Configurar diversos servidores do UMP

Este artigo descreve como fazer a configuração inicial de vários UMPs. Se você estiver atualizando uma configuração de UMP múltiplo, consulte .
uim902-9-0-2
Este artigo descreve como fazer a configuração inicial de vários UMPs. Se você estiver atualizando uma configuração de vários UMPs, consulte Atualizar uma configuração de diversos UMPs.
2
Certifique-se de implantar o pacote wasp_alarmviewer_api no UMP secundário.
Configurar um servidor secundário do UMP
Use as etapas nesta seção para configurar um servidor secundário do UMP. Repita essas etapas para configurar outros servidores do UMP.
Não é necessária nenhuma etapa para configurar o servidor principal do UMP.
Revise os seguintes pontos:
  • Um servidor secundário do UMP só pode ser instalado em um robô. Não tente instalar um servidor secundário do UMP em um hub.
  • Todos os endereços de probe, por exemplo,
    /domain/hub/robot/ace
    , diferenciam maiúsculas de minúsculas.
  • Antes de iniciar o wasp no servidor secundário do UMP, importe o arquivo .pem no servidor secundário do UMP e adicione o caminho da cryptkey para esse arquivo .pem no arquivo robot.cfg. Para obter mais informações, consulte Configurar o arquivo robot.cfg.
  • Verifique se o robô 7.96 está em execução no robô secundário do UMP (caso contrário, o wasp não será iniciado).
Siga estas etapas:
  1. Implante um robô no host que você planeja usar como o servidor secundário do UMP.
    • O robô que você escolher deve reportar-se diretamente ao hub principal e deve estar na mesma sub-rede.
    • Não há suporte à instalação de uma instância secundária do UMP em um robô que se reporta a um hub secundário.
    • Não execute o programa de instalação do UMP no servidor secundário do UMP.
  2. No Console de administração ou Gerenciador de infraestrutura, distribua os seguintes pacotes do servidor do UMP do Arquivo para o servidor secundário do UMP. Certifique-se de arrastar cada um dos pacotes ump_portlet_name necessários para o ambiente a partir do arquivo.
    • java_jre
    • WASP
    • nisapi_wasp
    • UMP
    • ump_
      nome_do_portlet
  3. Configure o probe wasp para usar o endereço correto do probe data_engine. Por exemplo,
    /domain/hub/robot
    /data_engine
  4. Use a configuração de dados brutos para modificar a seção
    <ump_common>
    da configuração do wasp para especificar os seguintes endereços de probe:
    • ace: /
      domain/hub/robot
      /ace
    • automated_deployment_engine: /
      domain/hub/robot
      /automated_deployment_engine
    • discovery_server: /
      domain/hub/robot
      /discovery_server
    • nas: /
      domain/hub/robot
      /nas
    • A funcionalidade service_host: /service_host para o probe service_host foi movida para o wasp, e o probe não é mais instalado como parte do CA UIM v8.47 ou posterior. A chave de endereço para o probe ainda existe no wasp, mas não é funcional.
    • sla_engine: /
      domain/hub/robot
      /sla_engine
  5. Adicione as seguintes chaves com endereços como segue:
    • maintenance_mode = /
      domain/hub/robot
      /maintenance_mode
    • udm_manager = /
      domain/hub/robot
      /udm_manager
    • mpse = /
      domain/hub/robot
      /mpse
  6. Ative o probe wasp no servidor secundário do UMP. Quando o probe wasp está ativado, os probes criam tabelas de banco de dados.
  7. Repita as etapas de 1 a 6 em outros robôs para implementar mais servidores do UMP.
Configurar usando o Console do operador
Esta seção fornece as etapas gerais para definir a configuração do servidor secundário do UMP usando o Console do operador. Use as etapas nesta seção para configurar o servidor secundário do UMP.
Siga estas etapas:
  1. Para acessar o console do operador: implante ump_operatorconsole no robô secundário do UMP.
  2. Para exibir alarmes no console do operador: implante wasp_alarmviewer_api no robô secundário do UMP.
  3. Para exibir as diretivas no console do operador: implante mcsuiapp_portlet no robô secundário do UMP.
Configurar o portal para diversos servidores do UMP
Use as etapas nesta seção depois de configurar o servidor secundário do UMP.
Certifique-se de ter permissões para alterar os diretórios do sistema operacional antes de seguir estas etapas. Permissões mínimas incluem leitura, gravação e execução.
Siga estas etapas:
  1. Desative o probe wasp em cada servidor do UMP.
  2. Em cada servidor do UMP, adicione ou remova o comentário das seguintes duas linhas em <UIM_installation>/probes/service/wasp/webapps/ROOT/WEB-INF/classes/portal-ext.properties:
    • cluster.link.enabled=true
    • lucene.replicate.write=true
  3. Crie e compartilhe um diretório document_library compartilhado no servidor principal do UMP.
    • No Windows, compartilhe o diretório <UIM_installation>/probes/service/data/document_library com acesso total de leitura/gravação.
    • No Linux, compartilhe o diretório <UIM_installation>/probes/service/data/document_library por meio de NFS e certifique-se de que no_root_squash esteja ativado.
  4. No servidor secundário do UMP, substitua o diretório <UIM_installation>/probes/service/data/document_library por um link para o compartilhamento principal de document_library.
    • No Windows, use o comando
      mklink
      como a seguir:
      mklink /d "c:\<UIM_installation>\probes\service\data\document_library" "\\<primary>\<document_library_share>"
    • Para Linux, use o comando
      mount
      , como segue:
      mount -t nfs <primary>:/<UIM_installation>/probes/service/data/document_library <UIM_installation>/probes/service/data/document_library
  5. (Somente necessário para servidores do UMP que tenham interfaces configuradas com
    endereços IPv4 e IPv6
    ). Adicione o seguinte parâmetro da VM Java à configuração do wasp:
    -Djava.net.preferIPv4Stack=true
  6. Ative o probe wasp no servidor principal do UMP.
  7. Quando o wasp estiver em execução no servidor principal do UMP, ative-o no servidor secundário do UMP.
O portal está agora configurado para diversos servidores do UMP.
Configurar um balanceador de carga
Esta seção fornece as etapas de alto nível para configurar um balanceador de carga para uma configuração de diversos servidores do UMP. Use as etapas nesta seção após instalar e configurar o servidor principal e secundário do UMP.
Os balanceadores de carga, bem como os termos que os fornecedores usam para descrevê-los variam. Consulte a documentação do seu balanceador de carga para obter detalhes da configuração específica. Talvez seja necessário executar as etapas gerais nesta seção em uma ordem diferente do mostrado.
Siga estas etapas:
  1. Implante o balanceador de carga:
    1. Configure o balanceador de carga com endereços IP para cada servidor de UMP.
  2. Criar um nó/dispositivo para cada servidor de UMP.
    1. Digite o nome e o endereço IP de cada servidor de UMP na sua configuração.
  3. Crie um farm pool/server:
    1. Forneça um nome exclusivo para o farm pool/server.
    2. Adicione um ou mais monitores de integridade, tais como gateway_icmp e http_head.
    3. Selecione um algoritmo de balanceamento de carga. O algoritmo de balanceamento de carga mais comum é o round robin, em que uma conexão é enviada para cada servidor na lista um após o outro.
    4. Adicione os nós criados anteriormente ao pool para a porta 80. Use a porta 443 para uma conexão HTTPS.
  4. Crie um servidor virtual/contexto:
    1. Forneça um nome exclusivo para o servidor virtual/contexto.
    2. Forneça um endereço IP do servidor virtual/contexto.
    3. Defina as configurações adicionais para o servidor virtual, como descrito a seguir:
      • Protocol = tcp
      • HTTP Profile = https
        or
        http
      • Source Port = preserve strict
      • Default Persistent Profile = cookie.
      Independentemente do balanceador de carga, é necessária a definição da configuração do perfil persistente padrão para
      cookie
      .
  5. Verifique se o balanceador de carga foi configurado com êxito, digitando o endereço IP do servidor virtual/contexto em um navegador da web.
O balanceador de carga agora está configurado para uma configuração de diversos servidores do UMP.