Clarity: planejamento de cima para baixo com roadmaps

ccppmop1592
HID_newux_roadmaps
O Sid é gerente de portfólio e gerencia um grande portfólio de investimentos e ativos. Ele precisa compreender o panorama, pois é responsável pelo alinhamento da contagem de funcionários e da verba no portfólio.
Roadmaps
Sid fornece informações para pivôs estratégicos, a fim de garantir que a empresa esteja fornecendo resultados superiores com base em decisões de negócios sólidas. Sua maior preocupação é que os clientes estão cada vez mais exigentes, e a concorrência, cada vez mais inovadora. Isso significa que, de uma perspectiva de planejamento, ele precisa acelerar o ritmo e coloca pressão nas organizações para que tudo seja considerado "alta prioridade". Portanto, as organizações estão sobrecarregadas e os planos de investimento são orientados por backlogs operacionais, e não por uma visão estratégica compartilhada.
Ele percebe que, para fazer a transição do gestão de projetos tradicional para a gestão de produtos digitais, é preciso uma visibilidade de 360 graus de todos os componentes, incluindo hardware, software, serviços e processos, dando apoio aos produtos digitais desenvolvidos e mantidos por suas equipes. Ele tem três requisitos importantes para ajudá-lo a fazer a transição do gestão de projetos tradicional para a gestão de produtos:
  • O processo de planejamento deve ser rápido e fácil: o planejamento do investimento tradicional requer que os usuários estruturem os projetos em um nível muito granular apenas para começar, levando à fadiga organizacional ou até mesmo à ausência de um planejamento relevante.
  • Todos os itens de trabalho e investimentos precisam ser mapeados para a estratégia organizacional: a maioria das equipes começa alinhando-se à estratégia, mas se desvia significativamente, conforme outras prioridades começam a competir por seu tempo.
  • Todas as partes interessadas precisam de uma única visão integrada da estratégia e dos planos: as partes interessadas precisam de um método para visualizar, comunicar e obter um consenso em torno de um conjunto de objetivos proposto. Isso significa que eles precisam da capacidade de analisar novas iniciativas juntamente com o trabalho que já está planejado ou em andamento.
Sid pode usar os robustos recursos de roadmap do
Clarity
para atender às necessidades de diversas partes interessadas envolvidas no gerenciamento e no planejamento estratégicos. Não há limite para o número ou os tipos de roadmap que podem ser criados no sistema do
Clarity
.
Por exemplo, as partes interessadas podem incluir roadmaps de produto, arquitetura ou recurso, bem como qualquer outro roadmap necessário para uma organização. Cada roadmap ágil inclui várias visualizações diferentes, entre elas, uma visualização da linha do tempo, uma visualização do painel e uma visualização em grade. É possível alternar de uma visualização para a próxima para acessar as informações de que precisam e salvar as visualizações personalizadas com facilidade.
Recursos adicionais:
2
Pré-requisitos
Para usar roadmaps, verifique com o administrador se a seguinte configuração foi concluída no
Classic PPM
:
  • Criar uma entidade padrão
    . Consulte
    Criar uma entidade
    em Configurar um organograma.
  • Configurar tipos de período mensal, trimestral e fiscal anual para a entidade padrão
    . Consulte Configurar uma entidade financeira. Se algum tipo de período fiscal não for definido na entidade padrão, esse tipo de período fiscal estará em branco nos cabeçalhos de coluna na linha de tempo.
  • Conceder aos usuários os direitos de acesso necessários
    . Consulte
    Clarity
    Access Rights Reference
    na edição em inglês da documentação.
  • Crie listas de seleção globais personalizadas
    . Inclua os atributos de agrupamento ou valores de pesquisa que a sua organização deseja usar em todos os roadmaps. Consulte Criar uma lista de seleção global personalizada.
  • Configurar mapeamentos de exibição coloridos
    . Você pode personalizar as opções de agrupamento por cor disponíveis para as listas de seleção globais padrão. Também é possível atribuir opções de agrupamento por cor para as suas listas de seleção globais personalizadas. Consulte
    Clarity
    Studio Objects and Attributes
    na edição em inglês da documentação.
Revisar uma lista de roadmaps existentes
Login
Você pode usar a página Roadmaps para criar um roadmap para sua organização. Como a página Roadmaps utiliza a grade comum do
Clarity
, algumas das principais ações que podem ser executadas são:
  • Usar o painel de colunas para personalizar a grade adicionando vários campos a ela
  • Filtrar os dados na grade com base em seus requisitos de negócios
  • Use a opção Agrupar por para recolher subtotais agregados da visualização de linhas relacionadas sempre que possível
  • Exportar os diversos roadmaps com os dados na grade para um arquivo CSV
  • Adicionar atributos personalizados ao layout de grade, ao painel de colunas e aos filtros
  • Editar dados associados a roadmaps diretamente na grade ou usando o layout DETALHES
  • Salvar sua visualização
Para obter mais informações sobre como é possível aproveitar a capacidade da grade genérica do
Clarity
, consulte Componentes comuns
Criar um roadmap
Para criar um roadmap, você pode usar o ícone Adicionar linha ou o botão Novo roadmap.
Login
Siga estas etapas para criar um roadmap:
  1. Efetue logon no
    Clarity
    e clique em
    Roadmaps
    .
  2. Clique em
    Novo roadmap
    ou clique no ícone Adicionar linha
  3. Preencha os seguintes campos:
    • Nome do roadmap
      Informe o nome do roadmap.
    • Autor
      Essa opção não será exibida se você estiver usando o botão Novo roadmap. Se estiver usando o ícone Adicionar linha para criar um roadmap, você poderá selecionar o autor relevante usando o campo Autor.
    • PERÍODO DE INÍCIO
      Define o período de início do roadmap que se baseia nos períodos fiscais anuais que você configurou para a sua entidade padrão. O campo exibe o próximo período fiscal anual por padrão. Por exemplo, se a data atual for 15 de abril de 2021, o período fiscal padrão mostrará até 2022, o próximo período fiscal anual. 
    • DURAÇÃO
      Define a duração do roadmap e mostra um ano como o padrão. A duração que pode ser selecionada depende dos períodos fiscais anuais correspondentes que são configurados na entidade padrão. Por exemplo, você seleciona 2020 como o período de início e há três períodos fiscais anuais (2020, 2021 e 2022) configurados na entidade padrão. As opções de duração exibidas incluem 1 ano, 2 anos e 3 anos.
      A opção
      Outros
      será exibida se você tiver mais de cinco períodos anuais definidos no futuro. Considere um cenário em que você seleciona 2020 como o período de início e a entidade padrão tem períodos fiscais anuais definidos até 2028. Nesse cenário, a opção
      Outros
      é exibida. Quando você seleciona essa opção, o sistema permite inserir apenas um número de 6 a 8. É possível alterar a duração após a criação de um roadmap atualizando o atributo
      Duração
      .
  4. Clique em
    CRIAR
    .
    O novo roadmap é exibido no layout padrão de linha de tempo com uma ID exclusiva definida pelo sistema. Se a numeração automática não estiver configurada no
    Classic PPM
    , digite uma ID exclusiva para o roadmap.
  5. Adicione itens ao roadmap no layout de grade, painel ou linha de tempo.
Para excluir um roadmap, na página de lista Roadmaps, selecione o roadmap e clique em
Excluir
.
Editar detalhes do roadmap
É possível adicionar mais detalhes ao roadmap, como
descrição
ou
tipo
. Você também pode editar os detalhes existentes. Por exemplo, altere o autor, passando de você para alguém que possa assumir o controle do roadmap.
Siga estas etapas:
  1. Na página Roadmaps, use o painel de colunas para adicionar atributos relevantes à grade. Você pode adicionar atributos, como Descrição, Tipo, Status e Estrela(s) atribuída(s).
  2. Digite os valores associados a vários atributos para adicionar ou editar detalhes associados ao roadmap.
Adicionar itens de roadmap
Um roadmap consiste em itens que você deseja planejar durante um determinado tempo, como um evento de negócios anual ou um projeto que engloba vários trimestres. Vários itens de roadmap preenchem a duração do roadmap.
É possível criar um roadmap adicionando itens à medida que você trabalha nos detalhes do planejamento e nas restrições de verba em sua organização. Você pode usar qualquer layout para adicionar itens de roadmap. Ao rever um roadmap existente, o aplicativo leva você ao layout mais recente para o roadmap em questão.
Você pode criar itens de roadmap no
Clarity
usando um dos seguintes métodos:
Observação
: se estiver usando cenários, um item de roadmap é adicionado apenas ao cenário selecionado no momento em que você estiver trabalhando, e não a todos os cenários existentes.
Importar itens de roadmap de um arquivo CSV
Sid é gerente de portfólio e, atualmente, suas equipes de produtos usam planilhas para planejar lançamentos de produtos. Vamos ajudá-los a criar rapidamente um roadmap importando os dados no
Clarity
.
Você pode importar uma lista de até 250 itens de roadmap de um arquivo CSV (Comma-Separated Values - Valores Separados por Vírgula). Os itens de roadmap importados aparecem dentro de um único cenário de roadmap. Não é possível atualizar itens de roadmap existentes com esse recurso.
A importação de itens de roadmap exige o direito de acesso de nível de ORG ou de nível de instância
Roadmap - Editar
ou o direito de acesso global
Roadmap - Editar - Tudo
.
Consulte a tabela a seguir para ver os tipos suportados de atributo de item de roadmap que podem ser importados e seus formatos corretos.
Tipo de atributo
Formato
Números
Não use um separador de milhares. Insira vírgulas para as casas decimais. Use um traço para números negativos.
Porcentagens
Insira porcentagens como decimais. Por exemplo, para importar 25%, a linha de importação de dados brutos deve mostrar 0,25.
Valores monetários
Não inclua uma vírgula como separador de milhares, a menos que a coloque entre aspas. Os valores decimais são aceitáveis. No entanto, não inclua códigos de moeda nem símbolos.
Sequências de caracteres
Use aspas duplas em todas as sequências de caracteres com vírgulas. Por exemplo, "Item de roadmap 1 para as regiões A, B e C".
Datas
Use o formato AAAA-MM-DD. Por exemplo, 15-11-2019 para 15 de novembro de 2019.
Pesquisas estáticas de valor único
Especifique um valor que diferencia maiúsculas e minúsculas do conjunto. Por exemplo, para tipo, especifique
Projeto
,
Programa
,
Ideia
ou
Recurso
. Para inPlan, especifique
2
(No plano) ou
1
(Não está no plano).
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon no
    Clarity
    .
  2. No menu principal, clique em
    Roadmaps
    .
  3. Abra um roadmap e selecione um cenário.
  4. Clique em
    Ações do item
    ,
    Importar do CSV
    .
  5. Faça download do arquivo PPM_ROADMAP_CSV_IMPORT_TEMPLATE.csv.
  6. Prepare o arquivo CSV:
    1. Abra uma planilha, um banco de dados ou outro aplicativo onde é possível formatar o arquivo CSV de origem. Por exemplo, um conselho decide explorar 40 novos itens de portfólio e envia a você uma lista. É possível configurar essa lista no Microsoft Excel. Salve uma cópia do modelo de importação como my_new_items.csv, cole a lista de 40 itens, formate a lista conforme necessário e importe-a no
      Clarity
      .
    2. Revise a primeira linha do modelo. A primeira linha contém nomes amigáveis opcionais e instruções para cada campo. Por exemplo, Nome do item de roadmap (campo obrigatório - máx. = 80 caracteres), Data de início, VPL (Net Present Value - Valor Presente Líquido) (dinheiro +/-0,00) ou Custo operacional (dinheiro +/-0,00).
    3. Verifique se a segunda linha contém a
      ID de atributo da API
      para cada atributo. Os valores padrão já foram definidos. O administrador pode alterar essas IDs no
      Clarity
      Studio. Por exemplo, nome, início, VPL ou custo operacional. É possível alterar as IDs de atributo da API apenas para atributos personalizados.
    4. Verifique se as linhas restantes (até 250) contêm valores que são separados por vírgulas, sem espaços. O Excel trata as vírgulas dentro de células e entre células quando você salva como CSV. Você não visualiza as vírgulas no Excel. É possível criar um arquivo de importação de dados brutos em texto usando o Bloco de notas, no qual você deve incluir as vírgulas.
    5. Verifique se os valores de data que deseja importar seguem o formato DD-MM-AAAA. Tenha cuidado para que o Excel não reformate os valores.
    6. Salve o arquivo CSV. Se for trabalhar no Excel, use a opção Salvar como para salvar o arquivo como um arquivo CSV com a extensão de arquivo .csv.
  7. Verifique se você abriu um roadmap e selecionou um cenário.
  8. Clique em
    Importar CSV
    .
  9. Selecione o arquivo CSV no servidor de rede ou computador local e clique em
    Importar CSV
    .
    Uma mensagem de confirmação mostra quantas linhas foram importadas com êxito e o número de linhas que não puderam ser importadas.
  10. Localize os novos itens de roadmap importados no painel, na linha de tempo ou na grade. No painel, os itens de roadmap importados podem aparecer na coluna
    Nenhum
    , prontos para a sua revisão. Na linha de tempo, os itens de roadmap importados aparecem na raia especificada (por exemplo,
    Nenhum
    ,
    Projeto
    ou
    Ideia
    ).
Novos itens podem não aparecer necessariamente na coluna NENHUM. A colocação deles depende de como os dados são configurados no CSV.Você pode especificar um valor de pesquisa para o status ou tipo. O item de roadmap aparecerá na coluna ou faixa que corresponde a esse valor.
Ao trabalhar com o modelo de importação CSV no Microsoft Excel, observe os seguintes requisitos:
  • Formate as células da coluna de data com o formato DD-MM-AAAA personalizado.
  • Não use vírgulas como separadores de milhares.
  • Salve o arquivo como CSV e use a codificação UTF-8 para preservar caracteres especiais que se estendem além do conjunto de códigos ASCII padrão (ISO 8859 Latin I).
Use as seguintes imagens para fins de orientação:
csv.jpg
Importar projetos, investimentos personalizados e ideias do
Clarity
Você poderá criar itens de roadmap importando projetos, ideias ou investimentos personalizados ativos sobre os quais tenha pelo menos direitos de acesso de visualização. Quando você importa projetos, ideias ou investimentos personalizados como itens de roadmap, o aplicativo cria um link entre o item de roadmap e o objeto de investimento. Cada objeto de investimento vinculado ao novo item de roadmap.
Agora, a opção Importar do
Clarity
exibe a grade correspondente com caixas de seleção. Você pode selecionar projetos, ideias ou itens de investimento personalizado na respectiva grade. A grade de seleção permite selecionar itens de linha individuais. Você também pode selecionar ou desmarcar todas as linhas.
Você pode selecionar qualquer número de investimentos da grade. O
Clarity
importa os investimentos selecionados. A opção Selecionar tudo permite selecionar todos os itens de linha a serem importados instantaneamente.
import investment objects from grid
Não será possível importar um projeto, ideia ou investimento personalizado que já esteja vinculado a um item de roadmap em um cenário. Esses projetos, investimentos personalizados e ideias são excluídos da lista suspensa Importar do
Clarity
.
Para que seja possível vincular um item de roadmap a um projeto, ideia ou investimento personalizado, certifique-se de que as seguintes condições sejam atendidas
  • Eles estão
    ativos
    .
  • O projeto não é um modelo ou programa.
  • A configuração
    Incluir em roadmaps
    do tipo de investimento personalizado está selecionada.
  • O investimento personalizado ainda não está vinculado a outro item de roadmap no mesmo cenário do roadmap.
Quando as datas de início e término de um projeto forem diferentes daquelas do plano de custo do registro associado, as datas de início e término do item de roadmap vinculado refletirão as datas do projeto. No entanto, os atributos financeiros, como Custo de capital ou Custo operacional, refletirão os dados do plano de custo.
Siga estas etapas:
  1. No menu principal, clique em
    Roadmaps
    .
  2. Abra um roadmap na linha de tempo, no painel ou na exibição de grade.
  3. Clique em
    Cenários
    e selecione um cenário.
  4. Clique em
    Ações do item
    e selecione
    Importar do PPM
    .
  5. Para importar qualquer objeto de investimentos, execute as seguintes etapas:
    1. Selecione
      Projeto, Ideia ou <nome do investimento personalizado>
      no menu suspenso.
      A página
      Selecionar de é exibida.
    2. Marque as caixas de seleção correspondentes às linhas.
    3. Clique em
      Adicionar
      .
      Cada projeto ou investimento importado aparecerá como um item de roadmap na linha de tempo, no painel ou na grade. Os dados do item de roadmap permanecem vinculados aos projetos e investimentos originais. As colunas Vinculado a e Vinculado à ID no layout da grade mostram os dados do projeto ou investimento original. Os dados financeiros dos planos de custo dos investimentos personalizados importados também são importados no item de roadmap.
    4. É possível importar objetos de investimento vinculados a uma unidade de ORG ou importar vários objetos de investimento individuais.
  6. (Opcional). Clique no item de coluna Vinculado a e exiba os detalhes da instância.
  7. (Opcional) Salve todas as alterações especiais realizadas no cenário e na visualização atuais.
Vincular itens de roadmap a projetos, investimentos personalizados e ideias
Em um cenário do roadmap, você pode associar um item de roadmap a um projeto, investimento personalizado ou ideia existente.Você verá apenas os projetos, investimentos personalizados ou ideias para os quais tiver, ao menos, direitos de acesso de exibição. Caso esteja vinculando Itens de roadmap a um projeto, o projeto:
  • Deve estar ativo
  • Não pode ser um modelo ou um programa
  • Não deve estar vinculado a outro item de roadmap no mesmo cenário
Da mesma forma, depois que uma ideia ou um investimento personalizado estiver vinculado a um item de roadmap, ele não poderá ser associado a outros itens de roadmap.
A vinculação permite detalhar o objeto associado do
Clarity
(projeto, investimento personalizado ou ideia) e exibir mais detalhes sobre ele. Além disso, você pode importar para o item de roadmap os dados de sistema mais recentes do objeto.
Linked
Siga estas etapas:
  1. Abra um roadmap.
  2. Clique em
    Cenários
    para selecionar um cenário.
  3. Se estiver no layout de grade, use a coluna
    Vinculado a
    para vincular o item de roadmap a um projeto, investimento ou ideia. 
    1. A coluna
      Vinculada à ID
      será preenchida automaticamente com a ID do projeto ou investimento vinculado.
    2. A coluna
      Vinculado ao tipo
      será preenchida automaticamente com base no tipo do objeto importado (projeto ou tipo de investimento personalizado).
    Se você não vir a coluna Vinculado a ou nenhuma outra coluna na grade, use o Painel de colunas para adicionar colunas à grade.
  4. No layout de linha do tempo ou painel, selecione o item de roadmap para abrir o painel DETALHES.
    Linked
  5. Na opção Vinculado a, selecione o projeto, o investimento personalizado ou a ideia que deseja vincular ao item de roadmap.
  6. Clique em
    Concluído
    para salvar as alterações.
  7. Use o hiperlink para acessar as páginas do projeto, investimento ou ideia. Dependendo do tipo de objeto vinculado e do tipo de acesso que você tiver, você será levado a uma das seguintes páginas:
    • Página de blocos do projeto
      : você será levado à página de blocos do projeto quando tiver acesso apenas ao projeto, mas não tiver acesso a nenhum dos módulos (guias) configurados no projeto. Considere um exemplo em que um projeto esteja configurado para incluir apenas os módulos Riscos, Ocorrências e Mudanças. Se você tiver acesso de visualização a esse projeto, mas não aos módulos, a página de blocos do projeto será aberta. Não é possível ver um link para voltar ao roadmap de origem.
    • Página do projeto com erro
      : você será levado à página de módulo do projeto e receberá uma mensagem de erro de não autorização. Considere um exemplo em que um projeto esteja configurado para incluir somente os módulos a seguir na ordem listada: Tarefas, Riscos, Ocorrências e Mudanças. Se você tiver acesso de visualização a esse projeto, mas não ao primeiro módulo (Tarefas), a página Tarefas do projeto será aberta. No entanto, como você não está autorizado a ver as tarefas, um erro é exibido na página. Você vê um link para voltar ao roadmap de origem. Você não visualiza os outros módulos.
    • Página do projeto sem erro:
      você será levado à página de módulo do projeto e não receberá uma mensagem de erro. Por exemplo, um projeto é configurado para incluir somente os módulos a seguir na ordem listada: Tarefas, Riscos, Ocorrências e Mudanças. Se você tiver acesso de visualização a esse projeto e também ao primeiro módulo (Tarefas), a página Tarefas do projeto será aberta. Também é possível que você veja as tarefas e um link para voltar ao roadmap de origem. Não é possível ver outros módulos além de Tarefas.
    • Página de detalhes do investimento:
      você pode chegar na página de detalhes do investimento.
    • Página Detalhes da ideia:
      você será levado à página de grade da ideia vinculada.
  8. Para voltar ao roadmap, clique no link do nome do roadmap na parte superior da página.
Também é possível excluir o vínculo entre os itens do roadmap e os objetos do
Clarity
.
Siga estas etapas:
  1. Abra um roadmap.
  2. Clique em
    Cenários
    e selecione um cenário.
  3. Se estiver no layout de grade, clique no ícone Editar na coluna
    Vinculado a
    e clique em
    REMOVER LINK
    . Você também pode selecionar o item de roadmap, abrir o painel DETALHES, clicar no ícone Editar e selecionar Remover link.
  4. No layout de linha do tempo ou de painel, selecione o item de roadmap para abrir o painel DETALHES.
  5. Clique no ícone
    Editar
    ao lado do objeto vinculado do
    Clarity
    .
  6. Clique em
    Remover Link
    .
  7. Clique em
    Concluído
    para salvar as alterações.
Sincronizar itens de roadmap com atributos do projeto, investimento personalizado ou ideia vinculada
Os links serão criados entre os itens de roadmap e projetos ou investimentos personalizados ou ideias quando você executar as seguintes ações:
  • Importar projetos, ideias ou investimentos personalizados para um roadmap.
  • Vincular um item de roadmap a um projeto, ideia ou investimento personalizado na grade.
Como gerente de portfólio ou roadmap, você pode sincronizar itens de roadmap vinculados a projetos existentes. A sincronização garante que os dados de roadmap reflitam os dados de sistema mais recentes dos projetos vinculados. É possível controlar quais itens de roadmap, atributos ou grupos de atributos sincronizar.Como gerente de projeto, Nicole também deve ser capaz de sincronizar os atributos de capacidade com base na Alocação ou nas Atribuições.
  • Você só poderá sincronizar os itens de roadmap e atributos definidos pelo sistema (métricas e datas) que estiverem disponíveis por padrão.
  • Se o pai de um projeto contiver atributos personalizados que correspondam à ID de atributo da API de um item de roadmap, o valor do atributo será sincronizado quando o projeto for sincronizado.
  • Os seguintes atributos financeiros (reais e planejados) podem ser transferidos e permanecer sincronizados com cada objeto importado:
    • Tipo de moeda
    • Período de retorno de investimento
    • Benefício e VPL (dinheiro)
    • Custo de capital, Custo operacional e Custo Total (dinheiro)
    • TIR e ROI (porcentagem)
  • Você pode sincronizar a Capacidade como Alocações ou Atribuições.
    • A sincronização de alocações permite que o proprietário do roadmap compreenda a capacidade total planejada de um roadmap.
    • A sincronização de atribuições permite que o proprietário do roadmap compreenda a capacidade total confirmada e a capacidade restante de um roadmap.
    • Se você selecionar Atribuições, os valores de Capacidade derivados serão EPT + Horas trabalhadas.
    • Se você selecionar Alocações, os valores de Capacidade derivados serão as Alocações.
    • Desmarcar a caixa de seleção Capacidade desativará as opções Atribuições e Alocações. Por padrão, a opção Alocações é selecionada.
A funcionalidade de sincronização é idêntica para Projetos, Ideias e Tipos de investimento personalizados. No
Clarity
15.9.2 e em releases mais recentes, é possível sincronizar campos de Rich Text entre vários investimentos e roadmaps.
Exemplo:
Sid está trabalhando em uma grade de roadmap que tem vários itens de roadmap que estão vinculados aos projetos do
Clarity
. Como gerente de portfólio, Sid sabe que existem vários gerentes de projeto que ainda estão trabalhando na mudança de métricas em seus projetos. Ele deseja excluir esses projetos do processo de sincronização. Sid deseja controlar quais itens de roadmap serão atualizados com os dados do projeto. Ele também deseja atualizar apenas os atributos reais, e não os planejados. Quando os gerentes de projeto acabarem de atualizar os respectivos planos, Sid abrirá o roadmap, selecionará os itens de roadmap restantes e os sincronizará com os dados mais recentes do projeto.
Siga estas etapas:
  1. No menu principal, clique em
    Roadmaps
    .
  2. Abra um roadmap na grade.
  3. Clique em
    Cenários
    e selecione um cenário.
  4. Importe projetos, ideias ou investimentos personalizados em um roadmap ou vincule um item de roadmap a um projeto, uma ideia ou um investimento personalizado na grade. Verifique se o campo Vinculado a mostra o projeto, a ideia ou o investimento associado.
  5. Clique em
    Painel de colunas
    e selecione um ou mais atributos personalizados que você deseja sincronizar na grade.
  6. Selecione atributo
    Sincronização
    . Talvez seja preciso rolar a grade para a direita a fim de ver o novo atributo em sua própria coluna. Por padrão, a sincronização é selecionada para itens de roadmap vinculados.
  7. Para os itens de roadmap vinculados que você
    não
    deseja sincronizar, desmarque a caixa de seleção na coluna
    Sincronização
    .
  8. Clique em
    Ações do item
    e selecione
    Sincronizar itens vinculados
    .
    1. Selecione os atributos de item de roadmap a serem sincronizados. É possível selecionar todos os atributos, grupos de atributos ou apenas atributos específicos.
    2. Para sincronizar os atributos de pesquisa personalizada com projetos, ideias e investimentos personalizados, selecione
      Atributos personalizados correspondentes
      .
    3. Clique em
      SINCRONIZAÇÃO
      .
      A
      Sincronização em andamento
      é exibida. Você pode trabalhar em outros cenários ou outras páginas de aplicativo durante a operação de sincronização. Apenas o cenário atual é temporariamente bloqueado para edição.
  9. Após a conclusão do processo de sincronização, os atributos personalizados são preenchidos nos atributos personalizados do item de roadmap.
    Quando você sincroniza roadmaps com projetos, é possível selecionar entre sincronizar alocações ou atribuições. Se você selecionar atribuições, o
    Clarity
    usará a adição de EPT e as Horas trabalhadas do projeto para calcular atribuições e sincronizar o projeto com o roadmap. Quando você importa um projeto como um roadmap, todos os dados relevantes associados ao projeto são importados como atributos de roadmap. Na sincronização de um roadmap, ele atualiza apenas os atributos selecionados na janela Sincronizar itens vinculados.
    Group By.jpg
Atributos personalizados correspondentes
Ao sincronizar os atributos personalizados correspondentes, a correspondência se baseia na ID de atributo da API e no Tipo de dado do atributo filho do objeto pai Projeto, Investimento personalizado ou Ideia:
  • A ID de atributo da API e o tipo de dado da pesquisa para o atributo devem corresponder à ID de atributo da API do objeto do item de roadmap.
  • O tipo do atributo deve corresponder ao tipo de atributo no objeto do item de roadmap.
  • A pesquisa também deve corresponder.
As seguintes condições se aplicam:
  • A ID de atributo da API deve ser um único caractere seguido por um sublinhado (exemplo: c_attribute).
  • Quando você seleciona a opção
    Atributos personalizados correspondentes
    e o aplicativo encontrar uma correspondência, os dados do investimento preenchem o item de roadmap.
  • Se o aplicativo não encontrar nenhum atributo correspondente, nada acontecerá para seus atributos de investimento personalizados. O aplicativo continuará sincronizando os demais itens vinculados como de costume.
A sincronização é suportada para os atributos personalizados com os seguintes tipos de dado:
  • Pesquisas (SVL) – (estáticas e parametrizadas)
  • postal
  • Sequência de caracteres
  • Booleano
  • Data
  • Dinheiro
  • Texto grande
  • O
    Clarity
    sincronizará atributos adicionais quando você selecionar a opção Atributos personalizados correspondentes.
  • O
    Clarity
    corresponde os atributos com base na ID e no tipo de atributo da API.
  • Se você selecionar a opção Atributos personalizados correspondentes e o
    Clarity
    encontrar uma correspondência com base nesses critérios, os dados serão preenchidos do investimento para o item de roadmap.
  • Quando você sincroniza os atributos Sequência de caracteres grande, o
    Clarity
    copia os dados como estão, incluindo caracteres especiais e formatação.
  • Ao sincronizar o atributo Dinheiro, o
    Clarity
    copia o valor sem qualquer conversão.
  • Quando você sincroniza o atributo Dinheiro, o
    Clarity
    exige duas informações: moeda e valor.
Coluna e caixa de seleção Sincronização
As três seguintes condições controlam a aparência da caixa de seleção
Sincronização
na grade:
  • Visível e não selecionado
    : o item de roadmap está vinculado a um projeto. No entanto, você não deseja sincronizá-lo.
  • Visível e selecionado
    : o item de roadmap está vinculado a um projeto e pronto para sincronização.
  • Não visível
    : o item de roadmap não está vinculado. Sem um projeto vinculado, o item de roadmap não pode ser sincronizado.
Para identificar a última vez que um item de roadmap foi sincronizado, adicione à grade o campo
Data da última sincronização
do Painel de colunas.
Gerenciar listas de seleção de roadmap
Configurar uma lista de seleção global padrão
As listas de seleção padrão para agrupamento de itens de roadmap se baseiam nos valores que o administrador define para os atributos de pesquisa a seguir. As pesquisas residem no objeto Item de roadmap no
Classic PPM
:
  • Status
    : a pesquisa contém os valores para o atributo Status que permite agrupar itens em colunas por status. Por exemplo, todos os itens de roadmap não aprovados são exibidos na coluna Não aprovado.
  • Tipo
    : a pesquisa contém os valores para o atributo Tipo que permite agrupar itens por tipo de item do roadmap. Por exemplo, todas as ideias são exibidas na coluna Ideia.
O atributo de pesquisa No plano é restrito pelo sistema. Não é possível personalizar a pesquisa para adicionar mais valores. Você pode alterar apenas os rótulos e as cores de exibição para os valores existentes.
As listas de seleção padrão são globais e estão disponíveis a todos os roadmaps no sistema para agrupamento dos itens de roadmap. Elas aparecem de forma diferente em layouts diferentes. No layout de linha de tempo, elas aparecem como raias com cores opcionais. No layout de painel, elas aparecem como colunas com cores opcionais. Na grade, elas aparecem como colunas.
Se uma cor padrão não estiver definida para os valores da lista de seleção, o aplicativo usará branco como a cor padrão. Você pode personalizar a cor padrão para as listas de seleção globais padrão.
Trabalhe com o administrador do sistema para configurar as listas de seleção globais padrão no
Classic PPM
. Consulte
Objetos e atributos do
Clarity
Studio
para obter detalhes.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Administração
    ,
    Studio
    ,
    Objetos
    .
  2. Abra o objeto Item de roadmap e clique na guia
    Atributos
    .
  3. Selecione o atributo que deseja configurar. Por exemplo,
    Status
    ,
    Tipo
    ou
    No plano
    .
  4. Configure as seguintes propriedades:
    • Defina a ordem em que os valores são exibidos na lista.
    • Renomeie ou adicione valores à lista para alinhar com as suas necessidades de negócios.
    • Altere os mapeamentos de exibição por cor predefinidos.
    • Ative uma lista de seleção de pesquisa que foi desativada anteriormente ou desative uma pesquisa para que ela não apareça mais como uma lista de seleção.
      Os usuários não podem adicionar novos valores de lista de seleção às colunas para listas de seleção desativadas. A coluna aparece visualmente diferente em comparação com as colunas ativas. Quando você retira o último item da coluna de valor desativada, a coluna desaparece.
  5. Para adicionar uma nova lista de seleção global, clique em
    Novo
    e defina o atributo de item de roadmap e seus valores.
Não confunda a aparência de um campo chamado
Tipo
, contendo valores como Investimento, Produto e Aplicativo no painel Detalhes, com outro campo também chamado
Tipo
, contendo valores como Projeto, Programa, Ideia ou Recurso, como visto nas faixas e na legenda. Você está vendo a diferença sutil entre
Tipo de roadmap
e
Tipo de item de roadmap
.
Criar uma lista de seleção global personalizada
Você pode criar a sua própria lista de seleção personalizada contendo valores de agrupamento personalizado que são administrados pela empresa. As listas de seleção globais são exibidas em RAIAS ou COLUNAS e a lista COR POR em
Todos os roadmaps
. Elas se aplicam a todos os roadmaps.
Por exemplo, é possível criar uma lista de seleção personalizada denominada Resultados nos negócios para agrupar os itens de roadmap usando os seguintes valores:
  • Móvel
  • Aprimoramento tecnológico
  • Impressionar os clientes
A lista de seleção personalizada é disponibilizada nos atributos de agrupamento Colunas e Cor por. Você pode selecionar Resultados nos negócios no atributo Colunas para visualizar os itens de roadmap que são agrupados em colunas que correspondem ao valor do resultado nos negócios. Além disso, é possível selecionar Resultados nos negócios no atributo Cor por para visualizar os itens de roadmap agrupados por cores que você associa aos resultados nos negócios.
Siga estas etapas:
Observação:
trabalhe com o administrador do sistema para configurar uma lista de seleção global no
Classic PPM
usando as etapas gerais a seguir. Consulte
Configurar pesquisas
em
Administração
para obter detalhes.
  1. Na ferramenta Administração, crie uma pesquisa de Lista estática que é associada ao objeto Item de roadmap. Selecione a ordem de classificação Manual para que você possa definir a ordem em que os valores de pesquisa são exibidos na interface do usuário.
  2. Adicione os valores personalizados à pesquisa. Os valores correspondem às opções de agrupamento que a lista de seleção contém em um roadmap.
  3. Reorganize os valores manualmente.
  4. No objeto do Item de roadmap, crie um atributo. O nome do atributo corresponde ao nome da lista de seleção que é exibida no roadmap.
  5. Associe o novo atributo à Pesquisa de lista estática usando o campo Tipo de dado.
  6. Em Mapeamentos de exibição, selecione uma cor para representar cada valor de pesquisa.
  7. (Opcional). Especifique uma cor padrão para cada valor de pesquisa. Se você desativar um valor de pesquisa, a cor atribuída desaparecerá do roadmap para o valor, que será exibido na cor padrão.
Quando você cria uma lista de seleção global, os itens de roadmap existentes aparecem primeiro na raia ou coluna Nenhum e são classificados por sua data de início. Em seguida, você pode mover esses itens de Nenhum para as outras faixas. Se você desativar ou excluir a lista de seleção no
Classic PPM
, os itens aparecerão novamente na raia ou coluna Nenhum.
Se você excluir o atributo de item de roadmap que é usado como uma lista de seleção global personalizada, a lista de seleção será removida de todos os roadmaps.
Criar uma lista de seleção local
Crie uma lista de seleção local para agrupar itens de roadmap por colunas ou por cor em um roadmap específico. Você pode usar a lista de seleção em todos os layouts. Por exemplo, se você criar uma lista de seleção Colunas no layout Painel, a lista de seleção aparecerá nas definições de Linha de tempo como uma opção em RAIAS. No layout Grade, as opções da lista de seleção aparecem no Painel de colunas.
Aplique as opções da lista de seleção ao layout do roadmap. Por exemplo, se você criar uma lista de seleção de colunas, mova novos itens de roadmap da coluna Nenhum para as novas colunas.
Siga estas etapas:
  1. Abra um roadmap e clique em
    Linha de tempo
    ,
    Painel
    ou
    Grade
  2. Clique em
    Opções de exibição
    .
  3. Clique em
    Gerenciar listas de seleção
    .
    A janela Gerenciar listas de seleção será exibida.
  4. Clique em
    Nova lista de seleção
    .
  5. Digite um nome de lista de seleção (por exemplo, Resultados nos negócios).
  6. Adicione opções à sua lista de seleção. Nomeie as opções para que correspondam aos valores da lista de seleção. Por exemplo, Móvel, Aprimoramento tecnológico e assim por diante.
  7. Para selecionar uma cor para uma opção da lista de seleção, clique na caixa vermelha à esquerda da opção. Escolha uma cor na paleta que é exibida.
  8. Clique em
    Concluído
    para salvar a lista de seleção e adicioná-la à lista Colunas ou Cor por em
    ESTE ROADMAP
    .
Se você criar uma lista de seleção de cores, uma legenda de cor aparecerá no canto inferior direito da página. A legenda exibe as cores e seus respectivos valores na lista de seleção.
Exemplo:
Sid já compilou um roadmap dos novos esforços em andamento de suas equipes de pesquisa. Após o detalhamento do roadmap, Sid percebe que deseja agrupar os itens de roadmap por equipe, que não é um agrupamento atualmente definido disponível. Ele cria uma lista de seleção Equipe para as suas cinco equipes, em seguida, distribui os itens de roadmap disponíveis para essas equipes. Ele também deseja ter uma maneira rápida de indicar o status desses itens. Sid seleciona Status como o atributo cor por, que também faz com que uma legenda apareça na parte inferior da tela, indicando que cor reflete qual status. Ele então salva essas opções como parte da sua "Visualização de trabalho".
OBSERVAÇÃO:
quando você alterna entre cenários diferentes para um roadmap, o agrupamento selecionado no momento para os itens de roadmap permanece o mesmo em todos os cenários.
Gerenciar listas de seleção locais
É possível escolher uma lista de seleção local existente ou procurar uma por nome. Após escolher uma lista de seleção, você poderá editar ou excluir os valores. Se você excluir uma lista de seleção local personalizada que esteja aplicada a uma visualização de roadmap, a lista de seleção padrão será aplicada à visualização. Por exemplo, digamos que você tenha escolhido uma lista de seleção local (MyPicklist01) para o agrupamento Colunas no layout de painel. Você exclui a lista de seleção. A visualização é atualizada e aplica a lista de seleção global padrão de Status ao agrupamento Colunas.
Siga estas etapas:
  1. Abra um roadmap e clique em
    Linha de tempo
    ,
    Painel
    ou
    Grade
    .
  2. Clique em
    Opções de exibição
    .
  3. Clique em
    Gerenciar listas de seleção
    .
    A janela Gerenciar listas de seleção será exibida.
  4. Escolha uma lista de seleção que queira editar.
  5. Edite os valores da lista de seleção da seguinte maneira:
    • Renomeie, exclua ou adicione opções.
    • Mova as opções para cima ou para baixo na lista.
    • Altere as opções de cor.
    • Exclua lista de seleção inteira.
  6. Ao terminar, clique em
    X Fechar
    .
Excluir uma opção da lista de seleção local
  • Se você excluir uma opção da lista de seleção, a coluna ou raia correspondente será desativada e aparecerá indisponível nos layouts. Após mover todos os itens de roadmap da coluna ou raia excluída, ela desaparecerá.
  • Se você excluir uma opção da lista de seleção que tenha recebido uma cor, todos os itens de roadmap existentes continuarão exibindo a cor. Após mover todos os itens de roadmap da coluna ou raia excluída, a coluna ou raia com a cor desaparecerá.
Criar cenários de planejamento de roadmap
Um cenário é uma cópia dos dados de roadmap com um nome exclusivo. Os cenários permitem que você explore as alterações nos itens de roadmap no contexto de um cenário
hipotético
. Por exemplo,
como podemos maximizar o ROI
?
E se adicionarmos 50 recursos? E se aumentarmos o preço contratual para nosso cliente e atrasarmos o envio por seis meses?
Você pode criar vários cenários para um roadmap e indicar qual é o plano de registro e qual é a linha de base. Ao relatar o desempenho do portfólio, você poderá decidir usar apenas um plano (por exemplo, o plano de registro).
Exemplo:
Sid está se preparando para uma reunião com as partes interessadas a fim de rever seu roadmap Trabalho tecnológico para os próximos seis meses. As partes interessadas fazem muitas perguntas. Ele deseja respondê-las visualmente para que elas possam ver o impacto de fazer as mudanças sugeridas. Por exemplo, John deseja saber se a inclusão de mais recursos para os itens de roadmap acelera o tempo de colocação no mercado. Karen deseja saber o impacto no caso de redução da verba e alocação de menos recursos. SID seleciona o cenário padrão e clica em Salvar como para criar um cenário com um novo nome.Ele edita o conteúdo para refletir essas perguntas de cenário. SID cria os seguintes cenários usando o cenário padrão:
  • Trabalho tecnológico com mais recursos
  • Trabalho tecnológico com menos recursos
Conforme você alterna entre os cenários, somente os dados do item de roadmap mudam. Todo o restante permanece igual, inclusive as personalizações de visualização e o agrupamento.
Siga estas etapas:
É possível criar um cenário de qualquer layout de roadmap, copiando ou o cenário padrão, ou um cenário existente.
  1. Abra um roadmap e clique em
    Cenários
    .
    Se você não tiver criado algum cenário, o Cenário padrão aparecerá na lista suspensa Cenário. Se você tiver criado cenários, os existentes também aparecerão no menu.
  2. Selecione o cenário padrão ou um existente e selecione
    Salvar como
    para criar uma cópia desse cenário.
  3. Insira um nome para o novo cenário e clique em
    Salvar
    .
  4. Edite os itens de roadmap específicos a esse cenário. As alterações não são refletidas em outros cenários.
Cenário padrão
Se você não estiver usando cenários, o sistema criará um cenário de roadmap padrão usando os dados do roadmap de base e aplicará a marca POR (Plan of Record - Plano de registro). Até que você crie mais cenários, o cenário padrão e a marca POR não ficarão visíveis.
Linha de base
É possível marcar apenas um cenário por roadmap como uma linha de base. Não é necessário marcar um cenário como uma linha de base. Se um cenário já estiver marcado como o POR, você não poderá marcá-lo como a linha de base. Você pode excluir um cenário de roadmap que seja a linha de base.
POR (Plan of Record - Plano de registro)
Você pode marcar apenas um cenário por roadmap como o plano de registro. Se não existirem cenários para um roadmap, você não poderá editar a marca de plano de registro do cenário padrão para Não. Sempre deve haver um cenário de plano de registro no sistema. Se você tentar excluir um cenário de roadmap que seja o plano de registro, será solicitado a seleção de outro cenário como o plano de registro.
Gerenciar cenários para um roadmap
Você pode editar um item de roadmap e seus atributos em todos os cenários, mas cada alteração é específica a cada cenário.
  1. Abra um roadmap e clique em
    Cenários
    .
  2. Clique no menu suspenso
    Cenário
    e em
    GERENCIAR
    .
  3. Clique no menu
    ⋮ Ações
    próximo a um cenário para gerenciá-lo da seguinte maneira:
    • Renomear o cenário
    • Excluir o cenário
    • Definir o cenário como o POR e remover a marca de POR de qualquer cenário POR anterior.
    • Tornar o cenário a linha de base e remover a marca de linha de base de qualquer cenário de linha de base anterior.
    • Remover a marca de linha de base de uma linha de base.
  4. Clique em
    X Fechar
    .
Selecione uma unidade de ORG para um roadmap
Como gerente de portfólio, você pode restringir e limitar as associações de ORG nos objetos do roadmap. Apenas os usuários com direitos de acesso no nível do ORG ou com direitos globais de roadmap podem exibir os objetos do roadmap associados ao seu ORG. Para associar roadmaps a uma unidade de ORG, consulte na documentação de administração do
Classic PPM
.Após associar um roadmap a um ORG, você poderá selecionar uma unidade de ORG para o roadmap no
Clarity
.
Siga estas etapas:
  1. Vá para um roadmap. Você deve ter os direitos de acesso globais à unidade de ORG ou ao roadmap para exibir ou editar o roadmap.
  2. Clique no botão
    Detalhes
    .
    O atributo de ORG associado ao roadmap será exibido.
  3. Selecione uma unidade de ORG para o roadmap.
    Veja a seguir um exemplo de roadmap com um ORG associado denominado Portfolio Roadmap OBS com duas unidades.
OBS GIF.gif
Criar e usar atributos personalizados para roadmaps
Sid - gerente de portfólio que define roadmaps para criar planos e iniciativas de cima para baixo. Ele deseja vincular um atributo personalizado chamado "nível de confiança" aos itens do roadmap. Ele pode definir o nível de confiança como alto, baixo ou médio e usá-lo para orientar suas decisões de investimento. Vejamos como o administrador do
Clarity
ajuda Sid primeiro criando uma pesquisa e, em seguida, um atributo personalizado.

Siga estas etapas:
  1. Abra o
    Classic PPM
    e selecione
    Objetos
    .
  2. No campo Nome do objeto, digite
    Item de roadmap
    e pressione Enter.
  3. Selecione o objeto
    Item de roadmap
    .
  4. Selecione a guia
    Atributos
    e clique em
    Novo
    para criar um atributo.
  5. Clique em
    Salvar e voltar
    para finalizar suas alterações.
Usando o processo com roadmaps
O objeto Roadmaps foi aprimorado para oferecer suporte a processos nessa release. Agora, é possível chamar processos com base em roadmaps de criação ou de atualizações. Os clientes podem usar um processo para enviar um item de roadmap a outro sistema, como o Rally, para execução.
  • Os roadmaps são eventos ativados de modo a permitir que processos sejam executados neles.
  • O roadmap será exibido como uma opção sob o objeto principal dos processos.
  • Os processos podem ser executados quando você cria e atualiza os roadmaps.
  • Os roadmaps são eventos ativados automaticamente após a atualização. Os clientes têm a opção de "desmarcar" o indicador ativado para evento.
  • Os processos executados para um roadmap só podem ser vistos no
    Classic PPM
    .
  • Os processos criados com itens de ação ainda exigem que você aja sobre eles no
    Classic PPM
    .
  • Os processos não podem ser executados em itens de roadmap. No entanto, a condição de início do processo pode usar roadmap, itens de roadmap ou atributos de dependência de item de roadmap.
  • Se você alterar o nome de um investimento personalizado, o sinalizador Evento ativado será desmarcado.
  • Se você criar um processo de item de ação, o link de notificação para o roadmap não funcionará.
  • Não há nenhuma opção para iniciar um processo Por demanda, mesmo se você selecionar essa opção na definição do processo. Você pode executar esses processos usando a rotina Executar um processo.
Para obter mais informações sobre como você pode aproveitar os processos no
Clarity
, consulte Configurar processos.