Notas da Versão do net_connect (Monitoramento de conectividade de rede)

Índice
uimpga-ga
net_connect_RN
O probe net_connect (Monitoramento de conectividade de rede) monitora os seguintes parâmetros de hosts remotos:
  • Conectividade do host usando comandos
    ping
    (ICMP ECHO)
  • Perda de pacote, variação e latência para a conexão com os hosts
  • Conexões TCP com uma lista de serviços definidos pelo usuário
Índice
Histórico de revisões
Esta seção descreve o histórico das revisões do net_connect.
Os casos do suporte podem não estar visíveis para todos os clientes.
Versão
Description
Estado
Data
3.37
O que há de novo:
  • Perfis aprimorados que permitem configurar métricas, linhas de base, limites de alarme, alarmes - incluindo os alarmes Tempo acima do limite - e as mensagens de alarme de fechamento e alarme personalizado, tudo em um único perfil do MCS. Para obter mais informações, consulte Configurando limites de alarme no MCS.
  • (Abril de 2019) O MCS net_connect (versão 3.38 em diante) foi atualizado para corrigir vulnerabilidades e exposições comuns com a atualização das bibliotecas jackson-databind. Para obter mais informações e números CVE, consulte Corrigindo vulnerabilidades de Jackson.
  • (Agosto de 2019) O net_connect MCS (versão 3.40) foi atualizado para adicionar suporte ao monitoramento de portas personalizadas no net_connect. O modelo filho do Monitor de Serviço (Aprimorado) foi adicionado sob o perfil Conectividade de Rede (Avançado) para monitorar as portas de serviço personalizadas. Perfis aprimorados que permitem configurar métricas, linhas de base, limites de alarme, alarmes - incluindo os alarmes Tempo acima do limite - e as mensagens de alarme de fechamento e alarme personalizado, tudo em um único perfil do MCS.
    Defeito corrigido:
    • O perfil Conectividade de Rede MCS (Avançado) gera o host de conexão para (protocolo) falho. Caso de suporte 01366510
    • O modelo de Conectividade de Rede (Avançado) precisa monitorar portas personalizadas. Caso de suporte 20012352
    • O modelo de Conectividade de Rede (Avançado) (net_connect) não define como ativo/alarme. Caso de suporte 20019610
  • (Janeiro de 2020) O net_connect MCS (versão 3.42) foi atualizado com os seguintes recursos:
    • Introduzido o suporte a vários perfis para o modelo Conectividade de Rede e Monitor de Serviço Aprimorado.
    • Migração de modelos de 3.40 (Aprimorado) para 3.42 (Aprimorado)
    • Migração de Modelos de 1.27 (Herdado) para 3.40 (Aprimorado)
    • Corrigido o problema em que o modelo MCS de Conectividade de Rede (Avançado) não permite nomes de perfil personalizados. Caso de suporte número 20072782.
    • Corrigido o problema em que o modelo MCS do Monitor de Serviço (Aprimorado) é excluído às vezes na tabela SSRV2PackageTemplate. Caso de suporte número 20157970.
Defeito corrigido:
  • Correção de um problema em que uma qos genérica (como variação, latência, etc.) era gerada para serviços que tinham origem, destino e ID do dispositivo iguais.
  • Correção de um problema em que o modelo do MCS net_connect não era implantado com êxito.
    Caso de suporte 01165106
  • Correção de um problema em que os serviços Oracle (verificação de porta) não estavam disponíveis no MCS.
    Caso de suporte 01098084
GA
Abril de 2019
3.36
O que há de novo:
  • Este probe foi atualizado devido à remoção da dependência do fim da vida útil do Microsoft Visual C++ Redistributable no CA UIM 9.0.2. O CA UIM 9.0.2 agora usa o Microsoft Visual C++ Redistributable for Visual Studio 2017. Se você estiver instalando essa versão do probe em computadores que executam o sistema operacional Windows, é recomendável fazer download do pacote apropriado do Microsoft Visual C++ Redistributable para Visual Studio 2017, a partir do arquivo do Nimsoft (x86/x64) para impedir a reinicialização automática do computador:
    • vs2017_vcredist_x86 1.01
    • vs2017_vcredist_x64 1.01
    Ao implantar um probe dependente do pacote versão 1.0 do Microsoft Visual C++ Redistributable for Visual Studio 2017 (vs2017_vcredist_x86 1.0 e vs2017_vcredist_x64 1.0), a reinicialização do sistema operacional Windows ocorrerá no robô em que o probe foi implantado. No pacote versão 1.0 do VS2017, a opção "norestart" especificada não existe no comando Post Install. Portanto, a opção Post Install pode disparar a reinicialização do sistema operacional como parte da instalação do pacote. Para obter uma solução alternativa, consulte o artigo da base de conhecimento kb000120656.
    Para obter mais informações, consulte a seção Atualizando para o pacote redistribuível do Microsoft Visual C++ para Visual Studio 2017 no DocOps do CA UIM 9.0.2.
  • Atualizado este probe como parte da remoção de vulnerabilidades de segurança do CA UIM 9.0.2 usando os componentes atualizados do OpenSSL.
  • (Fevereiro de 2019) Adicionado suporte para monitorar o Windows 2019.
GA
Outubro de 2018
3.33
O que há de novo:
  • Agora, o probe atualiza o arquivo de log para indicar que um perfil existente no arquivo de configuração não possui chaves e é inválido. O probe ignora esses perfis e continua a monitorar os outros perfis.
    Caso de suporte número 732132
GA
Junho de 2017
3.32
Defeitos corrigidos:
  • Não é possível executar ping em um endereço IPv6.
  • Não é possível atualizar um perfil quando ele é pesquisado por meio da opção
    Find host in list of Profile
    .
    Caso de suporte número 00644688
GA
Fevereiro de 2017
3.31
O que há de novo:
  • Adicionada a capacidade de limpar alarmes ao editar ou excluir os perfis criados nessa versão ou em versões posteriores do probe. Para obter mais informações, consulte
    Considerações sobre a atualização
    .
    Caso de suporte número 434814
Defeitos corrigidos:
  • Ao usar o recurso de varredura de ping, o probe não gerava o número total de endereços IP conforme especificado na interface de usuário.
    Caso de suporte número 408147
  • O probe alterava incorretamente a fonte de QoS quando o recurso Monitoramento de IP dinâmico era ativado ou desativado. Para obter mais informações, consulte
    Considerações sobre a atualização
    .
    Caso de suporte número 360406
  • O probe não gerava mensagens de QoS e alarmes para o monitoramento de Perda de pacotes quando o intervalo global de QoS era substituído no seu perfil. Para obter mais informações, consulte os artigos de Configuração do AC ou do IM.
    Caso de suporte número 322915
GA
Julho de 2016
3.30
O que há de novo:
  • Adicionado suporte para usar o nome do robô como o método de identificação em alarmes.
GA
Março de 2016
3.21
Defeitos corrigidos:
  • O probe não recuperava o
    Nome do host
    do
    Endereço IP
    especificado do host monitorado.
    Caso de suporte número 00267015
  • O probe não salvava as alterações no Gerenciador de infraestrutura ao gerenciar serviços por meio da Configuração em massa.
    Caso de suporte número
    00270819
  • Defina o estado padrão do monitor de
    Tempo de resposta
    como ATIVADO para exibir automaticamente os dados no Painel unificado.
GA
Dezembro de 2015
3.20
O que há de novo:
  • Suporte adicionado para monitorar hosts com endereço IP dinâmico.
Defeitos corrigidos:
  • Ao exibir os dados no USM, os arquivos de desenvolvimento do probe net_connect entravam em conflito com os arquivos de desenvolvimento do probe interface_traffic e exibiam informações aleatórias sobre o dispositivo. Se o nome do host e o endereço IP fossem fornecidos para um host monitorado, o probe net_connect usava apenas o nome do host para exibir os dados.
    Casos do Salesforce 00165874 e 70007073
    Você pode criar uma chave no probe para exibir dados no USM usando o endereço IP do host. Para obter mais informações, consulte a seção Problemas conhecidos e soluções alternativas.
  • Ao monitorar apenas os serviços e não a conectividade ICMP de um host, o probe não gerava quaisquer dados de QoS.
    Casos do Salesforce 70002909 e 70004940
  • O probe não resolvia a variável $group se ela fosse usada em uma estrutura de árvore.
    Caso do Salesforce 70002994
  • O probe estava excluindo os perfis de monitoramento criados por meio do recurso de arrastar e soltar.
    Caso do Salesforce 70002993
Novembro de 2015
3.11
O que há de novo:
  • O probe agora pode ser migrado para limites de alarme estático padrão usando o probe threshold_migrator.
Observação:
consulte a seção de
Migração de configuração de limite
para obter mais informações.
Defeito corrigido:
  • O usuário não foi capaz de definir os parâmetros de host padrão na versão do Gerenciador de infraestrutura do probe.
    Caso do Salesforce: 00169100
Agosto de 2015
3.10
O que há de novo:
  • Foram adicionados três novos campos (Max Ping Threads, Max Service Threads e Max PacketLoss Threads) em Propriedades da instalação > Avançado > seção Propriedades do desempenho na GUI do IM e na seção net_connect > Configuração geral na GUI do AC para fornecer flexibilidade ao usuário ao configurar um número separado de segmentos para o recurso de perda de pacote, serviços e ping.
  • Agora o probe enviará um ping único para a verificação de conectividade e cálculo de tempo de resposta em vez de pings separados para ambos.
  • Adicionado o campo Tamanho do log para definir o tamanho do arquivo de log.
Defeitos corrigidos:
  • O usuário não foi capaz de monitorar o host do IPv6.
    Caso do Salesforce: 00154639
  • Vários alarmes foram recebidos e a mensagem de alarme continha o texto: "a variação está acima do limite" mesmo quando não há nenhum limite definido.
    Caso do Salesforce:
    00162039
  • O usuário não pôde alterar a mensagem dos alarmes de variação. Agora, o usuário pode editar os alarmes de variação já existentes (padrão), mas não é possível criar alarmes de variação (OK e Falha) usando o Message Pool Manager na GUI do IM. Essas duas mensagens de variação padrão serão enviadas pelo probe para todos os perfis. O usuário não consegue configurar alarmes de variação personalizada usando as propriedades de Host ou Serviço (o probe não oferece suporte a essa funcionalidade). O usuário também pode editar o texto da mensagem de alarmes de variação padrão, que refletirá no Console de alarmes. É recomendável não excluir nenhum alarme de variação padrão, pois estes são os únicos alarmes de "variação OK" e "falha de variação" enviados pelo probe. O usuário não poderá adicionar esses alarmes de variação novamente a partir da GUI do probe.
    Caso do Salesforce:
    00137628
Julho de 2015
3.05
Defeitos corrigidos:
  • O probe parou de funcionar com os serviços que não tinham chave Ativa.
    Caso do Salesforce: 00141024
  • Depois de aplicar novamente as configurações padrão para um perfil, uma mensagem recentemente criada não foi salva no arquivo de configuração.
    Caso do Salesforce: 00146089
  • Ocorreu um erro de tempo de execução quando um monitor de serviço foi editado.
    Caso do Salesforce: 00148572
  • Depois que o valor do campo Intervalos com falha foi alterado uma vez, o valor não era alterado quando se tentava alterá-lo novamente.
    Caso do Salesforce:
    00149390
  • Se um serviço fosse adicionado usando a função arrastar e soltar, algumas seções padrão não eram salvas no arquivo de configuração.
    Caso do Salesforce: 00142415
Janeiro de 2015
3.04
  • Corrigido um defeito em que o probe estava constantemente em estado de erro e não gerava PID.
    Caso do Salesforce:
    00119246
  • Corrigido um defeito em que o destino da QoS associado a antigos perfis não era alterado para o nome do perfil se a versão do probe fosse atualizada.
    Caso do Salesforce:
    00135038
  • Foi corrigido um defeito no qual o probe parava a rotação do arquivo de log se o tamanho do log fosse definido como mais de 2 GB.
    Caso do Salesforce:
    00128940
Julho de 2014
3.03
Defeitos corrigidos:
  • Para um serviço inacessível em um computador host, o probe não estava atrasando a tentativa de repetição para a hora especificada no campo Tempo de espera entre novas tentativas.
  • O usuário não podia mudar a gravidade do alarme Falha ao executar perfis no intervalo de tempo programado
    . Esse alarme agora é configurável por meio da GUI.
  • O probe falhava ao reiniciar quando a caixa de seleção Monitorar conectividade ICMP (ping) era desmarcada e o probe reiniciado.
Abril de 2014
3.02
  • Corrigido o problema em que o probe estava gerando alarmes defeituosos de "falha na conexão" e QoS "Nula" para dispositivos sem nome do host definido publicamente, como comutadores. Agora, o probe usa o endereço IP para os dispositivos que não têm um nome de host publicamente definido e geram alarmes e QoS apropriados.
  • Corrigida uma ocorrência em que a tremulação e perda de pacotes de alarmes não eram eliminados.
  • Corrigida uma ocorrência em que o probe envia 0 como o tempo de resposta para todos os pings em vez do tempo de resposta real.
  • Corrigida uma ocorrência em que o probe net_connect envia o valor 0 de QoS para os dispositivos que não executam o ping.
  • Corrigida uma ocorrência em que o probe net_connect envia QoS duplicados quando o monitoramento de perda de pacotes é ativado.
Janeiro de 2014
3.01
  • Corrigida uma ocorrência em que os alarmes de variação e perda de pacotes não eram eliminados.
  • Corrigida uma ocorrência em que o probe net_connect envia 0 como valor para o tempo de resposta para todos os pings em vez do tempo de resposta real.
  • Corrigida uma ocorrência em que o probe net_connect envia o valor de QOS 0 a um dispositivo que não recebe ping.
  • Corrigida uma ocorrência em que o probe net_connect envia QoS duplicado quando o monitoramento de perda de pacotes é ativado.
Dezembro de 2013
3.00
  • Adicionado suporte para cfg com grandes perfis (25.000).
  • Redução do tempo de carregamento para perfis de grande porte.
Novembro de 2013
2.94
  • ID de métrica fixa para o alarme
Setembro de 2013
2.93
  • Corrigida uma ocorrência de relógio e uso da CPU (QoS com o tempo de resposta negativo).
  • Entradas adicionadas no CiManager para unidade de latência de pacotes e variação de pacotes.
Julho de 2013
2.93
  • Corrigida uma ocorrência em que o valor de $contactInfo está ausente
  • Corrigido o problema de tempo limite. O tempo limite padrão foi alterado de 10 para 2 segundos.
Maio de 2013
2.92
  • Corrigida uma ocorrência na qual o probe de relacionamento de pai-filho processa o filho mesmo quando o nó pai está desativado.
  • Corrigida uma ocorrência em que um serviço configurado em um host não estava executando.
Abril de 2013
2.91
  • Alertas de falha de ping corrigidos.
  • Falha corrigida ao programar alertas.
  • Corrigido: a GUI do Probe trava quando o usuário fecha entre o processo de anulação na varredura de ping.
  • Corrigido: perfis de filho não sendo excluídos do painel direito.
Abril de 2013
2.90
  • Probe renovado para escalabilidade
  • A ocorrência de falhas ao executar no intervalo de tempo programado foi corrigida.
  • O problema de CPU mais alta foi corrigido.
  • O probe foi renovado para escalabilidade de alarmes falsos, ou seja probe reportando ping +ve como ping -ve devido ao tempo limite no número mais alto de perfis.
  • Renovada a escalabilidade do probe para falha ao executar o perfil no intervalo de tempo programado.
  • Renovada a escalabilidade do probe e resolvidos alguns problemas relacionados ao travamento do probe.
  • Também foram alterados os parâmetros de configuração, com valor padrão de max_socket = 100 (nível global) e o tempo limite = 10 segundos. (no nível do perfil).
Dezembro de 2012
2.82
  • Corrigida a ocorrência de alta utilização da CPU.
Outubro de 2012
2.81
  • Corrigida uma falha do probe em reiniciar e retornos de chamada vazios do utilitário do probe.
  • Corrigido um problema com a funcionalidade do temporizador.
  • Corrigido um problema com as mensagens de QoS não provenientes do perfil.
  • Corrigido um problema para vários alarmes provenientes de um perfil.
Julho de 2012
2.80
  • Corrigida uma ocorrência para classificar o perfil com base em endereço IP. Suporte de classificação para endereço IPv4 e IPv6.
  • Adicionado novo retorno de chamada para retornar os perfis ativos e seus serviços.
  • Caractere curinga ou regex é suportado no nome do perfil.
  • Alteração no modelo de segmento para a execução do perfil.
Junho de 2012
2.73
  • Corrigida uma ocorrência em que a alteração na fonte de QoS para um perfil também altera outros perfis.
  • Resolvido um problema de reinicialização.
  • Corrigido o problema quando o probe não está usando a configuração de tamanho de pacote na funcionalidade de ping.
Abril de 2012
2.72
  • Implementada a Substituição da fonte quando até o ping está desativado.
  • Corrigido o problema de travamento quando o perfil está ativo e a caixa de seleção do monitor icmp está desmarcada.
Janeiro de 2012
2.71
  • Implementação de compatibilidade do IPv6.
  • Atualizadas as bibliotecas.
Dezembro de 2011
2.70
  • Implementação de compatibilidade do IPv6.
Outubro de 2011
2.66
  • Corrigida uma situação de falha.
Outubro de 2011
2.65
  • Corrigido um problema no qual o probe estava relatando valores em variação incorreta em alarme e QoS.
  • Corrigida uma falha que ocorre devido ao tempo de espera insuficiente usado pelo probe para aguardar saída normal de segmentos de perfil e serviço.
  • O probe agora oferece suporte a um novo atributo configurável de dados brutos chamado thread_timeout para definir o valor de tempo limite de segmento em segundos.
  • O probe procura o novo atributo na seção de configuração do arquivo de configuração. Por padrão, o probe usa 30 como valor de tempo limite para aguardar que os segmentos saiam normalmente no probe em situações de interrupção/reinicialização.
  • Opção adicionada para alterar a fonte de QoS.
Observação:
não altere a fonte, a menos que haja razões boas. O endereço do robô é a fonte "correta" para esse probe.
Setembro de 2011
2.63
  • Adicionado suporte para configurar os alarmes de perda de pacotes e QoS separadamente.
  • Adicionado valor de variação de pacote para os valores de PDS enviados com os alarmes.
  • O nome da chave para esse valor no alarme é packet_jitter.
  • Adicionado suporte para expandir o valor do grupo para perfis de host encadeado.
  • Adicionado um alarme quando a execução do perfil excede o intervalo de execução regular do perfil.
Agosto de 2011
2.62
  • Corrigido o problema de teste Junit de SOC xml.
  • Correção: erro de GUI ao usar o configurador em massa para configurar os serviços. Se o campo de texto "Tempo de espera entre novas tentativas" estivesse vazio, a configuração dos serviços no modo silencioso falharia.
  • Alterado o tamanho de pacote ICMP padrão para 32 bytes, tempo de espera padrão entre pacotes para 30 segundos, os pacotes padrão para envio em perda de pacotes para 10.
  • Alarme adicionado na variação.
  • Adicionada opção na interface do usuário para configurar os segmentos de serviço.
  • Atualizada a interface de usuário de configuração em massa para parâmetros de configuração ausentes.
Abril de 2011
2.53
  • Os textos na SOC (Service-Oriented Configuration – Configuração Orientada ao Serviço) agora estão sendo apresentados adequadamente.
Março de 2011
2.60
  • Adicionada a opção para continuar a verificação de serviços, mesmo se "Monitorar conectividade ICMP" falhar.
  • Adicionada a opção para enviar QoS de latência e a variação com monitoramento de perda de pacote, quando o tempo de espera entre pacotes está definido.
  • Adicionadas novas caixas de seleção de latência e variação na GUI do SOC.
Fevereiro de 2011
2.52
  • Adicionadas correções para a Configuração orientada ao serviço com base na web.
Janeiro de 2011
2.51
  • Adicionada a funcionalidade para copiar o resultado da janela de mostrar status para a área de transferência.
  • Adicionado suporte para a internacionalização.
  • Adicionado suporte para a leitura de tokens de alarme do cfg.
  • Adicionado suporte para SOC (Service Oriented Configuration – Configuração Orientada ao Serviço) com base na web.
Dezembro de 2010
2.50
  • Suporte inicial de textos de alarme internacionalizados.
Outubro de 2010
2.42
  • Alterada a implementação de geração de pools de segmento para programar todos os perfis da fila.
  • Adicionada correção de erro secundário na GUI.
Setembro de 2010
2.41
  • Versão do probe liberada com o NMS versão 4.30.
Agosto de 2010
2.40
  • Adicionado suporte para mensagens de alarme localizadas.
  • Adicionada uma mensagem de log em tempo de resposta negativo. Também interrompido o envio de QoS NULA quando o tempo de resposta negativo é calculado devido a problemas de tempo de host.
  • Correção adicionada para fornecer o número de novas tentativas antes de enviar alarme com o atraso entre as repetições.
  • Correção adicionada corretamente para limpar alarmes de serviços.
  • Janela de configuração em massa reprojetada.
  • Opção adicionada na GUI para definir os parâmetros de serviço padrão.
Agosto de 2010
2.34
  • Correção adicionada para remover mensagem de erro nos logs no serviço ssh enviando sequência de caracteres de identificação de SSH.
  • Correção adicionada para usar a nova API quando IP e nome de host estão disponíveis para evitar a pesquisa de nome.
  • Correção adicionada no probe para enviar o nome de host adequado de retorno de chamada.
  • Correção adicionada na interface do usuário para atualizar o nome do host e o endereço ip no teste.
  • Correção adicionada no probe para quebrar os loops na reinicialização/interrupção.
  • Correção adicionada no probe para inicializar os buffers, antes de verificar a resposta ao monitorar os serviços.
  • Correção adicionada no probe para alterar "Associar à interface de rede" na reinicialização.
  • Correção adicionada para travamento na interface do usuário quando o perfil foi renomeado e excluído.
  • Código comentado para a expansão do grupo.
  • Adicionado o código para adicionar o campo de informações de contato na configuração em massa.
  • Adicionado um campo para tempo de espera entre pacotes no formulário do perfil.
  • Corrigido valor de QoS constante.
Junho de 2010
2.26
  • Adicionada uma correção para não limpar o alarme em cada intervalo antes de enviar o alarme de falha de resposta do desafio.
Fevereiro de 2010
2.25
  • Vazamento de memória corrigido (introduzido na versão 2.23).
Fevereiro de 2010
2.24
  • Adicionada uma correção para reinicialização do probe intermitente durante a execução de uma solicitação de serviço.
  • Retorno de chamada atualizado para testar a resposta usando o endereço de IP quando ambos, nome do host e IP, são especificados.
Fevereiro de 2010
2.23
  • Adicionada uma correção para resolver o endereço IP correto quando o nome do host é especificado no perfil.
Dezembro de 2009
2.15
  • Correção para nem sempre usar endereço IP correto quando o nome do host é especificado no perfil. (Correção disponível na versão 2.15 e da versão 2.23, não nas versões intermediárias).
Dezembro de 2009
2.22
  • Atualizado para o layout de banco de dados mais recente do NIS.
Dezembro de 2009
2.21
  • Corrigido o problema com perfis que nunca foram reprogramados.
  • Adicionado uma correção para programar os perfis que falharam ao executar em execução anterior.
  • Adicionada uma correção para falha na reinicialização ou ao interromper o probe.
Dezembro de 2009
2.13
  • Correção adicionada para interromper temporizadores adequados.
  • Correção adicionada para programar todos os perfis da fila.
Agosto de 2009
2.12
  • Corrigidos os problemas com o pool de segmentos e CPU de vários núcleos.
  • Corrigidos problemas com a entrada de resposta do desafio "em branco".
Junho de 2009
2.10
  • Correção: se um teste de conexão falhar, a QoS para a perda de pacotes é NULA não 100(%).
  • Adicionado suporte para as seguintes plataformas:
    • AIX_5_64
    • HPUX_11
    • HPUX_11_64
    • HPUX_11_ia64
    • LINUX_23_64
    • LINUX_23_ppc64
    • SOLARIS_8_sparcv9
    • SOLARIS_10_i386
    • SOLARIS_10_amd64
    • Win64
    • Win64_ia64
Abril de 2009
2.05
  • Corrigido o problema com o tempo limite de resposta do desafio não estar sendo lido. Observe o seguinte problema:
  • O campo de tempo limite na caixa de diálogo Propriedades do serviço requer um valor. Se estiver vazio, a GUI falhará.
Março de 2009
2.04
  • Corrigido o problema com o uso de CPU anormal do Linux.
Janeiro de 2009
2.03
  • Aprimoramentos de desempenho concluídos para lidar com mais de 5.000 perfis.
  • Corrigido configurador em massa para aceitar tempo limite de menos de 1 segundo no alarme de serviço e tempo limite de ping do host.
  • Atualize a lista de plataformas suportadas.
Observação:
a versão 2.03 do probe net_connect requer a versão >=3.x do robô para executar na plataforma Windows.
Janeiro de 2009
2.00
  • Adicionado recurso de resposta do desafio da porta.
  • Adicionada a capacidade de colar no campo de endereço IP.
  • Adicionado campo de Informações de contato para propriedades do host, a ser usado em mensagens de alarme.
  • Adicionado recurso de perda de pacotes ICMP.
  • Adicionada a capacidade de adicionar serviços no configurador em massa.
  • Adicionada a capacidade de inserir endereços IP com zeros à esquerda.
  • Adicionado botão de pesquisa para localizar IP ou nome.
  • As janelas de verificação de porta podem ser redimensionadas.
  • Correções de erros: valor padrão de endereço ip 0.0.0.0 removido.
Maio de 2008
1.82
  • Lista de plataformas do UNIX atualizada.
  • Dados de carga adicionados ao pacote ICMP.
Março de 2008
1.80
  • Correção: a GUI pode causar um erro de tempo de execução se você tiver inserido um valor inteiro como nome de um novo perfil.
  • Correção: o tempo de resposta do teste de ping deve estar correto agora
  • Correção: erros de arrastar-e-soltar que permitiam que você arrastasse um host da GUI e soltasse-o em outro programa, mas isso desaparecia da GUI net_connect
  • Correção: endereços IP devem estar mais fáceis de editar.
  • Recurso: ferramenta de configuração em massa.
  • Recurso: variável "Grupo" pode ser usada em mensagens de alarme.
  • Recurso: capacidade de gerar alertas quando o limite de latência ping excede um limite personalizável.
  • Recurso: ao adicionar um perfil com um nome que já existe, o programa irá sugerir um novo nome.
  • Recurso: a nova caixa de diálogo do host tem código aprimorado para detectar e sugerir grupo/pasta pai.
  • Recurso: utilitário de verificação porta simples.
  • Adicionados mais números de porta padrão para a definição do probe.
  • Corrigido o problema de resolução de nomes na interface do usuário.
Setembro de 2006
1.70
  • Funcionalidade de varredura de ping adicionada.
  • Adicionado suporte para substituir a configuração global de QoS por perfil.
  • Problemas secundários da GUI corrigidos.
  • Adicionado suporte para grupos de perfis na interface do usuário.
Fevereiro de 2005
Migração da configuração do limite
As configurações de limite do probe (versão 3.11 ou posterior) podem ser migradas para os limites de alarme estático padrão usando o probe threshold_migrator versão 2.10 ou posterior com o CA UIM 8.31 ou posterior.
Alterações no probe depois da migração:
  • A GUI do Gerenciador de infraestrutura do probe não estará disponível e o probe apenas será configurado usando o Console de administração.
  • As configurações de alarmes específicas do probe nos monitores do probe serão substituídas por configurações de Alarme estático e Tempo acima do limite.
  • Os alarmes serão enviados pelo probe
    baseline_engine
    .
  • O QOS_NET_CONNECT, que monitora a resposta de ping, não será migrado
Requisitos específicos de hardware do probe
O probe net_connect deve ser instalado em sistemas com os seguintes recursos mínimos:
  • Memória: 2 a 4 GB de RAM. A configuração do OOB do probe requer 256 MB de RAM
  • CPU: processador dual-core de 3 GHz, 32 ou 64 bits
Requisitos específicos de software do probe
O probe net_connect requer o seguinte ambiente de software:
  • CA Unified Infrastructure Management (CA UIM) 8.1 ou posterior
  • Robô 7.62 ou posterior (recomendado)
  • Java JRE 6 ou posterior (obrigatório para o Console de administração)
O probe net_connect requer que o seguinte ambiente de software para migrar com probe threshold_migrator:
  • CA Unified Infrastructure Management 8.31 ou posterior
  • Robô 7.8 ou posterior (recomendado)
  • Java JRE versão 7 ou posterior
  • Probe PPM (Probe Provisioning Manager – Gerenciador de Provisionamento de Probe) versão 3.21 ou posterior
  • Mecanismo de linha de base (baseline_engine) versão 2.60 ou posterior
Considerações sobre a atualização
Considere os seguintes pontos ao atualizar para a versão 3.31:
  • Quando você edita ou exclui um perfil criado nas versões anteriores à 3.31, o probe não limpa nenhum alarme gerado anteriormente.
  • O probe altera a Fonte da QoS de
    Nome do perfil
    para
    Nome de host
    dos perfis em que o recurso Monitoramento de IP dinâmico está ativado. Vá para cada perfil para revertê-lo para Nome do perfil.
Problemas conhecidos e soluções
O probe tem os seguintes problemas conhecidos:
  • O recurso de integração com o Console corporativo não é mais aplicável, pois o Console corporativo é um produto da CA herdado e não conta com suporte.
  • No ambiente IPv6,
    • Só é possível monitorar sistemas AIX remotos.
    • O probe não aceita o nome do host que usa o recurso de varredura de ping.
  • O probe gera o alarme "Falha ao executar no tempo programado". Consulte Solução de problemas do net_connect para ver a solução alternativa.
  • Para exibir dados no USM usando o endereço IP do host, crie uma chave
    is_devid_ip
    no probe Configuração de dados brutos, nó
    Perfis
    , a seção
    Host
    . Defina o valor da chave como
    sim
    , e o probe criará os arquivos de desenvolvimento com base no endereço IP do host.