Política de modificação

ccppmop1593
Esta carta de política de modificação descreve a diferença entre as
configurações
e as
personalizações
do produto
Classic PPM
e o escopo do suporte técnico em relação a ambas.
Essa política se aplica a todas as releases ativas do
Classic PPM
On-Premise e do
Classic PPM
SaaS, entre elas, 15.x, 14.x e 13.x, bem como releases mais antigas.
Configurações
Configurações
são o uso de recursos documentados para modificar o comportamento do produto como enviado. Exemplos de recursos documentados que você pode usar para criar configurações são: fluxos de processos, portlets do Studio e integrações com o XOG. A CA oferece suporte aos recursos documentados, mas não às configurações relacionadas. Por exemplo, o recurso do Studio usado para criar um portlet gráfico tem suporte, mas não as particularidades do código NSQL subjacente para fornecer dados para o portlet. Nessas situações, a CA garantirá que recursos documentados estejam funcionando conforme esperado dada a alteração de configuração específica, mas a CA não solucionará problemas de configuração em si. Além do NSQL, outros exemplos de alterações de configuração sem suporte são scripts GEL, alterações feitas nos universos do Business Objects, domínios, atributos de relatórios e integrações personalizadas do XOG que podem ou não resultar em problemas de desempenho. A CA trabalhará com o cliente para isolar problemas experimentados ao usar recursos documentados para confirmar se eles são resultado da execução incorreta de recursos do produto (e não configurações criadas ou implementadas incorretamente).
Personalizações
Personalizações
são o uso de meios não documentados para modificar o comportamento do produto. São exemplos de personalizações adições de esquemas de banco de dados, disparadores e modificações no código. Todas as personalizações de código devem ser prefixadas com Z_ para auxiliar o cliente e CA a identificar onde há personalizações no sistema.
O cliente precisa entender que, embora as configurações sejam atualizadas de uma versão para a outra com as modificações intactas (se ainda forem válidas na nova versão), o mesmo não ocorre com as personalizações.As personalizações devem ser, pelo menos, reaplicadas aos sistemas atualizados e, em muitos casos, talvez precisem ser reformuladas e reimplementadas para funcionarem com os recursos alterados do produto.A CA oferecerá suporte a um sistema personalizado excluindo apenas as partes diretamente afetadas pelas personalizações. O Suporte normalmente solicitará que o cliente remova uma personalização por motivos de diagnóstico quando houver a possibilidade de ela estar contribuindo com o problema que estiver sendo diagnosticado no produto ou encobrindo-o.O cliente deve atender a essa solicitação para receber o suporte ao produto.
A CA poderá, a seu critério, revisar as personalizações e recomendar alternativas; em alguns casos, o Suporte poderá informar o cliente que não oferecerá suporte ao sistema se a personalização em questão for usada. Personalizações não são aceitas em ambientes SaaS (Software-as-a-Service) do
Clarity
em hipótese alguma.
Diretrizes para modificação
Para reduzir o risco de a CA negar o suporte para um determinado problema causado pelas modificações, siga estas diretrizes:
  • Não adicione campos às tabelas de bancos de dados padrão. Em vez disso, crie novas tabelas para armazenar dados personalizados que podem ser unidos à tabela padrão.
  • Acesso direto às tabelas padrão deve ser somente leitura; para atualizar tabelas padrão, use os recursos XOG.
  • Disparadores devem ser ativados condicionalmente, e as condições devem ser incomuns. Os disparadores somente devem ler dados padrão. Eles devem ser simples e ser escritos para evitar bloqueios. Os disparadores devem ser desativados durante as atualizações.
  • Todos os objetos de banco de dados personalizados devem ser removidos antes da atualização do produto e ser adicionados posteriormente.
  • Não modifique o código-fonte, incluindo Java, XML, XSL, XBL, PMD e todos os outros arquivos de sistema fornecidos com o produto.