MySQL Server

O CA UIM 9.0.2 oferece suporte apenas a uma versão comercial do software de banco de dados MySQL. Obtenha uma cópia da versão comercial pelo site do MySQL.
uim20.3
O CA UIM 9.0.2 e superior oferece suporte apenas a uma versão comercial do software de banco de dados MySQL. Obtenha uma cópia da versão comercial pelo site do MySQL.
Analise as seguintes informações nesta seção:
  • Variáveis do MySQL Server
  • Exibir a configuração da variável
  • MySQL em ambientes de grande porte
  • Criação manual de usuário e esquema de banco de dados
Variáveis do MySQL Server
As variáveis do MySQL devem ser definidas da seguinte maneira:
  • lower_case_table_names=1
  • local_infile=ON
  • table_definition_cache=2000
  • innodb_file_per_table=0
  • max_connections = 1000
  • location =
    local padrão da configuração my.cnf ou my.ini
    • No Linux, o local padrão do arquivo my.cnf é/etc/my.cnf
    • No Windows, para obter o local do my.ini
      vá para->Services.msc->mysqld service->properties->default-fil
  • session =
    a sessão na qual essas variáveis precisam ser definidas está no processo mysqld: [mysqld]
    Se você tiver uma configuração do servidor de replicação, a variável "gtid-mode" deverá ser definida como
    OFF
    e a variável "enforce-gtid-consistency" deverá ser definida como
    0
    na configuração de my.cnf ou my.ini, como mostrado abaixo:
    gtid-mode=off
    enforce-gtid-consistency=0
Ative os logs binários somente se você usar um serviço de backup ou replicação que exijam os arquivos de log binário. Para fazer isso, defina as seguintes variáveis:
  • log_bin
    O status da variável do sistema variable log_bin especifica se o log binário está ativado. A opção de linha de comando
    --log-bin [=base_name]
    ativa a geração de logs binários. Quando você define a opção
    --log-bin
    , a variável do sistema
    log_bin
    é definida como
    ON
    , não para o nome de base. O nome do arquivo de log binário está presente na variável
    log_bin_basename
    . Para obter mais informações, consulte a documentação do seu MySQL.
  • Log_bin_trust_function_creators=ON
    (se log_bin estiver ativada)
  • binlog_format=mixed
    (se log_bin estiver ativada)
  • expire_logs_days=<número de dias após o qual os arquivos de log binários serão removidos>
    (se log_bin estiver ativado)
Exibir a configuração da variável
Use o procedimento abaixo para exibir a configuração para cada variável.
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon no servidor do MySQL como administrador.
  2. Para cada variável, execute:
    show variables like 'variable_name';
  3. Se uma variável estiver ausente ou incorreta, edite o arquivo de configuração do servidor do MySQL, conforme descrito na documentação do MySQL.
  4. Reinicie o banco de dados depois de fazer alterações.
MySQL em ambientes de grande porte
Se estiver se preparando para uma implantação grande ou de larga escala, é possível definir mais parâmetros ao banco de dados para atender a demanda mais exigente desse tipo de ambiente. Recomendamos começar com os valores mostrados no exemplo abaixo e, em seguida, ajustar as configurações de acordo com as circunstâncias.
Como o administrador do MySQL, adicione as seguintes linhas ao arquivo de configuração do servidor do MySQL:
[mysqld] max_heap_table_size=134217728 query_cache_limit=4194304 query_cache_size=268435456 sort_buffer_size=25165824 join_buffer_size=67108864 max_tmp_tables=64
Criação manual de esquema de banco de dados e de usuário
Crie manualmente o esquema e o usuário do banco de dados MySQL.
Siga estas etapas:
  1. Efetue logon como administrador do MySQL.
  2. Crie o banco de dados. Execute:
    CREATE DATABASE IF NOT EXISTS <uim_db_name> DEFAULT CHARACTER SET = utf8 DEFAULT COLLATE = utf8_unicode_ci;
    Sendo que <
    uim_db_name
    > é o nome do banco de dados desejado
  3. Crie o usuário e atribua os privilégios necessários. Execute:
    CREATE USER '<uim_db_owner>'@'%' IDENTIFIED BY '<uim_db_owner_password>'; GRANT ALL PRIVILEGES ON <uim_db_name>.* TO 'uim_db_owner'@'%'; FLUSH PRIVILEGES;
    Sendo que
    uim_db_owner
    é o nome de usuário desejado para o proprietário,
    uim_db_owner_password
    é a senha desejada e
    uim_db_name
    é o nome do banco de dados que você criou.
    As aspas simples (') são necessárias.