Projetos e investimentos do grupo em um programa pai

ccppmop1593
Programas são um tipo especial de projeto de nível superior. Os programas atuam como um pai ou guarda-chuva para um ou mais investimentos filho. Os projetos mestres funcionam como projetos pai para projetos filho. Os gerentes de projeto usam programas para visualizar as horas trabalhadas e o esforço combinados para todos os projetos filho. Dessa maneira, os programas fornecem uma importante
visualização de resumo de cima para baixo
dos objetivos da organização e do plano para atingi-los.
 
 
2
 
 
Diferença entre projetos mestre e programas
Um programa compartilha muito da mesma funcionalidade que os projetos. No entanto, é diferente de um projeto em alguns aspectos importantes. Por exemplo, você não pode criar tarefas que não sejam marcos no nível do programa nem definir uma equipe para um programa. Embora não possa ativar um programa financeiramente, você pode criar um plano financeiro para ele e visualizar os dados do plano em um formato gráfico. Além disso, você pode visualizar as horas trabalhadas combinadas e outros totais de todos os projetos em um programa.
A tabela a seguir ajuda a comparar programas, projetos mestre e subprojetos:
Atributo ou capacidade
Programa
Projeto mestre.
 
Projeto
Observações
Exibe a soma dos valores dos subprojetos
Sim
Sim
Não aplicável
É possível exibir as horas trabalhadas e o esforço combinados para todos os integrantes da equipe associados aos projetos incluídos em um programa. Para projetos mestre, é possível exibir, na guia Hierarquia, o acúmulo de esforço de todos os subprojetos associados. O projeto mestre pode ter seu próprio conjunto de integrantes da equipe, horas trabalhadas e números relativos ao esforço.
Atribuir integrantes a uma equipe
Não
Sim
Sim
Não é possível atribuir uma equipe no nível do programa. As funções na página de equipe alocada do programa são agregadas a partir de subprojetos do programa e são somente leitura. A função do projeto atribuída a um integrante da equipe é exibida. Se um recurso não possuir uma função de integrante da equipe atribuída, seu nome será exibido individualmente na lista. Não é possível editar essa lista.
Adicionar participantes
Sim
Sim
Sim
É possível adicionar participantes a todos os três.
Aplicar uma EAP
Não
Sim
Sim
Como não é possível definir equipes para os programas ou adicionar a eles tarefas que não sejam marcos, eles não podem incluir uma EAP (Estrutura Analítica do Projeto).
Criar tarefas
Somente marcos principais
Sim
Sim
É possível adicionar marcos a programas, mas não é possível adicionar tarefas ou estimativas de tarefas.
Planejamento financeiro
Sim
Sim
Sim
É possível criar orçamentos e previsões para todos os três.
Estabelecer conexão com um agendador
Somente leitura
Leitura/gravação
Leitura/gravação
Os programas não contêm horas trabalhadas. Os programas só podem ser visualizados no modo somente leitura em agendadores da área de trabalho, como o CA Open Workbench ou o Microsoft Project.
Criar a partir do modelo
Não
Sim
Sim
Não é possível usar programas como modelos. Também não é possível criar programas a partir de modelos. Os programas não são ativados financeiramente e não podem conter uma equipe alocada ou tarefas. No entanto, você pode criar um projeto a partir de um modelo e, em seguida, converter o projeto em um programa.
Criar um programa
Como gerente de projeto, você pode criar um programa.Assim como no caso de projetos, é possível avaliar uma lista predefinida de riscos de programas e criar e acompanhar riscos, ocorrências e solicitações de mudança. 
Não é possível usar programas como modelos para novos programas. No entanto, você pode usar um modelo de
projeto
para programas futuros executando estas etapas:
  1. Designe um modelo de
    projeto
    com as configurações padrão para
    programas
    futuros.
  2. Remova todas as tarefas e horas trabalhadas. Os programas nunca são ativados financeiramente e não podem conter uma equipe alocada ou tarefas.
  3. Crie um
    projeto
    a partir de um modelo.
  4. Converta um
    projeto
    novo em um
    programa
    .
 
Siga estas etapas:
 
  1. Clique em
    Página inicial
    ,
    Gestão de portfólios
    ,
    Programas
    .
  2. Clique em
    Novo
    .
  3. Preencha os seguintes campos:
    • Pool de atribuição
      : especifica o pool de recursos permitidos ao atribuir recursos a programas.
      • Somente equipe
        : permite somente integrantes da equipe alocada.
      • Pool de recursos
        : permite integrantes da equipe alocada e quaisquer recursos adicionais fornecidos pelos seus direitos de acesso de reserva do projeto. Com essa opção, quando você atribui um recurso a um programa, ele também será adicionado como integrante da equipe.
    • Exibição de painel
      : selecione um layout de página do painel para visualizar os dados do projeto ou programa. Os valores para esse campo incluem os seguintes dois layouts padrão e três layouts do complemento do Acelerador de PMO.
      • PMO- Status do programa
        : veja o exemplo nesta página.Consulte a documentação dos Relatórios avançados do PMO para obter mais detalhes.
      • PMO-Status do projeto
        : consulte a documentação dos Relatórios avançados do PMO para obter um exemplo.
      • PMO-Roteiro do projeto
        : consulte a documentação dos Relatórios avançados do PMO para obter um exemplo.
      • Layout do programa
        : visualize os dados do orçamento no painel.Veja o exemplo nesta página.
      • Layout padrão do projeto
        : visualize os gráficos padrão de mão-de-obra e de utilização da equipe no painel.
    • Etapa
      : define a etapa definida pela empresa para o programa.
    • Nível de prioridade
      : aplicável apenas se você pretende trabalhar com o projeto no Open Workbench. O número inserido é uma pontuação da importância do projeto em relação a outros projetos da organização. Essa pontuação controla a ordem em que as tarefas são programadas durante a execução do Cronograma automático, sujeita a restrições de dependência.
      Valores:
      de 0 a 36, sendo que 0 é o mais alto.
    • Método de cálculo do % concluído
      : especifica o método para calcular o valor de % concluído para o projeto e tarefas.
      Valores:
      • Manual
        : use este método para inserir o % concluído do projeto, o resumo e as tarefas detalhadas manualmente. Além disso, selecione esse método de cálculo se você estiver usando o
        Classic PPM
        com o Microsoft Project ou se estiver usando uma rotina externa para calcular o % concluído. O campo % concluído é exibido na página de propriedades da tarefa. Ao usar o método manual, o status de uma tarefa não é alterado automaticamente. O status da tarefa muda apenas quando você atualiza manualmente o valor de % concluído ou o status.
      • Duração
        : use este método para acompanhar o % concluído com base na duração. A duração é uma medida do período total do tempo de trabalho ativo de uma tarefa, desde a data de início até à data de término.
        Cálculos concluídos para percentual de tarefa detalhada e resumo
        Calculations for Summary and Detail Task Percent Complete
      • Esforço
        : use este método para calcular automaticamente o % concluído do resumo e as tarefas detalhadas, com base nas unidades de trabalho concluídas por atribuições de recursos. Se você atribuir a um recurso que não seja de mão-de-obra, o esforço e as horas trabalhadas desse recurso serão ignorados no cálculo.
      Padrão:
      manual
      Observação
      : defina o método de cálculo do % concluído no início do projeto e não altere esse valor.
  4. Na seção
    Organogramas
    , insira o nó do ORG para o programa. Os campos do ORG variam de acordo com a organização para oferecer suporte aos propósitos de segurança, da unidade de negócios e da geração de relatórios. Por exemplo, no campo
    ORG de departamento
    , você pode informar o departamento financeiro associado ao programa. Geralmente, é necessário que um
    ORG de local
    associado a um programa esteja na mesma entidade financeira que o departamento. 
  5. Clique em
    Salvar
    .
Depois de criar um programa, você poderá abri-lo no CA Open Workbench. Selecione
Workbench [somente leitura]
no menu
Abrir no agendador
, na parte superior direita da página.
Exemplos de layout do Painel do programa
Selecione um layout de página do painel para visualizar os dados do projeto ou programa. A imagem a seguir mostra dois exemplos de layouts de programa:
 
program_dash.jpg
 
Converter um projeto em um programa
Como gerente de projetos, é possível converter um projeto existente em um programa nestas circunstâncias:
  • O projeto não contém tarefas.
  • O projeto não contém equipes.
  • O projeto não está ativado financeiramente.
Após a conversão, você poderá abrir o programa e adicionar subprojetos e participantes. Você também poderá editar as propriedades do programa. O campo
Modelo
, utilizado para designar um projeto como um modelo, desaparece. Não é possível usar programas como modelos, pois não se pode ativá-los financeiramente e porque eles não podem conter equipes alocadas ou tarefas. 
Siga estas etapas:
  1. Abra um projeto.
  2. Clique na guia
    Propriedades
    e selecione
    Configurações
    .
  3. Marque a caixa de seleção de
    Programa
    .
  4. Clique em
    Salvar
    .
    O projeto é convertido em um programa e não aparece mais na lista de projetos.
Definir as datas de início e de término do programa
Como gerente de projetos, você pode definir as datas de início e término do programa usando a página de programação das propriedades do programa. As datas incluem as datas de início e término de todos os projetos contidos no programa. Certifique-se de definir as datas de todas as tarefas de marcos do programa considerando a duração do programa.
O campo A partir da data não se aplica a programas, os quais não podem conter estimativas no nível de tarefa.
 
Siga estas etapas:
 
  1. Abra um programa.
  2. Clique no menu
    Propriedades
    e clique em
    Cronograma
    .
  3. Preencha a seção
    Programação
    :
    Definir datas de custos planejados
    : especifica se as datas do custo planejado serão sincronizadas com as datas de investimento. A seleção da opção de um plano financeiro detalhado não afeta as datas do custo planejado.
    A partir da data
    : define a data para incluir dados nas estimativas de tempo e orçamento. Essa data é usada em cálculos de EVA (Earned Value Analysis - Análise de valor agregado), como COTA (Budgeted Cost of Work Scheduled - Custo Orçado do Trabalho Agendado) e direciona os cálculos de custos. A EPT de um projeto não é programada na Data a partir de, ou antes dela.
    Andamento
    : indica o nível do trabalho concluído nas tarefas do projeto. Use as seguintes diretrizes:
    Não iniciado = 0%
    Iniciado = 1% - 99%
    Concluído = 100%
    Nível de prioridade
    : com o CA Open Workbench, este campo define a importância relativa deste projeto em relação a todos os outros projetos. A prioridade controla a ordem na qual as tarefas são programadas durante a operação do Cronograma automático. A prioridade está sujeita a restrições de dependência.
    Valores: de 0 a 36, sendo 0 o mais alto.
    Padrão: 10
    Indicador de status
    : indica o status do projeto.
    Valores do semáforo:
    Verde: o projeto está em dia.
    Amarelo: há uma pequena variação no status geral do projeto.
    Vermelho: há uma variação significativa no status geral do projeto.
    Comentário de status
    : define qualquer comentário sobre o status do projeto.
  4. Clique em
    Salvar
    .
A partir da release 14.4, os valores de pesquisa de
Status do relatório de status
padrão mudam de
Pequena variação
para
Requer ajuda
e de
Variação significativa
para
Em risco
. O valor
Em dia
permanece o mesmo. Consulte as
Notas da versão do Acelerador de PMO 14.4
, na edição 14.4 da documentação.
Definir as opções padrão de definição de equipe
Como gerente de projeto, você pode definir as opções padrão de definição de equipe do projeto na seção Definição de equipe da página de cronograma das propriedades do programa. É possível definir uma unidade de ORG da equipe alocada padrão como um requisito de definição de equipe. Você pode mapear as funções para unidades de ORG com gerentes de recursos.
Por exemplo, você precisa de um desenvolvedor (função) de Atlanta (unidade de ORG). Use o valor do ORG padrão do projeto para direcionar a requisição da função para o gerente de recursos que aloca os recursos em Atlanta. Também é possível usar o ORG da equipe alocada durante o planejamento de capacidade. Por exemplo, você pode filtrar a capacidade e a demanda por ORG da equipe alocada.
 
Siga estas etapas
:
  1. Abra um projeto.
  2. Clique no menu
    Propriedades
    e selecione
    Definições
    .
  3. Na seção
    Horas e equipe alocada
    , preencha os seguintes campos:
    Unidade de ORG da equipe alocada padrão:
    define uma unidade de ORG padrão como um requisito de definição de equipe alocada. O aplicativo usa esse valor ao adicionar integrantes da equipe alocada a este projeto. A unidade de ORG da equipe alocada padrão pode ser um pool de recursos, um local específico ou um departamento. Você pode preencher as funções com precisão mapeando-as em relação às unidades de ORG e aos gerentes de recursos. A unidade de ORG da equipe alocada padrão é usada como um filtro durante o planejamento de capacidade para analisar a demanda em relação à sua capacidade. Por exemplo, use o ORG para descobrir se você dispõe de capacidade suficiente para atender à demanda de desenvolvedores em um local específico.
    Aprovação de requisição obrigatória:
    especifica se as requisições de recurso precisam de aprovação antes de serem reservadas. Quando você selecionar essa opção, os recursos precisarão do direito de acesso Projeto - Editar para reservar os recursos propostos para um projeto ou rejeitá-los. Se os recursos também tiverem direitos de reserva definitiva, eles poderão fazer a reserva definitiva desses recursos diretamente para o projeto. Sem esse direito de acesso, os recursos poderão apenas propor recursos para enviar a reserva para aprovação.
    O exemplo a seguir demonstra um possível cenário quando você selecionar essa opção.
    1. Você solicita um recurso nomeado. 
    2. O gerente de reservas propõe o mesmo recurso e alocação. 
    3. O software aprova a proposta e envia uma notificação. Nenhuma aprovação formal será necessária.
  4. Salve as alterações.
Abrir e fechar projetos para acompanhamento de horas
Como gerente de projeto, você pode permitir que os integrantes da equipe alocada acompanhem as horas gastas em tarefas do projeto em suas planilhas de horas. O perfil do integrante da equipe também deve ser aberto para inserir horas em tarefas do projeto.
Siga estas etapas:
  1. Abra um projeto.
  2. Abra o menu
    Propriedades
    e clique em
    Definições
  3. Na seção Acompanhamento da página, preencha os seguintes campos:
    • Aberto para entrada de horas
      Indica se os integrantes da equipe podem inserir horas em suas planilhas de horas para esse investimento. Marque a caixa de seleção para ativar o investimento para entrada de horas. Desmarque essa caixa de seleção para que o integrante da equipe não consiga registrar horas para um projeto específico.Cada integrante da equipe também deve ser ativado para entrada de horas.Quando o projeto é criado, é usada a seleção padrão para essa opção.Depois que o projeto é criado, é possível editar a seleção padrão.  
      A configuração desse campo do projeto não causa impacto na configuração de entrada de horas da equipe nem da tarefa do projeto.
    • Modo de acompanhamento
      Indica o método de acompanhamento usado para inserir horas para esse investimento.
      Valores:
      • Clarity
        (Clarity). Os integrantes da equipe alocada inserem o tempo relativo às tarefas atribuídas usando as planilhas de horas (este é o valor padrão).
      • Nenhum. Os recursos que não são de mão-de-obra, como despesas, materiais e equipamentos, acompanham as horas trabalhadas por meio de vouchers de transação ou um agendador, como o Open Workbench ou o Microsoft Project.
      • Outros. Indica que as horas trabalhadas são importadas de um programa de terceiros.
    • Código de encargo
      Selecione um código de encargo padrão a ser usado para todas as tarefas do projeto. Se você inserir diferentes códigos de encargo no nível da tarefa em planilhas de horas, esses códigos substituirão o código de encargo no nível do projeto.
  4. Envie as alterações.
Criar um orçamento do programa
Como gerente do programa, você pode criar um orçamento simples que se aplique apenas ao programa e não aos seus subprojetos. É possível exibir os dados do orçamento do programa e os dados do orçamento gerados a partir de seus subprojetos na página do programa denominada Painel.
Limpe o campo Calcular métricas financeiras e salve as alterações para disponibilizar os seguintes campos financeiros para a entrada de dados:
  • VPL planejado
  • ROI planejado
  • Breakeven planejado
  • IRR planejado
  • MIRR planejado
  • Período de retorno de investimento planejado (meses)
 
Siga estas etapas:
 
  1. Abra um programa.
  2. Abra o menu
    Propriedades
    e clique em
    Orçamento
    .
  3. Defina o valor de
    Moeda
    usado para calcular os valores de orçamento e previsão do programa. Para sistemas com uma única moeda, a moeda local padrão será usada.
  4. O campo
    Calcular métricas financeiras
    especifica se os campos de métrica financeira são preenchidos automaticamente usando as fórmulas. Esse campo é marcado por padrão. Para digitar seus próprios dados, limpe esse campo e salve suas alterações. Para usar os valores calculados, marque a caixa de seleção.
  5. Dependendo da sua seleção na etapa anterior, exiba ou edite os campos a seguir:
    • Custo de capital planejado
      Define o valor do custo de capital planejado distribuído entre as datas de início e término do custo planejado do programa.
    • Custo operacional planejado
      Define o valor do custo operacional planejado distribuído entre as datas de início e término do custo planejado do programa.
    • Benefício planejado
      Define o valor do benefício financeiro antecipado distribuído entre as datas de início e término do benefício planejado do programa.
    • Início do benefício planejado
      Define a data programada em que você antecipará os benefícios para iniciar o programa.
    • Conclusão do benefício planejado
      Define a data programada em que você antecipará os benefícios para o fim do programa.
    • VPL planejado
      Define o valor de VPL (Net Present Value - Valor Presente Líquido) do programa calculado por meio da fórmula a seguir:
      Cálculo para VPL planejado
      Calculation for Planned NPV
    • ROI planejado
      Define o valor do ROI (Return on Investment - Retorno sobre o Investimento) planejado para o programa calculado por meio da seguinte fórmula:
      Cálculo para ROI planejado
      Calculation for Planned ROI
    • Breakeven planejado
      Define a data em que você espera recuperar todos os custos iniciais de financiamento deste programa. Após essa data, exceto quando se tratar de programas sem fins lucrativos, líder em prejuízo ou de recuperação de custos, as receitas do programa começarão a contribuir com o ROI.
    • TIR planejada
      Define a taxa interna de retorno ou taxa de desconto usada para atingir VPL zero para o programa.
    • TIRM planejada
      Define a taxa interna de retorno modificada usada para mensurar a atratividade do projeto.
    • Períodos de retorno de investimento planejado (meses)
      Define o número de períodos mensais necessários para que a soma dos fluxos de caixa esperados seja igual à despesa inicial do projeto.
  6. Salve as alterações.
Adicionar projetos a programas
Assim como os subprojetos adicionados aos projetos, os dados não são compartilhados entre os projetos adicionados a programas. No entanto, ao contrário dos projetos mestres, os programas geram e exibem horas trabalhadas combinadas e estimativas para todos os subprojetos que ele contém. Além disso, é possível exibir informações de orçamento no nível do programa e do projeto na página de painel do programa.
Os projetos adicionados aos programas mantêm todos os dados que continham como projetos independentes. Os dados incluem informações financeiras e de planejamento complexas, estruturas analíticas do projeto e equipes de funcionários. É possível registrar vouchers e transações da planilha de horas no projeto. Os projetos contidos nos programas continuam disponíveis na página de lista de projetos.
Siga estas etapas:
  1. Abra um programa.
  2. Clique em
    Propriedades, Principal, Subprojetos
    .
  3. Clique em
    Adicionar
    .
  4. Selecione os projetos a serem adicionados ao programa e clique em
    Adicionar
    .
Visualizar uma combinação de horas trabalhadas e estimativas de subprojetos
A linha Total na página de propriedades de subprojetos exibe o número total de horas trabalhadas e estimativas acumuladas e inseridas em todos os projetos do programa.As células na linha Total exibem o total combinado dos dados de cada coluna.As informações a seguir descrevem as colunas e os dados exibidos na página:
  • Contagem
    Os subprojetos podem ter seus próprios subprojetos. Esse número indica quantos subprojetos um subprojeto (ou no caso de um programa, um projeto) contém.
  • Horas trabalhadas
  • Exibe as horas trabalhadas registradas para as tarefas de cada projeto. O número na célula Total reflete as horas trabalhadas combinadas de todos os projetos do programa.
  • EPT
    Exibe o número de EPT (Estimativa para Terminar) para cada projeto no programa. O número na célula Total reflete a EPT combinada de todos os projetos do programa.
  • Esforço total
    O esforço total equivale a horas trabalhadas + EPT restante. As células na coluna refletem o esforço total para cada projeto. O número na célula Total reflete o esforço combinado de todos os projetos do programa.
  •  
    % gasto
    Exibe o percentual de uso do recurso gasto nesse subprojeto. O valor na célula Total reflete o percentual combinado de todos os projetos do programa.
  • Linha de base
    Exibe o número de usos da linha de base mais recente do projeto. A utilização se refere ao Esforço total (horas trabalhadas + EPT restante) até o momento.
  • Status
    Esse semáforo indica se o projeto está aprovado (verde), em espera (amarelo) ou não aprovado (vermelho). O semáforo na célula Total proporciona uma visão geral indicando se todos os projetos do programa foram aprovados.
  • Programação
    O semáforo indica se um projeto está de acordo com o cronograma ou se existe a possibilidade de atraso. Na linha Total, o semáforo fornece uma visão geral informando se a maioria dos projetos no programa está dentro do prazo.
Criar dependências do programa
Da mesma maneira que um projeto, o programa é considerado um investimento em um portfólio. Outros tipos de investimentos são ativos, aplicativos e produtos. Como gerente de projetos, você pode indicar relações de dependência existentes entre investimentos em um portfólio usando a página de dependências das propriedades do programa.Uma dependência pode ocorrer quando uma tarefa em um investimento deve ser concluída para que uma tarefa em outro investimento possa ser iniciada. E se for necessário cancelar um ou mais dos projetos em um programa porque um determinado aplicativo em execução está significativamente acima do orçamento.
As informações de dependência são utilizadas na criação de cenários de gestão de portfólio. Você também pode exibir relações de dependência na página Fronteira eficiente dentro de cenários. Os cenários incluem dados de investimentos identificados na página de dependências das propriedades do programa.
Siga estas etapas:
  1. Abra um programa.
  2. Clique em
    Propriedades
    ,
    Principal
    e em
    Dependências
    .
  3. Selecione uma dependência no menu suspenso:
    • Investimentos que dependem deste: crie uma ou mais dependências que dependam desse programa.
    • Investimentos dos quais este é dependente: crie uma ou mais dependências das quais esse programa dependa.
    A estrutura de dependências é criada de acordo com suas seleções.
  4. Clique em
    Adicionar
    .
    A página Selecionar investimentos é exibida.
  5. Marque a caixa de seleção ao lado do programa ou investimento para o qual criar uma dependência e clique em
    Adicionar
    .
    A página de propriedades de dependências é exibida listando a dependência do projeto.
  6. Filtre a lista por tipo de investimento.
    Os investimentos (por tipo) aos quais você possui direitos de acesso são exibidos na lista.
  7. Marque a caixa de seleção ao lado do investimento para criar a dependência e clique em
    Adicionar
    .
    O investimento é exibido na lista como uma dependência na página de dependências.Depois de criar uma dependência do programa, você poderá exibir uma lista dos investimentos que dependem de um programa usando a página de dependências das propriedades do programa. Você também pode exibir relações de dependências na página Cenário: Fronteira eficiente dentro de cenários. A página inclui dados dos investimentos identificados na página de dependências das propriedades do programa.
  8. Para remover uma dependência, selecione-a e clique em
    Remover
    .
Monitorar o desempenho do programa
Ao selecionar Layout do programa como opção de layout na página de propriedades do programa, é possível visualizar os dados de ROI (Return on Investment - Retorno sobre o Investimento) na página do painel do programa. Isso se aplica se você criar um orçamento no nível do programa. Você pode exibir resumos do esforço total e das horas trabalhadas acumuladas para todos os projetos do programa. Também é possível comparar informações gerais de benefícios no nível do programa com informações de benefícios combinadas para todos os projetos do programa.
Por padrão, essa página contém os portlets a seguir:
  • Portlet Geral. Visualização somente leitura mostrando informações básicas sobre o programa, como nome, ID e datas de início e término. O ícone no campo Indicador de status exibe o status do programa.
  • Portlet Esforço de recurso de mão-de-obra Exibe informações atualizadas de horas trabalhadas, EPT e alocação do programa.
  • Portlet Utilização de equipe. Exibe o esforço total por recurso em todas as tarefas do programa às quais o recurso está atribuído. É possível detalhar a visualização para exibir a utilização por tarefa e recurso individual.
Adicione ou remova portlets para personalizar a página. O administrador pode personalizar usando a página de portlets de layout do programa do conteúdo do Painel a partir do Studio.
Abrir uma liberação associada a um projeto ou programa
Liberações representam novos produtos a serem entregues. Como gerente de projetos, você pode vincular liberações ao projeto ou ao programa para acompanhar o esforço de implementação da liberação. Essa associação é estabelecida a partir da liberação. Não há um limite para o número de liberações que podem ser associadas a um projeto ou programa.
Siga estas etapas:
  1. Abra um projeto ou programa.
  2. Abra o menu Propriedades e clique em Liberações associadas.
    A página de propriedades da liberação associada é exibida.
  3. Clique no nome de uma liberação.
Desvincular projetos ou programas de liberações
É possível desvincular uma release de um projeto ou programa ao qual ela está associada usando a página de propriedades da release. Você também pode remover a associação. Abra a liberação e desvincule-a do projeto ou programa. A liberação é removida da lista na página de propriedades da liberação e é desvinculada do projeto ou programa.
Cancelar os programas marcados para exclusão
É possível cancelar um programa que está marcado para exclusão nestas situações:
  • A rotina Excluir investimentos não foi executada desde o momento em que você marcou o programa para exclusão.
  • O programa permanece inativo e relacionado na página Lista de programas.
  • Não foram adicionadas entradas de horas ao programa.
Na release 15.5.1, a rotina
Excluir investimentos
foi renomeada para
Excluir investimentos e períodos de relatório de horas
.
Quando um programa inativo marcado para exclusão é cancelado, ele não é excluído quando a rotina Excluir investimentos é executada. Programas inativos continuam a aparecer na lista de programas inativos.
 
Siga estas etapas
:
  1. Clique em
    Página inicial
    ,
    Gestão de portfólios
    ,
    Programas
    .
  2. Expanda o filtro. Pesquise a lista de programas
    inativos
    .
    Uma lista de programas inativos será exibida.
  3. Marque a caixa de seleção ao lado do programa e clique em
    Cancelar exclusão
    .
  4. Clique em
    Sim
    para confirmar.