A exibição do SLM

uim203
SLM
(A partir do 20.3.1) Na exibição do SLM (Service-Level Management - Gerenciamento de Nível de Serviço), você cria SLAs (Service Level Agreements - Acordos de Nível de Serviço) e seus SLOs (Service Level Objectives - Objetivos dos Níveis de Serviço) de componente, bem como as restrições da QoS (Quality of Service - Qualidade de Serviço). Com essa ferramenta, é possível criar acordos poderosos, extensíveis e mensuráveis com os clientes. Assim que você define os SLAs na exibição do SLM, os dados são registrados e a conformidade é calculada automaticamente.
É preciso ter a permissão Administração do SLM definida na ACL (Access Control List - Lista de Controle de Acesso) para exibir o conteúdo da interface do SLM. Se você não tiver as permissões ou se for um usuário da conta, independentemente das permissões, a mensagem "Permissão negada" será exibida quando você tentar abrir a exibição do SLM.
A ilustração a seguir fornece uma visão geral das informações abordadas neste artigo:
Sobre o SLM e SLAs
O SLM é uma estrutura padrão do setor usada para o gerenciamento principal de serviços de rede e aplicativos. O SLM usa um conjunto de critérios mensuráveis hierárquicos para monitorar e garantir a validade dos SLAs entre clientes e provedores de serviços. Entre outros aspectos, geralmente os SLAs definem o horário de funcionamento de um provedor de serviços, as janelas de manutenção, garantias de tempo de atividade, prontidão para reagir a problemas, aspectos de recuperação e desempenho do serviço.
Os componentes do SLM formam a seguinte hierarquia:
  • SLAs (Service Level Agreements - Contratos de nível de serviço) Os SLAs geralmente definem as horas de operação dos provedores de serviços, as janelas de manutenção, as garantias de tempo de atividade, a pontualidade para responder as ocorrências, os aspectos de recuperação e o desempenho do serviço. Os aspectos operacionais dos SLAs são definidos em um ou mais SLOs.
    • SLOs (Service level objectives - Objetivos do nível de serviço). SLOs são características específicas mensuráveis do SLA, como disponibilidade, produtividade, frequência, tempo de resposta ou qualidade. As medições de componentes do sistema que oferecem suporte aos SLOs são definidas em uma ou mais restrições da QoS.
      • Restrições de QoS (Quality of Service - Qualidade de serviço). As restrições de QoS especificam as configurações de origem, destino, limite e período operacional, e são combinadas para produzir o valor de alcance do SLO.
% de conformidade e período de conformidade
A porcentagem de conformidade é a porcentagem de tempo em que as restrições de QoS ficam dentro dos limites definidos para o objeto de QoS e seu SLA. O SLM verifica um objeto definido de QoS em cada amostra de dados, compara o valor com o limite definido, resume-o como falha ou êxito e calcula a porcentagem de amostras que excedem ("violam") o limite.
A porcentagem de conformidade é calculada de acordo com o limite apropriado para o objeto de QoS: algumas restrições de QoS exigem uma medida mínima de desempenho (por exemplo, velocidade), uma medida máxima de desempenho (por exemplo, capacidade) ou uma medida de desempenho numérica (por exemplo, o comprimento da fila). Os limites podem ser calculados de acordo com diferentes métodos de cálculo: melhor valor, pior valor, valor médio ou número.
A conformidade é controlada ao longo do tempo de duas maneiras: o período de conformidade e o período operacional. O período de conformidade é o período total de contrato do SLA, medido em dias, semanas ou meses. Período operacional é o período crítico para os negócios dentro do período de conformidade, como o horário comercial ativo, e é definido em horas durante os dias do calendário. Os períodos operacionais são definidos no nível do objeto de QoS. Se nenhum período operacional for definido, o período operacional e o período de conformidade serão os mesmos.
O SLM cria um gráfico para cada métrica de QoS definida no SLA, incluindo os dados de amostra, o limite de conformidade e o período de conformidade. No exemplo a seguir, a linha vermelha representa o valor do limite, a linha azul representa os valores reais da amostra e a linha verde representa o valor médio das amostras de dados durante os períodos de conformidade e operacional.
Graph for QoS metric defined in the SLA
Nesse exemplo, nenhuma das amostras viola a linha de limite nos períodos operacionais, o que significa que a conformidade é de 100%. As amostras que excedem o valor do limite estão fora do período de conformidade. Essas amostras podem ser excluídas do período de conformidade especificamente para manutenção do sistema ou outros períodos de inatividade previstos.
Quando uma métrica de QoS viola o limite de objeto, a porcentagem de conformidade é reduzida de acordo com a porcentagem de tempo que o limite for violado. Por exemplo, se o número total de amostras no período operacional foi 129 e se nove amostras violaram o limite, 6,98% (9 * 100/129) das amostras seriam considerados fora de conformidade.
Os valores de conformidade de vários objetos de QoS são somados para seus SLOs atribuídos e os valores de conformidade de vários SLOs são somados para seus SLAs atribuídos. Neste exemplo, se esse objeto de QoS fosse o único definido no SLA e o SLA exigisse conformidade de 98,50% ou mais, o SLA seria violado devido à porcentagem de conformidade de QoS de 93,02% (100% - 6.98%).
Termos e condições de cálculo do objeto de QoS
A QoS reflete a série de dados medida pelos probes de monitoramento. A porcentagem de conformidade é calculada para cada objeto de QoS e os resultados são apresentados para o SLO.
A % de conformidade de um objeto de QoS é calculada com base nas seguintes configurações:
  • Valor do limite
    - um limite define um valor máximo ou mínimo para cada objeto de QoS. Cada amostra da série de dados que um probe coleta é avaliada para determinar se está dentro do limite ou se o excede.
  • Período operacional
    - o período operacional define o intervalo de uma porcentagem de conformidade. Somente as amostras de dados pertencentes ao período operacional influenciam a porcentagem de conformidade.
  • Método de cálculo
    - o método de cálculo determina a maneira como a porcentagem de conformidade é calculada para o objeto de QoS.
Essas configurações são definidas na caixa de diálogo
Restrições da qualidade de serviço
.
Termos e condições de cálculo do SLO
O SLO recebe os cálculos de conformidade dos objetos de QoS associados. A porcentagem de conformidade é calculada em cada SLO e o resultado é apresentado para o SLA.
A porcentagem de conformidade no SLO é calculada com base em três parâmetros diferentes:
  • Período excluído
    - os dados coletados em um período excluído não são considerados quando a conformidade é calculada para um SLO.Por exemplo, os períodos excluídos podem ser dias e horários em que o sistema monitorado foi desligado para manutenção.
  • Método de cálculo
    - o método de cálculo selecionado determina como a porcentagem de conformidade é calculada.
    Selecione entre dois tipos diferentes de métodos de cálculo,
    Fórmula
    ou
    Perfil
    :
    • Fórmula
      - selecione uma fórmula matemática para calcular a porcentagem de conformidade com base na entrada de uma QoS:
      • Média
        - calcula o valor médio da entrada dos probes de monitoramento.
      • Melhor
        - procura o objeto de QoS com o melhor resultado e seleciona esse resultado.
      • Sequencial
        - a diferença entre 100% e a conformidade alcançada para cada objeto de QoS é resumida e, em seguida, subtraída de 100%.
        Exemplo
        : o SLO recebe os cálculos de conformidade de dois objetos de QoS com conformidade de 70% e 90%.
        Conformidade calculada: 100% - ((100% -70%) + (100% -90%)) = 60%.
      • Importância
        - avalia a importância relativa dos diferentes objetos de QoS.
      • Pior
        - procura o objeto de QoS com o pior resultado e seleciona esse resultado.
    • Perfil
      - selecione uma ou mais condições para determinar a conformidade:
      • AND
        - os valores de
        todas
        as amostras em
        todos
        os objetos de QoS devem ser iguais ou melhores que os valores de limite de QoS do SLO para que estejam em conformidade.
      • OR
        - os valores de
        todas
        as amostras em
        qualquer objeto de QoS único
        devem ser iguais ou melhores que o valor de limite do SLO para que estejam em conformidade.
        Exemplo de uso de AND
        Example using AND
        No exemplo precedente, com AND, as duas séries de dados devem ser iguais ou melhores que o valor esperado. Essa condição é alcançada, exceto pelo período marcado em vermelho.
        Exemplo de uso de OR
        Example using OR
        No exemplo precedente, com OR, pelo menos uma das séries de dados deve ser igual ou melhor que o valor esperado. No exemplo anterior, essa condição é alcançada, exceto pelo período marcado em vermelho.
Termos e condições de cálculo do SLA
O SLA recebe os cálculos de conformidade dos SLOs associados e calcula a porcentagem de conformidade total, com base em três parâmetros diferentes:
  • Período operacional
    - o período operacional define os dias críticos e os horários em que a conformidade é medida (por exemplo, de segunda a sexta, das 08:00 às 17:00). Apenas as séries de dados coletadas durante esse período determinam as porcentagens de conformidade.
  • Importância
    - é a importância relativa dos diferentes SLOs para a conformidade do SLA.
  • Método de cálculo
    - o método de cálculo é a fórmula matemática para calcular a porcentagem de conformidade de SLA dos SLOs:
    • Média
      - calcula o valor médio de entrada de SLOs.
    • Melhor
      - procura o SLO com o melhor resultado e seleciona esse resultado.
    • Sequencial
      - a diferença entre 100% e a conformidade alcançada para cada SLO é resumida e subtraída de 100%.
      Exemplo
      : o SLA recebe os cálculos de conformidade de dois SLOs com 70% e 80% de conformidade.
      Conformidade calculada: 100% - ((100% - 70%) + (100% - 80%)) = 50%.
    • Importância
      - avalia a importância relativa dos diferentes SLOs.
    • Pior
      - procura a QoS com o pior resultado e seleciona esse resultado.
Cálculo de conformidade e coleta de dados
Probes ativados por QoS monitoram e relatam alterações e violações de limites. Probes ativados por QoS, como o cdm (probe de Monitoramento de memória, de disco e de CPU), geram mensagens de objetos de QoS que contêm dados de amostra.
O probe data_engine se inscreve no hub principal para receber mensagens coletadas por probes ativados por QoS. Probes ativados por QoS se iniciam automaticamente durante a inicialização, enviando uma mensagem QOS_DEFINITION. O probe data_engine seleciona e decodifica essa mensagem e a insere no banco de dados.
O probe sla_engine recupera os dados que o probe data_engine insere no banco de dados. O probe sla_engine executa cálculos de acordo com as configurações de SLA e grava o resultado no banco de dados. As tarefas de cálculo são iniciadas automaticamente e realizadas em uma programação especificada na interface de usuário do probe sla_engine.
As tarefas de cálculo também podem ser iniciadas manualmente.
Processo de cálculo
O processo de alto nível para calcular a conformidade com o SLA inclui cálculos em cada nível na hierarquia, de cima para baixo.
  1. Cada uma das restrições de QoS compara os valores de dados coletados dos probes com o valor do limite definido e calcula a porcentagem de conformidade.
  2. O SLO coleta os valores de conformidade das restrições de QoS e calcula a porcentagem de conformidade com base em um método de cálculo selecionado (seleciona o melhor valor, o pior valor, o valor médio, etc.).
  3. O SLA coleta o valor de conformidade dos SLOs e calcula o valor total de conformidade, também com base em um método de cálculo selecionado.
Exemplo 1: uma QoS e um SLO
One QoS and One SLO
Exemplo 2: duas QoS e um SLO
Se estiver usando um método de cálculo diferente do padrão para a QoS.
Two QoSs and One SLO
Exemplo 3: três QoS e um SLO, usando o Método de cálculo AND ou OR
Two QoSs and One SLO, Using Calculation Method AND or OR
Exemplo 4: dois SLOs, cada um com 3 QoS
Este exemplo usa um método de cálculo diferente do Padrão para a QoS.
Na figura a seguir:
  • SLO 1: calcular a porcentagem de conformidade da QoS 1, 2 e 3 usando o método de cálculo Pior resulta em uma porcentagem de conformidade de 70%.
  • SLO 2: calcular a porcentagem de conformidade da QoS 4, 5 e 6 usando o método de cálculo Média resulta em uma porcentagem de conformidade de 90%.
A tabela abaixo da figura mostra a porcentagem de conformidade total com o SLA, usando outros métodos de cálculo para o SLA.
 Total SLA Compliance Percentage
A tabela mostra a porcentagem de conformidade com o SLA para o exemplo acima, selecionando diferentes métodos de cálculo para o SLA:
Método de cálculo
Achieved compliance
Explicação
Média
80%
O valor médio dos dois SLOs (70% + 90%)/2
Melhor
90%
O melhor valor dos dois SLOs (70% e 90%)
Pior
70%
O pior valor dos dois SLOs (70% e 90%)
Sequencial
60%
A diferença entre 100% e a conformidade alcançada para cada SLO é resumida e extraída de 100%:
100% - ((100% -70%) + (100% -90%))
Importância
82%
Presumindo que a distribuição da importância entre o SLO 1 e o SLO 2 está definida como 40/60 para o SLA:
(70% * 40/100) + (90% * 60/100)