Configurar um organograma

ccppmop1592
Um ORG (Organograma) é uma representação hierárquica da sua empresa que pode ser usado para alinhar recursos, projetos e investimentos. Em um ORG, é possível executar essas tarefas:
  • Categorizar objetos para fins de filtragem e geração de relatórios.
  • Associar grupos de recursos a partições.
  • Conceder direitos de acesso a usuários para instâncias de objeto com base em suas associações de ORG.
É possível definir o tipo, o nível e as unidades de cada ORG.
  • Tipo de ORG:
    especifica o tipo de ORG. Por exemplo, um ORG denominado Locais define um tipo de ORG para locais geográficos.
  • Níveis do ORG:
    especifica a estrutura da hierarquia do ORG. Por exemplo, um ORG de local pode ter País como nível 1, Estado como nível 2 e Cidade como nível 3.
  • Unidades de ORG:
    especifica uma unidade na hierarquia do ORG. Por exemplo, um ORG de local pode usar os nomes dos países, estados ou regiões e cidades como unidades de ORG. Uma unidade de ORG pode ter um ancestral, um descendente ou ambos em relação a outras unidades OBS.
    Os nomes unidades de ORG, departamentos e locais não podem conter os seguintes caracteres especiais:
    • Barra (/)
    • Dois pontos (:)
    • Aspas duplas (")
    • Menor que (<)
    • Maior que (>)
2
Exemplo de ORG
A imagem a seguir mostra um ORG de local com níveis e unidades em cada nível.
Imagem mostrando um ORG de local com níveis e unidades em cada nível
Image showing a location OBS with levels and units in each level
Como mostrado na tabela a seguir, você pode configurar um org financeiro ou não financeiro:
Configurar um ORG financeiro
Configurar um ORG não financeiro
Configurar um ORG financeiro
Verificar os pré-requisitos para a criação de um ORG financeiro
Para concluir as etapas deste artigo, você precisa dos seguintes direitos de acesso:
  • Administração - Acesso
  • Administração – Configuração do aplicativo
  • Manutenção financeira - Estrutura organizacional financeira
  • Departamento – Criar
  • Local – Criar
  • Administração de objeto
  • Administração – XOG
Vídeo: Por que os atributos são excluídos ao se criar um ORG financeiro?

Para reproduzir esse vídeo no modo de tela cheia, clique no logotipo do YouTube na parte inferior do vídeo.
Criar o ORG de departamento e local
Crie um ORG para definir os níveis e unidades que estão associados à organização. Os seguintes tipos de ORG são usados para o planejamento financeiro:
  • ORG de departamento
    que representa seu organograma. Os administradores do
    Classic PPM
    definem o tipo de ORG de departamento e seus níveis de ORG. Os gerentes de departamento são responsáveis principalmente pela criação de departamentos. Quando um gerente de departamento cria um departamento, uma unidade de ORG também é criada na hierarquia do ORG. A hierarquia é baseada na entidade selecionada e, opcionalmente, em um departamento pai.
  • ORG de local
    que representa a localização geográfica de um departamento dentro da organização. O administrador financeiro é responsável por criar os locais como parte da configuração financeira. Quando um local é criado durante a configuração financeira, uma unidade de ORG é criada no ORG com base na entidade selecionada.
Nesse artigo, crie um ORG financeiro de departamento e um ORG financeiro de local com dois níveis. Por exemplo, crie um ORG financeiro de departamento denominado Dept, com o Departamento no nível 1 e a Equipe no nível 2. Da mesma forma, crie um ORG financeiro de Local denominado Loc, com o País no nível 1 e o Estado no nível 2.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Organização e acesso
    ,
    ORG
    .
  2. Clique em
    Novo
    .
  3. Preencha os campos na seção
    Informações gerais
    .
    Dê ao ORG um nome descritivo que indique como você planeja usá-lo.
  4. Insira rótulos na seção
    Níveis
    .
  5. Execute
    uma
    das seguintes etapas:
    • Para associar objetos ao ORG, clique em
      Salvar
      .
    • Para criar outro ORG, clique em
      Salvar e voltar
      .
Associar objetos ao ORG
Associe objetos a um ORG para ativar seus recursos, como a segurança ou a geração de relatórios relacionados àquele objeto. Embora você possa associar um objeto personalizado ao ORG de departamento ou local, não é possível usar esses objetos para entrada de horas nem transações financeiras.
Ao associar um objeto a um ORG financeiro de Departamento, as seguintes ações ocorrem:
  • O objeto associado será exibido como um hiperlink na seção
    Objetos associados
    da página
    Propriedades de ORG
    . Clique no hiperlink para visualizar o atributo que é criado na página
    Atributo de objeto
    . Nessa página, é possível definir o valor Padrão e tornar o campo ORG somente leitura.
  • Um atributo denominado
    ORG de departamento
    do tipo de dados
    Entidade do organograma – Pesquisa
    é criado na página
    Atributo do objeto
    associada. Esse
    Tipo de dados
    está reservado apenas para o atributo de ORG e não está disponível para a criação de atributo personalizado.
    O hiperlink e o atributo ORG de departamento não são criados para os seguintes objetos: Empresa, Categoria do incidente, Rotina/Relatório, Página, Portfólio, Portlet, Definição do processo, Liberação, Plano de liberação e Requisito.
  • O atributo ORG de departamento é criado somente na primeira associação de um objeto com o ORG financeiro de departamento, não nas associações subsequentes. Como resultado, você pode ter apenas um atributo ORG de departamento na lista de atributos do objeto associado.
Quando você associa um objeto com o ORG de local, o objeto associado não tem um hiperlink. O atributo não é criado na lista de atributos do objeto associado.
A tabela a seguir representa os dados do atributo ORG financeiro que é criado após a associação.
Nome do ORG
Nome do objeto
Nome do atributo
ID do atributo
Tipo de dado
Dept
Projeto
ORG do departamento
odf_obs_fin_dept
Entidade do organograma - Pesquisa
Loc
Projeto
Não aplicável
Não aplicável
Não aplicável
Além de um projeto, outros tipos de objeto são aceitáveis na coluna Nome do objeto. No entanto, o objeto não pode ser uma empresa, categoria de incidente, rotina, relatório, página, portfólio, portlet, definição de processo, liberação, plano de liberação ou requisito.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Organização e acesso
    ,
    ORG
    .
  2. Abra o ORG e clique em
    Adicionar
    na seção
    Objetos associados
    .
  3. Selecione os objetos para associar ao ORG e clique em
    Adicionar
    . Por exemplo, associe o objeto do projeto às unidades de ORG Dept e Loc.
  4. Selecione o
    Modo de associação
    para selecionar as unidades de ORG presentes em todos os níveis ou apenas aqueles que estão presentes no nível mais baixo.
    Valores:
Qualquer unidade:
se um ORG tiver vários níveis, todas as unidades de todos os níveis estarão disponíveis para seleção.
Unidade mais baixa:
se um ORG tiver vários níveis, apenas as unidades no nível mais baixo estarão disponíveis para seleção.
Não é possível alterar o Modo de associação de um objeto que esteja associado ao ORG de departamento de Qualquer unidade para Unidade mais baixa, se qualquer instância do objeto associado tiver a unidade de departamento definida com qualquer valor diferente do nível mais baixo.
Se os campos Padrão, Ignorar padrão ou ambos estiverem definidos com qualquer valor diferente de
Unidade mais baixa
, então, os valores de ambos os campos ficarão em branco quando você alterar o
Modo de associação
de
Qualquer unidade
para
Unidade mais baixa
.
    • Se qualquer instância do objeto associado tiver uma unidade que não está configurada como
      Unidade mais baixa
      , uma mensagem de erro será exibida.
    • Quando os campos obrigatórios e somente leitura são definidos e você altera o
      Modo de associação
      de
      Qualquer unidade
      para
      Unidade mais baixa
      , uma mensagem de erro é exibida.
Se o
Modo de associação
de qualquer objeto associado estiver definido como
Unidade mais baixa
, não será possível adicionar subdepartamentos após o nível mais baixo.
Quando você dissocia um objeto de um ORG financeiro, o atributo de ORG de departamento é excluído. Se o objeto estiver associado a mais de um ORG financeiro, o atributo de ORG de departamento será excluído somente depois que o objeto for dissociado do último ORG.
Criar unidades de ORG
Você pode criar unidades de ORG em cada nível. Por exemplo, crie uma unidade denominada TI no nível 1 e Desenvolvimento e QA como unidades filhas no nível 2 do ORG Dept. Da mesma forma, crie unidades no ORG Loc. Ao reorganizar sua organização, você pode mover o ORG e os descendentes para outras ramificações ou níveis sem perder o acesso a objetos e recursos.
Não é possível criar ou excluir unidades de um ORG que esteja vinculado a uma entidade. Em vez disso, crie unidades de ORG antes de associá-lo a uma entidade.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Organização e acesso
    ,
    ORG
    .
  2. Abra um ORG e clique em
    Unidades
    .
  3. Clique em
    Novo
    e preencha os campos para criar unidades no nível 1.
  4. Para criar unidades filhas para as unidades existentes, selecione o campo
    Pai
    . Para criar várias unidades ao mesmo tempo, use
    Criação rápida
    .
  5. Par anexar uma instância ao objeto associado, clique em
    Salvar e continuar
    . Você pode anexar uma instância de objeto a uma unidade de ORG para controlar os recursos que têm acesso à instância por meio da guia Instâncias anexadas. Você pode selecionar instâncias de qualquer objeto associado ao ORG.
  6. Para adicionar mais unidades de ORG, clique em
    Salvar e voltar
    .
Criar uma entidade
Você pode criar planos financeiros e estabelecer os custos dos investimentos depois de definir uma entidade. Cada entidade tem seu próprio conjunto de locais e departamentos e é associada a apenas um ORG de departamento e ORG de local. Para estabelecer o limite financeiro, associe entidades a um ORG geográfico para os locais e a um ORG organizacional para os departamentos.
Quando você cria uma entidade, os ORGs de departamento e de local selecionados são convertidos em ORGs financeiros e os atributos de ORG não financeiros são excluídos dos objetos associados. Um atributo de ORG financeiro denominado
ORG de departamento
é criado nos objetos que estão associados ao ORG de departamento. No entanto, o atributo de ORG não é criado nos seguintes objetos: Empresa, Categoria do incidente, Rotina/Relatório, Página, Portfólio, Portlet, Definição do processo, Liberação, Plano de liberação e Requisito.
Se você estiver configurando a gestão financeira pela primeira vez, primeiro crie o ORG de departamento e local e, em seguida, crie uma entidade. Quando você associa um ORG a uma entidade, o ORG ativa, automaticamente, a gestão dos direitos de acesso. O ORG não pode ser excluído e sua estrutura não pode ser editada diretamente nele.
Ao criar uma entidade, os valores padrão serão preenchidos, caso você os tenha definido no sistema antecipadamente. Por exemplo, Classe de investimento, Classe de empresa e Classe de WIP são preenchidos por padrão. Se houver uma matriz de custo/taxa para os recursos (mão-de-obra, material, equipamento e despesa), por padrão, todas as transações desses recursos usarão a matriz para determinar custos e taxas. É possível substituir esse padrão inserindo um custo e uma taxa diferentes nas propriedades da transação.
Você não pode criar as unidades de ORG na página
Unidades de ORG
depois que uma entidade é criada.
Nesse artigo, crie uma entidade denominada Entity, associando-a aos ORGs Dept e Loc.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Finanças
    ,
    Configuração
    .
  2. Clique em
    Entidades
    e clique em
    Novo
    .
  3. Preencha os campos na seção
    Geral
    :
    • Tipo de período fiscal
      Define o tipo de período fiscal para a entidade. Este valor define o tipo de período fiscal padrão para todos os novos planos de custo criados para a entidade. Você pode alterar esse padrão no plano de custo.
      Valores: mensal, trimestral
      ,
      anual
      ,
      semanal
      ,
      a cada 15 dias
      ,
      13 períodos
    • Moeda local
      Define a moeda local da entidade. Não é possível atualizar esse campo depois que a entidade foi criada. Você só poderá selecionar moedas se a opção Moeda tiver sido selecionada quando o produto foi instalado.
    • Moeda de faturamento padrão
      Define a moeda padrão de faturamento para a visualização de planos de custo.
    • Moeda de relatório
      Define a moeda padrão usada para gerar relatórios. Não é possível atualizar esse campo depois que a entidade foi criada.
    • ORG do local
      Define o ORG de local existente a ser associado à entidade.
    • ORG do departamento
      Define o ORG de departamento existente a ser associado à entidade.
    • Padrão
      Define a entidade padrão para o sistema. O campo só será exibido depois que você salvar as informações necessárias para a entidade. Se esta for a primeira entidade que você estiver criando, ela será automaticamente definida como o padrão. Você pode desfazer a configuração padrão desmarcando o campo. Se houver diversas entidades, você só poderá definir uma como o padrão.
      O campo Padrão não é obrigatório, mas se você não definir uma entidade padrão, ele afetará os recursos de Definição de equipe e Roadmaps no
      Clarity
      .
  4. Preencha os campos da seção
    Padrões
    :
    • Classe de investimento
      Categoriza o trabalho de maneira lógica dentro de uma organização. Por exemplo, é possível usar classes de investimento para classificar os investimentos.
    • Classe de empresa
      Define a classe de empresa padrão. Classes de empresa categorizam clientes, mercados verticais ou linhas de negócios na sua organização financeira e são necessárias durante a ativação financeira de uma empresa.
    • Classe de WIP
      Categoriza as empresas e investimentos. WIP também é usado para indicar métodos de reconhecimento de receita. Você pode usar a classe de WIP para definir as taxas e os custos das transações, e para agrupar transações para registro no razão geral. Também podem ser usadas para calcular a receita reconhecida para os projetos.
  5. Preencha os campos das seções
    Padrões de custo e taxa de mão-de-obra
    ,
    Padrões de custo e taxa de material
    ,
    Padrões de custo e taxa de equipamento
    e
    Padrões de custo e taxa de despesa
    .
    • Origem da taxa
      Define a matriz de custo ou taxa usada para calcular o valor do benefício com a entrada da transação.
    • Origem de custo
      Define a matriz de custo ou taxa usada para calcular o valor do custo da entrada de transação.
    • Local de origem
      Define a origem da taxa e do custo como provenientes do local do recurso ou do projeto. O valor que você selecionar aqui controla o preenchimento do plano de custo para os atributos de agrupamento local ou do departamento. Por exemplo, selecione Recurso como o local de origem para a entidade para recursos de mão-de-obra e que não estejam relacionados a mão-de-obra. Posteriormente, você pode preencher automaticamente um plano de custo de atribuição de tarefa ou da equipe de investimento e agrupar os detalhes por departamento, local e recurso. Em seguida, todos os recursos (de mão de obra ou não) mostram seus valores de departamento e local, com base nas propriedades financeiras do recurso (não as propriedades financeiras do projeto).
    • Tipo de taxa de câmbio
      Define o tipo de taxa de câmbio para as transações do projeto e é exibido apenas quando há várias moedas disponíveis. Quando o projeto for aprovado, o tipo de taxa de câmbio não poderá mais ser alterado.
      Valores:
      Média:
      a taxa derivada combinada em um período: semanal, mensal ou trimestral.
      Fixa:
      a taxa fixa que não muda ao longo de um período definido.
      À vista
      :
      a taxa variável que muda com frequência, digamos que diariamente.
  6. Salve as alterações.
Associar os departamentos e locais
É possível associar as unidades de ORG de departamento e local entre si. A associação de ajuda na definição de qual departamento pertence a qual local.
É possível associar um departamento a vários locais. Os locais devem ser da mesma entidade que o departamento. Você pode exibir esses locais e adicionar um local a um departamento. Só é possível remover os locais do departamento se eles não forem usados em nenhuma instância.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Página inicial
    ,
    Organização
    ,
    Departamentos
    .
  2. Abra o departamento que você deseja associar os locais.
  3. Clique na guia
    Propriedades
    e em
    Locais
    .
  4. Clique em
    Adicionar
    para exibir os locais.
  5. Selecione os locais para associar e clique em
    Adicionar
    .
Associar os locais aos departamentos
É possível associar um local a um ou vários departamentos. Certifique-se primeiro de ter criado os departamentos e de tê-los associado à mesma entidade que o local.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Finanças
    ,
    Configuração
    .
  2. Clique em
    Locais
    na seção
    Estrutura organizacional
    .
  3. Abra o local que você deseja associar aos departamentos.
  4. Abra o menu
    Propriedades
    e, em
    Principal
    , clique em
    Departamentos
    .
  5. Clique em
    Adicionar
    para exibir os departamentos.
  6. Selecione os departamentos para associar e clique em
    Adicionar
    .
(Opcional) Configurar o atributo do ORG
Depois que o atributo de ORG for criado, você poderá configurá-lo como outros atributos existentes. Veja a seguir alguns exemplos de como você pode configurar os atributos do ORG:
  • Torne o campo ORG obrigatório.
  • Torne o campo ORG somente leitura.
  • Defina o campo ORG para que o valor seja inserido apenas uma vez.
  • Defina o valor padrão do campo ORG.
  • Defina o valor padrão de substituição do campo ORG.
  • Oculte o campo ORG.
  • Altere o rótulo do campo ORG.
  • Mova a seção ORG para outra subpágina ou subpágina protegida.
  • Renomeie a seção ORG.
  • Exclua a seção ORG.
  • Mova os campos do ORG que estão fora da seção ORG para qualquer outra seção.
  • Configure os atributos de ORG na página de lista.
  • Use a edição embutida.
  • Ative a trilha de auditoria para os atributos do ORG.
  • Uso a sugestão automática nos campos do ORG.
  • Use a tradução de idiomas nos campos do ORG.
  • Use um campo de ORG na ação manual ou de sistema de uma definição de processo.
A seção ORG pode ser excluída como qualquer outra seção existente. Se você associar um objeto a qualquer seção ORG novamente, a seção só reaparecerá na página Propriedades gerais do objeto com o ORG ao qual o objeto está associado.
  • Não é possível atualizar um valor de atributo somente leitura na interface do usuário. No entanto, quando o atributo de Departamento é atualizado na subpágina de finanças, o atributo do
    ORG de departamento
    é atualizado, mesmo que seja somente leitura. Isso ocorre porque o
    ORG de departamento
    e os valores de atributo de Departamento devem permanecer sincronizados.
Vídeo: Por que a seção ORG aparece após ser excluída das exibições?

Para reproduzir esse vídeo em tela cheia, clique no logotipo do YouTube à direita das Configurações, na parte inferior do vídeo.
Configurar um ORG não financeiro
Verificar os pré-requisitos para a criação de um ORG não financeiro
Para concluir todas as tarefas deste artigo, você precisa dos seguintes direitos de acesso:
  • Administração – Configuração do aplicativo
  • Administração – XOG
  • Administração de objeto
Criar um ORG
Você pode criar um ORG para representar os departamentos ou locais que não são usados para planejamento financeiro. Crie um ORG para definir os níveis e unidades que estão associados à organização. Você pode nomear o ORG com um qualificador para indicar que ele é usado para fins diferentes da associação de entidade. Por exemplo, um ORG denominado Regiões define um Tipo de ORG para locais geográficos.
Nesse artigo, crie um ORG com dois níveis denominado Pool de recursos. Por exemplo, País no nível 1 e Estado no nível 2.
Siga estas etapas:
  1. Abra
    Administração
    e, em
    Organização e acesso
    , clique em
    ORG
    .
  2. Clique em
    Novo
    .
  3. Preencha os campos na seção
    Informações gerais
    .
    Melhor prática:
    dê ao ORG um nome descritivo que indique como você planeja usá-lo.
  4. Insira rótulos na seção
    Níveis
    .
  5. Salve as alterações.
Associar objetos ao ORG
Associe os objetos a um ORG para ativar seus recursos, como a segurança ou a geração de relatórios relacionados àquele objeto. Ao associar um objeto ao ORG, as seguintes ações ocorrem:
  • O objeto associado será exibido como um hiperlink na seção
    Objetos associados
    da página
    Propriedades de ORG
    . Clique no hiperlink para visualizar o atributo que é criado na página
    Atributo de objeto
    . Nessa página, é possível definir o valor Padrão e tornar o campo ORG somente leitura.
  • Um atributo com o nome de ORG e
    tipo de dados Organograma – Pesquisa
    será criado na página Atributo do objeto associada.
    O hiperlink e o atributo ORG não são criados para os seguintes objetos: Empresa, Categoria do incidente, Rotina/Relatório, Página, Portlet e Definição do processo.
A tabela a seguir representa o atributo que será criado após a associação entre o objeto e o ORG:
Nome do ORG
Nome do objeto
Nome do atributo
ID do atributo
Tipo de dado
Pool de recursos
Projeto
Pool de recursos
odf_<primeiros quatro caracteres válidos da OBS_ID>_<#código da ID do ORG>
Organograma - Pesquisa
Além de um projeto, outros tipos de objeto são aceitáveis na coluna Nome do objeto. No entanto, o objeto não pode ser uma categoria de incidente, rotina, página, portlet ou definição de processo. Por padrão, o nome do ORG e o nome do atributo são os mesmos quando um objeto está associado a um ORG não financeiro.
Nesse artigo, associe o objeto Projeto ao ORG Pool de recursos.
Siga estas etapas:
  1. Abra
    Administração
    e, em
    Organização e acesso
    , clique em
    ORG
    .
  2. Abra o ORG e clique em
    Adicionar
    na seção
    Objetos associados
    .
  3. Selecione os objetos para associar ao ORG e clique em
    Adicionar
    .
  4. Selecione o
    Modo de associação
    para selecionar as unidades de ORG presentes em todos os níveis ou apenas aqueles que estão presentes no nível mais baixo.
    Valores:
  5. Qualquer unidade
    . Se um ORG tiver vários níveis, todas as unidades de todos os níveis estarão disponíveis para seleção.
    • Unidade mais baixa
      . Se um ORG tiver vários níveis, apenas as unidades no nível mais baixo estarão disponíveis para seleção.
  6. Salve as alterações.
Não é possível alterar o
Modo de associação
de um objeto que esteja associado ao ORG de departamento de
Qualquer unidade
para
Unidade mais baixa
, se qualquer instância do objeto associado tiver a unidade de departamento definida com qualquer valor diferente do nível mais baixo.
Se o campo Padrão, Ignorar padrão ou ambos estiverem definidos com qualquer valor diferente de
Unidade mais baixa
, os valores de ambos os campos ficarão em branco quando você alterar o
Modo de associação
de
Qualquer unidade
para
Unidade mais baixa
. Quando os campos obrigatórios e somente leitura são definidos e você altera o
Modo de associação
de
Qualquer unidade
para
Unidade mais baixa
, uma mensagem de erro é exibida.
Quando você dissocia um objeto de um ORG, o atributo de ORG é excluído juntamente com todas as informações relacionadas, como exibições, tabelas do banco de dados e dados no nível da instância. Após a dissociação, os objetos não serão exibidos na página Propriedades de ORG.
Criar unidades de ORG
Nesse artigo, crie as unidades de ORG em cada nível. Por exemplo, crie uma unidade denominada Estados Unidos no nível 1 e Califórnia e Texas como unidades filhas no nível 2.
Siga estas etapas:
  1. Abra
    Administração
    e, em
    Organização e acesso
    , clique em
    ORG
    .
  2. Abra o ORG ao qual você deseja adicionar as unidades e clique em
    Unidades
    .
  3. Clique em
    Novo
    e preencha os campos para criar unidades no nível 1.
    Selecione o campo
    Pai
    para criar unidades filhas para as unidades existentes. Use
    Criação rápida
    para criar diversas unidades de uma só vez.
  4. Par anexar uma instância ao objeto associado, clique em
    Salvar e continuar
    . Você pode anexar uma instância de objeto a uma unidade de ORG para controlar os recursos que têm acesso à instância por meio da guia Instâncias anexadas. Você pode selecionar instâncias de qualquer objeto associado ao ORG. Para adicionar mais unidades de ORG, clique em
    Salvar e voltar
    .
Configurar o atributo de ORG
Depois que o atributo de ORG for criado, você poderá configurá-lo como outros atributos existentes. Veja a seguir alguns exemplos de como você pode configurar os atributos do ORG:
  • Torne o campo ORG obrigatório ou somente leitura.
  • Defina o campo ORG para que o valor seja inserido apenas uma vez.
  • Defina o valor padrão do campo ORG.
  • Defina o valor padrão de substituição do campo ORG.
  • Oculte o campo ORG.
  • Altere o rótulo do campo ORG.
  • Mova a seção ORG para outra subpágina ou subpágina protegida. Ao reorganizar sua organização, você pode mover o ORG e os descendentes para outras ramificações ou níveis sem perder o acesso a objetos e recursos.
  • Renomeie a seção ORG.
  • Exclua a seção ORG. A seção ORG pode ser excluída como qualquer outra seção existente. Se você associar um objeto a qualquer seção ORG novamente, a seção só reaparecerá na página Propriedades gerais do objeto com o ORG ao qual o objeto está associado.
  • Mova os campos do ORG que estão fora da seção ORG para qualquer outra seção.
  • Configure os atributos de ORG na página de lista.
  • Use a edição embutida.
  • Ative a trilha de auditoria para os atributos do ORG.
  • Uso a sugestão automática nos campos do ORG.
  • Use a tradução de idiomas nos campos do ORG.
  • Use um campo de ORG na ação manual ou de sistema de uma definição de processo.
Impactos da atualização nas propriedades do ORG
As seguintes alterações ocorrem após a atualização para esta release:
  • Qualquer ocorrência do símbolo de chaves {} no nome de um ORG será alterada para parênteses ().
  • A verificação de pré-instalação falha ao atualizar se o nome de ORG contém qualquer um dos seguintes caracteres especiais:
    • Barra (/)
    • Dois pontos (:)
    • Aspas (" ")
    • Menor que (<) e maior que (>)
Restrições nos atributos de ORG ativados para trilha de auditoria
A partir desta release, você pode aproveitar uma trilha de auditoria para os atributos de ORG. No entanto, você não pode excluir um atributo de ORG que esteja para a trilha de auditoria. Se tentar excluir os atributos do ORG, você receberá um erro.
Aqui estão algumas ações que não podem ser executadas quando o atributo de ORG é ativado para a trilha de auditoria:
  • Excluir um ORG não financeiro
  • Dissociar os objetos de ORG
  • Criar uma entidade
  • Excluir uma entidade
Configurar a seção ORG
É possível configurar, mover ou excluir um seção ORG como qualquer seção existente. Ao associar um objeto a um ORG pela primeira vez, uma seção ORG é criada com o atributo ORG em
Criar exibição
e
Editar exibição
do objeto. Para cada associação subsequente, um atributo de ORG é adicionado à coluna
Selecionado
desta seção.
Quando você associa novamente um objeto a qualquer seção ORG após exclui-la, a seção só reaparecerá na página Propriedades gerais do objeto com o ORG ao qual o objeto está associado.
Você pode mover a seção ORG para qualquer subpágina e usar
Restaurar padrões
para mover a seção de volta para o local original. Quando você restaura um padrão, a seção ORG é movida de volta para a subpágina
Propriedades gerais
com todos os atributos ORG na coluna
Selecionado
.
A Partição do sistema pode ter apenas uma seção de ORG, a qualquer momento.
Considere as ações na tabela a seguir para entender o resultado da ação Restaurar padrões:
Ação
Resultado
O administrador não configurou a seção ORG e o usuário está usando a configuração de exibição padrão.
Nenhuma alteração nas exibições de seção de ORG.
O usuário vê a mesma exibição da seção ORG com os atributos da página Propriedades gerais.
O administrador configura a seção ORG movendo alguns dos atributos de ORG ou a seção inteira para outra subpágina.
A seção ORG é movida de volta para a subpágina Propriedades gerais.
Todos os atributos de ORG são adicionados de volta à coluna Selecionado na ordem em que foram criados.
O objeto está associado um modelo de partição.
As alterações na seção ORG são removidas e a configuração da partição pai é restaurada.
Nenhum impacto na exibição da seção ORG para seus ancestrais.
O modelo de partição é dissociado do objeto após a configuração da seção ORG.
A exibição reflete a seção ORG que está configurada para a Partição do sistema.
Nenhuma alteração nas instâncias que foram criadas quando o modelo de partição foi associado ao objeto.
Impacto do XOG
É possível mover a seção ORG para qualquer subpágina, assim como as outras seções existentes que usam o XOG. Quando você importa um ORG com XOG com os objetos associados, atributos são criados nos objetos, e eles são adicionados à seção ORG. Quando você exporta as exibições de objeto com XOG, a seção ORG é exibida na saída do XOG como outras seções. A seção ORG tem um atributo chamado
código
com o valor ODF_OBS_SECTION.
Quando você importa com XOG, as exibições do arquivo de origem do XOG substituem as exibições do sistema de destino. Se o valor do atributo
versão
(que representa o número da release do produto) no arquivo XOG for menor que 13.2, a seção ORG do sistema de destino será preservada, pois não havia nenhuma seção ORG nas releases anteriores. Se o valor de atributo
versão
for 13.2 ou superior, e a seção ORG não estiver presente no arquivo XOG, a seção ORG será excluída do sistema de destino.
É possível copiar uma seção ORG várias vezes para uma exibição específica do arquivo XOG. A importação com XOG só acontecerá na última instância da seção ORG no arquivo XOG, pois só pode haver uma seção ORG na exibição do Sistema particionado. No entanto, é possível importar com XOG diversas seções de ORG de outras partições.
XOG de complementos
Se o valor do atributo
versão
(que representa o número da release do produto) no arquivo XOG for menor que 13.2, a seção ORG do sistema de destino será preservada após a inclusão do XOG dos complementos. Se o valor de atributo
versão
no arquivo XOG for 13.2 ou superior, e a seção ORG não estiver presente no arquivo de origem dos complementos, a seção ORG será excluída do sistema de destino.
Para preservar a seção ORG, um novo atributo chamado
complete
com um valor padrão
false
foi adicionado ao XOG das Exibições de propriedades. Se o valor for definido como preserveOBS no arquivo XOG, a seção ORG será preservada independentemente do valor do atributo
versão
existente no arquivo XOG.
O trecho a seguir mostra o atributo
complete
e o
section code
no arquivo XOG:
<property code="custCreate" componentId="odf" complete="preserveOBS" objectCode="cust" partitionCode="NIKU.ROOT" type="create">
<section code="ODF_OBS_SECTION" currentState="collapsed" sequence="3"> ... ... </property>
XOG da entidade
O comportamento do XOG de entidade é o mesmo para o ORG configurável. Quando você exporta uma entidade com XOG do sistema de origem a importa com XOG para o sistema de destino, uma entidade é criada no sistema de destino.
Excluir tipos de ORG
Você pode excluir tipos de ORG. Se você ativou um ORG para direitos de acesso, remova a associação aos direitos para poder excluir o ORG. Um ORG associado a uma entidade financeira não pode ser excluído.
Siga estas etapas:
  1. Abra Administração e, em Organização e acesso, clique em ORG.
  2. Marque a caixa de seleção ao lado de cada ORG e clique em Excluir.
  3. Clique em Sim na página de confirmação.