Gerenciar grupos

uim203
manage_groups_im
O UIM cria vários grupos para você começar. É possível monitorar as contas na nuvem e os dispositivos locais usando esses grupos. Você pode criar mais grupos para organizar os dispositivos em seu ambiente pelos seguintes motivos:
  • Alarmes e painéis mais relevantes
    – é possível agrupar seus dispositivos com requisitos de monitoramento semelhantes para exibir dados de métricas e alarmes para situações específicas.
  • Navegação mais fácil
    - ao criar grupos relevantes para a sua organização, pode ser mais fácil para os usuários acessar as interfaces e os dispositivos desejados.
  • Mais fácil determinar os perfis de monitoramento
    - você pode encontrar mais facilidade em solucionar problemas quando perfis do grupo são aplicados a dispositivos e interfaces em um grupo.
  • Exiba relatórios
    que geram informações sobre todos os integrantes em cada grupo.
  • Aplique as mesmas configurações de monitoramento
    a todos os dispositivos e interfaces no grupo.
Tipos de grupos no OC
Veja a seguir os diferentes tipos de grupo no console do operador:
  • Recipiente
    : grupos de recipientes contêm outros grupos (subgrupos). Por exemplo, o grupo padrão Sistema operacional é um grupo de recipientes com UNIX e Windows como subgrupos.
  • Estático
    : grupos estáticos contêm uma lista especificada de dispositivos. Uma vez especificada a lista de dispositivos que são integrantes do grupo, a associação não é alterada, a menos que você adicione ou remova dispositivos e interfaces manualmente.
  • Dinâmico
    : grupos dinâmicos contêm dispositivos que atendem a um determinado conjunto de critérios.Grupos dinâmicos, como os grupos Windows e Linux, são criados automaticamente com base no tipo de SO ou na tecnologia de monitoramento (por exemplo, VMware ou AWS). Além disso, você pode criar seus próprios grupos dinâmicos e definir um filtro para adicionar ao seu grupo os dispositivos que correspondem ao filtro. A associação de grupos dinâmicos é atualizada automaticamente em um intervalo configurável.Em geral, você cria um grupo dinâmico quando deseja monitorar os dispositivos específicos que são descobertos após uma detecção de dispositivos. Por exemplo, digamos que você deseje monitorar todos os servidores de banco de dados pertencentes a uma região específica. Para fazer isso, você pode criar um grupo dinâmico para a região e configurar o grupo para aceitar somente os servidores de banco de dados descobertos durante a detecção de dispositivos. Depois que os dispositivos forem detectados, aqueles que corresponderem aos critérios do grupo dinâmico serão adicionados a ele.
É recomendável adicionar um dispositivo apenas a um grupo por agrupamento do MCS. Sempre implemente privilégios de gerenciamento sem sobreposição para qualquer elemento gerenciado por meio do CA UIM. Todos os usuários que podem criar perfis de monitoramento para sistemas de computador ou elementos devem ser capazes de ver o elemento, o perfil atual e quaisquer perfis de grupo potenciais. Isso evita situações em que vários usuários possam aplicar inadvertidamente perfis de configuração conflitantes ao mesmo dispositivo.
No UIM 20.3.3, as novas permissões de ACL OC Group Add, OC Group Edit e OC Group Delete fornecem o acesso necessário para criar, editar e excluir grupos, respectivamente. Elas permitem que você autorize apenas os usuários necessários para executar as operações de grupo adequadas. Por exemplo, se você não quiser conceder a permissão de exclusão de grupo a um usuário específico, será possível desativar essa permissão do OC para esse usuário e ativar as permissões OC Group Add e OC Group Edit.
Observe que a permissão OC Group Modification também está disponível. Os usuários com esta permissão podem criar, editar e excluir grupos. Portanto, com a disponibilidade das três novas permissões (OC Group Add, OC Group Edit e OC Group Delete), juntamente com a permissão OC Group Modification, você pode decidir quais permissões deseja atribuir aos usuários. Se desejar que os usuários executem todas as operações, você poderá aplicar a permissão OC Group Modification. No entanto, se quiser permitir apenas uma tarefa específica, você poderá aplicar a permissão associada.
Exibir grupos
A exibição de grupos fornece três tipos de exibição para grupos e dispositivos. Veja a seguir os diferentes tipos de exibição.
  • Exibição de cartão
    Exibe todos os grupos em cartões com os gráficos de resumo de alarmes no cartão.
  • Exibição de lista
    Exibe todos os grupos em lista com os nomes de grupo, alarmes e elementos no grupo.
  • Exibição de árvore
    Exibe os grupos em árvore como estrutura para a navegação dentro dos grupos.
Se estiver conectado ao Console do operador com a função Operador, você poderá ver grupos, além de dispositivos e interfaces em grupos. No entanto, você não pode adicionar, excluir nem renomear grupos ou adicionar e remover dispositivos de grupos.
Página exibição do painel de grupo
A captura de tela a seguir mostra a exibição de painéis de grupos (tela do OC nativo) no UIM 20.3.3. Essa tela é processada com HTML5 e não depende mais do CABI no UIM 20.3.3:
O UIM 20.3.3 eliminou a dependência do CABI (CA Business Intelligence) para o processamento das telas do OC nativo: página inicial, página de exibição de grupos, página de exibição de dispositivos e página de exibição de tecnologias de monitoramento (probes). Os painéis e relatórios personalizados e prontos para uso ainda são processados por meio do CABI, ou seja, eles dependem do CABI. Contudo, as telas do console do operador nativo não dependem mais do CABI (Jaspersoft) e são processadas por meio de HTML5. Para obter mais informações sobre as telas do OC nativo que usam HTML5, consulte o artigo Configurando e exibindo dados de monitoramento ou a seção Removendo a dependência do CABI (Console do operador nativo) do artigo UIM 20.3.3.
Você pode executar as seguintes tarefas nessa exibição:
  • Open Alarms
    Exiba a contagem de alarmes abertos no grupo.
    • Clique no link Visualizar tudo para ir para a página de exibição Alarmes, que contém mais detalhes.
    • Clique na respectiva barra do gráfico para ir para a exibição Alarmes, que contém mais detalhes.
  • Dispositivos por função
    Exiba a distribuição das funções dos dispositivos monitorados no grupo.
    • Clique no link Visualizar tudo para ir para a exibição do inventário, que fornece mais detalhes.
  • Dez principais entidades
    Exiba as principais tecnologias ou subgrupos monitorados e os dispositivos no grupo. A lista é classificada primeiro de acordo com a gravidade dos alarmes e depois pela contagem. Por exemplo, uma entidade que tenha um alarme Crítico será exibida primeiro na lista quando comparada com uma entidade que tenha dois alarmes de gravidade Alta. A contagem de alarmes será considerada depois da gravidade.
    • Clique no link Visualizar tudo para ir para a respectiva exibição, que fornece mais detalhes.
    • Clique na entidade específica (por exemplo, dispositivo ou tecnologia de monitoramento) para acessar as informações detalhadas.
  • URL criado corretamente
    Use o URL formado corretamente para acessar diretamente a exibição do painel de grupos:
    http://<servidor_do_OC>/operatorconsole_portlet/groups/0/<ID_do_IC>/dashboard
  • Remover um bloco
    • Clique no X para remover um bloco da exibição.
  • Mostrar/ocultar um bloco
    • Clique no menu de três pontos, na parte superior direita da UI, para mostrar ou ocultar os blocos da exibição.
Adicionar um grupo
É possível adicionar um grupo de recipientes, dinâmico ou estático na exibição
Grupos
(Groups View Icon).
Adicionar um grupo de recipientes
Grupos de recipientes contêm outros grupos (subgrupos).
Siga estas etapas:
  1. Acesse a exibição Grupos (ic_groups.png).
  2. Selecione
    Menu Ação
    (Inline menu.png) no canto superior direito e, em seguida,
    Adicionar grupo
    .
  3. Insira as seguintes informações:
    1. Digite um nome exclusivo para o grupo de recipientes.
    2. Digite a descrição do grupo.
    3. Selecione a conta apropriada na lista suspensa, se necessário.
    4. Selecione um grupo pai que contenha todos os grupos relacionados. Os grupos de recipientes que você criar serão adicionados ao grupo pai selecionado.
    5. Selecione a opção
      Recipiente
      como um tipo de grupo.
  4. Clique em
    Salvar
    para criar o grupo de recipientes.
    O grupo de recipientes é criado. Nessa fase, o grupo de recipientes não contém subgrupos. É possível adicionar outro grupo de recipientes, grupo dinâmico ou grupo estático a esse grupo de recipientes de acordo com seus requisitos. Para grupos dinâmicos e estáticos, consulte as seções relevantes neste artigo.
Na exibição de grupos, os grupos de recipientes exibem a contagem dos dispositivos do grupo e não incluem as interfaces na contagem.
Adicione um grupo dinâmico
Crie um grupo dinâmico quando desejar adicionar dinamicamente ao grupo qualquer dispositivo que corresponda aos critérios de filtro.
Siga estas etapas:
  1. Acesse a exibição Grupos (ic_groups.png).
  2. Selecione
    Menu Ação
    (Inline menu.png) no canto superior direito e, em seguida,
    Adicionar grupo
    .
  3. Insira as seguintes informações:
    1. Digite um nome exclusivo para o grupo.
    2. Digite a descrição do grupo.
    3. Selecione a conta apropriada na lista suspensa, se necessário.
    4. Selecione um grupo de recipientes pai que contenha todos os grupos relacionados. Os grupos dinâmicos que você cria são adicionados ao grupo pai selecionado.
    5. Selecione
      Dinâmico
       como o tipo de grupo.
    6. Selecione
      Dispositivos
      ou
      Interfaces
      na lista suspensa
      Tipo de integrante
      .
    7. Defina os critérios de filtro e clique em
      Find Devices
      para exibir os dispositivos que corresponderem aos critérios. Para obter mais informações sobre o uso de várias opções de filtro, consulte a seção Exemplo: criação de grupos dinâmicos e a seção Usando filtros, que são explicadas mais adiante neste artigo.
      Selecionar os critérios de filtro avançados permite selecionar opções específicas da tecnologia ou do sistema. Por exemplo, você pode filtrar com base na versão do kernel, na capacidade de armazenamento ou de acordo com critérios específicos das tecnologias de monitoramento. Os critérios de filtro que você pode exibir na lista suspensa irão variar de acordo com as tecnologias que estiverem monitorando o ambiente.
  4. Clique em
    Salvar
    para criar o grupo dinâmico.
    Grupo dinâmico será criado e os dispositivos que corresponderem aos critérios serão adicionados ao grupo. Consequentemente, todos os dispositivos que são adicionados/detectados e corresponderem aos critérios de filtro são adicionados ao grupo.
  5. Verifique se o grupo dinâmico aparece no grupo pai.
A seguinte captura de tela mostra um grupo dinâmico (Dynamic_Group):
image2019-1-16_16-13-40.png
Exemplo: criação de grupo dinâmico
A captura de tela de exemplo mostra como criar um grupo dinâmico usando os seguintes critérios de filtro:
  • Filtre todos os dispositivos que tenham o sistema operacional Windows E que sejam robôs.
    OR
  • Filtre todos os dispositivos com base nos critérios de filtro avançado: OSDescription da máquina virtual é Red Hat Enterprise Linux 7 (64 bits).
Dynamic_group.PNG
Adicionar grupos estáticos
Um grupo estático é aquele em que você adiciona dispositivos manualmente durante a criação do grupo.
Siga estas etapas:
  1. Acesse a exibição
    Grupos
    (Groups View Icon).
  2. Clique no
    Menu Ação
    (Action Menu Icon) no canto superior direito e selecione
    Adicionar grupo
    .
  3. Insira as seguintes informações:
    1. Digite um nome exclusivo para o grupo.
    2. Digite a descrição do grupo.
    3. Selecione a conta apropriada na lista suspensa, se necessário.
    4. Selecione um grupo pai que contenha todos os grupos relacionados. Os grupos estáticos que você criar serão adicionados ao grupo pai selecionado.
    5. Selecione
      Estático
       como o tipo de grupo.
    6. Selecione
      Dispositivos
      ou
      Interfaces
      na lista suspensa
      Tipo de integrante
      .
    7. Defina os critérios de filtro e clique em
      Find Devices
      para exibir os dispositivos que corresponderem aos critérios. Para obter mais informações sobre como usar filtros, consulte a seção Usando filtros, explicada mais aditante neste artigo.
      Selecionar os critérios de filtro avançados permite selecionar opções específicas da tecnologia ou do sistema. Por exemplo, você pode filtrar com base na versão do kernel, na capacidade de armazenamento ou de acordo com critérios específicos das tecnologias de monitoramento. Os critérios de filtro que você pode exibir na lista suspensa irão variar de acordo com as tecnologias que estiverem monitorando o ambiente.
    8. Selecione os dispositivos que deseja adicionar a esse grupo estático.
  4. Clique em
    Salvar
    para criar o grupo estático.
    O grupo estático é criado. Nesse estágio, o grupo estático contém os dispositivos que você adicionou a ele ao criá-lo. Se desejar adicionar mais dispositivos ou remover alguns dos dispositivos do grupo estático, será necessário editar o grupo e executar a operação.
  • Depois de criar um grupo estático e adicionar dispositivos, a associação não é alterada, a menos que você adicione ou remova dispositivos manualmente editando o grupo.
  • Ao salvar o grupo estático, os critérios de filtro não são salvos.
Editar um grupo
Você pode fazer uma edição se desejar realizar todas as alterações nos grupos criados.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Grupos
    (Groups Icon).
  2. Vá para o grupo que deseja editar.
  3. Clique no
    Menu Ação
    (Action Menu Icon) e em
    Editar grupo
    .
  4. Execute as seguintes operações, conforme apropriado:
    1. Renomeie um grupo. Você pode renomear um grupo em qualquer nível. No entanto, certifique-se de que todos os nomes de grupo no mesmo nível sejam exclusivos.
    2. Altere a descrição do grupo.
    3. Modifique as informações da conta do grupo.
    4. Mova o grupo de um pai (grupo de recipientes) para outro. Certifique-se de que o novo pai (para o qual você está movendo o grupo) pertença à mesma conta. Não será possível mover para um pai que tenha uma conta diferente.
    5. Modifique os critérios de filtro para grupo estático ou dinâmico.
      Para obter mais informações sobre como adicionar e remover dispositivos de um grupo estático, consulte a seção Adicionar e remover dispositivos de um grupo estático, neste artigo.
A seguinte captura de tela mostra a caixa de diálogo de edição para o grupo de recipientes:
A seguinte captura de tela mostra a caixa de diálogo de edição para o grupo dinâmico:
A seguinte captura de tela mostra a caixa de diálogo de edição para o grupo estático:
Excluir um grupo
A exclusão de um grupo exclui o grupo, mas não os dispositivos no grupo. Os dispositivos que foram integrantes de um grupo excluído permanecem em seu inventário como integrantes de outros grupos.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Grupos
    (Groups Icon).
  2. Vá para o grupo que deseja excluir.
  3. Clique no
    Menu Ação
    (Action Menu Icon) e em
    Excluir grupo
    .
  4. Clique em
    Excluir
    na caixa de diálogo de confirmação.
Adicionar e remover dispositivos de um grupo estático
É possível adicionar e remover dispositivos de um grupo estático, mas não de um grupo dinâmico. Quando você remove um dispositivo de um grupo estático, o dispositivo permanece no sistema e como integrante de outros grupos, se aplicável.
Se você estiver conectado ao Console do operador com as credenciais de Operador, não será possível adicionar nem remover dispositivos de um grupo.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Grupos
    (Groups Icon).
  2. Vá até o grupo no qual você deseja modificar os integrantes.
  3. (Adicionar) Para adicionar um dispositivo a um grupo, siga estas etapas
    1. Clique no
      Menu Ação
      (Action Menu Icon).
    2. Selecione
      Editar grupo
      .
    3. Especifique os critérios de filtro, navegue pela lista de dispositivos e selecione os dispositivos adicionais que você deseja adicionar a um grupo.
    4. Clique em
      Salvar
      para adicionar os dispositivos selecionados ao grupo estático.
  4. (Remover) Para remover um dispositivo de um grupo estático, siga estas etapas:
    1. Clique no
      Menu Ação
      (Action Menu Icon).
    2. Selecione
      Editar grupo
      .
    3. Navegue pela lista e limpe os dispositivos selecionados que você deseja remover de um grupo.
    4. Clique em
      Salvar
      para remover os dispositivos do grupo estático.
O grupo estático é atualizado com suas alterações.
Usando filtros
É possível definir várias opções de filtro para selecionar os integrantes de cada grupo que você cria. Os filtros para grupos do tipo de dispositivo e interface incluem:
  • Operadores booleanos
    and
    ,
    or
     e
    not
    .
    A precedência entre os operadores booleanos é NOT, depois AND e, em seguida, OR. A ordem das várias condições de filtro não afeta o resultado.
  • Uma lista suspensa de propriedades anteriormente detectadas. Você também pode inserir uma consulta SQL a partir da lista de propriedades.
    Para usar a opção de consulta SQL, você deve ser um usuário de barramento com permissões de Administrador do portal. Além disso, as consultas devem incluir a coluna
    cs_id
    para dispositivos e
    me_id
    para interfaces.
  • Uma lista de condições (
    é
    ,
    contém
    ,
    começa com
    , etc.).
  • Um campo de valores.
Para grupos estáticos, crie o filtro e, em seguida, selecione quais sistemas listados incluir no grupo. Para grupos dinâmicos, crie um filtro para especificar os sistemas a serem dinamicamente adicionados ao grupo. A lista de integrantes no grupo dinâmico é atualizada automaticamente a cada 5 minutos.
Siga estas etapas:
  1. Na seção de filtros, selecione itens nos menus suspensos e digite o texto no campo de texto, conforme apropriado.
    A condição de filtro
    não definido
    é selecionada para atributos sem valores definidos. Quando a opção
    não definido
    estiver selecionada, o campo de valores será desativado.
    A condição de filtro
    contém
    permite simplificar suas regras de filtragem usando curingas: "%" para um ou mais caracteres ou "_" para um caractere.
    A condição de filtro
    em
    permite listar valores de atributo em um filtro em vez de definir filtros individuais para cada valor. Você pode copiar uma lista de valores a partir de outra origem, colar a lista na caixa de valores e executar o filtro de uma vez para todos os valores. Cada valor deve ocorrer em uma linha separada e não incluir nenhuma pontuação no final.
  2. Clique no ícone Adicionar filtro para adicionar linhas ao filtro, no ícone Excluir filtro para excluir os filtros que não são necessários e nas setas para cima e para baixo para alterar a ordem dos filtros.
  3. Quando você já tiver definido as linhas para o filtro, clique no botão
    Localizar dispositivos
    para confirmar os resultados na tabela.
  4. Se o filtro for para um grupo estático, clique nas caixas de seleção para selecionar os dispositivos a serem adicionados ao grupo.
  5. Clique em
    Salvar
    .
O filtro é salvo.
Usar um filtro avançado
Se você ativou a detecção automática, é possível filtrar por atributos avançados, como PrimaryDnsName ou ambiente de virtualização, para os grupos Sistema e Interface. O campo de filtro permite selecionar de uma lista de atributos detectados ou inserir um atributo conhecido que não esteja na lista.
Siga estas etapas:
  1. Na caixa de diálogo do grupo, clique na primeira lista suspensa da seção
    Definir critérios
    .
  2. Na lista exibida, clique na opção
    Avançado
    na parte inferior do menu.
    A lista suspensa é preenchida automaticamente com os atributos dos integrantes do grupo detectados.
  3. Abra o menu para o operador e selecione um operador.
  4. Insira um valor no devido campo.
  5. Clique no botão
    Localizar dispositivos
    .
  6. Clique em
    Salvar
    para salvar a definição do grupo.
Criar Grupos automaticamente
O Console do operador pode criar grupos dinâmicos automaticamente, de acordo com certos critérios.
Para criar grupos automaticamente, você não deve ser um usuário de contato da conta. Em relação aos usuários de contato da conta, a guia Configurar Grupos automáticos não fica ativa.
Siga estas etapas:
  1. Clique em
    Configurações
    no Console do operador.
  2. Clique no bloco
    Administração
    .
  3. Selecione o tipo de grupos automáticos a criar.
    Selecionar mais de um tipo de grupo automático não combina os tipos; cada propriedade que selecionar cria grupos para aquela propriedade.
  4. Se quiser criar um grupo para ser pai dos grupos automáticos, digite um nome no campo
    Grupo Pai
    .
    Por exemplo, se você for um MSP e estiver criando grupos automáticos pela origem, é possível nomear o grupo pai como Clientes. Se você deixar o campo
    Grupo-pai
    em branco, os grupos automáticos são criados sob o nó raiz.
  5. Clique em
    OK
    .
Grupo de servidores
O grupo
Servidores
é automático e é fornecido pré-configurado com o OC. O grupo de
Servidores
cria subgrupos de acordo com o tipo de sistema operacional (Windows, Unix e assim por diante).
Não é possível editar as propriedades do grupo
Servidores
ou de seus subgrupos. Entretanto, é possível atribuir modelos de monitoramento e de relatórios. Para os subgrupos, também é possível clicar no ícone Aplicar filtros para exibir os resultados para a atualização do grupo.
Configurar o intervalo entre atualizações para grupos automáticos
É possível alterar o intervalo entre atualizações para grupos automáticos configurando o probe nis_server.
Siga estas etapas:
  1. No Gerenciador de infraestrutura ou no Console de administração, selecione o robô do sistema que está executando o OC.
  2. Abra o probe nis_server na Configuração de dados brutos.
  3. Vá até a seção Configuração.
  4. Edite o valor para o parâmetro group_maintenance_interval.
    Unidades de intervalo são fornecidas em minutos.
O probe nis_server será reiniciado automaticamente depois que a configuração for alterada.
Definir janelas de manutenção para grupos
O recurso de modo de manutenção permite suprimir temporariamente o monitoramento, para que apenas alarmes informativos sejam gerados para os sistemas.
É possível programar a manutenção periódica para executar atualizações de rotina no sistema. Você também programar a execução para uma única vez.
Também é possível criar uma programação de manutenção ad hoc se uma interrupção não planejada ocorrer, para que você possa responder rapidamente à interrupção.
Para gerenciar as programações de manutenção, é necessário definir a permissão
Editar programações do modo de manutenção
na ACL (Access Control List - Lista de Controle de Acesso). Para gerenciar os sistemas nas programações de manutenção, é necessário definir a permissão
Editar dispositivos do modo de manutenção
na ACL do UIM.
Criar ou editar uma programação de manutenção
A programação de manutenção deve ser criada para que você possa adicionar sistemas à programação.
Siga estas etapas:
  1. Selecione um grupo na exibição de grupos no OC e, em seguida, selecione o ícone
    Manutenção
    (Action Menu Icon) no menu Ações no canto superior direito.
  2. Clique no botão Action Menu Icon.
    Ou, para editar uma programação existente, selecione o
    Menu Ação
    (Action Menu Icon) ao lado da programação que deseja editar.
    O menu tem as seguintes opções:
    1. Editar manutenção
      - para editar a manutenção
    2. Excluir manutenção
      - para excluir a programação de manutenção
    3. Remover sistema de manutenção
      - para remover todos os dispositivos da manutenção
    4. Encerrar manutenção
      - para interromper a manutenção
    5. Atualizar dispositivos
      - para adicionar os dispositivos à manutenção
  3. Na caixa de diálogo
    Criar programação de manutenção
    :
    1. Insira um nome ou atualize o nome existente. Se desejar, digite uma descrição.
    2. Selecione uma conta para a programação de manutenção se desejar.
    3. Faça uma seleção para a opção
      Programação
      .
      As opções de programação de recorrência são atualizadas dinamicamente com base na seleção.
    4. Selecione as opções para a programação de recorrência e a janela de manutenção conforme desejado.
      Action Menu Icon
  4. Clique em Salvar para salvar a manutenção programada.
A nova programação é exibida, e você pode adicionar grupos e sistemas a ela.
Adicionar dispositivos de grupos a uma programação de manutenção
Depois de criar uma programação de manutenção, você pode adicionar à programação os dispositivos de grupos.
Os dispositivos de grupos podem ser adicionados a várias programações de manutenção.
Siga estas etapas:
  1. Procure um grupo na árvore de navegação da exibição de grupos e selecione
    Manutenção
    (Action Menu Icon) no menu Ações no canto superior direito.
    É possível expandir grupos para exibir sistemas individuais, mas a opção
    Manutenção
    , no menu Ações no canto superior direito, só é ativada quando um grupo é selecionado na árvore de navegação.
  2. Selecione o
    Menu Ação
    (Action Menu Icon) ao lado da programação à qual você deseja adicionar os dispositivos dos grupos.
  3. Selecione a opção
    Atualizar dispositivos
    e selecione os dispositivos dos grupos a serem adicionados à programação de manutenção.
  4. Clique em
    Atualizar dispositivos
    . A programação de manutenção é atualizada e lista os dispositivos dos grupos que você adicionou.
Dispositivos por alarmes
Na exibição
Cartão
da exibição de grupos do Console do operador, você pode avaliar rapidamente quais grupos precisam de sua atenção ao examinar o número de alarmes exibidos no cartão de cada grupo.
Clique em
Informativo
(Information Icon ) em um cartão e clique na guia
Dispositivos por alarme
. Os dispositivos no grupo que estiverem gerando alarmes e o número de alarmes gerados são listados.
Exemplos de grupo
Esta seção fornece alguns exemplos de estruturas de agrupamento que podem ser usados para seus dispositivos.
Agrupamento por tipo de dispositivo
Este exemplo de agrupamento mostra um grupo de recipientes (Comércio eletrônico) com três subgrupos contendo tipos diferentes de servidores. Você pode usar essa estrutura de agrupamento se desejar examinar as métricas e os alarmes para os diferentes tipos de servidor em seu ambiente.
grupo de negócios
business group
Agrupamento por região
Este exemplo de agrupamento mostra dois níveis de grupos de recipientes. O nível 1 é o grupo de recipientes das Américas. Os grupos de recipientes de nível 2 são América do Norte e América do Sul. Os subgrupos de nível 3 contêm dispositivos que estão localizados em cidades diferentes.
grupo de regiões
region group