Notas da Versão do iis (Monitoramento do servidor IIS)

O probe permite executar as seguintes atividades no servidor IIS:
uimpga-ga
iis_RN
O probe Monitoramento do servidor do IIS monitora a integridade e o status dos servidores do Microsoft IIS. O probe realiza consultas HTTP GET nos servidores Microsoft IIS selecionados. Esses valores são usados para gerar a QoS e os alarmes. É possível usar esse probe para o monitoramento local e remoto.
O probe permite executar as seguintes atividades no servidor IIS:
  • Monitorar os tempos de resposta http do IIS
  • Oferecer suporte a um complemento DLL para monitorar os recursos individuais solicitados no servidor e exibir dados estatísticos e de execução.
  • Exibir scripts do IIS sem resposta
  • Fornecer dados de desempenho relacionados ao sistema e ao servidor
  • Oferecer suporte aos objetos personalizados de monitoramento do SO
  • Entregar dados sobre o status do servidor, quando instalado no servidor IIS
  • Monitorar os pools de aplicativos
Índice
Histórico de revisões
Esta seção descreve o histórico das revisões deste probe.
Os casos do suporte podem não estar visíveis para todos os clientes.
Versão
Description
Estado
Data
1.91
O que há de novo
  • (
    Outubro de 2018
    ) Novo modelo do MCS (iis_mcs_template v1.91) com suporte a migração de perfil a partir de modelos (não aprimorados) herdados do MCS para perfis aprimorados. Para obter mais informações, consulte Migrando e convertendo perfis existentes.
  • Adicionado o recurso de tamanho de log.
  • Documentação aprimorada sobre a configuração do servidor IIS.
  • (Junho de 2018)
    Novo modelo do MCS (iis_mcs_template 1.91) com:
    • Perfis aprimorados que permitem configurar métricas, linhas de base, limites de alarme, alarmes - incluindo os alarmes Tempo acima do limite - e as mensagens de alarme de fechamento e alarme personalizado, tudo em um único perfil do MCS. Para obter mais informações, consulte Configurando limites de alarme no MCS.
  • (Abril de 2019)
    O MCS iis (versão 1.92 em diante) foi atualizado como parte da correção de vulnerabilidades e exposições comuns pela atualização das bibliotecas jackson-databind. Para obter mais informações e números CVE, consulte Corrigindo vulnerabilidades de Jackson.
Defeito corrigido:
  • (Setembro de 2018)
    O probe relatou uma métrica de Total de CPU incorreta quando comparada à métrica de Total de CPU relatada pelo probe cdm em execução no mesmo robô.
    Caso de suporte: 01148104
    Para resolver esse problema, siga estas etapas:
    1. Vá para a interface de
      Configuração de dados brutos
      > seção
      Configurar
      .
    2. Adicione uma nova chave
      enable_cpu_total
      e especifique seu valor como
      Yes
      .
    3. Salve a configuração e reinicie o probe iis.
GA
Outubro de 2017
1.90
O que há de novo:
  • Suporte adicionado para monitorar o status de verificação de SSL do host.
  • Adicionado suporte para incluir $profilename na chave de supressão para os seguintes contadores e alarmes:
    • Contadores:
      • Tempo de resposta HTTP
      • Valor de resposta HTTP
      • Tempo máximo de solicitações ao IIS
      • Status da verificação do host SSL
    • Alarme
      • Disponibilidade do host
    Para obter mais informações, consulte
    Considerações sobre a atualização
    .
GA
Julho de 2016
1.82
Defeitos corrigidos:
  • O probe agora exibe o status correto do site em
    Default website
    , na GUI do probe.
  • O probe exibia valores 0 para os contadores da
    Memória do pool de aplicativos
    e da
    CPU do pool de aplicativos
    . Você deve atualizar o probe perfmon para a versão 1.63 para corrigir o problema.
    Caso de suporte número 299212
  • Ao abrir o perfil de
    host local
    , o probe exibia uma caixa de diálogo incorreta.
    Caso de suporte número 293849
GA
Maio de 2016
1.81
Defeito corrigido:
  • O monitor
    Valor do status do IIS
    exibia o estado do site padrão (conforme listado no servidor IIS), em vez do estado do serviço do servidor IIS.
GA
Abril de 2016
1.80
O que há de novo:
  • Adicionados novos contadores para os monitores ASP e Webservices.
  • Adicionado suporte ao Servidor IIS versão 8.5.
  • Suporte adicionado a HTTPS.
Beta
Março de 2016
1.71
O que há de novo
:
  • O probe pode ser migrado para limites estáticos padrão usando o probe threshold_migrator.
  • Adicionada uma nova chave de ID de dispositivo (useRobotDevIDForLocalhost). Essa chave pode ser definida como
    Sim
    para migrar o probe para os limites estáticos padrão. Essa opção está disponível apenas por meio da GUI de Configuração de dados brutos para monitorar servidores IIS locais. O valor dessa chave é
    Não
    , por padrão.
    Observação:
    consulte a seção Definir a chave da ID de dispositivo usando a configuração de dados brutos em Configuração do CA do iis v1.7 para o impacto de definir esse valor de chave.
GA
Junho de 2015
1.70
O que há de novo
:
  • Adicionado suporte para o monitoramento de pools de aplicativos. O perfmon 1.53 ou posterior é necessário para essa funcionalidade.
    Observação:
    o recurso de monitoramento do pool de aplicativos é aplicável ao IIS 7.0 ou posterior.
Junho de 2014
1.60
  • Adicionado suporte a 64 bits.
Novembro de 2013
1.55
  • Adicionados também padrões do probe para servidores remotos.
Junho de 2013
1.54
  • Implementados padrões do probe, que funcionam somente quando o probe é implantado no computador do servidor IIS.
  • Atualizadas as informações de direitos autorais.
Fevereiro de 2013
1.53
  • Corrigido o problema de falha da GUI no tempo de execução, ao desmarcar o monitoramento do ponto de verificação.
Janeiro de 2013
1.52
  • Adicionado suporte ao SOC
Dezembro de 2011
1.51
  • Adicionado suporte para o Valor de status do IIS; ter vários IPs no host
Agosto de 2011
1.50
  • Adicionado suporte de filterport para cada host
  • Adicionado suporte para definir a gravidade dos alertas
  • Adicionado suporte para IIS7.5
  • Removida a senha de impressão do arquivo de log
  • Adicionado suporte para a leitura de tokens de alarme do cfg
Dezembro de 2010
1.40
  • Adicionado suporte para a internacionalização.
Outubro de 2010
1.32
  • Corrigido problema de gerenciamento de memória
Outubro de 2010
1.31
  • Alterações feitas nas bibliotecas em relação ao bloqueio de configuração.
Outubro de 2010
1.30
  • Alterações feitas nas bibliotecas em relação ao bloqueio de configuração.
Junho de 2010
1.30
  • Adicionado suporte para informações de banco de dados NIS estendidas.
Março de 2010
1.24
  • Corrigidos os dados do servidor (solicitações) não mostrados depois de adicionar o filtro ISAPI
  • Corrigidos problemas potenciais de falha do probe
  • Corrigida a inicialização da biblioteca curl
  • Corrigida a inicialização de variáveis.
Setembro de 2009
1.22
  • Coletar dados também quando perfmon não estiver disponível.
  • Atualizado o status do host na GUI quando o servidor IIS não está acessível.
  • Atualizada a geração de log.
  • Removida a limitação no número da porta no filtro isapi.
Setembro de 2008
1.21
  • Alterada a origem da QoS e dos alarmes de perfis "localhost" para o nome do host real.
  • Padrões de intervalo de monitoramento para o intervalo de perfil, em vez do intervalo de probe global.
  • Alterado o nome de série da QoS para o uso do disco e da memória, devido a inconsistências com os dados de QoS fornecidos pelo probe cdm.
  • Complemento DLL do lado do servidor agora disponível para versões de 64 bits do Windows. O IIS6 já não precisa de ser executado no modo de isolamento do IIS 5.0.
  • A DLL agora está disponível para versões de 32 e 64 bits do Windows Vista, com o IIS7.
Janeiro de 2008
1.12
  • Adicionada a palavra-chave "localhost" do nome do host, o que levará à coleta de desempenho sem autenticação.
  • Adicionada a possibilidade de definir o número da porta do filtro IIS no arquivo cfg.
  • Adicionado suporte para todos os objetos de desempenho personalizados
  • Alterado o separador de chave de . para ,
  • Recurso: autenticação do servidor http adicionada.
  • Correção: removida a chamada ptPerfmonInstances.
  • Correção da definição de QoS (IIS)
Julho de 2007
1.00
Versão inicial
Outubro de 2006
Migração da configuração do limite
As configurações de limite do probe (versão 1.71 ou posterior) podem ser migradas para os limites de alarme estático padrão usando o probe threshold_migrator versão 2.10 ou posterior com o CA UIM 8.31 ou posterior.
Alterações no probe depois da migração:
  • A GUI do Gerenciador de infraestrutura (IM) do probe não estará disponível e o probe poderá ser configurado por meio do Console de administração (AC).
  • As configurações de alarme específicas do probe nos monitores do probe são substituídas pelas configurações de Alarme estático, Tempo até o limite e Tempo acima do limite.
  • A sintaxe da variável muda de
    $<variableName>
    para
    ${<variableName>}
    .
  • O probe baseline_engine envia os alarmes.
Para migrar o probe para os limites estáticos padrão dos servidores IIS locais usando o probe
threshold_migrator
, será necessário definir a chave de ID de dispositivo, useRobotDevIDForLocalhost, como sim na interface Configuração de dados brutos.
Requisitos específicos de hardware do probe
O probe iis deve ser instalado em sistemas com os seguintes recursos mínimos:
  • Memória: 2 a 4 GB de RAM. A configuração do OOB do probe requer 256 MB de RAM.
  • CPU: processador dual core de 3 GHz, 32 ou 64 bits.
Requisitos específicos de software do probe
O probe iis requer o seguinte ambiente de software:
  • CA Unified Infrastructure Management 8.0 ou posterior
  • Robô 7.62 ou posterior (recomendado)
  • Java JRE 6 ou posterior (obrigatório para o Console de administração)
  • Probe perfmon (Performance Collector - Coletor de desempenho) 1.18 ou posterior
    Para monitorar os contadores do pool de aplicativos, será necessário usar versão 1.53 ou posterior do probe perfmon.
  • IIS 7.x (Windows 2008 R2), IIS 8.x (Windows 2012 R2) e IIS V 1.90 (Windows 2016)
O probe iis requer o seguinte ambiente de software para ser migrado com o probe threshold_migrator:
  • CA Unified Infrastructure Management 8.3 ou posterior
  • Robô 7.62 ou posterior (recomendado)
  • Java JRE versão 7 ou superior (necessário para o Console de administração)
  • Probe PPM (Probe Provisioning Manager – Gerenciador de Provisionamento de Probe) versão 3.21 ou posterior
  • baseline_engine (Mecanismo de linha de base) versão 2.60 ou posterior
Notas de instalação
Considere os seguintes pontos ao instalar o probe:
  • Forneça acesso de administrador ao probe no Console de administração, usando a opção
    Configurações > Segurança do probe
    .
    Como alternativa, use a opção
    Segurança > Administração do probe
    no Gerenciador de infraestrutura.
  • Reinicie o probe perfmon depois de instalar ou atualizar o probe iis.
  • Para ignorar a autenticação de desempenho, use localhost como o nome do host para monitorar o servidor IIS local.
  • Certifique-se de que o registro remoto esteja ativado no servidor IIS para o monitoramento remoto.
Observações de instalação do IISRequest.dll
O arquivo IISRequest.dll é um complemento do filtro ISAPI para o servidor IIS e é utilizado pelo probe. Esse complemento oferece suporte a várias versões do servidor IIS e de sistemas operacionais. Você pode consultar o arquivo readme.txt em
<diretório de instalação do CA UIM>/Nimsoft/Applications/iis
para verificar as versões com suporte e as informações adicionais sobre como adicionar essa funcionalidade.
Instalar o filtro ISAPI em um sistema operacional de 64 bits
Se o servidor IIS estiver sendo executado em uma versão de 64 bits do Windows, o arquivo de biblioteca IISRequestNM64.dll ou IISRequest64.dll será usado. Você deve ter o Pacote Redistribuível do Microsoft Visual C++ 2005 no sistema com o servidor IIS. É possível fazer download desse Pacote Redistribuível do Microsoft Visual C++ 2005 a partir do seguinte link:
Para executar os arquivos dll, desative a seguinte configuração no servidor IIS disponível em Configurações avançadas para o Pool de aplicativos:
Habilitar Aplicativos de 32 Bits
Ativar os contadores de ASP no IIS 7 ou superior
Para usar o elemento
<isapiFilters>
, é necessário instalar o módulo de Filtros ISAPI na versão 7 e superior. Para obter mais informações sobre como instalar o componente, consulte http://www.iis.net/ConfigReference/system.webServer/isapiFilters
Instalar o componente Metabase Compatibility no IIS 7 ou superior
O probe exibe um status incorreto ao monitorar o servidor IIS 7 local. Para exibir o status correto, o probe requer o componente Metabase Compatibility, que não está disponível no IIS 7, por padrão. Para obter mais informações sobre a instalação desse componente, consulte http://www.iis.net/learn/manage/managing-your-configuration-settings/metabase-compatibility-with-iis-7-and-above.
Procedimento de instalação
Execute as etapas a seguir para instalar o probe:
  1. Implante o probe iis.
  2. Reinicie o probe perfmon, se estiver atualizando o probe iis.
  3. Para resolver problemas de autenticação do probe iis que é executado localmente no sistema do servidor IIS, você poderá usar localhost como o nome do host para o perfil, a fim de ignorar a autenticação de desempenho.
  4. Em caso de monitoramento remoto, certifique-se de que o registro remoto esteja ativado no servidor IIS.
Configurar o IISRequest.cfg
Siga estas etapas:
  1. Vá para a pasta
    ...\Nimsoft\probes\application\iis
    e edite o arquivo IISRequest.cfg.
  2. Certifique-se do seguinte:
    • A primeira linha é o nome do host do computador em que o probe Monitoramento de servidor IIS está sendo executado (máquina do probe).
    • A segunda linha é o nome do host do computador do servidor IIS (máquina do servidor IIS).
      O nome do host que você definir deve corresponder ao nome do host ou endereço IP fornecido por você ao criar o perfil do probe.
    • O número da porta se encontra na última linha, por padrão, a 999. Esse número de porta é usado para a comunicação entre o filtro de solicitação do IIS no servidor IIS e o probe.
  3. Salve e feche o arquivo.
  4. Reinicie o servidor IIS.
Considerações sobre a atualização
Atualizar para a versão 1.90 ou posterior
Para adicionar a variável $profilename na chave de supressão dos componentes a seguir, defina a chave
useSuppFlagHostName
como
1
na interface da
Configuração de dados brutos
> seção
Configuração
. Por padrão, o valor da chave é
0
.
  • Contadores
    • Tempo de resposta HTTP
    • Valor de resposta HTTP
    • Tempo máximo de solicitações ao IIS
    • Status da verificação do host SSL
  • Alarme
    • Disponibilidade do host
Se você ativar essa chave, o probe também anexará
$profilename
a
$countername
no destino de QoS. Formato:
$profilename/$countername
. Isso permite que o probe exiba os dados de dois perfis do mesmo $hostname, separadamente no USM (Unified Service Management).
Atualizar para a versão 1.71 ou posterior
Para monitorar os servidores locais do Microsoft IIS e criar a ID do dispositivo do probe de forma idêntica à ID do dispositivo do robô, defina a chave
useRobotDevIDForLocalhost
como
Sim
na interface Configuração de dados brutos > seção
Configuração
. Por padrão, o valor é
Não
.
A tabela a seguir lista os cenários de atualização com o valor da chave:
Versão do probe
Valor da chave
Impacto
Anterior à versão 1.71
ND
ND
Atualização para a versão 1.71
Não
Nenhum impacto
Atualização para a versão 1.71
Sim
Anteriormente, todas as QoS e alarmes do perfil do host local eram gerados com a ID de Dispositivo antiga. Agora, o probe gera todas as QoS e alarmes de perfis do host local na nova ID do dispositivo, que é a ID do dispositivo do robô. Isso interrompe a continuidade de dados antigos no portal do USM.
Para executar os arquivos dll, desative a seguinte configuração no servidor IIS disponível em Configurações avançadas para o Pool de aplicativos:
Habilitar Aplicativos de 32 Bits
DE229236DE229515DE269089DE276961