Como criar uma exceção de Proteção contra adulterações em clientes Windows

Você pode criar exceções de arquivos para a Proteção contra adulterações. Convém criar uma exceção de Proteção contra adulterações se a Proteção contra adulterações interferir com um aplicativo seguro conhecido em seus computadores-cliente. Por exemplo, a Proteção contra adulterações pode bloquear um aplicativo de tecnologia de auxílio, como um leitor de tela.
Você precisa saber o nome do arquivo associado ao aplicativo da tecnologia assistencial. Então você pode criar uma exceção para permitir que o aplicativo seja executado.
A Proteção contra adulterações não suporta exceções de pasta.
A versão 14.2 RU1 e as posteriores incluem suporte às variáveis de prefixo
[User Profile]
e
[System]
.
  1. Para criar uma exceção de Proteção contra adulterações em clientes Windows
  2. Na página
    Política de exceções
    , clique em
    Exceções
    .
  3. Clique em
    Adicionar > Exceções do Windows > Exceção de Proteção contra adulterações
    .
  4. Na caixa de diálogo
    Adicionar exceção de Proteção contra adulterações
    , na caixa suspensa
    Variável de prefixo
    , selecione uma pasta comum.
    Quando você selecionar um prefixo, a exceção pode ser usada em sistemas operacionais Windows diferentes.
    Selecione
    [NENHUM]
    se deseja digitar o caminho absoluto e o nome do arquivo.
  5. Na caixa de texto
    Arquivo
    , digite o nome do arquivo.
    Se você selecionou um prefixo, o caminho deverá ser relativo ao prefixo. Se você selecionou
    [NENHUM]
    para o prefixo, digite o nome do caminho completo.
    Você deve especificar um nome de arquivo. A Proteção contra adulterações não suporta exceções de pasta. Se você digitar um nome de pasta, a Proteção contra adulterações não excluirá todos os arquivos de uma pasta com esse nome. Ela excluirá somente um arquivo com aquele nome especificado.
  6. Clique em
    OK
    .