para cima ou para baixo na lista. Clique nas setas para cima ou para baixo. Na matriz, Para cima corresponde à esquerda, e Para baixo corresponde à direita.
  5. Clique em
    Salvar e continuar
    .��Pule para a Etapa 3 no próximo procedimento.
Adicionar linhas à matriz
Conclua a definição de matriz de custo/taxas adicionando linhas de valores específicos para as colunas da matriz. Por exemplo, se você tiver atribuído Função do recurso e Classe de transação como colunas da matriz, crie linhas selecionando combinações exclusivas de funções e classes de transação.
Observação:
verifique se cada linha da matriz é exclusiva e se as datas não se sobrepõem.
As linhas da matriz permitem definir os critérios para a aplicação de taxas e custos de investimentos e recursos para o processamento de transações. A matriz de amostra nas linhas da tabela a seguir define o custo e a taxa para a função Analista de negócios para duas classes de transação diferentes.
A partir da data
Até a data
Função do recurso
Classe da transação
Taxa
Custo padrão
Custo real
Moeda
1/1/13
31/12/13
Analista de negócios
Funcionário
90
90
100
USD
1/1/13
31/12/13
Analista de negócios
Contrato
100
100
90
USD
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Finanças
    ,
    Gerenciar matriz
    .
  2. Selecione uma matriz.
  3. Clique em
    Editar linhas de matriz
    .
  4. Clique em
    Novo
    .
  5. Preencha os dois campos de data obrigatórios:
    • A partir da data
      Define o início do intervalo de datas efetivas dessa linha. As taxas/custos dessa matriz são aplicadas a qualquer transação processada dentro do intervalo.
    • Até a data
      Define o fim do intervalo de datas efetivas dessa linha.
  6. Digite valores para qualquer coluna de matriz que você adicionou.
  7. Preencha os seguintes campos padrão para as linhas da matriz:
    • Taxa
      Define a taxa de faturamento aplicada a uma transação para a linha. Um valor de pelo menos 0,00 é obrigatório. Para equipamentos, materiais e despesas, a taxa é igual à quantidade. Por exemplo, se o custo de um único servidor for US$ 1.000,00, a taxa será 1.
    • Custo padrão
      O custo padrão associado a qualquer transação que corresponda aos critérios estabelecidos na matriz de taxas. Esse atributo geralmente não é usado em outra parte no produto, mas pode ser usado para criar relatórios de custos definidos pelo usuário.
    • Custo real
      Define o custo real associado a qualquer transação que corresponda aos critérios estabelecidos na matriz. O custo real pode ser usado em relatórios personalizados.
    • Moeda
      Especifica a moeda para a linha da matriz. Esse valor pode ser diferente para cada linha da matriz e é atribuído quando ocorre uma transação correspondente.
      Esse campo será exibido somente quando a opção de várias moedas estiver ativada.
    • Código cost plus
      Especifica o código cost plus a usar quando uma transação corresponde aos critérios estabelecidos na matriz.
  8. Clique em
    Salvar e voltar
    .
Ao concluir essas três tarefas, você configurou com êxito uma matriz de custos/taxas. A matriz aplica os custos e as taxas padrão a todas as transações financeiras de uma tabela de custos/taxas centralizada.
Aumentar a taxa de matrizes de custo/taxas
Um aumento da taxa afeta toda a matriz. Deve haver ao menos uma linha de matriz para concluir estes procedimentos.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Finanças
    ,
    Gerenciar matriz
    .
  2. Selecione uma matriz.
    A página
    Editar linhas de matriz
    com guias é exibida.
  3. Marque a caixa de seleção de uma linha.
  4. Clique em
    Aumento da taxa
    .
  5. Altere qualquer uma das seguintes entradas:
    • % Taxa
      Define a porcentagem de aumento a ser aplicada à taxa do período especificado.
    • Custo padrão %
      Define a porcentagem de aumento a ser aplicada ao custo padrão no período especificado.
    • % de custo real
      Define a porcentagem de aumento a ser aplicada ao custo real no período especificado.
    • Data de origem de
      Define o início do intervalo de datas das linhas de matriz afetadas pela alteração na taxa.
    • Data de origem para
      Define o fim do intervalo de datas das linhas de matriz afetadas pela alteração na taxa.
    • Nova data inicial
      Define o início do intervalo de datas efetivas da nova linha de matriz.
    • Nova data final
      Define o fim do intervalo de datas efetivas da nova linha de matriz.
  6. Clique em
    Visualização
    e teste a matriz.
Desbloquear matrizes
As matrizes que estão sendo visualizadas ou alteradas são bloqueadas e, portanto, outro usuário não pode exibi-las ou alterá-las.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Finanças
    ,
    Gerenciar matriz
    .
  2. Clique em
    Matrizes bloqueadas
    .
  3. Selecione a matriz que deseja desbloquear.
  4. Clique em
    Desbloquear
    .