Para criar exceções para verificações de vírus e spyware

Você pode criar diferentes tipos de exceções para o
Symantec Endpoint Protection
.
Toda a exceção que você criar prevalece sobre qualquer exceção que um usuário possa definir. Nos computadores cliente, os usuários não podem exibir as exceções que você cria. Um usuário pode exibir apenas as exceções que o usuário cria.
As exceções para verificações de vírus e spyware também se aplicam ao Download Insight.
Criação de exceções para o
Symantec Endpoint Protection
Tarefa
Descrição
Excluir um arquivo das verificações de vírus e spyware
Suportado em clientes Windows e Mac.
Exclui um arquivo pelo nome das verificações de vírus e spyware, do SONAR ou do controle de aplicativo em clientes Windows.
Excluir uma pasta das verificações de vírus e spyware
Suportado em clientes Windows, Mac e Linux.
Exclui uma pasta das verificações de vírus e spyware, do SONAR ou de todas as verificações em clientes Windows.
Em clientes Windows e Linux, você pode optar por limitar uma exceção para as verificações de vírus e spyware ao Auto-Protect ou somente verificações agendadas e sob demanda. Se você executar um aplicativo que grave muitos arquivos temporários em uma pasta, convém excluir a pasta do Auto-Protect. O Auto-Protect verifica arquivos enquanto eles são gravados. Assim, você pode aumentar o desempenho do computador limitando a exceção para verificações agendadas e sob demanda.
Convém excluir das verificações agendadas ou sob demanda aquelas pastas que não são usadas frequentemente ou que contêm arquivos em pacotes ou arquivados. Por exemplo, verificações agendadas ou sob demanda de arquivos mortos que não são usados com frequência podem reduzir o desempenho do computador. O Auto-Protect protege ainda a pasta verificando somente quando algum arquivo for acessado ou gravado na pasta.
Excluir um risco conhecido das verificações de vírus e spyware
Suportado em clientes Windows.
Exclui um risco conhecido das verificações de vírus e spyware. As verificações ignoram o risco, mas você pode configurar a exceção de modo que as verificações registrem em log a detecção. Em qualquer caso, o software-cliente não notifica os usuários ao detectar os riscos especificados.
Se um usuário configurar as ações personalizadas de um risco conhecido que você configura para ignorar, as ações personalizadas serão ignoradas pelo
Symantec Endpoint Protection
.
As exceções de riscos à segurança não se aplicam ao SONAR.
Excluir extensões de arquivo das verificações de vírus e spyware
Suportado em clientes Windows e Linux.
Exclui qualquer arquivo com as extensões especificadas das verificações de vírus e spyware.
As exceções da extensão não se aplicam a SONAR nem ao Power Eraser.
Monitorar um aplicativo para criar uma exceção para o aplicativo
Suportado em clientes Windows.
Use a exceção
Aplicativo para monitoração
para monitorar um aplicativo específico. Quando o
Symantec Endpoint Protection
reconhecer o aplicativo, você pode criar uma exceção para especificar como o
Symantec Endpoint Protection
controlará o aplicativo.
Se você desativar o reconhecimento de aplicativo, a exceção Aplicativo para monitoração forçará o reconhecimento do aplicativo especificado.
Especificar como as verificações de vírus e spyware controlam os aplicativos monitorados
Suportado em clientes Windows.
Use uma exceção do aplicativo para especificar uma ação para
Symantec Endpoint Protection
para aplicar a um aplicativo monitorado. O tipo de ação determina se o
Symantec Endpoint Protection
aplicará a ação quando detectar o aplicativo ou quando o aplicativo for executado. O
Symantec Endpoint Protection
aplica a ação Encerrar, Colocar em quarentena ou Remover a um aplicativo quando ele for iniciado ou executado. Ele aplicará a ação Somente registrar em log ou Ignorar quando detectar o aplicativo.
Ao contrário de uma exceção do nome de arquivo, uma exceção do aplicativo é uma exceção baseada em hash. Os arquivos diferentes podem ter o mesmo nome, mas um hash do arquivo identifica um aplicativo com exclusividade.
A exceção do aplicativo é uma exceção com base em hash SHA-2.
Aplicativos para os quais você pode criar exceções aparecem na caixa de diálogo
Exceções
após o
Symantec Endpoint Protection
reconhecer o aplicativo. Você pode pedir que o
Symantec Endpoint Protection
monitore um aplicativo específico para reconhecê-lo.
Excluir um domínio Web das verificações de vírus e spyware
Suportado em clientes Windows.
O Download Insight verifica os arquivos que os usuários tentam transferir por download de sites e outros portais. O Download Insight é executado como parte de uma verificação de vírus e spyware. É possível configurar uma exceção para um domínio específico da Web que você sabe que é seguro.
O Download Insight deve estar ativado para que a exceção entre em vigor.
Se seus computadores-cliente usarem um proxy com autenticação, será necessário especificar exceções do domínio Web confiável para os URLs da Symantec. As exceções permitem que seus computadores-cliente comuniquem-se com o Symantec Insight e com outros sites importantes da Symantec.
Veja os seguintes artigos:
Criar exceções do arquivo para Proteção contra adulterações
Suportado em clientes Windows.
A Proteção contra adulterações protege os computadores-cliente dos processos que adulteram processos e objetos internos da Symantec. Quando a Proteção contra adulterações detectar um processo que poderia modificar as configurações da Symantec ou os valores do registro do Windows, ela bloqueará o processo.
Alguns aplicativos de terceiros tentam inadvertidamente modificar processos ou configurações da Symantec. Talvez seja preciso permitir que um aplicativo seguro modifique configurações da Symantec. Talvez você queira interromper a Proteção contra adulterações para certas áreas do registro ou certos arquivos do computador-cliente.
Em alguns casos, a Proteção contra adulterações pode bloquear um leitor de tela ou algum outro aplicativo de tecnologia de auxílio. Você pode criar uma exceção de arquivo de modo que o aplicativo possa ser executado em computadores-cliente. As exceções de pasta não são suportadas para a Proteção contra adulterações.
Permitir que aplicativos façam alterações no DNS ou no arquivo do host
Suportado em clientes Windows.
Você pode criar uma exceção para que um aplicativo faça alterações no DNS ou no arquivo do host. O SONAR tipicamente impede mudanças no sistema como alterações no DNS ou no arquivo de host. Talvez seja preciso fazer uma exceção para um aplicativo VPN, por exemplo.
Excluir um certificado
Suportado em clientes Windows (a partir da versão 14.0.1).
É possível excluir um certificado das verificações. Excluir um certificado impede que ele seja marcado como suspeito. Por exemplo, a verificação do Download Insight pode marcar um certificado autoassinado como suspeito em uma ferramenta interna.