Notas da versão do ems (Event Managment Service – Serviço de Gerenciamento de Eventos)

Índice
uimpga-ga
ems_RN
O probe ems é um serviço de gerenciamento de eventos e alarmes de núcleo do CA UIM.
Índice
2
Histórico de revisões
Os casos de suporte podem não estar visíveis para todos os clientes.
Versão
Description
Estado
Data
10.23
(Incluído no UIM 20.1.0)
  • Foi atualizada a versão do probe para estar em sincronia com o UIM 20.1.0.
GA
Março de 2020
10.22
O que há de novo:
  • (10.20 HF1) Correção de um problema em que páginas, relatórios e painéis do USM ficavam lentos após a atualização para o CA UIM 9.0.2. (Caso de suporte: 01234697)
  • (10.20 HF2) Correção de um problema em que o probe ems não estava iniciando após a atualização para o CA UIM 9.0.2 em um ambiente HA. Uma propriedade adicional (ha_address) agora está disponível no probe ems para configurar o endereço do hub secundário em que o HA está implantado. Portanto, para aplicar o hot fix, desative o ems, implante o hot fix, inicie o ems, atualize o endereço do HA no parâmetro ha_address e reinicie o ems. (Caso de suporte: 01243139)
  • Correção de um problema em quem o ems no hub principal falhava ao iniciar quando o probe HA 1.45 estava ativo no hub secundário. (Caso de suporte: 01237349)
  • (10.20 HF3) Esse hot fix fornece as seguintes correções e melhorias:
    • Correção de um problema em que o UMP não estava carregando alarmes e permanecia no estado carregando. (Caso de suporte: 01280212)
    • Correção de um problema em que os alarmes não estavam sendo encaminhados do CA UIM para o CA Spectrum. (Caso de suporte: 01280212)
    • Os parâmetros para número máximo de conexões ativas (max_active_pool_connections) e conexões de banco de dados ociosas (max_idle_pool_connections) tornaram-se configuráveis. (Caso de suporte: 01280212)
    • Atualização de commons-pool2 e commons-dbcp2 do Apache para as versões 2.6.0 para resolver problemas de vazamento de memória na biblioteca. (Caso de suporte: 01280212)
    • Aprimoramento do log do ems para verificação do número de conexões de banco de dados que o probe está usando. (Caso de suporte: 01280212)
    • ID do segmento de impressão nos logs do ems para capturar o rastreamento da pilha de cada solicitação. (Caso de suporte: 01280212)
    • IDs do alarme de impressão dos alarmes que são retornados ao CA Spectrum durante a sincronização incremental. (Caso de suporte: 01280212)
    • Correção de um problema em que os usuários estavam atingindo o tempo limite de leitura com o probe maintenance_mode. Para resolver esse problema, o valor de maintenance_mode_cmd_timeout na configuração do ems foi elevado para 180000 ms. (Caso de suporte: 01245017)
      Esse hot fix não se aplica ao CA UIM 8.5.1 se ele estiver usando o banco de dados do Microsoft SQL Server e o modo de autenticação do Windows para autenticação.
  • (10.18 HF2) Correção de um problema em que o Console de alarmes não estava atualizando alarmes. O probe ems também estava parando depois de algum tempo. (Caso de suporte: 01151288)
  • Resolução de um problema em que o probe ems não estava funcionando. O probe estava se reiniciando uma vez a cada minuto, obtendo um novo PID, não obtendo uma porta e criando um arquivo MDUMP de 250 MB. (Caso de suporte: 01305917)
  • Atualização do probe como parte da correção das vulnerabilidades e exposições comuns pela atualização das bibliotecas jackson-databind. Para obter mais informações e números CVE, consulte Corrigindo vulnerabilidades de Jackson.
  • O CA UIM 9.2.0 adotou o OpenJDK 8u212 em vez do Oracle JDK. Devido a essa mudança, o CA UIM 9 SP1 (9.1.0) que usava o Oracle JDK (JRE) 8u212 não está mais disponível e foi removido do site de suporte. Todas as funcionalidades incluídas no 9.1.0 foram lançadas agora como parte do CA UIM 9.2.0. Consequentemente, todas as referências à release 9.1.0 e à versão 9.10 do probe (lançadas com ele) também foram removidas da documentação desse probe. Recomendamos que você migre para a versão 9.20 desse probe, já que a versão anterior 9.10 não está mais disponível. Para obter mais informações sobre o uso do OpenJDK no CA UIM, consulte Adotando o OpenJDK.
GA
Agosto de 2019
10.20
O que há de novo
  • Agora o ems fornece reconhecimento e conformidade de alta disponibilidade para tolerância a falhas. Um novo parâmetro "isprimary" foi adicionado ao probe ems. Por padrão, quando o probe ems está em execução no hub principal, ele é definido como True. Quando ocorre a tolerância a falhas e o ems está em execução no hub secundário, o parâmetro é "isprimary = false".
  • Este probe foi atualizado para resolver as vulnerabilidades CVE-2018-13820 e CVE-2018-13819 no CA UIM 9.0.2.
  • Atualizado este probe como parte da remoção de vulnerabilidades de segurança do CA UIM 9.0.2 usando os componentes atualizados do MariaDB.
GA
Outubro de 2018
10.18
O que há de novo
  • Atualizado o probe como parte do suporte ao TLS v1.2 no CA UIM para estabelecer uma comunicação segura com os bancos de dados do UIM: Microsoft SQL Server e Oracle.
GA
Junho de 2018
10.17
O que há de novo
  • Atualização periódica do cache do banco de dados
  • O Gerenciador de ações agora usa o banco de dados incorporado do ems (MapDB) em vez do banco de dados principal do UIM para melhorar o desempenho
  • As regras não são mais classificadas por importância
  • Ative/desative regras sem transmitir a definição completa da regra
  • Ativação do carregamento dinâmico das alterações do arquivo ems.cfg sem uma reinicialização. Isso possibilita alterar as definições de configuração do ems durante a execução do ems sem interromper as filas existentes.
  • Todos os alarmes abertos do EMS que são armazenados no banco de dados incorporado do ems (MapDB) serão sincronizados com o banco de dados do UIM (nisdb)
  • A atualização do ems 9.x para o 10.17 requer a exclusão do cache. Consulte as Considerações sobre a instalação abaixo para obter os procedimentos.
    O nas (Servidor de alarmes) v9.00 é um pré-requisito para atualizar para o ems v10.17. Se você estiver usando uma versão anterior do nas, atualize para o nas 9.00.
Defeitos corrigidos
  • O EMS não retorna mais uma NullPointerException quando uma id de alarme, que não existe mais, é fornecida nas chamadas de alarmes de fechamento.
  • Correção de uma ocorrência na qual uma chamada de alarmes webservices_REST retornava a mesma hora para
    timeArrival
    e
    timeOrigin
    . A chamada agora retorna a marca de data e hora correta para cada parâmetro.
    Caso de suporte: 715331
  • Correção de comportamento para que a definição da configuração do EMS, Ativar a sincronização de alarmes do banco de dados do UIM, permaneça selecionada após uma atualização de página na janela de configuração.
    Caso de suporte: 751590
  • Agora, as chamadas de webservices_REST oferecem suporte a expressões regulares em filtros de alarme.
    Caso de suporte: 738122
  • Durante o aumento de atividades simultâneas no UMP e UIM, as solicitações de alarme do EMS são enviadas, em vez de serem armazenadas em backup na fila.
  • Correção de nomes de caminho com ortografia incorreta no programa de instalação do UIM que impedia a inicialização do EMS.
    Caso de suporte: 739367
  • Correção de uma ocorrência na qual, quando o UIM era instalado em um caminho que contém
    NimBUS
    em vez de
    Nimsoft
    (por exemplo:
    NimBUS/probes/services/ems
    ), o EMS falhava ao iniciar.
    Caso de suporte: 00739367
  • Correção de uma ocorrência na qual arquivos e diretórios em
    ems/db
    não eram excluídos de acordo com o cronograma de retenção.
    Caso de suporte: 00728785
GA
Março de 2018
9.00
O que há de novo
  • Adicionado o catálogo de regras do Gerenciador de ações. O Gerenciador de ações permite:
    • Realizar ações em relação aos alarmes usando critérios de filtro definidos
    • Fechar alarmes
    • Programar ações em relação aos alarmes
    • Enviar emails
  • Adicionada a classe 
    CsvCache
     à API de alarme do ems. A classe CsvCache contém métodos que fornecem acesso conveniente aos dados de referência que são armazenados em arquivos CSV.
  • Adicionado o método 
    getAlarms()
     à API de alarme do ems.
  • Atualizada a configuração do probe ems com as opções 
    Ativar a sincronização de alarmes do banco de dados do UIM
    e
    Intervalo de sincronização de alarmes do banco de dados do UIM (segundos)
    .
  • O probe ems foi atualizado para conter o nas_api_service. Por causa dessa atualização, o probe ems agora é necessário para exibir dados de alarme no USM. Além disso, o probe ems agora é implantado automaticamente como parte das instalações ou atualizações do CA UIM. Nenhuma reconfiguração dos probes nas em seu ambiente é necessária como resultado dessa alteração.
    Uma versão do nas_api_service ainda está contida no probe trellis para manter a compatibilidade com os probes de gateway de emissão de tickets anteriores à versão 8.5.1.
  • Foram revisados os campos que são gerados pelas mensagens de ciclo de vida do alarme.
Defeitos corrigidos:
  • Desempenho aprimorado ao fechar alarmes.
    Caso de suporte 00582161.
  • Corrigido um problema em que os filtros de alarme
    não é igual a nulo
    podiam resultar em uma exceção
    SpelEvaluation
    .
    Caso de suporte 00526282.
  • Corrigido um problema em que a hora de alteração de um alarme não era atualizada quando os valores de propriedade personalizados eram definidos.
    Caso de suporte 00591348.
  • Corrigido um problema em que datas incorretas eram exibidas para os alarmes do ems exibidos no Gerenciador de infraestrutura.
    Caso de suporte 00612935
  • Corrigido um problema em que o erro a seguir aparecia de maneira intermitente no USM
    Caso de suporte 00484427
    :
    Erro do USM: javax.persistence.PersistenceException: org.hibernate.exception.LockAcquisitionException: Não foi possível executar a consulta
GA
Fevereiro de 2017
8.50
Defeitos corrigidos:
  • Mensagens de alarme contendo datas incorretas e que não podem ser fechadas não são mais exibidas no Gerenciador de infraestrutura quando a opção
    Enviar mensagens de ciclo de vida de estilo NAS
    está selecionada.
    Casos de suporte 918445, 168098.
  • Filtros de alarme da ACL contendo qualquer condição
    não seja igual
    a um valor nulo não geram mais uma exceção no USM para usuários de contato da conta.
    Caso de suporte 934498
    .
GA
Dezembro de 2016
8.45
Defeitos corrigidos:
  • Melhor desempenho de pesquisa no USM quando houver uma grande quantidade de dados de alarme.
GA
Setembro de 2016
8.41
Esta versão do ems está disponível como parte do CA UIM versão 8.4 SP1.
Defeitos corrigidos:
    • O probe ems agora oferece suporte a regras de taxa do evento (Tempo acima do limite e Tempo até o limite) configuradas no Console de administração.
    • O elemento <eventTypes> agora pode oferecer suporte a vários elementos <eventType> filho.
GA
Junho de 2016
8.4
O que há de novo:
  • Release GA inicial do probe ems.
GA
Janeiro de 2016
Requisitos de hardware específicos do probe
O probe ems tem os requisitos de hardware a seguir.
Requisitos de armazenamento
O ems armazena dados em arquivos .csv no seguinte local do servidor do hub principal:
<UIM_Installation>\Nimsoft\probes\service\ems\db
Após a implantação, monitore essa pasta para garantir que haja espaço em disco suficiente para os dados de alarme. Você também pode alterar o período de retenção de dados na interface de usuário do probe ems para economizar espaço em disco. Por padrão, o histórico de transações do probe ems é armazenado por 30 dias.
Requisitos de software específicos do probe
O probe ems deve ser instalado em um hub principal que execute a versão 8.4 ou mais recente do CA Unified Infrastructure Management Server.
Considerações sobre a instalação
O probe ems disponível para a implantação a partir do arquivo no Console de administração ou no Gerenciador de infraestrutura.
Para atualizar da 9.x para a 10.17, siga estas etapas no servidor do hub principal:
  1. Desative o probe ems.
  2. Exclua a pasta do banco de dados do ems do seguinte local:
    <instalação_do_UIM>\Nimsoft\probes\service\ems\db
  3. Se o CA UIM estiver integrado ao CA Spectrum:
    1. Desative o probe spectrumgtw.
    2. Exclua SpectrumAlarmsCache.dat e UimAlarmsCache.dat de
      <instalação_do_UIM>\Nimsoft\probes\gateway\spectrumgtw\cache
      . Além disso, limpe os alarmes do EMS/NAS do console do CA Spectrum OneClick. É possível filtrar pela coluna "Origem" para identificar os alarmes do EMS/NAS.
  4. Implante a versão mais recente do probe ems.
  5. Ative o probe ems.
  6. Ative o probe spectrumgtw (se o CA UIM estiver integrado com o CASpectrum).
Problemas conhecidos
Esta seção descreve os problemas conhecidos e as soluções alternativas, se houver, para o probe ems.
(ems 10.20 ou posterior):
o probe ems apresenta falha ao ser iniciado no hub secundário. Não é possível excluir o cache do banco de dados.
Por padrão, quando o ems está configurado no probe HA e o ems no principal é desativado, o cache do banco de dados é limpo automaticamente antes que o probe ems fique ativo no hub secundário. Isso é feito para evitar a duplicação de alarmes
Se o cache do banco de dados não for limpo automaticamente, ao iniciar o ems no hub secundário, e se isprimary = false no ems do hub principal, o probe apresentará falha ao ser iniciado e você obterá um erro
declarando que não é possível excluir o banco de dados
.
Solução alternativa -
faça o seguinte:
Vá para \Nimsoft\probes\service\ems\db, exclua a pasta db e reinicie o probe.
(ems 8.50 ou anterior) Inconsistência no campo entre as mensagens
alarm_close
do ems e do nas
As mensagens de ciclo de vida do
alarm_close
geradas pelo probe nas contêm a propriedade de tabela
closed_alarms
. No ems, a mesma propriedade é chamada
close_alarm
.
Os alarmes não oferecem suporte a correlações ou extensões de correlação
Não é possível adicionar uma correlação ou extensão de correlação a uma mensagem de alarme. Para agrupar instâncias de uma mensagem de alarme, aplique os elementos
<correlation>
e
<correlationExtension>
à regra de evento associada.
Alguns campos não são emitidos em mensagens de ciclo de vida de alarme herdado
Sintoma
Os campos a seguir não são emitidos nas mensagens de ciclo de vida de alarme herdado que são geradas pela opção
Send NAS-style Lifecycle Messages
:
  • Campos personalizados de 1 a 5
  • Marcadores de usuário 1 e 2
Solução
Se você estiver usando um probe de gateway que depende desses campos, configure o Serviço de roteamento de alarmes para rotear as mensagens de alarme para o nas.
Caracteres não ASCII ilegíveis nas mensagens de alarme
Sintoma
Vejo caracteres ilegíveis nas mensagens de alarme.
Soluções
Por padrão, UTF-8 é a codificação usada para mensagens de entrada para o probe ems. Por isso, você poderá ver caracteres não ASCII ilegíveis nas mensagens de alarme de probes que não estiverem usando a codificação UTF-8.
A solução alternativa para esse problema depende dos probes que você estiver usando:
  • Alguns probes têm uma opção de interface gráfica do usuário que permite que você selecione a codificação UTF-8 para as mensagens de saída (por exemplo, logmon ou ntevl). Nesses casos, selecione UTF-8 na caixa de combinação
    Codificação de saída
    .
  • Se estiver usando probes que não contêm a opção
    Codificação de saída
    (por exemplo, ntservices ou processes), você poderá desativar a codificação UTF-8. A codificação UTF-8 deve ser desativada nos seguintes locais:
    • WASP
    • alarm_enrichment
    • trellis
    • ems
Siga estas etapas:
  • Desative a codificação UTF-8 no probe wasp.
    • No Gerenciador de infraestrutura, clique duas vezes no probe wasp.
    • Clique na guia
      Configuração
      .
    • Na seção
      Argumentos extras da Máquina virtual Java
      , remova o argumento
      -Dfile.encoding=UTF-8
    • Clique em
      Aplicar
      .
    • Reinicie o probe.
  • Desative a codificação UTF-8 nos probes alarm_enrichment, trellis e ems.
    • No Gerenciador de infraestrutura, selecione o probe alarm_enrichment.
    • Clique com o botão direito do mouse e selecione
      Editar...
    • No campo
      Argumentos
      , remova
      -Dfile.encoding=UTF-8
    • Clique em
      OK
      .
    • Reinicie o probe.
    • Repita essas etapas para os probes trellis e ems.
A opção Enviar mensagens de ciclo de vida de estilo NAS requer que o probe ems seja reiniciado
Se você selecionar a opção
Send NAS-style Lifecycle Messages
na interface gráfica de usuário do ems, as alterações não entrarão em vigor até que o probe ems seja reiniciado.
O probe ems não contêm o recurso de limpeza automática
No momento, o probe ems não oferece suporte ao recurso de limpeza automática de alarmes. Se você estiver usando a opção Tempo acima do limite com o ems, será necessário limpar manualmente os alarmes de Tempo acima do limite.
Componentes do CA UIM sem suporte
No momento, o probe ems não oferece suporte ao uso dos seguintes componentes no CA UIM:
  • Painéis do CA Business Intelligence
  • Tolerância a falhas usando o probe ha
  • Topologia e análise de causa raiz
  • Relatórios unificados