Monitoramento do JMX remoto

O agente de monitoramento do JMX (Java Management Extensions) remoto se conecta a um servidor JMX configurado.O monitoramento do JMX remoto relata métricas do JMX e inclui os seguintes recursos adicionais:
  • Monitora vários servidores do JMX remoto
  • Fornece uma conexão JMX segura
  • Fornece nomes e valores de métricas configuráveis do JMX para beans gerenciados específicos (MBeans)
Este artigo contém os seguintes tópicos:
2
Fazer download e extrair o Infrastructure Agent
Após obter acesso ao
DX APM
, baixe e extraia o Monitoramento do JMX remoto.
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon no
    DX SaaS
    .
  2. Clique em
    Abrir
    na caixa
    Application Performance Management
    . A página inicial do Application Performance Management será exibida.
  3. Baixe o pacote do Infrastructure Agent que contém o Monitoramento do JMX remoto.
    1. Na parte superior central da página do Application Performance Management, selecione
      Fazer download de agente
      .
    2. Na página
      Seleção de agente
      , selecione a guia correspondente ao seu sistema operacional.
    3. Selecione
      Infraestrutura
      como ambiente.
    4. Selecione
      Monitoramento do JMX remoto
      como o agente.
    5. (Opcional) Configure a propriedade apropriada agora. Você também pode configurar a propriedade posteriormente no arquivo
      bundle.properties
      do Infrastructure Agent.
      introscope.agent.remotejmx.system.s1.hostport
      Host do sistema JMX remoto: valores de porta para o agente do JMX remoto para monitorar os servidores JMX disponíveis.Separe vários valores usando vírgulas.
      introscope.agent.remotejmx.server.s1.name
      O nome do sistema do servidor do JMX remoto que o agente do JMX remoto monitora. Separe vários valores usando vírgulas.
    6. (Opcional) Para correlacionar o Monitoramento do JMX remoto com o Monitoramento do host, na
      lista Componentes do agente
      , selecione
      Monitor do host
      . O Monitoramento do host está incluído no download do pacote de Monitoramento do JMX remoto.
  4. Selecione
    Baixar e instalar
    .
    O
    DX APM
    fará o download do pacote no seu computador.
  5. Verifique se o arquivo de download do Infrastructure Agent contém o arquivo de Monitoramento do JMX remoto.
    UNIX
    :
    <remote_JMX-apmia-conjunto_de_números
    _versão>.tar
    .
    Por exemplo,
    Remote_JMX-apmia-20190708_v1.tar
    .
    Windows
    :
    <remote_JMX-apmia-conjunto_de_números>.zip
    Por exemplo,
    Remote_JMX-apmia-20190708_v1.zip
    .
    Se você não encontrar o arquivo, repita as etapas 4 e 5.
  6. Extraia o arquivo baixado do Infrastructure Agent.
    UNIX
    : execute este comando:
    tar -xf <remote_JMX-apmia-conjunto_de_números_versão>.tar
    .
    Por exemplo,
    tar -xf Remote_JMX-apmia-20190708_v1.tar
    .
    Windows
    : descompacte o arquivo.
Instalar e executar o Infrastructure Agent
Instale o Infrastructure Agent antes de instalar o Monitoramento do JMX remoto.
Siga estas etapas:
  1. Vá para o diretório
    apmia/bin
    .
  2. Execute o comando apropriado para instalar o Infrastructure Agent:
    UNIX
    :
    ./APMIACtrl.sh install
    Windows
    :
    APMIACtrl.bat install
Arquivos de log
Você pode analisar os logs do Infrastructure Agent e do Monitoramento remoto no diretório
<pasta_principal_do_Infrastructure_Agent>/logs
.
Esses arquivos de log estão no respectivo diretório:
  • IntroscopeAgent.log
  • APMIAgentConsole.log
Configurar as chaves e o nome do sistema de Monitoramento do JMX remoto
Configure as chaves e o nome do sistema JMX remoto no arquivo
bundle.properties
.
  1. Vá para o diretório
    apmia/extensions/RemoteJmxMonitorExtension
    .
  2. Abra o arquivo
    bundle.properties
    em um editor de texto.
  3. Configure as chaves do sistema JMX remoto definindo uma lista separada por vírgulas na propriedade
    introscope.agent.remotejmx.system.keys
    .
    1. Configure uma chave por tipo de sistema JMX. Por exemplo, se desejar monitorar duas instâncias do Tomcat e outras duas instâncias do JBoss, defina duas chaves. Uma chave para o Tomcat e uma para o JBoss. Configure a propriedade conforme mostrado neste exemplo:
      introscope.agent.remotejmx.system.keys=s1,s2
    2. Adicione os detalhes de conexão de cada sistema usando
      uma
      dessas duas opções.
      • Defina o host e a porta do JMX para cada sistema remoto. Neste exemplo, as portas para host1 e host2 são para os servidores do Tomcat. As portas para host3 e host4 são para os servidores do JBoss.
        introscope.agent.remotejmx.system.s1.hostport=host1:1099,host2:1099 introscope.agent.remotejmx.system.s2.hostport=host3:9999,host4:9999
      • Defina o URL do JMX para o servidor JMX que está registrado para um servidor Java RMI com um nome de serviço personalizado. O valor para o nome de serviço padrão do servidor JMX é
        jmxrmi
        . Por exemplo:
        introscope.agent.remotejmx.system.s1.jmxurl=service:jmx:rmi:///jndi/rmi://host1:1099/foo
  4. Configure o nome do sistema JMX remoto. Defina o nome do servidor JMX remoto que será exibido no Mapeamento e na Árvore da métrica.O valor padrão é
    JMX System
    , conforme mostrado neste exemplo:
    introscope.agent.remotejmx.system.<s1>.name=JMX System
  5. Salve e feche o arquivo.
  6. Reinicie o Infrastructure Agent usando o comando apropriado:
    UNIX:
    ./APMIACtrl.sh restart
    Windows:
    APMIACtrl.bat restart
  7. (Opcional) Use os atributos
    jmx port
    e
    jmx system name
    do monitoramento remoto para criar perspectivas do monitoramento remoto.
Configurar a segurança do Monitoramento do JMX remoto
Você pode configurar o Monitoramento do JMX remoto para passar credenciais criptografadas para se conectar ao servidor JMX remoto.
Siga estas etapas:
  1. Vá para o diretório
    apmia/extensions/RemoteJmxMonitorExtension
    .
  2. Abra o arquivo
    bundle.properties
    em um editor de texto.
  3. Defina as propriedades relacionadas à segurança de acordo com os requisitos da organização ou do ambiente.
    • introscope.agent.remotejmx.ssl.keyStore
      O nome do arquivo de repositório de chaves. O arquivo do repositório de chaves é necessário quando o SSL está ativado e o servidor JMX tem a autenticação de cliente ativada. Certifique-se de que o arquivo esteja localizado no diretório
      <ext-home>/config/security
      .
      Padrão
      : keystore
    • introscope.agent.remotejmx.ssl.keyStorePassword
      A senha para abrir o arquivo de repositório de chaves.
      Padrão
      : nenhum
    • introscope.agent.remotejmx.ssl.trustStore
      O nome do arquivo do trustStore. O arquivo do trustStore é necessário quando o SSL está ativado. Certifique-se de que o arquivo esteja localizado no diretório
      <ext-home>/config/security
      .
      Padrão
      : trustStore
    • introscope.agent.remotejmx.ssl.trustStorePassword
      A senha para abrir o arquivo do trustStore.
      Padrão
      : nenhum
    • introscope.agent.remotejmx.system.s1.authentication.password
      Senha para autenticação do JMX com base em arquivo.
      Padrão
      : nenhum
    • introscope.agent.remotejmx.system.s1.authentication.username
      Nome de usuário para autenticação do JMX com base em arquivo.
      Padrão
      : nenhum
    • introscope.agent.remotejmx.system.s1.ssl
      Defina essa propriedade como
      true
      quando a segurança de SSL estiver ativada no servidor JMX remoto.
      Padrão
      : false
  4. Salve e feche o arquivo.
  5. Reinicie o Infrastructure Agent usando o comando apropriado:
    UNIX
    : ./APMIACtrl.sh restart
    Windows
    : APMIACtrl.bat restart
Dica
: se desejar passar credenciais criptografadas para a conexão com o servidor JMX remoto, execute este comando:
java -cp lib/Agent.jar com.wily.util.properties.PropertiesUtils encrypt <chave de texto não criptografado>
Configurar os relatórios de métricas de monitoramento do JMX remoto
O agente de Monitoramento do JMX remoto relata as métricas de três maneiras:
  • Relatório padrão: o agente relata todos os MBeans do JMX por padrão.Use os relatórios padrão quando você não tiver conhecimento sobre os MBeans do JMX em seus servidores remotos.
  • O agente relata os MBeans do JMX seletivos que têm nomes e valores de métrica padrão para essa opção. Coloque os MBeans específicos do JMX na lista negra ou na lista branca configurando as propriedades.
  • O agente relata nomes e valores de métricas personalizados. Para essa opção, crie um módulo de configuração que contenha nomes de métricas personalizados com valores para o agente de Monitoramento do JMX remoto a ser relatado.
Determine um ou mais métodos de geração de relatórios que sejam mais úteis para o seu ambiente.
Relatórios padrão e métricas gerais do Monitoramento do JMX remoto
Use os relatórios padrão do Monitoramento do JMX remoto quando você não tiver conhecimento sobre os MBeans do JMX em seus servidores remotos. Considere os seguintes fatores ao avaliar o uso dos relatórios padrão:
  • Os nomes das métricas podem não ser intuitivos.
  • Não é possível manipular os valores que o agente coletou dos MBeans do JMX remoto.
  • O agente de Monitoramento do JMX remoto relata dados apenas dos tipos numérico e sequência de caracteres. O agente ignora os dados nos quais os valores de atributo MBeans do JMX são de um tipo personalizado.
O Monitoramento do JMX remoto é ativado por padrão. Por padrão, fornecemos o diretório
jvm
padrão. Esse diretório contém o arquivo
jmx.yml
responsável por monitorar os beans do JMX.
Este é o caminho da métrica para todos os beans gerenciados:
<infra-agent>|<metricRootNode>|<domínio>|<par de chave e valor>:<atributo>
Exemplo
Imagine que o Infrastructure Agent esteja em execução no apmia-host. Você tem um aplicativo Java em execução no host1 configurado com a porta 1999 do JMX, conforme mostrado neste exemplo:
introscope.agent.remotejmx.system.s1.hostport=host1:1099
O nome do objeto MBean do aplicativo Java é
com.example.domain:type=Foo,name=Bar
. O atributo MBean é
size
.
O Monitoramento do JMX remoto relata o caminho e a métrica do MBean:
apmia-host|Infrastructure|Agent|JMX|JMX System on host1_1999|com.example.domain|name=bar|type=foo:size
Siga estas etapas:
  1. Vá para o diretório
    apmia/extensions/RemoteJmxMonitorExtension
    .
  2. Abra o arquivo
    bundle.properties
    em um editor de texto.
  3. (Opcional) Defina a frequência com que o Monitoramento do JMX remoto busca novos servidores JMX. Configure a propriedade
    introscope.agent.remotejmx.server.discovery.interval
    .
    • introscope.agent.remotejmx.server.discovery.interval
      A frequência, em milissegundos, com que o Monitoramento do JMX remoto busca novos servidores JMX.
      Padrão:
      jvm (ativado)
      Observação
      : é necessário reiniciar o Infrastructure Agent para que as alterações feitas nessa propriedade entrem em vigor.
      Exemplo:
      introscope.agent.remotejmx.server.discovery.interval=60000
  4. Salve e feche o arquivo.
  5. Reinicie o Infrastructure Agent usando o comando apropriado:
    UNIX:
    ./APMIACtrl.sh restart
    Windows:
    APMIACtrl.bat restart
  6. (Opcional) Use os atributos
    jmx port
    e
    jmx system name
    do monitoramento remoto para criar perspectivas do monitoramento remoto.
Relatórios seletivos de beans do JMX do Monitoramento do JMX remoto
O Monitoramento do JMX remoto pode relatar métricas por meio da avaliação de MBeans do JMX usando os valores das propriedades de lista negra e da lista branca. O agente de Monitoramento do JMX remoto consulta os MBeans do JMX que correspondem aos valores de propriedades da lista branca e não são excluídos pelos valores de propriedade da lista negra.
Este é o caminho da métrica para todos os beans gerenciados:
<infra-agent>|<metricRootNode>|<domínio>|<par de chave e valor>:<atributo>
Você pode colocar na lista negra e na lista branca os MBeans do JMX específicos que o Monitoramento do JMX remoto relata.
Siga estas etapas:
  1. Vá para o diretório
    apmia/extensions/RemoteJmxMonitorExtension
    .
  2. Abra o arquivo
    bundle.properties
    em um editor de texto.
  3. (Opcional) Coloque na lista negra os relatórios de objetos MBean do JMX como métricas do JMX.
    1. Siga as especificações de MBean do JMX para definir os nomes de objeto. Não use ponto e vírgula nos nomes de objetos.
    2. Configure a propriedade
      introscope.agent.remotejmx.system.<system-key>.mbeanPatternsBlackList
      .
      • introscope.agent.remotejmx.system.<system-key>.mbeanPatternsBlackList
        Uma lista separada por ponto e vírgula de nomes de objetos MBean do JMX. O Monitoramento do JMX remoto ignora todos os MBeans correspondentes e não relata os MBeans como métricas do JMX.
        Padrão:
        nenhum
        Observação
        : é necessário reiniciar o Infrastructure Agent para que as alterações feitas nessa propriedade entrem em vigor.
        Exemplo:
        introscope.agent.remotejmx.system.s1.mbeanPatternsBlackList=com.example.domain:type=Legacy;com.example.domain:name=Unknown
  4. (Opcional) Coloque na lista branca os relatórios de objetos MBean do JMX como métricas do JMX.
    1. Siga as especificações de MBean do JMX para definir os nomes de objeto. Não use ponto e vírgula nos nomes de objetos.
    2. Configure a propriedade
      introscope.agent.remotejmx.system.<system-key>.mbeanPatternsWhiteList
      .
      • introscope.agent.remotejmx.system.<system-key>.mbeanPatternsWhiteList
        Uma lista separada por ponto e vírgula de nomes de objetos MBean. O agente de monitoramento remoto relata automaticamente as métricas do JMX para os MBeans correspondentes.
        Padrão
        : *:*
        Observação
        : é necessário reiniciar o Infrastructure Agent para que as alterações feitas nessa propriedade entrem em vigor.
        Exemplo:
        introscope.agent.remotejmx.system.s1.mbeanPatternsWhiteList=Users:type=Role,*;Catalina:type=Manager,*
  5. Salve e feche o arquivo.
  6. Reinicie o Infrastructure Agent usando o comando apropriado:
    UNIX:
    ./APMIACtrl.sh restart
    Windows:
    APMIACtrl.bat restart
Relatórios de métricas personalizadas do JMX do Monitoramento do JMX remoto
Um módulo de configuração estende o Monitoramento do JMX remoto. A criação de um módulo de configuração permite fornecer nomes e valores de métricas personalizados para um determinado componente do JMX remoto.Em geral, o nome do módulo de configuração se refere ao componente que fornece as métricas do JMX.
Este exemplo de configuração de módulo mostra como reunir métricas para um sistema de cache hipotético.
version:
"1.0"
configElements:
- objectName:
"com.foo.server:type=Cache"
attribute:
"RequestsIn"
metricName:
"{rootNode}|{type}:Requests In Per Interval"
metricType:
"counter"
- objectName:
"com.foo.server:type=Cache"
attribute:
"name"
metricName:
"{rootNode}|{type}:{name}"
metricType:
"string"
- objectName:
"com.foo.server:type=Cache,name=MemoryBytes"
attribute:
"size"
metricName:
"{rootNode}|{type}:Cache Size (mb)"
metricType:
"counter"
valueFactor:
0.000001
valueAddition:
0
- objectName:
"com.foo.server:type=Cache,name=MemoryBytes"
attribute:
"size"
metricName:
"{rootNode}|{type}:Cache Size Increase Per Interval"
metricType:
"rate"
Para criar um módulo de configuração, você deve determinar os tipos de métrica, os nomes das métricas e os espaços reservados. Configure também a propriedade
introscope.agent.remotejmx.system.<system-key>.config.modules
.
Siga estas etapas:
  1. Vá para o diretório
    apmia/extensions/RemoteJmxMonitorExtension/config/modules
    .
  2. Crie um diretório de módulo e nomeie-o para o aplicativo ou componente a ser monitorado. Por exemplo,
    cache
    .
    apmia/extensions/RemoteJmxMonitorExtension/config/modules/cache
    Importante:
    cada diretório do módulo deve conter um arquivo
    jmx.yml
    . O conteúdo do arquivo poderá ser diferente dependendo do aplicativo ou componente que o agente do JMX remoto estiver monitorando.Recomendamos que você use a opção na etapa 3 para criar seu arquivo
    jmx.yml
    , pois nosso código fornece algumas métricas pré-formatadas úteis
    .
  3. (Opcional) Crie um arquivo
    jmx.yml
    pré-formatado.
    1. Usando um editor de texto, crie um arquivo
      jmx.yml
      .
    2. Copie o bloco de código do módulo de sistema de armazenamento em cache hipotético que fornecemos antes deste procedimento.
    3. Adicione, exclua ou altere as métricas no arquivo usando as instruções das etapas 4b e 4c.
    4. Salve e feche o arquivo.
  4. (Opcional) Crie um arquivo
    jmx.yml
    personalizado.
    1. Use um editor de texto e crie um arquivo
      jmx.yml
      .
    2. Defina um ou mais tipos de métrica para o módulo de configuração.
      • Uso do contador:
        Use a métrica do tipo contador para relatar atributos que tenham um retorno numérico.O valor flutuará e permanecerá no último valor conhecido até que novos dados estejam disponíveis.
        Valores do tipo primitivo:
        número inteiro
        ,
        longo
        ,
        número de ponto flutuante
        ,
        duplo
        Tipos de objeto:
        Número inteiro
        ,
        Longo
        ,
        Número de ponto flutuante
        ,
        Duplo
        Exemplo:
        Suponha que você tenha um MBean de cache com o atributo
        getSize()
        , que retorna o tamanho do cache atual. O tipo de valor retornado é
        longo
        .
        Para relatar o valor mais recente como uma métrica, use esta configuração:
        - objectName: "com.foo.server:type=Cache,name=MemoryBytes" attribute: "size" metricName: "{rootNode}|{type}:Cache Size (mb)" metricType: "counter"
        Essa configuração pode relatar um valor de métrica de, por exemplo,
        100 (MB)
        .
      • Uso da taxa:
        Use a métrica do tipo taxa para relatar um atributo que tenha um aumento do último valor conhecido para o valor atual.O valor flutuará e permanecerá no último valor conhecido até que novos dados estejam disponíveis.
        Tipo de valor do atributo:
        numérico
        Tipo de valor retornado
        :
        longo
        Exemplo:
        suponha que você tenha um MBean de cache com o atributo
        getSize()
        , que retorna o tamanho do cache atual. No intervalo 1, o tamanho do cache é de 100 MB. No intervalo 2, o tamanho do cache aumenta para 103 MB. Para relatar o aumento de valor como métrica, use esta configuração:
        - objectName: "com.foo.server:type=Cache,name=MemoryBytes" attribute: "size" metricName: "{rootNode}|{type}:Cache Size (mb) Increase Per Interval" metricType: "rate"
        Essa configuração relata um valor de métrica
        3
        .
      • Uso da sequência de caracteres
        : use o tipo sequência de caracteres para relatar um atributo que tenha um tipo de retorno como
        sequência de caracteres
        .
        Exemplo
        : suponha que você tenha um MBean de cache com o atributo
        getType()
        , que retorna o tipo do cache sequência de caracteres. Para relatar o valor mais recente, use esta configuração:
        - objectName: "com.foo.server:type=Cache,name=MemoryBytes" attribute: "type" metricName: "{rootNode}|{type}:Cache Type" metricType: "string"
        Essa configuração pode relatar um valor de métrica de, por exemplo, LRU (Least Recently Used).
    3. Use esses espaços reservados para determinar um ou mais nomes de métricas personalizados no módulo de configuração.
      • atributo
        Nome do atributo a partir do qual o agente está reunindo dados.
      • attributeType
        Tipo do atributo a partir do qual o agente está reunindo dados.
      • className
        Nome da classe do objeto remoto
      • componentName
        O nome atribuído ao sistema remoto no arquivo
        bundle.properties
        .
      • domínio
        Nome do domínio do objeto MBean
      • host
        Nome do host de sistema do JMX remoto.
      • port
        Porta JMX do sistema JMX remoto.
      • rootNode
        Nó raiz para um determinado sistema JMX remoto. O valor de rootNode é usado para exibir o caminho da Árvore da métrica.
        Por exemplo:
        SuperDomain|<apmia-host>|Infrastructure|Agent|JMX|<jmx-system-name on host_port>
  5. Salve e feche o arquivo
    jmx.yml
    .
  6. Defina o módulo de configuração na propriedade
    introscope.agent.remotejmx.system.<system-key>.config.modules
    .
      • introscope.agent.remotejmx.system.<system-key>.config.modules
        Essa propriedade fornece uma lista separada por vírgulas dos módulos de configuração do JMX.
        Padrão
        : JVM. Por padrão, o módulo
        JVM
        está ativado.
        Observação
        : é necessário reiniciar o Infrastructure Agent para que as alterações feitas nessa propriedade entrem em vigor.
    1. Vá para o diretório
      apmia/extensions/RemoteJmxMonitorExtension
      .
    2. Abra o arquivo
      bundle.properties
      em um editor de texto.
    3. Use
      uma
      das opções a seguir.
      • (Opcional) Adicione o nome do novo diretório à propriedade
        introscope.agent.remotejmx.system.s1.config.modules
        .
        Por exemplo, se você tiver criado um diretório
        cache
        , adicione
        cache
        conforme mostrado neste código de exemplo:
        introscope.agent.remotejmx.system.s1.config.modules=jvm,cache
        Nesse exemplo, você está mantendo o diretório
        jvm
        padrão contendo seu arquivo
        jmx.yml
        , que monitora os beans do JMX. Você está adicionando o novo diretório de
        cache
        .
      • (Opcional) Adicione o caminho absoluto do diretório à propriedade
        introscope.agent.remotejmx.system.s1.config.modules
        . Segue um exemplo:
        introscope.agent.remotejmx.system.s1.config.modules=/opt/jmx/jvm,/opt/jmx/cache
  7. Salve e feche o arquivo.
  8. Reinicie o Infrastructure Agent usando o comando apropriado:
    UNIX:
    ./APMIACtrl.sh restart
    Windows:
    APMIACtrl.bat restart
Monitorar a integridade do JMX remoto
Visualize os dados da instância do JMX usando a exibição
Componentes
e outras exibições no Application Performance Management.
  1. Efetue logon no
    DX SaaS
    .
  2. Clique em
    Abrir
    na caixa
    Application Performance Management
    . A página inicial do Application Performance Management é exibida.
  3. No painel de navegação à esquerda, selecione o ícone
    Mapeamento
    .
  4. Exiba os dados da camada de infraestrutura do JMX remoto.
    1. Selecione
      Camada de infraestrutura
      na lista suspensa do canto superior esquerdo.
    2. Selecione
      Padrão
      na caixa suspensa à direita.
    3. O nó <
      jmx-system-name>
      é exibido no mapeamento. Observe que agrupamos todos os servidores do JMX remoto que são identificados por jmx_system_name. Por exemplo, se o seu ambiente tiver um servidor JMS Hello World e um servidor JMS do Tomcat, os dois servidores serão exibidos no mapeamento dentro de uma caixa
      JMV-System-Type
      .
    4. Selecione o nó
      nome do sistema jmx
      para abrir a
      Exibição
      Componentes
      à direita do mapeamento. Observe que o tipo é
      JMX_System
      .
    5. Selecione a guia
      Jmx System
      para exibir os atributos e as métricas da camada de infraestrutura. Quando o Infrastructure Agent é instalado com o monitoramento do host ativado, o agente usa os atributos de nome do host e endereço IP do sistema do JMX remoto para correlacionar com o monitoramento do host.
      Um aplicativo que é monitorado pelo agente do Java pode produzir métricas JMX que estão sendo monitoradas pela extensão do Monitoramento do JMX remoto do Infrastructure Agent. Nesse caso, um nó JMX_SYSTEM na camada de infraestrutura do mapa é correlacionado ao agente do Java e ao aplicativo. Cada nó JMX_System mostra três guias na exibição de componentes:
      Application
      ,
      Agent
      e
      JMX_System
      , fornecendo correlação nas camadas do mapa.
  5. Role para baixo nos dados para examinar as métricas de Monitoramento do JMX remoto a fim de determinar se algum dos valores indica desempenho insatisfatório.
  6. Examine as métricas do agente de Monitoramento do JMX remoto aqui no navegador de métricas:
    SuperDomain|<apmia-host>|Infrastructure|Agent|JMX|<jmx-system-name na porta_do_host>
    Observação:
    o Monitoramento do JMX remoto pode não relatar todas as métricas que você vê com o JConsole. Essa situação ocorre porque algumas das métricas são complexas e não são suportadas pelo
    DX APM
    .
Monitorando o agrupamento do Zookeeper com o Monitoramento do JMX remoto
O serviço Zookeeper gerencia vários nós de um agrupamento. Quando você ativa o Monitoramento do JMX remoto em todos os nós, é possível monitorar e coletar métricas do agrupamento.
Geralmente, um agrupamento do Zookeeper contém os seguintes tipos de nó:
  • Nó líder
    - Um nó que funciona como um líder para a coordenação entre todos os demais nós.
  • Nó seguidor
    - Um nó que segue o relacionamento estabelecido pelo nó líder.
  • Nó agente
    - Um nó que está conectado ao serviço Zookeeper e transmite informações entre o serviço e os nós do agrupamento.
Configurar o Monitoramento do JMX remoto para o monitoramento do Zookeeper
Você pode configurar o Monitoramento do JMX remoto para o monitoramento do Zookeeper no arquivo
bundle.properties
.
Siga estas etapas:
  1. Vá para o diretório
    apmia/extensions/RemoteJmxMonitorExtension
    .
  2. Abra o arquivo
    bundle.properties
    em um editor de texto.
  3. Configure as chaves do sistema JMX remoto definindo uma lista separada por vírgulas na propriedade
    introscope.agent.remotejmx.system.keys
    .
    Por exemplo,
    introscope.agent.remotejmx.system.keys=s1
  4. Configure os detalhes da conexão para cada sistema na propriedade
    introscope.agent.remotejmx.system.<jmx_system_key>.hostport
    .
    Defina o host e a porta do JMX para o sistema remoto do Zookeeper. Se for o agrupamento do Zookeeper, adicione todos os hosts de nó com a porta do JMX.
    Por exemplo,
    introscope.agent.remotejmx.system.s1.hostport=zookeeper-host1:9010, zookeeper-host1:9011, zookeeper-host3:9012
  5. Configure o nome do sistema JMX remoto na propriedade
    introscope.agent.remotejmx.system.<jmx_system_key>.name
    .
    O nome do servidor JMX remoto será exibido nas visualizações
    Mapeamento
    e
    Árvore da métrica
    .
    Por exemplo,
    introscope.agent.remotejmx.system.s1.name=JMX Remote System
    Por padrão, o valor é
    JMX System
    .
  6. Salve e feche o arquivo.
  7. Reinicie o Infrastructure Agent usando o comando apropriado:
    • UNIX
      : ./APMIACtrl.sh restart
    • Windows:
      APMIACtrl.bat restart
Se os hosts remotos do JMX para Zookeeper estiverem protegidos, siga estas etapas para Configurar a segurança do Monitoramento do JMX remoto.
Métricas do Zookeeper
Caminho das métricas
:
JMX|<nome_do_agrupamento_do_Zookeeper>|Default|<nome_do_serviço_Zookeeper>
Esta é uma lista de métricas que o Monitoramento do JMX remoto coleta para o agrupamento e os nós do Zookeeper:
  • Agrupamento do Zookeeper
    • Status da conexão
    • StartTime
    • TickTime
    • InitLimit
    • QuorumSize
    • SyncLimit
    • Número de conexões ativas
    • Tamanho do diretório de dados
  • Nó líder
    • RequestThrottleStallTime
    • RequestThrottleLimit
    • DataDirSize
    • NumAliveConnections
    • TickTime
  • Nó seguidor
    • DataDirSize
    • NumAliveConnections
    • TickTime
  • Conexão do Zookeeper/Métricas do JMX/Nó agente
    • Nós
    • SourceIP
    • Latência média
    • Pacotes enviados
    • Pacotes recebidos