Criar projetos, equipes e tarefas

ccppmop1591
Configure um projeto, uma equipe e as tarefas para planejar e atingir seus objetivos de trabalho. Atribua recursos às tarefas do projeto. Como gerente de projeto, você prioriza e aprova os projetos com base em um número de fatores importantes, incluindo os seguintes itens:
  • Planos de negócios, estratégia de TI e governança
  • Orçamento, tempo e restrições de recursos
  • Diretrizes da arquitetura de TI, políticas de gestão de risco e padrões
  • Cargas de trabalho atual e planejada
Geralmente, um projeto deriva de ideias, propostas, projetos experimentais não aprovados, seu backlog ou solicitações de serviço.
2
Criar um projeto
Crie o projeto para acompanhar o plano de trabalho de seus investimentos. Por exemplo, você tem um novo projeto de desenvolvimento que foi aprovado para o próximo ano fiscal.
Siga um destes métodos:
  • Criar o projeto a partir de um modelo.
  • Criar o projeto manualmente.
Também é possível criar um projeto usando o XOG, convertendo uma ideia em um projeto, e usando o Open Workbench e o Microsoft Project.
Criar um projeto a partir de um modelo
É possível criar o projeto a partir de um modelo Os modelos ajudam a garantir a coerência e a melhorar a eficiência na criação de projetos. Você pode criar um projeto e salvá-lo como um modelo. Outros podem usar esse modelo para criar um projeto. Quando você cria um projeto a partir de um modelo, as seguintes informações são copiadas do modelo para o novo projeto:
  • Atributos gerais do projeto e campos personalizados.
  • Equipe, participantes e grupos de participantes.
  • Estrutura analítica do projeto.
  • Atribuições de tarefa.
  • Associações de unidades de ORG (Organogramas).
  • Os valores do campo Alocação de % de recurso e Alocação, para que a EPT se alinhe a esses valores.
  • Planos de custo e benefício.
Datas de início e término, informações de linha de base e propriedades de finanças não são copiadas de modelos para novos projetos. Se houver recursos definidos com reserva definitiva no modelo de projeto, eles serão copiados como reservados temporariamente.
Siga estas etapas:
  1. Abra a Página inicial e, em Gestão de portfólios, clique em Projetos.
  2. Clique em Novo a partir do modelo.
  3. Filtre para selecionar um modelo de projeto e clique em Avançar.
  4. Preencha os campos na seção Geral. Os campos a seguir precisam de explicação:
    • Método de cálculo do % concluído
      Especifica o método para calcular o valor de % concluído para o projeto e tarefas.
      Valores:
      • Manual. Use este método para inserir o % concluído do projeto, o resumo, as tarefas detalhadas e os marcos manualmente. Além disso, selecione esse método de cálculo se você estiver usando o produto com o Microsoft Project ou se estiver usando uma rotina externa para calcular o % concluído. O campo % concluído é exibido na página de propriedades da tarefa. Ao usar o método manual, o status de uma tarefa não é alterado automaticamente. O status da tarefa muda apenas quando você atualiza manualmente o valor de % concluído ou o status.
      • Duração. Use este método para acompanhar o % concluído com base na duração. A duração é uma medida do período total do tempo de trabalho ativo da tarefa: desde a data de início até à data de término de uma tarefa. O % concluído de tarefas de resumo é calculado automaticamente com base na fórmula a seguir:
        Summary Task % Complete = Total Detail Task Duration Complete / Total Detail Task Duration
      • Esforço. Use este método para calcular automaticamente o % concluído do resumo e as tarefas detalhadas, com base nas unidades de trabalho concluídas por atribuições de recursos. Se você atribuir a um recurso que não seja de mão-de-obra, o esforço e as horas trabalhadas desse recurso serão ignorados no cálculo. Os cálculos se baseiam nas seguintes fórmulas:
        Summary Task % Complete = Sum of Detail Task resource assignment Actuals / Sum of Detail Task resource assignment Effort Detail Task % Complete = Sum of resource assignment Actuals / Sum of resource assignment Effort
        Padrão:
        manual
        Defina o método de cálculo do % concluído no início do projeto e não altere esse valor.
      • Pool de atribuição
        Especifica o pool de recursos permitido ao atribuir recursos a tarefas.
        Valores:
        • Somente a equipe. Permite somente integrantes da equipe.
        • Agrupamento de recursos. Permitir integrantes da equipe e recursos para os quais você tem direitos de acesso para reservar para um projeto. Com essa opção, quando você atribuir um recurso a uma tarefa, ele também será adicionado como integrante da equipe.
          Padrão:
          pool de recursos
      • Definir datas de custo planejado
        Especifica se as datas do custo planejado são sincronizadas com as datas de investimento. A seleção da opção de um plano financeiro detalhado não afeta as datas do custo planejado.
        Padrão:
        selecionado
  5. Preencha os campos na seção Organogramas. Essas informações definem os ORG a ser associados ao projeto para fins de segurança, organização ou relatórios.
    • Organizacional
      Define as linhas de negócios de sua organização que são responsáveis pela proposta.
    • Departamento
      Define o departamento usado durante o processamento de transações de cobranças reversas para debitar ou creditar custos nos departamentos. O departamento também pode ser usado para corresponder o investimento às matrizes de taxa e custo. O campo é preenchido automaticamente se um departamento for selecionado na página de propriedades gerais. Esse ORG é relacionado por último se existir mais de um ORG.
    • Local
      Define o local usado para corresponder o investimento às regras de débito e crédito para processamento de transações de cobranças reversas. O local do investimento pode ser usado como uma correspondência na matriz de custos/taxas. Se o investimento não tiver um local, use o local padrão da entidade. No entanto, se o local padrão da entidade não estiver disponível, use o valor do local padrão do sistema.
  6. Preencha os campos na seção Copiar opções do projeto do modelo. Os campos a seguir precisam de explicação:
    • Ajustar esforço em
      Define a porcentagem pela qual a estimativa de trabalho em cada tarefa deve ser aumentada ou diminuída para o novo projeto. A escala é relativa ao modelo.
      Valores:
      0-100 (onde zero significa nenhuma alteração)
      Padrão:
      zero
    • Ajustar orçamento em
      Define a porcentagem (positiva ou negativa) como o fator de escala para os valores em dólares definidos nos planos de custos e nos planos de benefícios do projeto.
      Valores:
      0-100 (onde zero significa nenhuma alteração)
      Padrão:
      zero
      Exemplo:
      o projeto de modelo de 1/1/2012 a 31/12/2012 aloca US$ 10.000,00 para custo planejado e US$ 20.000,00 para benefício planejado pela duração do projeto. Se um valor Ajustar orçamento em 20% for definido, os planos serão copiados para o novo projeto como segue. Suponha que a duração do projeto é a mesma do projeto do modelo:
      • O custo planejado mostra US$ 12 mil (ajustado por um adicional de 20% do valor original).
      • O benefício planejado mostra US$ 24 mil (ajustado por um adicional de 20% do valor original).
    • Converter recursos em funções
      Especifica se deve ser feita a substituição dos recursos no novo projeto pelas funções principais ou pelas funções da equipe dos recursos nomeados no modelo do projeto. Se um recurso nomeado não tiver função principal ou de equipe, ele será retido no novo projeto. Essa configuração ignora a configuração padrão de gestão de projetos na página Definições.
      Por exemplo, um plano de custo usa um recurso como um atributo de agrupamento. Ao marcar esta caixa de seleção, o plano de custo do modelo é copiado. No entanto, os valores do recurso não são convertidos em funções. O valor de recurso pode ser o único valor que diferencia uma linha de detalhe de item de linha de outra. Na ausência do valor, as linhas de detalhes duplicadas podem resultar no plano de custo.
      Padrão:
      desmarcado
  7. Salve as alterações.
Criar um projeto manualmente
Você poderá criar o projeto manualmente, se não quiser usar um modelo existente.
Siga estas etapas:
  1. Abra a Página inicial e, em Gestão de portfólios, clique em Projetos.
  2. Clique em Novo.
  3. Preencha os campos na seção Geral. Os campos a seguir precisam de explicação:
    • Método de cálculo do % concluído
      Especifica o método para calcular o valor de % concluído para o projeto e tarefas.
      Valores:
      • Manual. Use este método para inserir o % concluído do projeto, o resumo e as tarefas detalhadas manualmente. Além disso, selecione esse método de cálculo se você estiver usando o produto com o Microsoft Project ou se estiver usando uma rotina externa para calcular o % concluído. O campo % concluído é exibido na página de propriedades da tarefa. Ao usar o método manual, o status de uma tarefa não é alterado automaticamente. O status da tarefa muda apenas quando você atualiza manualmente o valor de % concluído ou o status.
      • Duração. Use este método para acompanhar o % concluído com base na duração. A duração é uma medida do período total do tempo de trabalho ativo da tarefa: desde a data de início até à data de término de uma tarefa. O % concluído de tarefas de resumo é calculado automaticamente com base na fórmula a seguir:
        Summary Task % Complete = Total Detail Task Duration Complete / Total Detail Task Duration
      • Esforço. Use este método para calcular automaticamente o % concluído do resumo e as tarefas detalhadas, com base nas unidades de trabalho concluídas por atribuições de recursos. Se você atribuir a um recurso que não seja de mão-de-obra, o esforço e as horas trabalhadas desse recurso serão ignorados no cálculo. Os cálculos se baseiam nas seguintes fórmulas:
        Summary Task % Complete = Sum of Detail Task resource assignment Actuals / Sum of Detail Task resource assignment Effort Detail Task % Complete = Sum of resource assignment Actuals / Sum of resource assignment Effort
        Padrão:
        manual
        Defina o método de cálculo do % concluído no início do projeto e não altere esse valor.
    • Pool de atribuição
      Especifica o pool de recursos permitido ao atribuir recursos a tarefas.
      Valores:
      • Somente a equipe. Permite somente integrantes da equipe.
      • Agrupamento de recursos. Permitir integrantes da equipe e recursos para os quais você tem direitos de acesso para reservar para um projeto. Com essa opção, quando você atribuir um recurso a uma tarefa, ele também será adicionado como integrante da equipe.
      Padrão:
      pool de recursos
    • Definir datas de custo planejado
      Especifica se as datas do custo planejado são sincronizadas com as datas de investimento. A seleção da opção de um plano financeiro detalhado não afeta as datas do custo planejado.
      Padrão:
      selecionado
  4. Preencha os campos na seção Organogramas. Essas informações definem os ORG a ser associados ao projeto para fins de segurança, organização ou relatórios.
  5. Salve as alterações.
Como gerente de projeto, use o portlet Meus Projetos da página Visão geral (Geral) para exibir uma lista pessoal de seus projetos favoritos. Você pode exibir o status dos projetos que deseja acompanhar. Por exemplo, se você estiver gerenciando o projeto
Migração do sistema de RH
, adicione-o ao portlet Meus projetos para exibir o risco mais recente e o status do alinhamento de negócios.
Definir as propriedades do projeto
Depois de criar um projeto com as informações básicas, defina as propriedades do projeto. As propriedades do projeto são as seguintes:
  • Um conjunto de características para gerenciar e organizar suas informações financeiras.
  • Os fatores de risco que podem ocorrer durante o projeto.
  • Uma linha de base de custos de projeto e o esforço de trabalho em várias etapas do ciclo de vida do projeto.
Definir as propriedades gerais
Especificando as propriedades gerais de um projeto para ajudar a identificar e definir suas características.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto.
  2. Preencha os campos na seção Geral. Os campos a seguir precisam de explicação:
    • Gerente
      Especifica o recurso que gerencia o projeto. Se não especificar um gerente de projeto durante a criação do projeto, o criador do projeto se tornará o gerente de projeto por padrão. O criador do projeto também se tornará um gerente de colaboração por padrão. Por isso, durante a criação do projeto, o gerente de projeto também é, geralmente, um gerente de colaboração. No entanto, o gerente de projeto e o gerente de colaboração são duas funções diferentes que não estão necessariamente relacionadas entre si. A única ocasião em que um gerente de projeto é automaticamente um gerente de colaboração é na criação de projeto quando o gerente de projeto não for especificado.
    • Layout da página
      Especifica o layout de página para visualizar as informações do projeto. Os layouts disponíveis são específicos da empresa e dependem dos valores definidos pelo administrador do
      Classic PPM
      . Os layouts também dependem de um complemento estar instalado. Se outros layouts não estiverem disponíveis, o campo será somente de leitura.
      Padrão:
      Layout padrão do projeto
    • Risco
      Especifica o nível de risco do projeto, conforme definido pelos níveis de gravidade que você selecionou para a lista predefinida de fatores de risco, na página de risco principal.
    • Meta
      Especifica o propósito ou o caso de negócio do projeto.
      Valores:
      evasão de custo, redução de custo, desenvolver o negócio, aprimoramento da infraestrutura e manter os negócios
    • Alinhamento
      Especifica o alinhamento com os objetivos corporativos. Exibe um semáforo que indica o status de alinhamento do projeto.
      Valores:
      • 66 - 100 (verde)= alinhado
      • 33 - 65 (amarelo)= alinhamento em risco
      • 0 - 32 (vermelho) = fora de alinhamento
    • Status
      Indica o status do investimento.
      Valores
      : Aprovado, Rejeitado, Não aprovado
      Padrão:
      Não aprovado
    • Ativo
      Especifica se o investimento está ativo. Ative o investimento para ativar o lançamento de transações e para visualizar o investimento em portlets de planejamento da capacidade.
      Padrão:
      selecionado
    • Programa
      Especifica se você deseja usar um programa para criar projetos.
      Padrão:
      desmarcado
    • Modelo
      Especifica se você deseja usar o projeto como um modelo de projeto, a partir do qual criar outros projetos.
      Padrão:
      desmarcado
    • Obrigatório
      Especifica se esse investimento deve ser fixado ao ser adicionado a um portfólio. Este campo é usado durante a geração de um cenário.
      Padrão:
      desmarcado
Definir as propriedades do cronograma
Defina as propriedades do cronograma para as seguintes finalidades:
  • Abrir ou fechar o projeto para acompanhamento de horas.
  • O cronograma automático de seu projeto.
  • Definir as opções padrão de definição de equipe.
  • Definir o método de cálculo padrão do valor agregado em nível de projeto.
  • Associar o projeto a um período de relatório de valor agregado.
  • Substituir o valor agregado.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto.
  2. Abra o menu Propriedades e, em Propriedades, clique em Cronograma.
  3. Preencha os campos na seção Cronograma. Os campos a seguir precisam de explicação:
    • A partir da data
      Define a data para incluir dados nas estimativas de tempo e orçamento. Essa data é usada em cálculos de EVA (Earned Value Analysis - Análise de valor agregado), como COTA (Budgeted Cost of Work Scheduled - Custo Orçado do Trabalho Agendado) e direciona os cálculos de custos. A EPT de um projeto não é programada na Data a partir de, ou antes dela.
    • % concluído
      Define a porcentagem de trabalho que foi concluída no projeto, com base na porcentagem de conclusão das tarefas e dos subprojetos. Esse campo é exibido somente se o método de cálculo de % concluído estiver definido como Duração ou Esforço.
      Padrão:
      0
      Valores:
      de 0 a 100
    • Método de cálculo do % concluído
      Especifica o método para calcular o valor de % concluído para o projeto e tarefas.
      Valores:
      • Manual. Use este método para inserir o % concluído do projeto, o resumo e as tarefas detalhadas manualmente. Além disso, selecione esse método de cálculo se você estiver usando o produto com o Microsoft Project ou se estiver usando uma rotina externa para calcular o % concluído. O campo % concluído é exibido na página de propriedades da tarefa. Ao usar o método manual, o status de uma tarefa não é alterado automaticamente. O status da tarefa muda apenas quando você atualiza manualmente o valor de % concluído ou o status.
      • Duração. Use este método para acompanhar o % concluído com base na duração. A duração é uma medida do período total do tempo de trabalho ativo da tarefa: desde a data de início até à data de término de uma tarefa. O % concluído de tarefas de resumo é calculado automaticamente com base na fórmula a seguir:
      Summary Task % Complete = Total Detail Task Duration Complete / Total Detail Task Duration Summary Task % Complete = Sum of Detail Task resource assignment Actuals / Sum of Detail Task resource assignment Effort Detail Task % Complete = Sum of resource assignment Actuals / Sum of resource assignment Effort
      • Esforço. Use este método para calcular automaticamente o % concluído do resumo e as tarefas detalhadas, com base nas unidades de trabalho concluídas por atribuições de recursos. Se você atribuir a um recurso que não seja de mão-de-obra, o esforço e as horas trabalhadas desse recurso serão ignorados no cálculo. Os cálculos se baseiam nas fórmulas a seguir.
      Padrão:
      manual
      Defina o método de cálculo do % concluído no início do projeto e não altere esse valor.
    Verifique se as datas de início e término das tarefas e as atribuições são as mesmas ou estão dentro das datas de início e término do projeto. Caso contrário, as datas de início e término do projeto serão automaticamente redefinidas com base nas datas de início e término das tarefas e atribuições.
  4. Preencha os campos na seção Acompanhamento. Os campos a seguir precisam de explicação:
    • Modo de acompanhamento
      Indica o método de acompanhamento que é usado pelas atribuições do recurso para inserir o tempo gasto nas tarefas do projeto.
      Valores:
      • Clarity. As atribuições do recurso inserem o horário relativo às tarefas atribuídas usando planilhas de horas.
      • Nenhum. Recursos que não são de mão-de-obra acompanham as horas trabalhadas a partir dos registros de transação financeira ou por meio do agendador de desktop, como o Open Workbench e o Microsoft Project.
      • Outros. As horas trabalhadas são importadas de um aplicativo de terceiros.
      Padrão:
      Clarity
    • Código de encargo
      Define o código de encargo contra o qual as transações do projeto serão cobradas. Se você também definir códigos de encargo no nível de tarefa em planilhas de horas, os códigos de encargo da tarefa substituem esse código.
  5. Marque a caixa de seleção Impedir tarefas não atribuídas na planilha de horas se não desejar permitir que os usuários adicionem ao projeto tarefas da planilha de horas não atribuídas.
  6. Preencha os campos na seção Definição de equipe. Os campos a seguir precisam de explicação:
    • Unidade de ORG da equipe alocada padrão
      Define a unidade de ORG padrão definida e usada quando se adicionam integrantes da equipe a esse projeto. Essa unidade de ORG descreve um requisito de definição de equipe, e pode ser um agrupamento de recursos, um local específico ou um departamento. Mapeando funções com unidades de ORG e gerentes de recursos, as funções podem ser preenchidas com mais precisão. A unidade de ORG da equipe padrão é usada durante o planejamento de capacidade para analisar a demanda com relação à sua capacidade usando o ORG da equipe como critérios de filtro.
      Exemplo:
      Use o ORG para descobrir se dispõe de capacidade suficiente para programadores em Atlanta a fim de suprir a demanda de programadores nesse local.
  7. Salve as alterações.
Definir as propriedades do risco
É possível classificar o risco de um projeto a partir de uma lista predefinida de fatores de risco por nível de gravidade.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto e, em Propriedades, clique em Riscos.
  2. Classifique o risco do projeto selecionando as opções dos fatores de contribuição.
  3. Salve as alterações.
Definir as propriedades do orçamento
As informações de orçamento são essenciais para o gerenciamento e a análise de portfólios. Definir e registrar corretamente informações de custos e benefícios previstos ajuda a avaliar e analisar projetos.
Para ver todos os dados de um investimento em um portfólio, seu administrador do
Classic PPM
deve executar a rotina Sincronizar investimentos do portfólio.
Em um orçamento, é possível definir métricas como VPL (Valor presente líquido), ROI (Return on Investment - Retorno sobre o investimento) e informações de breakeven. Também é possível definir os custos e benefícios planejados e orçados do projeto ao longo de um período especificado. Como alternativa, é possível definir um plano financeiro detalhado para orçar custos e benefícios em vários períodos. Se você criar um plano financeiro detalhado, as informações do plano detalhado são preenchidas automaticamente na página Propriedades do orçamento.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto.
  2. Abra o menu Propriedades e, em Propriedades, clique em Orçamento.
  3. Preencha os campos na página Propriedades do orçamento. Os campos a seguir precisam de explicação:
    • O orçamento corresponde aos valores planejados
      Indica se deseja que o custo orçado e os valores do benefício sejam iguais ao custo planejado e aos valores do orçamento. Caso desmarque esta caixa de seleção, é possível definir os valores do orçamento manualmente.
  4. Salve as alterações.
Definir dependências do projeto
Podem existir relações de dependência entre um investimento e outro em seu portfólio. Use a página
Propriedades: dependências
do investimento para identificar essa relação. Pode haver dependências entre o início e a conclusão do esforço de trabalho conflitante ou das saturações do orçamento. Nessa página, é possível fazer o seguinte:
  • Adicionar investimentos com restrições de dependências.
  • Indicar se esses investimentos dependem do seu investimento ou se o seu investimento depende deles.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto.
  2. Abra o menu Propriedades e, em Propriedades, clique em Dependências.
  3. Selecione um modo para exibir ou adicionar os itens a seguir:
    • Investimentos que dependem deste.
    • Investimentos dos quais este é dependente.
  4. Clique em Adicionar para adicionar mais dependências ao seu investimento.
  5. Selecione um tipo de investimento na caixa suspensa Tipo, selecione um investimento e clique em Adicionar.
Criar a equipe do projeto
Os integrantes do projeto e as tarefas são os elementos essenciais de um projeto. Eles são essenciais para atingir os objetivos do projeto. É possível criar uma equipe de projeto formada pelos integrantes a seguir:
  • Equipe de funcionários
    Os recursos que o gerente de projeto atribui às tarefas para executar o trabalho. Os integrantes da equipe são alocados ao projeto. Um integrante da equipe pode consistir em tipos de recurso ou de função de mão-de-obra, materiais, equipamentos e despesas. É possível incluir recursos que não sejam de mão-de-obra ou de funções para processar transações financeiras em relação a eles.
    Todos os integrantes da equipe se tornarão participantes do projeto se a definição de gestão de projeto padrão, Adicionar integrantes da equipe alocada automaticamente como participantes do investimento, não for alterada nas opções do sistema. Se a configuração padrão for alterada, o gerente de projeto deve adicionar manualmente todos os participantes do projeto usando a página Participantes.
  • Participantes
    Os recursos que o gerente de projeto adiciona ao projeto. Os participantes podem visualizar as propriedades do projeto, gerar ideias e monitorar o progresso. Por padrão, os integrantes da equipe se tornam participantes automaticamente. No entanto, também é possível adicionar recursos que não sejam integrantes da equipe como participantes do projeto. O valor selecionado para a opção Adicionar integrantes da equipe alocada automaticamente como participantes do investimento determina se o integrante da equipe se tornará automaticamente um participante.
  • Grupos de participantes
    Um grupo de recursos que são participantes do projeto.
Adicionar recursos, funções ou equipes
Quando necessário, adicione recursos, funções ou equipes predefinidas ao seu projeto como integrantes da equipe alocada. Também é possível adicionar recursos, funções ou equipes a um projeto automaticamente quando lhes for atribuída uma tarefa de projeto na EAP da visualização de Gantt.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto e clique em Equipe.
  2. Clique em Adicionar.
  3. Selecione os recursos, funções ou equipes predefinidas a serem adicionadas à equipe alocada do projeto e clique em Adicionar.
  4. Salve as alterações.
Definir a alocação de recursos
Quando necessário, defina as alocações de recursos para os recursos que você alocou ao projeto. A página da equipe de projeto exibe o status de reserva para todos os investimentos para os quais o recurso está alocado. Além disso, é possível ver o número de horas que o recurso está alocado para cada investimento e exibir uma lista de alocações planejadas e confirmadas para o projeto. Essas informações ajudam a determinar a disponibilidade do recurso para um projeto ou a determinar se um recurso está superalocado ou subalocado e por quanto tempo. A menos que você altere as datas de reserva, o recurso será automaticamente alocado para o projeto pela duração do projeto.
Use a coluna na escala de tempo na lista para alterar muitos dos valores relacionados ao tempo dos recursos no projeto. A alocação por recurso, alocação e período são exibidos nessa coluna. É possível editar informações como células de horas para cada recurso. Alterar as células de tempo altera a maneira como as alocações planejada e confirmada são apresentadas na coluna de escala de tempo.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto e clique em Equipe.
  2. Preencha os campos na página Equipe alocada do projeto para os integrantes da equipe. Os campos a seguir precisam de explicação:
    • Status da reserva
      Define o status de reserva do recurso.
      Valores:
      • Temporária. O recurso está programado provisoriamente para trabalhar no investimento.
      • Definitiva. O recurso está confirmado para trabalhar no investimento.
      • Misto. O recurso está alocado de forma temporária e definitiva ao investimento ou a alocação temporária do recurso não corresponde à alocação definitiva.
      Padrão:
      temporária
      % de alocação. Define a porcentagem de tempo esperada que o recurso trabalhará (como teste ou confirmado) no investimento. O produto presume que cada integrante da equipe esteja atribuído ao projeto e a cada tarefa com 100% do seu tempo disponível. Essa suposição é verdadeira se o recurso não estiver alocado para outras tarefas de outros projetos.
  3. Salve as alterações.
Crie as tarefas do projeto.
Um projeto inclui várias tarefas, que são atividades que iniciam e terminam em datas definidas. É possível criar tarefas usando os métodos a seguir:
  • Inserir uma tarefa em um local específico na EAP.
  • Insira uma nova tarefa usando uma tecla de atalho do teclado.
  • Copie uma tarefa de um modelo de projeto.
  • Usar o XOG.
Esse artigo não explica todos os métodos para criar uma tarefa.
É possível criar os seguintes tipos de tarefas do projeto:
  • Marco
    Uma tarefa de marco indica um ponto crítico em um projeto, como a conclusão da primeira fase da execução.
    Especifica uma atividade ou evento importante em um projeto e indica a conclusão da fase ou entregas importantes ou alguma realização significativa de seu projeto durante a execução do projeto.
    No plano de projeto, uma tarefa com duração zero é um marco. Isto é, a data de início e de término são as mesmas datas para as tarefas de marco. Depois de salvo, o campo Início na página Propriedades da tarefa é bloqueado.
  • Tarefa principal
    Especifica se você deseja identificar uma tarefa como uma tarefa principal. Uma tarefa principal é significativa para outras tarefas. Por exemplo, a data de início de outras tarefas pode depender da tarefa principal.
    Exemplo:
    se esta for uma tarefa cuja conclusão seja essencial para a data de início de outras tarefas, marque-a como uma tarefa principal.
  • Duração fixa
    Especifica a duração fixa do tempo de trabalho entre as datas de início e de término de uma tarefa. A duração da tarefa permanece no valor inserido e o aplicativo recalcula as unidades de recurso à medida que você altera as atribuições.
Antes de criar a EAP (Work Breakdown Structure - Estrutura Analítica do Projeto), planeje as tarefas e a estrutura para garantir o uso eficaz.
Por padrão, em novos projetos, uma nova linha vazia (tarefa) é exibida na EAP. Ao configurar a visualização de Gantt para não exibir todos os campos obrigatórios, não será exibida uma tarefa inicial em branco para os projetos sem tarefas. Além disso, não será possível executar as edições embutidas.
Uma tarefa de resumo inclui subtarefas e resumos dessas subtarefas. Por exemplo, um projeto pode ter a criação de uma nova divisão como uma tarefa de resumo e o treinamento do novo funcionário como uma subtarefa. As dependências podem ser entre tarefas e tarefas de fora dos projetos.
Inserir uma tarefa em um local específico na EAP
Quando necessário, insira uma tarefa em um local específico na EAP na visualização de Gantt.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto.
  2. Abra o menu Tarefas e clique em Gantt.
  3. Marque a caixa de seleção diante do nome do projeto ou clique em qualquer lugar na linha de tarefa para inserir a nova linha de tarefa abaixo dela. Em seguida, execute uma destas ações:
    • Use as teclas de atalho do teclado:
      • Windows: pressione Insert.
      • Macintosh: pressione Ctrl+I.
    • Clique no ícone Criar nova tarefa na visualização de Gantt.
  4. Preencha os campos da página Criar tarefa. Os campos a seguir precisam de explicação:
    • % concluído
      Define a porcentagem de trabalho concluída quando a tarefa está parcialmente concluída.
      Valores:
      • Zero. A tarefa não é iniciada.
      • 1 a 99. A tarefa tem EPT ou horas trabalhadas lançadas e ela não é iniciada.
      • 100. A tarefa está concluída.
      Padrão:
      0
  5. Execute uma das seguintes ações:
    • Clique no ícone Salvar na barra de ferramentas da visualização de Gantt.
    • Para inserir uma nova tarefa abaixo e como um par dessa tarefa, pressione Enter.
    • Prima Tab para passar para o próximo campo.
Copie uma tarefa de um modelo de projeto.
É possível copiar tarefas predefinidas de um modelo de projeto para o seu projeto. O processo copia todas as informações de estimativa, riscos e ocorrência associadas às tarefas.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto.
  2. Abra o menu Tarefas e clique em Gantt.
  3. Clique na seta para baixo do ícone Criar tarefa da visualização de Gantt e clique em Copiar tarefa a partir do modelo.
  4. Selecione o modelo de projeto que contém as tarefas e clique em Avançar.
  5. Selecione as tarefas a serem copiadas no seu projeto.
  6. Clique em Copiar.
Gerenciar a utilização de recursos
A utilização do recurso é a quantidade de esforço do recurso necessária ou esperada para concluir uma tarefa. Usando a página Projeto: tarefas: utilização de recursos, é possível executar as seguintes tarefas:
  • Visualizar e editar o esforço total calculado de cada tarefa com base na fórmula a seguir:
    Esforço total = Horas trabalhadas + EPT restante
  • Execute o cronograma automático do projeto.
Por padrão, o gráfico de Gantt exibe o esforço total por tarefa e por semana de todos os recursos atribuídos à tarefa. Você pode alterar a configuração do gráfico para exibir variações diferentes de informações sobre a tarefa e o recurso.
Atribua a equipe alocada às tarefas antes de visualizar a utilização do recurso.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto.
  2. Abra o menu Tarefas e clique em Utilização de recurso.
  3. Edite os seguintes campos:
    • Tarefa
      Define o nome da tarefa. É possível clicar no nome da tarefa para abrir a página Propriedades da tarefa.
    • ID
      Define o identificador exclusivo da tarefa (até 16 caracteres).
    • Início
      Define a data para começar a trabalhar na tarefa.
      Padrão:
      data atual
      O trabalho em uma tarefa não pode começar antes da data de início do projeto. Se a tarefa já tiver sido iniciada ou concluída, esse campo não estará disponível.
    • Término
      Define a data de conclusão da tarefa.
      Padrão:
      data atual
      O trabalho em uma tarefa não pode ser concluído após a data de término do projeto. Se a tarefa já tiver sido iniciada ou concluída, esse campo não estará disponível.
  4. Salve as alterações.
Atribuir recursos
Atribua recursos de mão-de-obra às tarefas de forma que eles possam executar o trabalho e registrar o tempo nas planilhas de horas. Também é possível atribuir recursos de despesas, material e equipamentos a tarefas. Esses tipos de recursos também podem ser acompanhados por meio de planilhas de horas, e podem ter horas trabalhadas registradas por meio de transações.
Não é possível atribuir recursos a marcos ou tarefas de resumo.
Atribuir recursos às tarefas do projeto
Usando a página de atribuições de tarefas, visualize uma lista dos recursos atribuídos a uma tarefa.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto e clique em Tarefas.
  2. Abra o menu Tarefas e clique em Atribuições.
  3. Execute uma das seguintes ações na página Atribuições de tarefa:
    1. Substitua os recursos atribuídos a uma tarefa.
    2. Remova os recursos atribuídos a uma tarefa.
    3. Atribuir recursos a uma tarefa a partir da visualização de Gantt.
Atribuir recursos a partir da visualização de Gantt
Atribua recursos a tarefas detalhadas da EAP (Estrutura Analítica do Projeto) na visualização de Gantt usando um dos seguintes métodos:
  • Editando na linha
    . Clique no campo Recursos atribuídos, ao lado da tarefa, e comece a digitar o nome do recurso. A sugestão automática exibe uma lista de recursos correspondentes a partir da qual você pode selecionar e atribuir.
    Para remover um recurso atribuído, clique em Remover na coluna Recursos atribuídos. O recurso será removido da tarefa quando você salvar. Se existirem horas trabalhadas registradas para o recurso, ele será adicionado novamente à tarefa quando você salvar.
  • Usando a barra de ferramentas de Gantt
    . Selecione uma tarefa e clique no ícone Atribuir recursos na barra de ferramentas.
  • Usando as propriedades da tarefa
    . Clique no nome de uma tarefa para abrir as suas propriedades. A partir das propriedades da tarefa, atribua recursos a ela.
Só é possível atribuir recursos a tarefas detalhadas.
A configuração do pool de atribuição do projeto determina os recursos que podem ser atribuídos a uma tarefa. O produto oferece suporte às seguintes configurações do pool de atribuição:
  • Pool de recursos
    Selecione a partir de uma lista geral de recursos acessíveis a você. Quando você atribui um recurso externo à equipe do projeto, ele é adicionado à equipe como um integrante.
  • Somente a equipe
    Selecione a partir dos recursos disponíveis na equipe do projeto. Os integrantes da equipe devem pertencer à equipe do projeto para que você possa atribuir uma tarefa a eles.
Controlar o acesso a projetos e subprojetos
Use as páginas Acesso a este projeto para visualizar, conceder e editar os direitos de acesso ao projeto no nível da instância. É possível visualizar os direitos de acesso na página de visualização total. Você também pode editar e conceder direitos de acesso nas páginas de recursos, grupos e unidades de ORG. A figura a seguir ilustra como localizar a página Acesso a este projeto:
This figure illustrates how to find the Access to this Project pages.
Bloquear subprojetos durante o cronograma automático
Durante o cronograma automático de projetos, você pode definir os subprojetos como somente leitura para que eles fiquem bloqueados. Se um subprojeto for bloqueado durante o cronograma automático do projeto pai, um cronograma de teste não será publicado automaticamente para o subprojeto. A configuração somente leitura para um subprojeto também é aceita por agendadores externos, como o OWB ou o MSP.
Para acessar um subprojeto em um agendador externo, o usuário precisa do acesso de visualização ao subprojeto e a suas tarefas.
Siga estas etapas:
  1. Abra o projeto.
  2. Abra o menu Propriedades e clique em Subprojetos.
  3. Marque a caixa de seleção ao lado do subprojeto:
    • Definir somente leitura: o subprojeto fica bloqueado para publicar um cronograma de teste para o plano de registro. Uma marca de seleção é exibida na coluna Somente leitura para esse subprojeto.
    • Definir leitura/gravação: um usuário com acesso de edição ao subprojeto poderá publicar um cronograma de teste como plano de registro. A marca de seleção desaparece da coluna Somente leitura desse subprojeto.