Executar comandos do probe em um prompt de comando

Use o comando Utilitário do probe (pu) para executar comandos do probe em um prompt de comando. Esse utilitário é útil para executar scripts para executar tarefas repetitivas (como a exclusão de vários probes ou instâncias de um probe) ou para evitar navegar por vários níveis na interface do usuário para concluir uma ação. Você deve ter um nome de usuário e uma senha válidos para executar comandos.
uim901
Use o comando
Utilitário do probe (pu)
para executar comandos do probe em um prompt de comando. Esse utilitário é útil para executar scripts para executar tarefas repetitivas (como a exclusão de vários probes ou instâncias de um probe) ou para evitar navegar por vários níveis na interface do usuário para concluir uma ação. Você deve ter um nome de usuário e uma senha válidos para executar comandos.
O PU é fornecido como um pacote separado que deve ser instalado a partir do arquivo.
O comando tem o seguinte formato:
$UIM_HOME
/bin/pu -u
<username
> -p
<password> <options> <nim_address
> <
probe command> <data>
 
  • -
    u
    <username
    >
    - o nome de usuário do UIM
  • -p  <senha>
    - a senha do UIM
  •  
     
    <nim_address>
     
     - o endereço do UIM no probe no formato 
    /domínio/hub/robô/probe
     
  • <comando do probe>
    - o comando a ser executado
O exemplo a seguir executa o comando
get_info
no probe cdm em
/Dev_domain/Dev_hub/Dev_robot
. O nome de usuário é
rune
e a senha é
1234admin
.
$UIM_HOME
/bin/pu -u rune -p 1234admin /Dev_domain/Dev_hub/Dev_robot/cdm get_info
Listar comandos disponíveis para um probe
Os comandos disponíveis para os probes são diferentes, de acordo com o probe. Use o comando pu para listar os comandos disponíveis para um probe.
$UIM_HOME
/bin/pu -u
<username>
-p
<password>
</domain/hub/robot/probe> 
O probe controller contém muitos comandos para controlar outros probes. Para listar os comandos disponíveis no probe controller:
$UIM_HOME
/bin/pu -u
<username>
-p
<password>
/Dev_domain/Dev_hub/Dev_robot/controller
Um exemplo parcial do retorno:
Microsoft Windows [Version 6.3.9600]
(c) 2013 Microsoft Corporation. All rights reserved.
C:\Program Files (x86)\Nimsoft\bin>pu.exe -u administrator -p ***** /Dev_domain/Dev_hub/Dev_robot/controller
Nov 8 17:06:18:278 pu: SSL - init: mode=0, cipher=DEFAULT, context=OK
Nov 8 17:06:18:279 pu: nimCharsetSet() - charset=
======================================================
Address: /Dev_domain/Dev_hub/Dev_robot/controller Request: _command
======================================================
_status PDS_PCH 9 detail%d
_command PDS_PCH 9 detail%d
_debug PDS_PCH 40 level%d,trunc_size%d,trunc_time%d,now%d
~
_stop PDS_PCH 0 NULL
_restart PDS_PCH 0 NULL
checkin PDS_PCH 14 hubaddr,hubip
probe_checkin PDS_PCH 7 type%d
iptoname PDS_PCH 10 ip,port%d
nametoip PDS_PCH 5 name
login PDS_PCH 7 type%d
verify_login PDS_PCH 0 NULL
change_password PDS_PCH 0 NULL
probe_list PDS_PCH 11 name,robot
probe_register PDS_PCH 113 name,active,type,timespec,command,arguments,
workdir,config,datafile,logfile,description,group,fail_window,realip
~
probe_unregister PDS_PCH 15 name,noforce%d
probe_activate PDS_PCH 5 name
probe_deactivate PDS_PCH 29 name,noforce%d,waitforstop%d
probe_store PDS_PCH 9 filename
probe_config_lock PDS_PCH 31 name,locktype%d,lockid%d,robot
~
probe_config_lock_list PDS_PCH 5 name
probe_config_get PDS_PCH 15 name,robot,var
probe_config_set PDS_PCH 38 name,section,key,value,lockid%d,robot
~
probe_set_port PDS_PCH 18 name,port%d,pid%d
probe_start PDS_PCH 5 name
probe_stop PDS_PCH 5 name
probe_change_par PDS_PCH 15 name,par,value
probe_tail_logfile PDS_PCH 26 name,size%d,prev_record%d
probe_tail_logfile_session PDS_PCH 31 name,max_buffer%d,from_start%d
...
Defina um par chave-valor
Você pode usar o comando pu para definir pares de chave-valor do probe. Use o seguinte formato de comando para definir um par chave-valor para um probe.
$UIM_HOME
/bin/pu -u <
username
> -p <
password
> controller probe_config_set <
probe name
> <
config file section
> <
key
> <
value
> lockid = "" <
robot
  • -
    u
    <username
    >
    - o nome de usuário do UIM
  • -p  <senha>
    - a senha do UIM
  •  
     
    <nome do probe>
     
     - o nome do probe
  •  
     
    <seção do arquivo de configuração> 
     
     
    o nome totalmente qualificado da seção de configuração, por exemplo, 
    /auto_operator/definitions/Email
     
  • <key>
    -
    a chave a ser alterada
  • <value>
    -
    o novo valor da chave
  •  
     
    <robô>
     
     - o nome totalmente qualificado do robô que controla o probe, por exemplo, 
    /my_domain/my_hub/my_robot
     
Leia novamente o arquivo de configuração do probe para que as alterações entrem em vigor.
O exemplo a seguir atualiza o valor de
active
como
yes
para o operador automático chamado
methodName
no arquivo de configuração do nas. 
$UIM_HOME
/bin/pu -u administrator -p password controller probe_config_set nas /auto_operator/definitions/methodName active yes "" /Dev_domain/Dev_hub/Dev_robot
Leia novamente o arquivo de configuração do nas usando o comando
_restart
.
$UIM_HOME
/bin/pu -u administrator -p password /Dev_domain/Dev_hub/Dev_robot/nas _restart
Os comandos retornam uma mensagem de conclusão para ações, conforme apropriado.