Configuração do tipo de perfil do MCS do websphere

uimpga-ga
websphere_MCS
Um administrador de monitoramento usa o MCS (Monitoring Configuration Service - Serviço de Configuração de Monitoramento) para criar perfis de configuração de monitoramento e implantar os probes nos dispositivos de destino. Use o tipo de perfil de monitoramento do Webshpere para configurar o monitoramento de recursos do Websphere.
Aviso:
Não é possível configurar um probe por meio da GUI de configuração do probe depois de aplicar o tipo de perfil MCS a uma instância do probe. É recomendável que você teste a configuração antes de aplicá-la em vários sistemas. Para excluir a configuração aplicada pelo MCS, é necessário excluir o perfil no MCS e, em seguida, excluir manualmente o probe. Quando você excluir um perfil, um ícone de cadeado pode aparecer durante o processo de exclusão. Não exclua o probe até que o perfil seja removido. Depois que a configuração do MCS for excluída, reimplante manualmente o probe e configure o monitoramento por meio da GUI de configuração do probe.
Pré-requisitos
Verifique as seguintes informações antes de criar um perfil de configuração de monitoramento:
  • Baixe os probes websphere_mcs_templates e websphere no arquivo local. Implante o websphere_mcs_templates no robô principal.
  • Verifique se a versão do CA UIM é ao menos a 8.5.1 (necessária para os tipos de perfil do MCS).
  • Verifique se o arquivo contém um probe websphere ao menos da versão 1.75.
  • Verifique se todas as versões dependentes do jre estão disponíveis no arquivo. Por exemplo, java_jre, jre_solaris, jre_zlinux
  • Atenda qualquer pré-requisito específico do probe.
  • Certifique-se de atender os requisitos mínimos de hardware e software antes de implantar um perfil de configuração de monitoramento.
  • Verifique se você tem uma licença válida para o probe.
Para usar os perfis aprimorados, será necessário o seguinte ambiente de software:
  • CA Unified Infrastructure Management versão 9.0.2
  • MCS (Monitoring Configuration Service - Serviço de Configuração de Monitoramento) versão 9.02 (ou posterior)
  • Plugin de métricas versão 7.96 (ou posterior)
  • Robô versão 7.96 (ou posterior)
Para obter mais informações, consulte as Notas da versão do websphere (Monitoramento do WebSphere).
Perfis avançados no MCS
O CA UIM 9.0.2 inclui um novo tipo de perfil do MCS (Monitoring Configuration Service - Serviço de Configuração de Monitoramento) denominado perfil aprimorado. Os perfis aprimorados fornecem uma maneira consistente de configurar alarmes usando o MCS. Os perfis aprimorados permitem configurar métricas, linhas de base, limites de alarme, alarmes Tempo acima do limite e criar mensagens de alarme personalizadas, tudo em um único perfil do MCS.
É possível converter os perfis do MCS existentes em perfis aprimorados. É recomendável, primeiramente, migrar os perfis existentes para a versão disponível mais recente e depois convertê-los em perfis aprimorados.
Tipos de perfis
Use os tipos de perfil do websphere para criar perfis de configuração para os ambientes do websphere. Alguns dos tipos de perfil contém as configurações de monitor e alarme padrão. Essas configurações padrão são fornecidas para que você possa configurar seus probes para coletar dados para os painéis predefinidos do probe no UMP. Os painéis predefinidos exibem os dados que recomendamos para o monitoramento de vários dispositivos e serviços em seu ambiente. Implante todos os perfis de monitoramento com as configurações padrão para ativar automaticamente as métricas exigidas pelos painéis predefinidos do probe.
Nome do perfil
Observações
Setup Websphere
Use esse perfil para configurações gerais do probe. As configurações são aplicadas a todos os recursos.
Websphere Monitoring
Use esse perfil para criar recursos/perfis. Esse perfil contém o modelo filho
Websphere Auto Monitors
usado para ativar QoS e alarmes.
Criar perfis de configuração
Use os tipos de perfis do websphere para criar perfis de configuração. Você pode configurar todas as instâncias do probe websphere com perfis de configuração. As métricas de QoS (Quality of Service - Qualidade de Serviço) que o probe pode publicar aparecem em cada perfil.
É recomendável que você não ative nenhum perfil até que conclua a configuração do monitoramento. O probe será reiniciado sempre que você ativar um perfil.
Siga estas etapas:
  1. No Unified Service Manager, expanda um grupo do USM e selecione um dispositivo ou clique em um grupo do USM.
    O grupo do USM pode ser um dos grupos predefinidos do USM (por exemplo, os grupos do Unix e Windows) em um ambiente de teste ou um grupo de teste que você criou e que possui um dispositivo.
  2. Selecione a guia Monitoramento.
    Os tipos de perfil que se aplicam ao dispositivo ou grupo do USM selecionado são exibidos na coluna do meio. Se você selecionar um dispositivo e os tipos de perfil não aparecerem na coluna do meio da guia Monitoramento, implante um robô no dispositivo.
  3. Passe o mouse sobre o nome do tipo de perfil
    Setup Websphere
    e clique em
    +
    para criar um perfil.
    Se você vir uma caixa de diálogo com um prompt para instalar o probe, verifique se o probe está no arquivo e selecione
    Sim
    .
  4. Preencha e salve as configurações necessárias.
    Websphere_mcs_1.png
    O nó de tipo de perfil recurso é adicionado sob o perfil Setup Websphere. Expanda a lista para exibir o nó.
  5. Para ativar os monitores automáticos, expanda o nó de recurso sob
    Websphere Monitoring
    e selecione
    Websphere Auto Monitors
    .
  6. Selecione os alarmes e as métricas de QoS desejados na coluna Monitor.
    Websphere_Auto_Monitors.png
  7. (Opcional) Retorne para qualquer um dos perfis e configure quaisquer métricas e alarmes adicionais. As opções disponíveis são:
    Nenhum:
    marque esta opção se não desejar publicar dados nem alarmes para o monitor.
    Alarme:
    marque esta opção se só desejar publicar alarmes para o monitor.
    Alarme e QoS:
    selecione esta opção se você desejar publicar alarmes e dados de QoS para o monitor.
    QoS:
     escolha esta opção se desejar publicar apenas dados de QoS para o monitor.
  8. Salve as alterações de perfil.
  9. Exiba as informações de
    Status do perfil
    para verificar se o perfil de configuração foi implantado com sucesso ao dispositivo de destino (ou aos dispositivos de um grupo, caso tenha criado um perfil de configuração do grupo). As informações de status do perfil são exibidas na parte inferior da página de configuração do perfil.
Configurar filtros de exclusão/inclusão
Use os filtros de exclusão/inclusão para permitir que o probe gere ou ignore os alertas para as entidades especificadas. Por padrão, os campos Incluir e Excluir estão em branco; você deve adicionar entidades a serem incluídas ou ignoradas manualmente, conforme necessário. Os seguintes pontos devem ser considerados ao especificar entidades:
  1. Se você deseja incluir ou excluir várias entidades, separe-as por "
    ;
    ".
  2. Certifique-se de não especificar a mesma entidade para os filtros Incluir e Excluir.
Os filtros Incluir/Excluir não oferecem suporte a expressões regulares para filtragem.
Exemplos de filtros Incluir e Excluir:
  1. beanModule#=LicenseCheckStartup,LicenseCheck#liccheckEJB.jar,ejb.stateless;connectionPoolModule=connectionPoolModule,Derby JDBC Provider (XA)
  2. connectionPoolModule=connectionPoolModule,Derby JDBC Provider (XA)
  3. threadPoolModule=Default
Cenário inválido:
Incluir
: connectionPoolModule=connectionPoolModule
Excluir:
connectionPoolModule=Derby JDBC Provider (XA)
Os nomes de entidade acima podem variar conforme o servidor.
Configurações padrão
As QoS e os alarmes não ficam ativados por padrão.
Para obter mais informações: