Editar uma verificação agendada: Detalhes da verificação

É possível especificar pastas e tipos de arquivo para verificações agendadas.
Você não pode especificar o tipo de verificação para clientes Linux. Os tipos diferentes de verificação são disponíveis apenas para clientes Windows. Os clientes Linux executam sempre verificações personalizadas. Se você executar um comando de verificação ativa em um grupo que inclua clientes Linux e Windows, os clientes Windows executarão a verificação ativa. No entanto, os clientes Linux ignoram o comando e não executam uma verificação.
Detalhes da verificação agendada
Opção
Descrição
Nome da verificação
Especifica o nome que você deseja usar para esta verificação.
Para verificações sob demanda do administrador, o nome da verificação é
Verificação sob demanda de administrador
, que não pode ser alterado.
Descrição
Oferece uma descrição da verificação para referência futura.
Para verificações on demand do administrador, a descrição é uma descrição padrão da verificação sob demanda, que não pode ser alterada.
Tipos de pastas
Especifica as pastas nas quais a verificação será executada.
Essa configuração é útil para economizar tempo de verificação e recursos do computador.
Tipos de arquivo
Especifica os tipos de arquivos que devem ser verificados.
Você pode verificar todos os arquivos ou limitar a verificação a arquivos com determinadas extensões.
Especifique se os arquivos contidos em arquivos compactados devem ser verificados
Permite limitar a verificação de arquivos compactados. Permite também especificar quantos níveis de profundidade terá a verificação de arquivos compactados internos.
Opções adicionais
Permite que você verifique ou não os riscos à segurança. A busca por riscos à segurança torna a verificação mais lenta, mas aumenta a segurança. O padrão é verificar os riscos à segurança.