Introdução aos blueprints

Como um administrador de aplicativo ou criador de conteúdo do PMO, use blueprints para configurar layouts para diferentes tipos de investimento. Você pode copiar e configurar blueprints que refletem as metas de cada unidade de negócios da sua organização. Vamos considerar um exemplo em que várias equipes em uma organização estão usando a grade Ideias para desenvolver e avaliar novas ideias. As equipes de Desenvolvimento de produtos e de Arquitetura de produtos geralmente contribuem com um grande número de ideias. No entanto, a equipe de gestão avalia suas ideias com critérios diferentes. A equipe de Desenvolvimento de produtos é avaliada em relação aos detalhes financeiros, como os detalhes do custo planejado e do benefício planejado. As equipes de Arquitetura de produtos são avaliadas em relação aos detalhes técnicos, como adequação arquitetônica, conformidade com a tecnologia e conformidade com as regulamentações. Você pode criar blueprints diferentes para essas equipes, de modo que as respectivas equipes de gestão possam visualizar rapidamente os detalhes relevantes e executar as ações apropriadas sobre a ideia.

Algumas das principais ações que podem ser executadas na criação de blueprints são:
  • Copiar um blueprint: é possível visualizar, mas não é possível configurar o blueprint padrão para algum investimento. No entanto, você pode fazer uma cópia e, em seguida, editar sua cópia. Clique no menu Opções para copiar, renomear ou excluir um blueprint (não é possível excluir o blueprint padrão). Também é possível tornar padrão outro blueprint. O blueprint padrão determina as seções, os campos e os módulos que os usuários podem ver quando eles acessam um item de investimento.
  • Publicar blueprints: você pode abrir um blueprint copiado e clicar em Editar. É possível definir os detalhes do layout e os módulos. Quando você clica em Publicar, suas alterações são exibidas e determinam a funcionalidade e a aparência dos investimentos atuais e futuros associados ao blueprint.
  • Adicionar seções e campos: é possível adicionar e remover seções no layout do projeto. Os usuários podem arrastar um campo para uma seção e soltá-lo ao lado de um campo adjacente. Você pode ajustar a posição e redimensionar os campos como desejar.
  • Adicionar módulos: você determina, pelo menos, um ou vários módulos que aparecem quando os usuários abrem um projeto.
  • Serão exibidos apenas subobjetos personalizados que forem ativados para API como módulos.
  • Serão exibidos os subobjetos personalizados de primeiro nível como módulos. Os subobjetos ativados para API de segundo nível são adicionados automaticamente ao painel Detalhes do subobjeto de primeiro nível.
  • O blueprint de um objeto pode incluir um máximo de 50 módulos, incluindo módulos padrão, subobjetos personalizados e canais. Quando você atinge o limite de 50, não é mais possível adicionar módulos ao blueprint. Nesse caso, considere a remoção ou combinação dos módulos menos usados.