Como o
Symantec Endpoint Protection
minimiza o impacto dos envios de clientes na largura de banda de sua rede.

O
Symantec Endpoint Protection
regula envios do computador-cliente para minimizar qualquer efeito em sua rede. O
Symantec Endpoint Protection
regula os envios das seguintes maneiras:
  • Os computadores-cliente somente enviarão amostras quando o computador estiver ocioso. O envio em período ocioso ajuda a escolher aleatoriamente o tráfego de envio através da rede.
  • Os computadores-cliente enviam amostras somente para arquivos exclusivos. Se a Symantec já conhecer o arquivo, o computador-cliente não enviará as informações.
  • O
    Symantec Endpoint Protection
    usa um arquivo de dados de controle de envio (SCD, Submission Control Data). A Symantec publica o arquivo SCD e o inclui como parte de um pacote do LiveUpdate. Cada produto da Symantec tem seu próprio arquivo SCD.
O arquivo SCD controla as seguintes configurações:
  • Quantos envios um cliente pode fazer por dia
  • Quanto tempo de espera antes que o software-cliente tente enviar novamente
  • Quantas vezes foram feitas novas tentativas de envios que falharam
  • Que endereço IP do servidor Symantec Security Response recebe o envio
Se o arquivo SCD tornar-se desatualizado, os clientes interromperão o envio. A Symantec considera o arquivo SCD desatualizado quando um computador-cliente não tiver recuperado o conteúdo do LiveUpdate em sete dias. O cliente interromperá os envios após 14 dias.
Se os clientes interromperem a transmissão de envios, o software cliente não coletará as informações nem as enviará depois. Quando os clientes reiniciarem a transmissão dos envios, enviarão apenas as informações sobre os eventos que ocorrerem depois do reinício da transmissão.
Mais informações